Impressões do 4×18 – The Monster at The End of This Book by Polly

http://img11.imageshack.us/img11/8306/spn418001.jpg


Demorei pacas.. mas saiu

Tive problemas técnicos no meu PC e na minha net, por isso a demora.. Sorry!! Mas antes tarde do que nunca!… Vamos lá..

Uau…Uau.. Finalmente eu respiro aliviada… Finalmente eu vejo e confirmo agora
Eric Kripke tem total domínio de Supernatural… E estou realmente aliviada, e confiante que continuarei tendo muito, mas muito orgulho da série. Adorei todas as coisas citadas, os fãs, as opiniões de todos, as pessoas citadas, o humor em cima deles mesmo. Achei as alfinetadas ótimas, adorei a sutileza das críticas em cima do fandom e do próprio seriado. Uma das maiores vantagens de Supernatural: todos adoram fazer o show e não se levam tão a sério assim. Fazer piada em cima de si mesmo é prova de maturidade. Isso é excelente.
Mais um ponto foi acrescentado a essa “saga kripkeniana”. Como se não bastassem criaturas sobrenaturais, demônios, anjos, agora temos PROFETAS E ARCANJOS..

Caraca.. Eu adoro essa coisa toda, e como adoro… Porque isso abre um leque de opções, de caminhos que Eric pode seguir. Mostra-nos que Kripke não está atirando pra tudo que é lado e que ele tem uma história que vai seguir seu rumo custe o que custar. Que orgulho, que maravilha!!!

Eu sempre digo que Eric Kripke tem uma mitologia própria, que ele não segue nenhuma religião, doutrina, filosofia ou algo do tipo (ele mesmo sempre afirmou isso), mas é inegável que ele buscou inspiração na doutrina judaico-cristã que é onde vemos com mais intensidade essa coisa de anjo, demônio, Deus, profeta. Ele também já falou isso, a inspiração vem daí, mas é somente isso: inspiração e não confirmação, ou seja, ele pega essas criaturas que estão nessas doutrinas e as trabalha de forma diferente. Talvez seja isso que faça de Supernatural essa coisa intrigante e envolvente que ela seja. Isso seja o diferencial.

Quem não se lembra de Bobby dizendo em Are You que “Revelations” que está aí é uma leitura pra turistas? Quem não se lembra da atitude fria de Uriel querendo destruir uma cidade inteira sem titubear um segundo sequer? (sim Uriel no 4×07 ainda servia ao Senhor).. Quem não se lembra de Casey pedindo ao outro demônio que não matasse Dean? Pois bem as atitudes de anjos (supostas criaturas boazinhas) e demônios (criaturas totalmente perversas) são bem diferentes em Supernatural, são diferentes das que comumente são tomadas quando pensamos nessas criaturas. E eu gosto muito disso. Eric meio que preserva a essência, mas muda as atitudes, as sensações e os acontecimentos.

http://img16.imageshack.us/img16/5426/spn418002.jpg

Nesse episódio tivemos a aparição de dois seres: profetas e arcanjos (esses últimos numa escala bem menor, todavia eles nos foram apresentados). E como Eric busca inspiração na doutrina judaico-cristã pra criar seus personagens do além, eu vou tentar compreendê-los pra depois deixar fervilhando minha cabeça com teorias, possibilidades e idéias. Isso talvez seja todo o objetivo da trupe que escreve Supernatural. Colocar os neurônios a mil. Colocar a galera pra ficar tecendo 300.000 teorias mirabolantes e no final tudo vem uma explicação bem simples, bem inteligente e tudo parece tão óbvio que a gente se sente um idiota por não ter pensado nisso antes. Essa é a genialidade do Kripke. Pegar uma idéia trabalhá-la de todos os jeitos e possibilidades e no final nos mostrar um resultado ao mesmo tempo surpreendente e convincente, com pontos que foram totalmente interligados apesar da gente no início não ter dado importância. Isso é algo que só grandes escritores conseguem fazer. E Eric de certa forma é um escritor. Ele é um escritor de “imagens”.

O que sabemos sobre “PROFETAS”.. Profetas nos são apresentados como pessoas que podem prever algo, e no caso, são pessoas “destinadas” a falar em nome de Deus ou falar por inspiração divina. Eles revelam os acontecimentos futuros através de sonhos, visões ou aparição de anjos.
Profetas são figuras importantes em várias religiões: judaísmo, cristianismo, islamismo (Profeta Maomé foi quem criou as bases do Islã. Ele quem “escreveu” o Alcorão). O profeta por ser um intérprete de Deus passa a ser visto como uma figura importante, com um ofício mais importante ainda. Os profetas por ser a expressão da vontade de Deus muitas vezes, além de anunciar a profecia, seus atos, seus gestos, sua vida era a profecia. Uma coisa interessante aqui nesse episódio é que o Chuck não tinha noção e tampouco queria ser profeta. Desígnios de Deus (leia-se Eric Kripke), vai saber! . Um outro ponto interessante, se formos nos basear no Antigo Testamento, é que as profecias se adequavam ao presente e ao futuro, no entanto, o alvo do profeta era que sua profecia mudasse exclusivamente o presente – diferentemente de hoje em que as pessoas acham que a profecia é apenas a revelação de um futuro já predeterminado e que, conseqüentemente, é algo inalterável e que só compete à pessoa a aceitá-lo. Já para os profetas do Antigo Testamento não era assim: independentemente do que eles falassem acerca dos acontecimentos futuros, se o povo mudasse seu “hoje”, o quadro final seria totalmente revertido por Deus. Isso é uma coisa perfeitamente plausível aqui, com as atitudes de Chuck e com que ele disse ao Sam e Dean. Isso explica o porquê do Dean não aceitar e fazer de tudo pra que a profecia em cima do Sam não se aplicasse, porque ele sabia que mesmo que o profeta tivesse dito aquilo, ele pode fazer diferente e mudar.
Mais uma vez essa coisa de “tudo já está pré-determinado” me dá nos nervos. É como se essa briga, essa guerra toda não tivesse sentido algum se tudo isso já está escrito mesmo. Afinal se vai acontecer mesmo, pra que brigar e interferir? É isso que eu acho que Eric vai ter que ser mais brilhante ainda pra definir.

E quanto aos ARCANJOS são figuras mais que importantes e poderosas. O significado literal de arcanjo é “anjo principal”.
O prefixo “arc” significa principal ou mais importante e eles são definidos como “os mais sublimes mensageiros.” São seres sublimes, evoluídissimos, e são eles que conhecem a face de Deus.Podemos dizer que arcanjos são uma categoria evoluída de anjos. Dependendo da religião ou doutrina, esses anjos podem ser considerados arcanjos ou não. No Catolicismo são considerados arcanjos: Miguel, Rafael e Gabriel , no protestantismo são três: Miguel, Gabriel, e Lúcifer. Em outras doutrinas cristãs somente Miguel é arcanjo. Na cabala e judaísmo são sete: Miguel, Rafael, Gabriel, Uriel, Sariel, Raguel e Remiel . Para a Gnose, os arcanjos são muitos e formam uma categoria de seres com grau de consciência superior ao dos anjos. Eles teriam sido humanos num passado muito remoto, posteriormente atingiram um grau de consciência semelhante ao dos anjos e mais recentemente foram além, tornando-se arcanjos. Cristo seria o mais evoluído de todos os arcanjos.Como em Supernatural já foi dito que apenas quatro “anjos” conhecem a face de Deus eu acredito que Kripke (veja bem, opinião pessoal galera, não significa que é verdade), tenha colocado esses quatro seres como arcanjos e que conhecem Deus: Gabriel, Rafael, Miguel e Lucifer. Sim Lúcifer conhece Deus. Lúcifer é um anjo. Não se esqueçam das palavras de Uriel e de sua explicação por ter “virado a casaca”.
Pois bem, esses seres são poderosos. Esses seres sim estão diretamente ligados com Deus e são seus fiéis servos. Não existe a mais remota possibilidade de um arcanjo se virar contra seu criador. Então o Chuck está bem na foto em Supernatural!! Afinal nada menos que um arcanjo está no pé dele!!

Na minha modesta opinião esse arcanjo é Miguel. Primeiro porque se sabe que Miguel, significa “ninguém é como Deus”, ou “semelhança de Deus”, é considerado o príncipe guardião e guerreiro, defensor do trono celeste e do Povo de Deus. Fiel escudeiro do Pai Eterno, chefe supremo do exército celeste e dos anjos fiéis a Deus, Miguel é o arcanjo da justiça e do arrependimento.
Costuma ser de grande ajuda no combate contra as forças maléficas. E segundo, além de Miguel, nenhum outro arcanjo é mencionado na Bíblia. As Escrituras não usam o termo “arcanjo” no plural. A Bíblia descreve Miguel como o arcanjo, indicando que somente ele tem essa designação. E sabemos que mesmo que Eric não use a Bíblia como fonte de explicação pros eventos da série, ele a usa pra inspiração, usa como consulta. E terceiro não me parece que Eric vá usar Gabriel como arcanjo simplesmente porque na série se está em guerra e Gabriel é considerado um arcanjo que transmite a Voz de Deus, o portador das notícias, ele é um mensageiro e não guerreiro. E quarto, Gabriel é fascinante mesmo, mas já foi usado demais contra Lúcifer, agora pode ser que o carequinha queira um arcanjo diferente, nada mais “legal” que Miguel! Miguel e os Winchesters!! Uhuuuuuuuuuuu…
Me desculpem se escrevi alguma bobagem sobre esse lance de arcanjos e profetas, mas eu busquei lá fundo da minha memória essas lições que eu aprendi nas minhas aulas de catecismo. Minhas lembranças e claro o Google! (bendito seja Sergey Brin e Larry Page)

Enfim , o que quero dizer é o seguinte: profetas e arcanjos dão um tom mais “épico” ainda ao seriado. Definitivamente as coisas não estão mesmo só pra caçadas a monstros e espíritos vingativos. Azazel disse que uma vez que queria Sam na estrada treinando, aprimorando suas habilidades, afiando seus instintos. Vai ver que Deus também queria Dean fazendo isso. Queria Dean treinando pra ser forte, pra ser um sobrevivente, pra ser um guerreiro que acima de tudo luta pra SALVAR PESSOAS e não somente ‘MATAR CRIATURAS, mesmo que esse lance de caçar seja o pano de fundo, na verdade o objetivo fundamental é isso: SALVAR PESSOAS. Acho que essa diferença é algo considerável.

http://img9.imageshack.us/img9/7245/spn418003.jpg

Esse episódio foi escrito pela Julie Siege, e sem dúvida nenhuma ela foi uma aquisição mais que valiosa pra série. Vide seus outros episódios: It’s the Great Pumpkin, Sam Winchester e Criss Angel Is a Douche Bag.

odos esses episódios foram episódios que pressupostamente teriam algo leve, despretensioso, somente “pipoca com cerveja”, mas que no fundo nos trouxe algo sempre inovador. Pumpkin nos trouxe Uriel, Criss Angel nos trouxe a decisão de Sam de continuar ir cada vez mais fundo na sua “amizade” como Ruby. E agora em The Monster at the End of This Book tivemos a introdução de arcanjos e profetas e acima de tudo uma nova face de Lilith.

Pra quem não sabe The Monster at the End of This Book é o título de um livro infantil baseado na série de televisão Sesame Street, (programa infantil educativo da TV americana. No Brasil adaptado com o nome de Vila Sésamo), onde o personagem Grover está horrorizado ao saber que no final do livro existe um monstro e implora ao leitor para não terminar o livro, de modo a evitar o monstro. É uma coisa interessante o título do episódio comparado a história do livro. Porque o livro passa a mensagem de que o personagem está sempre testando sua (de quem está de fora da história) perseverança em seguir em frente mesmo sabendo que há um monstro no final e quando se chega no final descobre-se que na verdade o monstro era ele mesmo. É como se fosse um teste o tempo todo. Jogando isso pro episódio podemos ver certa analogia. Alguém revela algo importante, que o monstro está lá (Lilith) mas apesar de Dean pedir pra Sam não seguir adiante, Sam segue. E no final das contas ficamos sabendo que o monstro (Lilith) é meio que “mãe” de meninos como Sam (que tem sangue de demônio nas veias), ou seja, que mesmo que você não queira ver, aceitar, no final das contas você bem que pode ser o monstro. Que coisa maluca pegar um livro infantil e jogar no contexto de Supernatural…. E eu gosto muito de tudo isso…

Mesmo não comprando essa idéia de que Sam é o monstro da vez.. Mesmo que eu esteja com muiiiita vontade de socá-lo, de sacudí-lo e de que ele fique só, eu não gosto da idéia de Sam ser um monstro. De Sam se tornar algo que passe ao menos perto de um demônio, de essência demoníaca. Isso não.. Não é por esse Sam que Dean viveu, morreu, luta e sobrevive. Não mesmo.

A direção ficou a cargo de. Mike Rohl e como ele é cria de Kim Manners o episódio não poderia ter uma condução melhor. Foi um pouco diferente de Head.. Sem tantos closes, mas tiveram cenas bem focadas e enquadradas, em que se mostrava o que queria e o que precisava, nada de excessos. Somente o que interessava na hora. Isso é ter firmeza, confiança e talento pra conduzir algo que poderia sair desastroso mas não saiu. Saiu muito bom.. Muito mesmo.. E esse episódio me pareceu ter uma luz mais escura, como Death Takes a Holliday, um velho e consagrado estilo Supernatural de ser.. E ele, como bom diretor que é, sabe tirar o melhor de seus subordinados, no caso os atores.

http://img9.imageshack.us/img9/4183/spn418004.jpg

Os atores.. Bem os atores são sempre um show a parte em Supernatural. A começar pelos dois protagonistas, Jensen Ackles e Jared Padalecki. Os dois atingiram uma maturidade com seus personagens que dá gosto de ver. Jensen tem total domínio de Dean desde a segunda metade da primeira temporada, e Jared mostrou-nos um crescimento profissional de dar gosto, de querer abraçá-lo e dizer: “Parabéns Padalecki!”. As vezes Jared dá umas escorregadas, mas nada que faça dele um profissional sem talento ou que prejudique algo. Jared ainda tem um longo caminho a trilhar e ele está indo muito bem, muito mesmo. Ele cada dia que passa se torna muito bom mesmo no que faz. Jensen também ainda tem muito que aprender, mas como ele tem mais tempo de estrada as coisas se tornam mais fáceis pra ele, ele “pega” as coisas mais rapidamente, mas assim como Jared, Jensen também ainda tem um longo caminho a trilhar e ele até agora vem fazendo tudo magistralmente bem. Jensen deita e rola com Dean.

Faz dele o que quer, e os diretores sabem disso, e busca sugar tudo e mais um pouco da capacidade profissional de Jensen, e meu loirão não foge da raia!!! Ele consegue ao mesmo tempo numa fração de segundos mostrar nos olhos de Dean, dúvida e determinação, mágoa e perdão. Basta que a gente olhe Dean que sabemos exatamente o que ele está sentindo ou pensando. Isso se chama talento e profissionalismo. Jensen tem um talento inegável e um profissionalismo tremendo porque ele acima de tudo respeita Dean Winchester. Ele sabe que Dean é um personagem e tanto, e que dá a ele uma possibilidade enorme de mostrar que não é só mais um cara lindaço na tela. >> Ok, confesso. Tá certo que ele é. Afinal como diz MFDGE, Jensen Ackles estragou mulheres pra outros homens desde 1978. Mas como ele é um FDP sortudo duma figa, além de lindo de doer a alma, é um excelente profissional. Portanto juntou a fome com a vontade de comer. Putz..Isso dá margem a outras coisas..hehehe…Usem a imaginação .

http://img10.imageshack.us/img10/1470/spn418005.jpg

Misha Collins veio e veio pra ficar em Supernatural. Como eu já disse antes, Misha veio pra somar e não pra dividir ou subtrair nada. E seu Castiel nos provoca uma gama de sentimentos também. Adoro quando Misha faz aquela expressão impenetrável de anjo, aquela expressão vazia onde não se demonstra uma vírgula do que está sentindo. Isso com certeza é um desgaste emocional muito grande pro ator, e venho aqui dar os parabéns pra ele. Castiel não tem expressão facial, mas ele tem uma linguagem corporal tremenda, e isso Misha soube fazer muito bem. Clap Clap Clap…Na convenção de Los Angeles pudemos ver Misha sorrindo e gargalhando, e eu pensei: “Caraca, nunca veremos isso no anjo Castiel. Cas nunca vai soltar uma gargalhada dessas!!!”…Então Misha Collins está de parabéns, ele teve o feeling e o timing de compor seu Castiel de modo que se tornasse mais uma peça importante e querida de Supernatural.
Mesmo quem desconfia das atitudes dos anjos, sabe que Castiel tem um papel importante na trama e que a interação dele com Dean está mais que estabelecida e sendo cada dia mais edificada em bases de respeito. Dean respeita Castiel e Castiel respeita Dean. Isso é fato! Qualquer que seja a razão, eles se respeitam. E nesse episódio eu pude confirmar: Cas é o cara!! .. Desde Lazarus que eu amo esse anjo!! Seja porque motivo for que ele esteja grudado nos Winchesters, eu amo esse anjo misterioso!!

http://img27.imageshack.us/img27/5110/spn418006.jpg

O restante do elenco está de parabéns também, exceto Kurt Fuller.. Decididamente eu não gostei dele.. Pode até ser que esse jeito de ser desse anjo seja justificado. Mas num primeiro momento pressupõe (e isso já foi dito em Supernatural) que anjos não sentem e nem expressam emoções. Então eu não engulo a cara de “estou sempre feliz e pronto pra ser legal” que esse cara deu a Zacariah. Enfim vamos ver no que vai dar.. Não digo que ele seja um ator sem qualidade, até pq nunca vi nada dele, mas aqui em Supernatural ele não me agradou. Entretanto Rob Benedict como Chuck Shurley foi ótimo. Inseguro, confuso, pateta, megalomaníaco, sério e engraçado quando tinha que ser. Como se diz no meio: ele acertou o tom do personagem. Minha opinião galera!

Agora vamos ao que sempre faço… Falar do episódio em si e o que me chamou mais a atenção em cada parte, em cada fala, em cada gesto, em cada olhar dos personagens…

http://img2.imageshack.us/img2/7544/spn418007.jpg

Pois bem pra começar: onde anda a recapitulação dos episódios? De onde os meninos vieram? Como foi e porque que eles chegaram até a livraria ou banca de revista, sei lá? Coisas de Supernatural..

Pois bem os meninos chegam, >> e PQP Jared e Jensen, precisam ficar mais gatos a cada episódio?? Cansaram dos ternos e agora atacam de sobretudo??? Uhuuuuu;..Lindos… Eu só imagino que o sobretudo do Jared viraria na boa um cobertor pra mim!! Deve ser imenso e eu com meu metro e meio, com certeza me enrolo nele.. Wow..Que sonho.. hehehe…Modo tiete off por enquanto .. Pois bem eles chegam e com eles mais uma homenagem: dessa vez à banda Styx… Os nomes que Dean usa , DeYoung e Shaw, se refere a Dennis DeYoung (vocalista e fundador da The Tradewinds ou TW4 que posteriormente passou a ser “Styx”) e Thomas Shaw (guitarrista da banda).Mais uma referência ao velho e bom rock’n roll. Aliás eu sinto tanta falta das músicas. Enfim, quem sabe a CW libera, mais grana e as músicas voltam? Rsrs…
Maravilhosa a cara de Dean quando o cara da loja está falando dos livros.. Adorei eles colocarem a série como “cult underground”.. Isso é fantástico. Isso dá um ar de “liberdade criativa” e meio que “exclusividade” no gênero.. Porque vamos combinar se Supernatural tivesse uma cobrança financeira muito grande talvez Eric não pudesse “viajar” tanto quanto ele “viaja”. Seríamos cobrados o tempo todo por “$$$$” e a gente sabe que é extremamente difícil aliar $$$ com “liberdade criativa”. Supernatural é feita pra quem gosta dela, pra quem a curte, a vivencia e não somente pra olhar e pronto. Eu acompanho séries há tempos demais e posso dizer de carteirinha que nunca vi antes um fandom como o de Supernatural. Possessivo, criativo, apaixonado, protetor, ciumento, criativo e muito, mas muito fiel. Apesar de uns problemas que isso traz as vezes, acho que isso deve ser gratificante pro criador da série pra quem trabalha nela. Muitas vezes os fãs sabem mais detalhes do seriado do que os roteiristas, diretores, atores. Ao mesmo que é fascinante é assustador!

http://img25.imageshack.us/img25/4267/spn418008.jpg

Eu pergunto: o que é aquela capa do primeiro livro que o Dean segura na mão?? Huahauahau… Dean e Sam?? Aqueles dois lá? Hehe… Eu ri demais…. Carver Edlund?? Direto: Jeremy Carver e Ben Edlund…Eles são maravilhosos, mas seria melhor e mais lindo se fosse “Eric Manners”

http://img245.imageshack.us/img245/5116/spn418009.jpg

A cara do Sam ouvindo Dean dizer que tem um nu frontal dele no livro foi ótima!! Hehe…
O que vem em seguida é muito interessante e me senti dentro do episódio.. Eles falando de fãs, fandom, fics, fóruns.. Adorei o fato de nós sermos chamados de “insatisfeitos”, de “reclamões”.. Eric Kripke já falou que Supernatural tem os fãs mais inteligentes e “infelizes” que ele conhece.. rsrs.. Ele gosta disso, pq os obriga a fazer sempre mais e melhor. Palavras do mestre..

Dean e seus deanismos… “Craptastic”… Mistura de merda + fantástico.. Esse é meu Dean!! ..>> Que coisa linda a boquinha do meu loiro lindo dizer “Samgirls” e “Deangirls”,,uhuuuuuuuuuuuu.. Eu sou uma DeanGirl lindão!!! Sou com muito orgulho…Muiiito mesmo.. Fique o senhor sabendo disso …Fics Slashs??? PQP eu me senti importante.. hehehe…. Faço parte do time que lê isso.. Eu leio.. Leio mesmo… Não gosto de Wincest, mas adoro Padackles.. .. E adoro mais ainda uma fic hetero!! Uhuuuu… Jensen e Jared com uma mulher qualquer e fazendo “besterinha” é algo sobrenatural..>> Aliás tem uma fic que o Dean tira a virgindade da Nancy de Jus in Belo.. Uau.. Que bela performance do Dean… Enfim esse aspecto do episódio foi muito bom.. Mostra que toda a equipe está antenada na série, que sabe o que se passa nos fóruns e blogs.. Isso demonstra que eles têm conhecimento que os fãs existem e nos respeitam, de um jeito ou de outro… Tudo bem que existe papo sério também sobre o seriado e não somente um bando de gente louca por fantasias sexuais!! Afinal eu já li fic maravilhosas sobre caçadas, demônios, anjos e afins…

http://img27.imageshack.us/img27/9756/spn418010.jpg
http://img27.imageshack.us/img27/8163/spn418011.jpg

E aqui vai uma colocação pessoal sobre esse lance proposto no episódio. O Dean chamou de doentio quem curte wincest e Sam só fez cara de “tem gente doida pra tudo”. Tem muita gente crucificando a colocação de Dean e dizendo que Sam foi omisso. E eu só tenho a lamentar por esse povo idiota e sem o mínimo de capacidade de observação e discernimento. Dean não teria uma atitude diferente, muito menos Sam. Digam-me aí, o que vocês achariam se acabassem de saber que andam escrevendo por aí sobre vc e seu irmão tendo relações homossexuais? Qual seria o primeiro pensamento de vocês tomando como referencia o jeito do Dean? E o jeito de Sam? Cara, isso que eles disseram ou fizeram não foi uma ofensa, não foi uma provocação e muito menos atitude preconceituosa. Aquele momento foi simplesmente uma reação indignada de algo que eles (Dean e Sam) sabem ser um absurdo total! Porque eles não têm relação amorosa nenhuma e Dean se acha muito “macho e gostoso” pra ter algo com um homem, ainda mais seu irmão. E Sam acha tudo isso uma babaquice de quem quer que seja. Então parem de fazer tudo uma tempestade num copo d´água, parem de ver chifre em cabeça de égua.. Eu hein!! Cada um que me aparece!! E nesse ponto de vista do episódio Dean falou algo mais que certo: ”Pra quem se dizem fãs, reclamam demais!”.

http://img4.imageshack.us/img4/1324/spn418012.jpg

A mulher que eles vão atrás representa Sera Gamble.. É dela (de Sera colocadas no diálogo da atriz) as opiniões sobre a série.. Ela é fã mais que ardorosa … Eu amo House, mas não deixo de rir quando a equipe de Supernatural alfineta o médico mais ranzinza da TV.. Manners já tinha dito isso uma vez numa entrevista e agora foi colocado também num episódio.. E as ironias sobre drama numa série de terror.. Isso foi ótimo.. Até pq Jensen já disse que não curte muito mostrar Dean fazendo terapia de casal num quarto de hotel com Sam .. Esses lances de Supernatural são ótimos..

Essas dicas nos episódios são diretamente direcionadas aos fãs de verdade, aqueles que adoram a série e que num primeiro momento são chamados de “obsessivos” (Ce sem essa ok? Hehe..).. São esses toques sutis ( e as vezes nem tanto rsrs) que dão um ar mais que diferente e apaixonante ao seriado.. Adoro tudo isso..Ah.. Dean tem ótimo gosto pra música.. Sempre teve.. .. Vamos combinar, o que foi isso de comparar Chuck com Salinger?? Kkkkk.. Só pra constar: um dos meus livros favoritos é de J. D. Salinger;
… Momento tatoo.. uhuuuu… Dean já está de saco cheio de tudo aquilo, mas acaba mostrando a tatoo..E a mulher mostra a dela num local meio inusitado.. Eu tenho uma leve suspeita de quem eles estavam se referindo ali..
Outra coisa bacana :”Foi Phil quem armou essa?”.. rsrs.. Eles se referiam a Phil Sgricia.. O mesmo que colaborou na performance de Jensen ao final de Yellow Fever ao som de Eye of the Tiger.. Phil vive armando coisas pelos sets.. Bugs e Red Sky são duas coisas que Eric arrancaria de Supernatural sem dó nem piedade também! Eric e com certeza boa parte do fandom!

http://img237.imageshack.us/img237/7140/spn418013w.jpg

Outro lance muito bem bolado, foi a lavanderia.. Sam decididamente é péssimo com máquinas de lavar roupa!!! Rsrs… Mas Dean não seria Dean se ele não provocasse Sam e zoasse com ele..Esse pequeno laço de “união e cumplicidade” entre eles me fez por um momento feliz.. Me deu saudade dos sorrisos de curtição entre eles..De um pegar no pé do outro diversas vezes, de um olhar pro outro e provocar até o outro sair do sério, me deu saudade de ver gracejo entre eles, de ver coisas de irmãos.. Essas bobagens que todo irmão faz um com outro..

Enfim todo esse lance de misturar passagens de livros com a vida deles, foi uma escolha certeira. Deu um ar ao mesmo tempo engraçado e intrigante. Foi bom ver como pode ser um escritor no seu “processo criativo”.. Normalmente os escritores vivem num mundo deles, em que eles vivenciam noite e dia sua obra.

E ficam tão ligados nela que não enxergam mais nada a sua volta. É uma ligação visceral e chega ser quase doentia.. Mas eu gostei de ver o tal Chuck, em ação. Se mostrando um típico escritor, que mesmo sabendo que aquilo pode não dar em nada, passa horas e horas em cima de sua obra.

A velha sutileza e delicadeza em pessoa chamada Dean Winchester estava de volta!! Amei ver o velho e Dean de guerra voltando..Assim como estou gostando de ver que Sam está descobrindo que seu irmão não é uma anta ambulante, não é um cara que só sabe ler revista pornográfica. Pela segunda vez nessa temporada Dean mostra a Sam que entende de literatura. A primeira vez foi em Sex and Violence quando ele falou da Odisséia, e agora aqui nesse episódio ele cita obras de Vonnegut. Bem feito pro Sam e pra um monte de gente que adora achar que Dean é no mínimo limitado em seus conhecimentos!

http://img411.imageshack.us/img411/7989/spn418014.jpg

Passemos a parte mais densa do episódio. As vidências do Chuck em relação a Sam e Lilith. Temos duas reações bem nítidas.. Uma de Dean preocupado com Sam e outra de Sam ansioso, como se finalmente tivesse chegado a grande hora. Uma coisa bem marcante é quando Sam fala a Dean pra não se preocupar, que ele e Lilith na cama era algo impossível e Dean lança um olhar pra Sam de “Como se você não dormisse com demônios”. Dean a todo momento tenta arranjar um jeito, uma maneira de evitar esse confronto, não porque ele teme esse demônio (Lilith) mas porque ele está muito preocupado com Sam, com o que ela pode fazer com seu irmão mais novo e principalmente como o Sam vai reagir a esse encontro. Esse é o Dean em ação. O caçador, o guerreiro, o estrategista, o cara cheio de idéias e planos pra fazer a melhor opção numa caçada. E Sam também é um pouco Sam. Contesta, finge que concorda, mas no fundo vai fazer o que quer do jeito que quer. E esse Sam me assusta. Porque esse Sam está se tornando cada dia um suicida, um amargo, um desprovido de discernimento entre o certo e o errado, entre o possível e impossível, entre limites e “vai em frente”.

http://img17.imageshack.us/img17/581/spn418015.jpg

Sam está tão obcecado com a sua vingança contra Lilith que ele se esqueceu do básico numa caçada: programar o ataque, a estratégia. Pq numa luta o importante não é atacar e confrontar sempre, o importante é SABER a hora de atacar e confrontar. É saber quando recuar e quando avançar. E Sam se recusa a ouvir quem quer que seja sobre suas atitudes mais que passionais. Esse Sam é assustador. Porque ele pode simplesmente perder o controle tão fácil e se destruir e destruir quem está em volta. Aliás, isso vem acontecendo de forma gradativa, mas quem garante que isso não possa explodir e daí então não ter mais nenhum retorno?.Tenho plena convicção que esse é o maior medo do Dean: Sam se perder por completo e ele, Dean não ter como consertar mais nada.

E me dá uma raiva quando Sam usa o que Dean está vivendo pra servir de desculpas praquilo que ele (Sam) quer fazer. Sam agora deu pra jogar a todo o momento e pra todo mundo que ele encontra pela frente que ele (Sam) é o mais forte, que ele só está lutando porque Dean virou um bundão, que Dean está escondendo da luta, pq viveu coisas no inferno, que Dean não sabe mais o que fazer quando fica diante de um demônio. E então o phodão e poderoso Sam tem que entrar em ação!! Sinto muito se isso vai ofender: Sam arrumou uma desculpa e tanto pra “incentivar” seu vício e sua sede de poder.. Triste ver isso acontecendo com Sam, seja porque razão for, é triste e desolador isso. Arranjar desculpa pra agir. Ele (Sam) está usando a fragilidade de Dean no momento pra fazer o que anda fazendo com aquela vagabunda infernal. E no fundo Sam está gostando de provar e saber que tem esse poder todo. Como se diz por aí: o poder corrompe, destrói sua essência e te cega. Sam está cego e eu torço muito pra não estar corrompido e destruído ainda. Mesmo.. Porque eu gosto muito dele pra vê-lo numa espiral decadente nas mãos de um bando de demônio fdp.

http://img17.imageshack.us/img17/8087/spn418016.jpg

Pois bem.. Dean mudou sim. Ele está diferente sim (aliás eu acho que uma temporada no inferno é algo bem plausível pra uma mudança não??). Ele está ferido sim. Mas Sam está passando de hora de enxergar Dean como pessoa, como o irmão dele, como alguém que está lutando como um guerreiro pra não sucumbir, e não como uma máquina que ele liga e desliga como bem quer (Sam não nega que é filho de John Winchester!). Sam está se achando muito cheio de razão pro meu gosto.. Ele está se esquecendo, ou então está bloqueando que Dean tem sentimentos, tem vontades, tem desejos e opiniões que devem ser levadas em conta. Ele está se esquecendo que Dean é acima de tudo SEU IRMÃO. E nem adianta vir com desculpinha de que ele está preocupado com Dean pq no fundo Sam está mais preocupado com sua vingança do que com Dean.

Assim como Sam está extrapolando, está na hora também de Dean rever algumas coisas. Como o fato de tentar ouvir Sam e o que ele tem pra dizer. Dean precisa enxergar Sam como um adulto, como uma pessoa que pode acertar também. Dean tem que ser mais flexível, mas sem ser condescendente. Entretanto Sam com suas atitudes só reforça o comportamento excessivamente protetor e turrão de Dean.. E no caso aqui, na minha opinião, Dean está sendo mais sensato e coerente com as coisas. Eles não tem nada com que trabalhar, com que reagir, eles vão simplesmente lá e bum? Acabam com todos os demos? Mesmo Sam tendo SuperPower não é algo inteligente a se fazer, pq o desconhecido pode ser um inimigo poderoso. Esses Winchesters precisam de um analista.!! rsrs
Porque sem dúvida que um ama o outro. Sem dúvida que um não quer ver o outro sofrer mais ou morrer, mas eles escolhem caminhos muito difíceis pra mostrar isso. Escolhem caminhos que trazem sofrimento a ambos. Cada um a seu modo tenta proteger o outro, tenta fazer o certo, mas essas atitudes ao invés de aproximá-los, estão os afastando cada vez mais um do outro.

Mas eu tb acho que muita coisa de ambos vieram de idealizações. Sam idealizou Dean como o herói perfeito que não sucumbe e cede jamais, e Dean idealizou Sam como o garoto certinho, inteligente e forte emocionalmente. Uma temporada longe um do outro mudou isso completamente. E eles estão se deparando com outras faces de si mesmos. Sem dúvida que abala qualquer um, só resta esperar e ver se eles têm amor suficiente pra superar tudo isso. Eu como eterna otimista que sou, acredito que esse amor no final das contas vai falar mais alto. A união entre eles é a maior arma contra esses demos!!

O episódio segue mostrando que Dean está voltando. Que o Dean velho de guerra
está entrando em ação novamente. A voz de comando da dupla entra em ação. Ele vai lá e age. Faz o que acha que tem que fazer. Tenta tirar Sam do caminho da Lilith, pq ele teme por Sam. Volta a ativa o soldado, o caçador. Ele toma decisões e pronto, espera que Sam as siga sem questionar ou discutir. Ele também não nega ser filho de John Winchester!

http://img17.imageshack.us/img17/4115/spn418017.jpg

Muito boa a cena no restaurante. Quando eu estava vendo ao vivo eu até disse pelo MSN quando Dean pediu sanduíche vegetariano de tofu: “Olhem a cara dele quando isso chegar”. Mas realmente eu amei que ele gostou achando que tofu era algo delicioso e no final das contas era o seu velho e amado bacon em ação! hehehe.. No final das contas Dean não mudou nada do que estava escrito.. Ele acabou comendo porcaria de novo!! Rsrs Sam pedindo salada foi bem típico de Sam! E momento tenso aqui: Dean provocando Sam sobre transa demoníaca.. humm… Dean acertou um soco em Sam, pq ali Sam sabia que não era só isso, tem algo mais, e se Dean reage a uma transa assim, imagina quando ele souber do “elixir fortificante” que Sam anda tomando. Sam reforça sua posição de esconder isso de Dean. Em parte porque ele fica indignado por Dean não entender, mas acredito que Sam esconde mesmo isso de Dean por medo.

Medo de tudo, de como Dean vai reagir, de como Dean vai olhar pra ele depois disso, de como Dean vai se sentir em relação a ele, e o maior medo de Sam é perder totalmente o controle de si mesmo (e só ele não enxerga que ele está por um triz) e com isso perder o amor de seu irmão. E essa culpa toda, esse medo latente dele está fazendo com que Sam não pense direito, não aja conforme ele sempre agiu: com ética, com esperança, com bondade. Ele (Sam) tem um objetivo e acredito que ele tem as melhores intenções do mundo, mas como diz o ditado o inferno está cheio de boas intenções.

http://img18.imageshack.us/img18/967/spn418018.jpg

Segue a tentativa de Dean mudar o que está escrito. Ele está determinado a fazer tudo diferente. E uma observação na cena dos garotos atacando o Impala, o atropelamento de Dean, a garotinha e o plástico no Impala. Foi essa seqüência de cena que uma fã acompanhou a gravação e fez um relato. Foi essa do atropelamento do Dean com os band aids rosa pelo rosto. E nesse dia de gravação Jared não estava lá, foi quando ele viajou pro lançamento de Sexta-feira 13. Só estava o dublê de Jared que por sinal se parece muito com ele. A fã também disse que esse dia estava muito frio. E que o motel rosa existe mesmo

Pois bem se tem uma característica de Dean que é bem nítida é seu pragmatismo e objetividade. Ele nota na hora que não vai conseguir mudar nada, e ele vai atrás de Chuck pra saber o que fazer pra não deixar Lilith chegar perto de Sam e o que é essa baboseira toda de um cara medíocre ver coisas sobre eles. Deixou-me muito feliz ver a determinação de Dean de volta. É pra esses anjos aprenderem de uma vez por todas que o “botão” que ativa Dean não é historinhas onde ele é um fantoche, e sim o “perigo”. O que ativa Dean é o perigo. Coloque-o no fogo que ele não foge! Ele encara e luta. Esse é o verdadeiro Dean. Principalmente se o perigo em questão envolve a segurança de Sam.

http://img24.imageshack.us/img24/752/spn418019.jpg

Entra em ação meu anjo favorito!! Castiel, ou simplesmente Cas! E ele chega revelando que aquele cara estranho era nada menos que um profeta do Senhor! O que deixa tanto Dean quanto Chuck estupefatos. Um profeta? Aquele ali? E ainda por cima escrevendo The Winchesters Gospel? Dean faz a melhor cara de todos os tempos: “Deus é mesmo um palhaço” .. E a citação de Lucas foi ótima!! Lucas pra quem não sabe não conheceu Cristo e foi um de seus mais importantes Evangelistas. E Lucas era tido como um cara “que não se encaixava” … Castiel revela que o que o profeta escreveu não pode ser apagado. E pelo que foi mostrado em suas visões, Sam e Lilith estão se atracando e não chegando as vias de fato. Então antes que as coisas se concretizem Dean resolve interferir, e está pouco se lixando pro que o profeta disse.

http://img26.imageshack.us/img26/8389/spn418020.jpg

Ele vai em direção a Sam e tenta tirá-lo do caminho de Lilith. Mas entra em ação uma coisa típica de Winchester: teimosia. Sam não vai, Sam não foge da raia também. Ele procurou durante meses essa vagabunda e agora que ele tem a chance de estar cara a cara com ela, ele não vai fugir. Mesmo que seja um suicídio e uma idéia completamente sem noção. Sam vai encarar. A obstinação do Winchetser caçula entra em ação e Dean vê impotente que ele não pode fazer nada. Mas pela primeira vez também Dean assume que acredita mesmo que Sam pode estar indo em direção ao dark side, pela primeira vez durante a série toda ele coloca em palavras que ele não está mais acreditando tanto assim na capacidade de Sam saber o que é certo ou errado. E simplesmente ele não sabe mais o que fazer. E Sam fica apavorado ao pensar por um momento que Dean sabe o que ele faz pra se tornar forte. Jared foi excelente aqui, passou num segundo de determinado a amedrontado e em seguida aliviado e em seguida determinado de novo.

Me deu um aperto no coração de ver o quanto ele está perdido, o quanto Sam está se sentindo solitário e perdido. Dean volta a pedir sinceridade dele, e Sam mais uma vez não o faz. E é isso que pode destruir a relação deles. Essa mentira, esse segredo. Sam pode ter seus motivos (e não são poucos), mas ele está afastando a única pessoa que pode realmente ajudá-lo a não ser um monstro, a não passar por aquilo que ele mesmo disse antes ao Chuck: sentir as coisas que ele sente. No fim de tudo: Sam está sendo um idiota! E Dean mais uma vez deixa de lado ele mesmo por Sam. Ele quase vai embora. Ele quase deixa Sam e sua teimosia lá. Mas ele não vai. Ele ainda não está pronto a desistir da única pessoa a quem ele deu o melhor de si. Mas quem me conhece sabe o que eu penso disso.

http://i185.photobucket.com/albums/x126/sheaseth99/SPN_418/045.jpg

Seguimos com a parte do episódio que me deixou mais emocionada e como sempre a boba aqui, soltou umas lágrimas. Dean completamente perdido também, sem saber como agir, sem saber o que fazer. E fazendo algo que ele nunca julgou fazer: pedindo ajuda aos céus. Do modo Dean Winchester de ser, ele implorou ajuda. E mais uma vez provando o quanto ele é desapegado, o quanto ele coloca os outros acima de tudo, ele reza por Sam. Não por ele mesmo, e sim por um cara que ultimamente ele não sabe mais quem é, mas que ele ainda ama mais que a si próprio. Dean realmente está se mostrando na sua mais profundidade. Ele próprio está se redescobrindo. Isso é fascinante de observar e ver Jensen mostrando em cena. A ajuda vem, e vem em forma daquele que anda na cola de Dean agora. Chega Castiel e mostra o quanto Dean está mudando: orações são um sinal de fé!. Em Lazarus alguém se lembra de Cas dizer a Dean que lhe faltava fé? Então… Temos um Dean começando a ter fé… Wow!! Quanta diferença….

Pois bem, mas como Dean não se dobra fácil, ele confronta Castiel, Dean acima de tudo ainda tem o lado rebelde, indignado e determinado que tanto faz a diferença. E Castiel sabe que Dean tem certa razão. Deixou-me profundamente emocionada o fato de um humano que aparentemente faz tudo contra os mandamentos de Deus, fazer um anjo ficar balançado, fazer um anjo rever suas posições e ações. É Dean que está fazendo Cas mudar, é Dean quem está fazendo Cas se questionar. Então definitivamente Dean não é uma boa influência pra anjos! Mas, eu acho tudo isso muito interessante. Um dando ao outro algo diferente. Cas mostrando a Dean que ter fé é importante e Dean mostrando a Cas que ter direito de escolher e decidir é tão importante também. Bela lição de aprendizado! E eles se entendem muito bem. A despeito do que ambos acreditam e professam, eles se respeitam, eles sabem que pode confiar um no outro. Isso é tão interessante de ver. E simplesmente Castiel mostrou aqui em definitivo que está do lado de Dean. Que acima de tudo ele está do lado do que Dean escolher e decidir. Ele mostrou que ele só quer ajudar Dean seja de forma for, mesmo indo contra suas ordens. Mas também vimos que Cas não é burro e nem impetuoso. Que ele pensa e muito antes de agir. Cas não vai simplesmente abrir mão do que é, ele vai tentar unir o útil ao agradável. Ele vai ajudar Dean sendo um “anjo confiável” aos olhos de seus chefes, pq ele sabe que só assim ele pode mesmo ajudar Dean. Em nada ele vai ajudar se ele se tornar um rebelde e ficar a margem de tudo. Esse é Cas!! Meu anjo predileto!! Uhuuuuu…

A cena de Dean e Chuck é ótima!! Dean tentando convencê-lo pela coragem é fantástica. E quando Dean vê que a baboseira de papinho sentimental não influencia Chuck ele usa o modo que ele se sente a vontade: intimidando. Bala na cabeça resolve melhor que papo de se tornar mártir. Adorei isso.. Dean e suas tiradas.. kkkkkkk… Chuck foi apresentado ao estilo Dean Winchester de ser.

http://img19.imageshack.us/img19/2711/spn418021.jpg

Vemos então o esperado encontro. Lilith e Sam.. Lilith com aquele o qual ela não tem como acabar e Sam com aquela que destruiu por completo quem ele um dia foi e quem ele procurava há tanto tempo. Mais uma vez me arrepio de ver o quanto Sam fica transtornado na presença de um demônio, ainda mais se esse demônio em questão for Lilith. E Lilith mais uma vez se mostra porque é tão poderosa e temida. Ela é uma fdp desgraçada mesmo. E nisso eu concordo com Sam: eu a odeio. Sam busca a todo o momento o autocontrole quando está com ela, principalmente quando ele percebe que ainda não pode destruí-la. E vemos que ambos, Sam e Lilith são adversários inteligentes e poderosos. O papinho de abdicar da Lilith tem algo pro trás. A conversa de que ela não vai sobreviver a guerra nos mostra que isso é algo muito mais grandioso do que todos nós pensamos e que Eric Kripke mais uma vez deu um nó na cabeça dos fãs! Lilith é a mãe de todos os pecados? De todos os demos? Ela queria somente sangue de bebês pra que?? Wow.. Por que diabos ela não sobreviveria? Isso é muito doido.. Muito mesmo…Mas uma coisa eu pude ter certeza aqui: esses Winchesters tem algo muito, mas muito especial. Anjos e demônios os querem de qualquer jeito. Tanto o céu quanto o inferno querem Dean e Sam. O que será isso??

Adorei que Sam se mostra enojado de pensar que pode ser parecido com Lilith, que pode ser um mosntro, isso mostra que ele ainda acredita que ele não é uma pessoa ruim, que ele está decidido a não se tornar um protótipo de demônio. Eu só espero do fundo do meu coração que toda essa determinação e indignação permaneça nele. Que ele não se esqueça do que um demônio é de verdade. E isso inclui Ruby! Sam mais uma vez se precipita ao atacar Lilith e se dá mal. Chega então a ajuda, e foi muito engraçado ver Chuck tentando enfrentar Lilith. Hehe..

http://img24.imageshack.us/img24/3507/spn418022.jpg

Mas Dean mostra pra ela que ninguém ali estava brincando, e mesmo Lilith sendo uma sádica cruel ela não é burra e sabe o poder que os arcanjos tem. O olhar de “nosso assunto não acabou” pro Sam foi algo mais que recado. Foi meio que uma advertência e ameaça. O que será que vem por aí?? Lilith é como disse Castiel “imprevisível e tem um senso de humor próprio”

E como não podia deixar de ser, a conversa básica no Impala. Sam mostrando a Dean que ele ainda continua o cérebro da dupla. Ele descobriu algo novo. Lilith está com medo. Ela está sabendo de algo que pode ser a carta deles. Ela está fugindo. Mas também junto com isso ainda tem o ódio de Sam e sua determinação em acabar com ela, com Lilith, mesmo que pra isso ele tenha que se destruir também e, isso realmente assusta e deixa Dean apreensivo. Mas eu espero um bom embate entre eles, ele Lilith e os meninos. Sim, pq alguém acha que Dean vai deixar Sam sozinho nessa?? Qual é!

E agora vem a pergunta que nesse exato momento eu quero fazer a Eric Kripke: o que diabos Chuck viu?? O que diabos ele viu de tão assustador que ele quis avisar os meninos e aquele anjo teletubie impediu?
Eu só tenho a dizer isso: deve ser algo muito, mas muito tenebroso.. E realmente os desígnios de Deus (se é que Deus está mesmo querendo que tudo seja assim, ou se é somente pq até Deus tem subordinados traíra) são estranhos, muito estranhos. E ainda continuo detestando as atitudes e o jeito desse anjo Zachariah.

http://img4.imageshack.us/img4/7048/spn418023.jpg
http://img2.imageshack.us/img2/616/spn418024.jpg

Voltando ainda a falar de profetas, profecias e afins. Volto a salientar um ponto aqui. Não é possível que ele (Eric) me passa três temporadas inteiras falando em “poder de escolha”, Dean repete como um disco furado “Vc decide seu destino”, “Você escolhe quem você quer ser”, “Eu escolho morrer lutando”, pra quando a gente chegar no fim perceber que essas “escolhas” não é “nossa escolha” que simplesmente fomos fantoches e marionetes na mão de um poder superior que supostamente nos criou pra sermos livres mas que no fundo não temos porcaria nenhuma?

Acho que isso não condiz com o que Eric sempre nos tentou mostrar antes de anjos entrarem na série (não que eu seja contra a entrada deles, nada disso. Eu simplesmente amei e amo os anjos na série. Não é a toa que Lazarus Rising ainda figura como TOP na minha lista). Essa história de “destino” é como se de repente estivessem jogando na nossa cara: “Olhem seus idiotas, vcs só tem a sensação que podem decidir algo, pq se sua decisão for contra nossa vontade, a gente simplesmente tira você e suas idéias do caminho”. Esse foi um dos motivos que eu fiquei puta de raiva no episódio passado. Porque as atitudes dos anjos no final das contas nos esfrega na cara que somos manipulados ao bel de prazer de um poder superior que diz “amar e respeitar sua criação dando liberdade de escolha a eles”, mas que na prática faz algo muito diferente. Então eu prefiro acreditar que Eric vai dar uma solução pra isso, eu acho que Eric vai jogar com esse lance de destino e livre arbítrio. Sem dúvida que há um destino (afff que eu não gosto dessa palavra..Enfim..) mas no final prevalece o livre arbítrio que é uma das maiores dádivas que Deus diz ter dado aos humanos. Vou confiar nisso, assim como vou confiar e acreditar que Dean vai usar esse livre arbítrio… Ele vai acabar chutando o pau da barraca e vai usar o livre arbítrio dele como ele sempre usou e defendeu. Eu acredito que o que vai fazer Dean virar o jogo com os anjos é justamente isso: a sua capacidade enorme de se adequar a situações que pedem um sangue frio e uma reação por instinto e não por pura “manipulação”. Dean odeia ser manipulado, ser enganado, ser uma marionete na mão de quem for. Dean sempre brigou contra isso, contra essa coisa de “destino”, e ele ainda vai brigar muito. Mesmo que ele esteja quebrado, ferido, se sentindo perdido e sem motivação, no final das contas Dean vai buscar (na verdade ele já achou só falta mais um pouco) forças no fundo de sua alma, pq ele simplesmente não aceita tão fácil as coisas que lhe são impostas.

Basta que haja perigo, basta que ele esteja no fogo que o botão dele liga e ele age. Ele vai a luta e mostra porque é um Winchester. Não é anjo FDP nenhum que vai ativar o “modo Dean Winchester de ser”. O que ativa isso em Dean é a situação que ele vivencia, ainda mais se essa situação envolve uma pessoa chamada Sam Winchester e John Winchester. Aí sim o botão Dean é ativado imediatamente. E então temos o velho Dean de guerra, como vimos aqui nesse episódio. O Dean que acostumamos ver brigando, guerreando, lutando, estava de volta. Estava sendo ativado de novo. Mesmo com marcas visíveis e profundas, Dean está se levantando, está cicatrizando as feridas. E ele acima de tudo vai vir com a força de um guerreiro e de um herói. E Sam vai voltar a enxergar que o que vale realmente é o que ele é, e não o que se esperam dele. Sam vai voltar a enxergar que sua vida é somente sua e de ninguém mais. Se um demônio fdp cruzou seu caminho, ele que saia, pq Sam Winchester é mais lindo e melhor que isso.

Um abraço e até o próximo!

Related posts

73 thoughts on “Impressões do 4×18 – The Monster at The End of This Book by Polly

  1. Excelente análise. Adorei a parte do episódio que diz respeito aos fãs e à essa palhaçada de ‘wincest’ ARGHHH.
    Só não entendi isso:
    “apenas quatro “anjos” conhecem a face de Deus eu acredito que Kripke (veja bem, opinião pessoal galera, não significa que é verdade), tenha colocado esses quatro seres como arcanjos e que conhecem Deus: Gabriel, Rafael, Miguel e Lucifer. Sim Lúcifer conhece Deus. Lúcifer é um anjo. Não se esqueçam das palavras de Uriel e de sua explicação por ter “virado a casaca”.
    Pois bem, esses seres são poderosos. Esses seres sim estão diretamente ligados com Deus e são seus fiéis servos. Não existe a mais remota possibilidade de um arcanjo se virar contra seu criador.”

  2. Excelente análise. Adorei a parte do episódio que diz respeito aos fãs e à essa palhaçada de ‘wincest’ ARGHHH.
    Só não entendi isso:
    “apenas quatro “anjos” conhecem a face de Deus eu acredito que Kripke (veja bem, opinião pessoal galera, não significa que é verdade), tenha colocado esses quatro seres como arcanjos e que conhecem Deus: Gabriel, Rafael, Miguel e Lucifer. Sim Lúcifer conhece Deus. Lúcifer é um anjo. Não se esqueçam das palavras de Uriel e de sua explicação por ter “virado a casaca”.
    Pois bem, esses seres são poderosos. Esses seres sim estão diretamente ligados com Deus e são seus fiéis servos. Não existe a mais remota possibilidade de um arcanjo se virar contra seu criador.”

  3. Excelente análise. Adorei a parte do episódio que diz respeito aos fãs e à essa palhaçada de ‘wincest’ ARGHHH.
    Só não entendi isso:
    “apenas quatro “anjos” conhecem a face de Deus eu acredito que Kripke (veja bem, opinião pessoal galera, não significa que é verdade), tenha colocado esses quatro seres como arcanjos e que conhecem Deus: Gabriel, Rafael, Miguel e Lucifer. Sim Lúcifer conhece Deus. Lúcifer é um anjo. Não se esqueçam das palavras de Uriel e de sua explicação por ter “virado a casaca”.
    Pois bem, esses seres são poderosos. Esses seres sim estão diretamente ligados com Deus e são seus fiéis servos. Não existe a mais remota possibilidade de um arcanjo se virar contra seu criador.”

  4. Excelente análise. Adorei a parte do episódio que diz respeito aos fãs e à essa palhaçada de ‘wincest’ ARGHHH.
    Só não entendi isso:
    “apenas quatro “anjos” conhecem a face de Deus eu acredito que Kripke (veja bem, opinião pessoal galera, não significa que é verdade), tenha colocado esses quatro seres como arcanjos e que conhecem Deus: Gabriel, Rafael, Miguel e Lucifer. Sim Lúcifer conhece Deus. Lúcifer é um anjo. Não se esqueçam das palavras de Uriel e de sua explicação por ter “virado a casaca”.
    Pois bem, esses seres são poderosos. Esses seres sim estão diretamente ligados com Deus e são seus fiéis servos. Não existe a mais remota possibilidade de um arcanjo se virar contra seu criador.”

  5. Excelente análise. Adorei a parte do episódio que diz respeito aos fãs e à essa palhaçada de ‘wincest’ ARGHHH.
    Só não entendi isso:
    “apenas quatro “anjos” conhecem a face de Deus eu acredito que Kripke (veja bem, opinião pessoal galera, não significa que é verdade), tenha colocado esses quatro seres como arcanjos e que conhecem Deus: Gabriel, Rafael, Miguel e Lucifer. Sim Lúcifer conhece Deus. Lúcifer é um anjo. Não se esqueçam das palavras de Uriel e de sua explicação por ter “virado a casaca”.
    Pois bem, esses seres são poderosos. Esses seres sim estão diretamente ligados com Deus e são seus fiéis servos. Não existe a mais remota possibilidade de um arcanjo se virar contra seu criador.”

  6. Excelente análise. Adorei a parte do episódio que diz respeito aos fãs e à essa palhaçada de ‘wincest’ ARGHHH.
    Só não entendi isso:
    “apenas quatro “anjos” conhecem a face de Deus eu acredito que Kripke (veja bem, opinião pessoal galera, não significa que é verdade), tenha colocado esses quatro seres como arcanjos e que conhecem Deus: Gabriel, Rafael, Miguel e Lucifer. Sim Lúcifer conhece Deus. Lúcifer é um anjo. Não se esqueçam das palavras de Uriel e de sua explicação por ter “virado a casaca”.
    Pois bem, esses seres são poderosos. Esses seres sim estão diretamente ligados com Deus e são seus fiéis servos. Não existe a mais remota possibilidade de um arcanjo se virar contra seu criador.”

  7. Excelente análise. Adorei a parte do episódio que diz respeito aos fãs e à essa palhaçada de ‘wincest’ ARGHHH.
    Só não entendi isso:
    “apenas quatro “anjos” conhecem a face de Deus eu acredito que Kripke (veja bem, opinião pessoal galera, não significa que é verdade), tenha colocado esses quatro seres como arcanjos e que conhecem Deus: Gabriel, Rafael, Miguel e Lucifer. Sim Lúcifer conhece Deus. Lúcifer é um anjo. Não se esqueçam das palavras de Uriel e de sua explicação por ter “virado a casaca”.
    Pois bem, esses seres são poderosos. Esses seres sim estão diretamente ligados com Deus e são seus fiéis servos. Não existe a mais remota possibilidade de um arcanjo se virar contra seu criador.”

  8. Excelente análise. Adorei a parte do episódio que diz respeito aos fãs e à essa palhaçada de ‘wincest’ ARGHHH.
    Só não entendi isso:
    “apenas quatro “anjos” conhecem a face de Deus eu acredito que Kripke (veja bem, opinião pessoal galera, não significa que é verdade), tenha colocado esses quatro seres como arcanjos e que conhecem Deus: Gabriel, Rafael, Miguel e Lucifer. Sim Lúcifer conhece Deus. Lúcifer é um anjo. Não se esqueçam das palavras de Uriel e de sua explicação por ter “virado a casaca”.
    Pois bem, esses seres são poderosos. Esses seres sim estão diretamente ligados com Deus e são seus fiéis servos. Não existe a mais remota possibilidade de um arcanjo se virar contra seu criador.”

  9. Excelente análise. Adorei a parte do episódio que diz respeito aos fãs e à essa palhaçada de ‘wincest’ ARGHHH.
    Só não entendi isso:
    “apenas quatro “anjos” conhecem a face de Deus eu acredito que Kripke (veja bem, opinião pessoal galera, não significa que é verdade), tenha colocado esses quatro seres como arcanjos e que conhecem Deus: Gabriel, Rafael, Miguel e Lucifer. Sim Lúcifer conhece Deus. Lúcifer é um anjo. Não se esqueçam das palavras de Uriel e de sua explicação por ter “virado a casaca”.
    Pois bem, esses seres são poderosos. Esses seres sim estão diretamente ligados com Deus e são seus fiéis servos. Não existe a mais remota possibilidade de um arcanjo se virar contra seu criador.”

  10. Excelente análise. Adorei a parte do episódio que diz respeito aos fãs e à essa palhaçada de ‘wincest’ ARGHHH.
    Só não entendi isso:
    “apenas quatro “anjos” conhecem a face de Deus eu acredito que Kripke (veja bem, opinião pessoal galera, não significa que é verdade), tenha colocado esses quatro seres como arcanjos e que conhecem Deus: Gabriel, Rafael, Miguel e Lucifer. Sim Lúcifer conhece Deus. Lúcifer é um anjo. Não se esqueçam das palavras de Uriel e de sua explicação por ter “virado a casaca”.
    Pois bem, esses seres são poderosos. Esses seres sim estão diretamente ligados com Deus e são seus fiéis servos. Não existe a mais remota possibilidade de um arcanjo se virar contra seu criador.”

  11. Excelente análise. Adorei a parte do episódio que diz respeito aos fãs e à essa palhaçada de ‘wincest’ ARGHHH.
    Só não entendi isso:
    “apenas quatro “anjos” conhecem a face de Deus eu acredito que Kripke (veja bem, opinião pessoal galera, não significa que é verdade), tenha colocado esses quatro seres como arcanjos e que conhecem Deus: Gabriel, Rafael, Miguel e Lucifer. Sim Lúcifer conhece Deus. Lúcifer é um anjo. Não se esqueçam das palavras de Uriel e de sua explicação por ter “virado a casaca”.
    Pois bem, esses seres são poderosos. Esses seres sim estão diretamente ligados com Deus e são seus fiéis servos. Não existe a mais remota possibilidade de um arcanjo se virar contra seu criador.”

  12. Ótima análise… gostei muito do episodio, tirando o final… odeio aquele zacaraiah acho que ele é mais um da laia do Uriel.
    Aquelas palavras dele, me pareceu que ele quer que Lucifer venha à Terra.

  13. Marina&Rodrigo

    O que vc não entendeu? Sobre os quatro anjos que viram a face de Deus? Ou o lance de Lucifer?

    Pq sobre os quatro anjos que viram a face de Deus foi dito pela Anna em Heaven and Hell. Ela disse que quatro viram, mas não disse quem foi que realmente viu.

    O restante foi meio que uma opinião pessoal.

    Qualquer dúvida pode voltar a perguntar..

    Abraços

  14. Deh

    Mais uma vez estou aqui para parabenizá-la Polly!!!!!
    Trabalho muito bem feito e mesmo eu tendo visto o ep, as vezes deixo passar algumas coisas e lendo suas impressões consigo ter mais noção do que é…..
    E como você mesmo disse no post sobre os fâs que tecem milhares de teorias faço parte desses fâs, e nossa como eu amo isso (tecer teorias).

    Valeu…

    Abraços!!!!

  15. supernaturalmaníaca

    Eu tmb adorei este episódio, mas discordo qdo você diz q Sam usa o q Dean está vivendo como desculpa por sua sede de poder. Os irmãos se conhecem bem pra caramba, e assim como Dean sabe q Sam está escondendo algo bem feio, Sam por sua vez sabe q Dean ñ se sente mais tão forte e destemido como antes (o q ficou bem claro pra gente em “On The Head Of A Pin” qdo Dean chora diante d Castiel no final do episódio) e q agora é sua vez d cuidar d Dean.

  16. Anonymous

    Hauhauhuaa
    Supernatural eh o tamanho dessas Impressões xD

    Mas parabéns pelo site, bom demais.
    Encontrei ele faz poko tempo mas agora sempre entro.

    Abraçoss, teh a próxima

  17. anjo teletebi LOLLLLLLLLLLLLLLLLLLL amei

  18. Anonymous

    gostaria de deixar uma longa opinião de um fã dessa mais q incrivel serie q é supernatural… eu venho acompanhando des de o inicio a serie e humildemente gostria de falar algumas opiniões.
    primeiro o autor da serie eric é um genio, e a cada episódio vejo isso mais claramente, e pra mim tuda a historia já estava planejada des de o começo pelo autor, apenas foi-se desenhando melhor a história, eric a meu ponto de vista nos apresentou uma historia de amor entre dois irmãos q seria a forma decisiva de chegar aonde estamos, eu acredito aqui com meu cerebro mirabolante, que Dean e Sam foram “escolhidos” para mostrar q o amor entre eles foi quem começou o apocalipse ñ dean torturar uma garota no inferno, eu acho q eric tinha em mente des de o inicio o apocalipce, e está nos dando dicas sem parar do porque disso acontecer, e que é inevitavel, e que isso nem sequer é o assunto ou apce da serie, pra mim dean e sam foram escolhidos pelo amor que tinham um pelo outro e pelo contesto que nasceram, e que o plano dos demonios era destruir tal sentimento para propiciar a quebra dos selos, para mim é como se o amor deles fosse a balança que mantinha o mundo, e quando quebrado propissiou a chegada do caos, refirome aqui a propria mitologia de eric, já que ele ñ só procura nas religiões os herois como tambem os vilões, acho que desde o começo ele queria nos mostrar que o ultimo selo é o desbalanceamento do amor de sam e dean, entretanto me levo a acreditar que na visão de eric Deus tambem tem seu plano que sempre foi deixar o apocalipse aconteser para poder mostrar que o amor pode tanto traze-lo quanto acabar com ele, ai vem a segunda parte dá minha opinião, acho q a real intenção do apocalipse não é só mostrar o fracasso do amor, e sim a vitoria dele, eu acredito que sam ira quebrar o ultimo selo, e depois disso o amor dos irmãos winchester será renovado, e que é isso que prenderá lucifer novamente, ou seja que o destino estava traçado, porem o que fazemos com o destino é o q realmente importa.
    segundo sobre a questão dos anjos inseridos a serie, eu acredito que eles eram precisos des de o começo, mas o que desenhou suas caracteristicas foi a atuação dos atores tão queridos por todos os fãs de supernatural,acredito que como des de o inicio eric planejava mudar a personalidade de sam e dean, ele desenhou os anjos com o que eles “perderam”, por exemplo acredito que as qualidades de castiel, foram desenhadas atravez dá falta que os fãs sentiriam do doce e justo sammy, e q o estremo e inojante sarcasmo de sacarihas e uriel, são uma versão(muito deturpada) do antigo(nem tanto) sarcasmo de dean.
    acredito que essa serie sejá um enorme jogo de xadrez jogado de traz para fente.
    P.S: sobre lilith, fiz minha pesquisa sobre e lilith exise degundo a demonologia que eric costuma seguir, ela de acordo com a demonologia foi a primeira mulher, criada em pé de igualdade com adão e não de sua custela, porem lilith era empetuosa e se negava a deitar-se com adão, então lucifer entrega a ela um livro de magia negra e ela escapa do paraiso, então ela desce até o mar vermelho e começã a copular com os demonios, assim sendo dái vem a sitação dela dar cria a seres como o sam, porque durante a copulação demoniaca no mar vermelho lilith dá a luz a todos os demonios do inferno, enfim, adão reclama o desaparecimento de sua esposa com deus, e ele manda anjos para trazer lilith devolta ao paraiso, porem lilith ñ aceita contanto suas aventuras demoniacas, e então é condenada por tuda a eternidade ao inferno, tambem a referencia a ela ser uma das cinco(numero incerto) comcubinas de lucifer. tuda a historia de lilith é real, e eu busquei em fontes mitologicas.
    outra coisa é que acredito que cripte estejá mostrando essa não liberdade de escolha para demonstrar que o livri arbitrio é muito maior q imaginamos.
    sei que posso(e devo) estar parecendo louco para alguns(muitos), mas que aconpanha supernatural, vê que almenos há um pouco de fundos e tudo que estou dizendo…
    um abraço a todos os fãs de supernatural, e se quiserem entrar em contato, e.breathingtheflowers@hotmail.com
    é meu msn e bryanperc@gmail.com é meu orkut, talvez queiram trocar um pouco de teorias de conspiração kkkkkk….. bjo e agradeço a todos que lerão até o fim essa humilde opinião.

  19. Anonymous

    sou o dono do comentario um pouco antes que conta a historia de lilith, volta apenas para salientar que de acordo com a demonologia lilith é antecessora de eva, ou sejá primeiro criou-se lilith, eva vem depois, por um pedido de adão que se sentia sozinho pela partida e lilith, então deus criou outra mulher(eva), que mais tarde “acarredtaria”, a hispulsão dos seres humanos do paraiso, tambem de acordo com a demonologia a maçã proibida seria uma metafora, e o que realmente aconteceu é que eva se deitou com lucifer, e deu origem a caim filho de lucifer(para os intereçados há uma breve referencia no filme constantine), existe tal mitologia demoniaca, apenas esclarecendo…

  20. Polly, vc como sempre nos surpreendendo com suas análises… parabéns… vc consegue transformar em palavras tdo o q eu sinti e sinto vendo os episódios… Ja virei seu Fã!!!rsrsrs
    Abração!

  21. Seu comentário foi ótimo, Polly!
    Vejo que você também pecebeu quem
    são os quatro anjo que viram a face
    de Deus.Acredito que o arcanjo Miguel poderá aparecer mais pra frente.É esperar pra ver.

  22. catarina mas ele parece mesmo um teletubbie ..rsrs

    Anônimo que bom que resolveu escrever.. A participação de todos é tão importante, é tão bem vinda.. E sobre seu comentário eu li.. Tudo.. E concordo com vc que Supernatural é mais que terror, ela é sobre uma saga familiar.. Tem amor mais que tudo.. E eu acho isso lindo.. Um dos pontos mais lindos do seriado

    Mauhricio Oliveira Que bom que vc lê meus devaneios sobre a série.. Fã?? Imagina.. Não mereço tanto… Eu sou apenas mais uma fã do seriado como vc!!
    Abraços

    Azulongmon.. Eu pensei em Miguel desde que Anna falou em poucos anjos viram mesmo Deus… Um abraço

  23. desculpa mais
    eu to por fora disso
    (os 4 anjos q viram a face de Deus????
    quando e eim q episodio falou sobre isso
    vcs sabem qm saum os 4 ??
    brigado
    se puder me responder…
    eu agradeço !!
    parabens a todos !!!

  24. alan Esse lance de somente quatro anjos que viram a face de Deus foi dito pela Anna em Heaven and Hell (por volta de 16 minutos no episódio). Ela disse que quatro viram, mas não disse quem foi que realmente viu.

    O restante foi meio que uma opinião pessoal.

  25. eu confesso que estava esperando essse comentario com uma frase na ponta da lingua
    -nao vou concordar
    mas como a nossa poly é GENIAL MARAVILHOSA e tem um discernimento incrivel,eu dou a mao a palmatoria.
    e gostaria de reforçar…
    o dean precisa acreditar mais em seu irmao e encherga-lo como caçador capaz e nao como algo fragil.
    estou começando a ter confiança no sam,se revermos todas as atitudes onde sam precisou se posicionar ele sabia oque fazer o tempo todo só que nao diz abertamente.

  26. Você disse que Lúcifer era um arcanjo, mas que um arcanjo jamais trairia DDDeus. Mas ele traiu…
    A propósito, Lúcifer era dito ser um querubim. LOL

  27. Você disse que Lúcifer era um arcanjo, mas que um arcanjo jamais trairia DDDeus. Mas ele traiu…
    A propósito, Lúcifer era dito ser um querubim. LOL

  28. Você disse que Lúcifer era um arcanjo, mas que um arcanjo jamais trairia DDDeus. Mas ele traiu…
    A propósito, Lúcifer era dito ser um querubim. LOL

  29. Você disse que Lúcifer era um arcanjo, mas que um arcanjo jamais trairia DDDeus. Mas ele traiu…
    A propósito, Lúcifer era dito ser um querubim. LOL

  30. Você disse que Lúcifer era um arcanjo, mas que um arcanjo jamais trairia DDDeus. Mas ele traiu…
    A propósito, Lúcifer era dito ser um querubim. LOL

  31. Você disse que Lúcifer era um arcanjo, mas que um arcanjo jamais trairia DDDeus. Mas ele traiu…
    A propósito, Lúcifer era dito ser um querubim. LOL

  32. Você disse que Lúcifer era um arcanjo, mas que um arcanjo jamais trairia DDDeus. Mas ele traiu…
    A propósito, Lúcifer era dito ser um querubim. LOL

  33. Você disse que Lúcifer era um arcanjo, mas que um arcanjo jamais trairia DDDeus. Mas ele traiu…
    A propósito, Lúcifer era dito ser um querubim. LOL

  34. Você disse que Lúcifer era um arcanjo, mas que um arcanjo jamais trairia DDDeus. Mas ele traiu…
    A propósito, Lúcifer era dito ser um querubim. LOL

  35. Você disse que Lúcifer era um arcanjo, mas que um arcanjo jamais trairia DDDeus. Mas ele traiu…
    A propósito, Lúcifer era dito ser um querubim. LOL

  36. Você disse que Lúcifer era um arcanjo, mas que um arcanjo jamais trairia DDDeus. Mas ele traiu…
    A propósito, Lúcifer era dito ser um querubim. LOL

  37. Silvania Hudson

    Polly vc também não entendeu como os meninos foram parar na livraria???

    Bj

  38. Marina&Rodrigo acho que não me fiz entender, mas tudo bem, vou tentar esclarecer. rsrs… Quando eu coloquei “arcanjo” eu coloquei de uma forma generalizada: disse que era “anjo principal”, uma categoria elevada de anjos. E acredito que Lucifer uma vez se enquadrou nisso sim. E ainda se enquadra, mas veja bem: baseado em coisas soltas em Supernatural, e não no que diz somente a Bíblia, Torá, livros e mais livros. Eu não quero (e se aconteceu isso, me desculpe) ressaltar nenhuma religião ou seita ou doutrina ou o que seja. E pegando várias coisas que eu já li por aí, Lucifer não traiu Deus, Lucifer só não aceitou completamente suas ordens. Lucifer não aceita que humanos sejam postos no mesmo pé de igualdade ou até sejam considerados melhores que eles, os anjos.
    E sinceramente essa hierarquia de anjos eu ainda não estudei, não me aprofundei.. Vou ver se me animo a fazer isso.. hehe..
    E veja bem: o que escrevo são minhas impressões, são o que eu enxergo quando assisto o episódio, não significa que seja uma verdade absoluta. Eu levo muito a sério as entrevistas de Eric Kripke, Sera Gamble, Robert Singer, David Nutter, Johh Shiban, o saudoso Kim Manners, Ben Edlund. Eu quando vejo um episódio procuro associar o que vejo com tudo que eles falam. E Eric parece um disco furado quando ele fala das criaturas mostradas em Supernatural: ele só se inspira nelas, ele não copia o que está por aí. Sobre os anjos, tanto ele quanto Sera e Robert já disseram que não é nada perto de “asas e harpas”. Apenas isso..
    Um grande abraço

  39. Silvania Hudson.. Não, não entendi.. hehe
    Como raios eles chegaram até lá? E porque eles foram até lá? hehe…
    Realmente não entendi.. Não mesmo..

  40. sophie lorena black Pode não parecer, mas eu tb amo o Sam com todo meu coração e sei discernir os defeitos do Dean.. Fico mesmo muito feliz que vc possa ter chegado a essa conclusão.. Muito mesmo.. Valeu
    Por mais que eu me identifique com Dean, por mais que eu aceite melhor as atitudes dele, não significa em hipótese alguma que ele não erre. Muito pelo contrário, ele erra, ele sabe que erra e por isso vive em conflito…

    E sobre eu ser “GENIAL MARAVILHOSA”, assim vc me deixa encabulada e vermelha feito um pimentão.. rsrs.. Eu sou apenas mais uma fã que tem um amor visceral por esses meninos.. Nada mais que isso.. Apenas uma fã…

    Bjocas

  41. no parabens polly
    vc tem a arte serim serim
    serio eu achava q sabia alguma coisa de supernatural quando eu vi os seus comentarios e tall aprendi de +
    mais pó aond q vcs acham isso tudo qq isso vcs sabem d + me passem o site ai aond tem esse boatos sei la
    parebens a todos espero a resposta

  42. alan Eu pesquiso muito.. Muito mesmo.. E não posso te dizer especificamente só um lugar, são vários..

    Um abraço

  43. Oi Polly estava com saudades dos seus comentários apesar de ainda não ter assistido ao episódio pois aqui no Brasil, hj que vamos ver o 15º episódio, mas já da para ter uma noção do que vai acontecer, e percebi que quase vimos os irmão de volta e continuo achando que a intenção do Sam usar seus poderes pode até ser boa, o problema que ele deu ouvidos justamente para a coisa que ele mais odeia no mundo que é um demonio, mas quem sabe ele não põe um fim nessa ordinaria dos infernos e o amor de irmão faça com que ele volte para realidade e volte a ser o velho e bondoso Sammy bjs.

  44. SPN Big Fan

    Polly, primeiramente parabéns pelos seus comentários. Eu fico esperando sua análise crítica sobre cada episódio. Colocando à parte sua preferência “escarrada” pelo Dean (Jensen), você acha analisando imparcialmente que o SAM tem volta ?
    Abços…

  45. SPN Big FanObrigada por ler o que escrevo…

    E sim, eu acredito que o Sam tem volta. Ele não se perdeu totalmente.. Ele só está confuso e sem rumo. Ele está muito ferido, mas ele ainda tem algo muito mas muito importante: Dean.

    Sam ainda tem Dean.. Sam ainda tem um profundo amor pelo seu irmão.. Eu tenho que acreditar que ele ainda sabe o que é ser um Winchester…

    E sobre minha preferencia pelo Dean: come on.. Não é segredo pra ninguém!! rsrs……Mas eu amo de paixão o irmão mais novo dele..

    Abraços

  46. supernaturalmaníaca

    Polly tmb sou completamente apaixonada pelo Sam (Muuuuito gato, com certeza é meu número!), mas é inegável q Jensen faz um trabalha sensacional em Supernatural e seu personagem é sem dúvida o mais carismático, mais divertido, mais emocionante…Dean é o cara!

  47. SPN Big Fan

    Polly e supernaturalmaniaca, na minha visão masculina, apesar do Dean ser mais carismático e tal, acho que o Sam tem um papel muito importante para o Dean, e seu personagem é muito interessante, apesar das mudanças que vem sofrendo. Minha empatia é maior com o Sam. Entretanto Dean não funciona sem Sam e vice-versa. Abços…

  48. SPN Big Fan

    E infelizmente acho que o confronto de Dean e Sam está próximo, apesar de não me agradar. Devemos nos preparar para isso …

  49. Polly como sempre, ótimo comentário. Tb amei a referência aos fãs, Dean falando de seu nu frontal e a careta do Sam (amo as caretas do Jared) E, concordo com vc qto à sua colocação acerca do livre-arbítrio. Acho que Kripke quer instigar a reflexão Destino X Livre-arbítrio, mas assim como vc, espero que prevaleça o Livre-Arbítrio… Não acredito em destino, e acho que se isso for o que rege a saga dos Winchester, vai perder a coerência com o início da série. Ah, e tb acho que a reação de Dean e Sam aos fãs que gostam de fics com relações homossexuais deles, foi condizente com a indignação deles, e a surpresa de ver tal ideia, nada relativo à preconceito em si, mas concordo que alguns fãs, ficam reclamando de coisas sem importância somente… E, para finalizar, assino embaixo que Kripke é um gênio, que ao meu ver, deveria ter mais espaço e reconhecimento na mídia, mais que J abrahms, que é superestimado (até por demais…)

  50. Esse episodio foi muito bom, top fav,nao sei ao certo, mas me senti um pouco horrorizado nesse episodio, fiquei imaginando como seria minha vida exposta nos livros e e como seria se uma outra pessoa soubesse detalhes da minha vida e ainda mais o meu intimo e os meus sentimentos como Chuck sabia dos irmaos e fiquei mais horrorizado em pensar como seria uma vida cujo o caminho ou o rumo nao poderia mudar porque ja estava determinado,… o que deixou tambem uma brecha em toda o seriado desde o primeiro episodio na minha opiniao.
    Fico confuso, as vezes eles passam a ideia de que ja sabem o que vai acontecer no futuro do mundo e outras quebram. Acabam quebrando isso colocando um profeta com visoes sobre os acontecimentos do futuro que nao podem ser mudados…Nao sei se estou me expressando claramente e vcs vao entender o que eu quero dizer….Em geral o rumo das coisas parecem se contrariar xD…pulando isso.

    No começo eu falei pra mim mesmo – é vai ser mais um episodio sem revelaçoes, mas pelo menos parece que vai ser mais engraçado que o 16 – nesse momento eu me mijando de rir vendo a capa do livro deles dois heuheuhe, mas a cada momento o episodio foi roubando a minha atençao e quando vejo ja tem; um outro encontro cara a cara com a lilith e finalizando um episodio com um arcanjo e profeta, foi do tipo de episodio de dar calafrios e de te enganar se vc nao assistir pelo menos os primeiros 15 minutos…Gostei da analogia do titulo mas na minha opiniao poly eu acho que o monstro que se refere ao final do livro ou no caso,o episodio, nao foi a lilith e sim o sam, apesar do dean tentar convencer sam de usar seus poderes e toda a coisa vamp, sam sabe que mesmo querendo ou tentando fazer o bem no final vai acabar fazendo o mal, digo isso vide a conversa que ele teve com o profeta…

    Uma coisa que eu nao concordo com voce é sobre o ator que interpreta anjo zacarias, acho que ficou excelente o ator e acho que interpretou muito bem, aquele rosto feliz acaba assustando quando a gente ouve sair da boca dele ”try and i”ll stop you” e ainda com o sorriso no rosto, é bem macabro …eu gosto de como a serie mostra os anjos de uma forma diferente tirando Anna, a serie quebrou completamente aquela imagem de que anjo é bonzinho e protetor e quer o bem estar dos mortais…digo isso pelo comportamento de uriel, e do zacarias e até um pouco do castiel que no decorrer da serie acabou mudando pq ele começou a se ”apegar” aos humanos e ao Dean e Sam…..

    Enfin… por hoje eu so vou comentar isso porque meu tempo é pouco e nao terminei de ler todo o seu topico,…menina vc estava inspirada hein!! heheh … *.* mas vou ler sim, eu gosto de ler suas opinioes =D

    Até…

    ps.: o google chrome come letras o.O, se estiver faltando, peço desculpas x]

  51. Anonymous

    Nossa adorei,ótima análise!
    Parabéns!

  52. @Anônimo acima:
    LOL
    Demorou hein? Pra postar aqui hehe.
    De qualquer maneira, esse episódio foi demais.

  53. @Anônimo acima:
    LOL
    Demorou hein? Pra postar aqui hehe.
    De qualquer maneira, esse episódio foi demais.

  54. @Anônimo acima:
    LOL
    Demorou hein? Pra postar aqui hehe.
    De qualquer maneira, esse episódio foi demais.

  55. @Anônimo acima:
    LOL
    Demorou hein? Pra postar aqui hehe.
    De qualquer maneira, esse episódio foi demais.

  56. @Anônimo acima:
    LOL
    Demorou hein? Pra postar aqui hehe.
    De qualquer maneira, esse episódio foi demais.

  57. @Anônimo acima:
    LOL
    Demorou hein? Pra postar aqui hehe.
    De qualquer maneira, esse episódio foi demais.

  58. @Anônimo acima:
    LOL
    Demorou hein? Pra postar aqui hehe.
    De qualquer maneira, esse episódio foi demais.

  59. @Anônimo acima:
    LOL
    Demorou hein? Pra postar aqui hehe.
    De qualquer maneira, esse episódio foi demais.

  60. @Anônimo acima:
    LOL
    Demorou hein? Pra postar aqui hehe.
    De qualquer maneira, esse episódio foi demais.

  61. @Anônimo acima:
    LOL
    Demorou hein? Pra postar aqui hehe.
    De qualquer maneira, esse episódio foi demais.

  62. Anonymous

    Momento Tattoo: Alguém poderia me explicar o que significam as tatoos de Dean e Sam e desde quando elas as têm? Não sabia delas até então…
    Episódio sensacional, colocou os fãs como personagens, me senti parte de supernatural foi ótimo!
    Pra fã nenhum botar defeito!!
    Claudinha

  63. As tatoos evitam que eles fiquem possuídos. Pelo menos é isso que eles disseram no episódio “Jus in Belo”, se eu não estiver enganado.
    😛

  64. As tatoos evitam que eles fiquem possuídos. Pelo menos é isso que eles disseram no episódio “Jus in Belo”, se eu não estiver enganado.
    😛

  65. As tatoos evitam que eles fiquem possuídos. Pelo menos é isso que eles disseram no episódio “Jus in Belo”, se eu não estiver enganado.
    😛

  66. As tatoos evitam que eles fiquem possuídos. Pelo menos é isso que eles disseram no episódio “Jus in Belo”, se eu não estiver enganado.
    😛

  67. As tatoos evitam que eles fiquem possuídos. Pelo menos é isso que eles disseram no episódio “Jus in Belo”, se eu não estiver enganado.
    😛

  68. As tatoos evitam que eles fiquem possuídos. Pelo menos é isso que eles disseram no episódio “Jus in Belo”, se eu não estiver enganado.
    😛

  69. As tatoos evitam que eles fiquem possuídos. Pelo menos é isso que eles disseram no episódio “Jus in Belo”, se eu não estiver enganado.
    😛

  70. As tatoos evitam que eles fiquem possuídos. Pelo menos é isso que eles disseram no episódio “Jus in Belo”, se eu não estiver enganado.
    😛

  71. As tatoos evitam que eles fiquem possuídos. Pelo menos é isso que eles disseram no episódio “Jus in Belo”, se eu não estiver enganado.
    😛

  72. Anonymous

    este episódio foi simplesmente espectacular….

    e o SAM como sempre estava LINDO…

    HOMEM PERFEITO….

  73. thais

    “Sam idealizou Dean como o herói perfeito que não sucumbe e cede jamais, e Dean idealizou Sam como o garoto certinho, inteligente e forte emocionalmente. Uma temporada longe um do outro mudou isso completamente. E eles estão se deparando com outras faces de si mesmos”, vc disse td. tbm acho q o sam está se tornando meio frio e não liga para o q o dean veio a sofrer no inferno. tenho saudades do “antigo” sam.

Leave a Comment