[ANÁLISE HUNTER] 8.19 – Taxi Driver

image

“O que aconteceu com as garotas gostosas?” – Dean Winchester, atento ao fato de que, na hora de fazer um pacto, aparece na encruzilhada (a do Harlem Shake!) um demônio evidentemente do sexo masculino.

Tive a sorte de pegar um episódio que adorei para fazer a minha primeira análise hunter na casa nova. Bom, são poucos os que eu não adoro.

O poder de síntese foi o ponto forte do episódio. Dean resumiu para Kevin em duas frases o que é vida dele e de lambuja entregou que parece bem conformado com isso, se já não tiver voltado a sentir que parte da graça está exatamente na carga extra que caçadores escolhidos no fogo cruzado entre o Bem e o Mal têm que carregar.

Crowley também fez o categórico e mandou frases poderosas para todos (com a ajuda do talento indiscutível de Mark Sheppard): da funcionária temporária, passando por Ajay, Kevin e os próprios Winchester. Até Naomi teve falas brilhantes e suas atitudes surpreenderam. Ou seja, a tal campanha imbecil que alguns fansites americanos propuseram de boicotar o episódio dessa semana, por ter sido escrito por Eugenie Ross-Leming e Brad Buckner, a quem esses indivíduos chamam de “a dupla mais fraca de autores da série” pode até ter gerado números menores de audiência – infelizmente –, mas só quem perdeu de verdade foram os tapados que deliberadamente decidiram não assistir “Taxi Driver”.

O dono do texto mais perfeito para mim foi Benny. Todas as suas falas tiveram o peso de quem veio pra se despedir (será?). Eu confesso que chorei em mais de um momento com a participação dele ontem. Ty Olsson sempre diz a que veio, é sempre um ator impecável. E a cena com Jensen foi sensacional, briga de cachorro grande! Imagine um cara indo pedir para um grande amigo que se sacrifique para salvar seu irmão! Benny tem razão: quando Dean Winchester pede um favor, é pra valer! Voltando ou não, Benny entra pra história como o vampiro que eu gostaria de abraçar e cobrir de beijos. Mais um herói para a série.

E lá se vai Sam rumo ao inferno para salvar nada mais, nada menos que… BOBBY! Que saudade do tiozinho sem vaidade!! Adorei o soco sem nem piscar que ele deu no Sam, com a explicação de que “é assim que eles me atingem, com infindáveis Sams e Deans que acabam mostrando olhos pretos”. Eu adorei esse segundo teste. Verdade seja dita, a gente só não diz “agora ta na cara que Bobby volta em algum momento” porque a imensa maioria ta adorando o fato, inclusive a crítica especializada americana.

Culpo o tempo de episódio pela falta de uma referência à estadia de Sam no inferno, algo que surtisse o mínimo de deja vu, o que teria sido um presente para Jared. Ou posso culpar a barreira na mente de Sam? Ou ainda a falta dela? Ou a troca que Cas fez com ele em “The Born-Again Identity”? Por mais que me agradasse um longa metragem toda quarta-feira, um episódio de Supernatural tem apenas 41 minutos.

O reencontro de Sam e Bobby foi muito bonito, mas os momentos cômicos marcaram mais, como na hora em que surge um clone de Sam e Bobby “chuta” qual deles matar. 50 a 50, sem dúvida. E a série se chama “Sobrenatural” afinal de contas, e se eles quiserem, podem numa boa dizer que se Crowley mandar, uma alma desce em vez de subir para a “cobertura”. Por mim tudo bem, se for para dessa premissa sair um episódio como o que vimos ontem.

Kevin… Ah, Kevin. Só eu acho esse mocinho a coisa mais fofa que já apareceu em Supernatural? Até tentaram arrepiar os cabelos dele e transformá-lo num quase caçador esperto e descolado no começo da temporada, mas o nerdzinho meio cagão é muito mais divertido. Ele é real. Ao contrário de Dean e Sam, que são o cúmulo da fodice, Kevin age como qualquer humano comum em contato com a realidade dos Winchester agiria: se borrando de medo e contando os dias para se livrar dessa. Outra: quem acha que Mama Tran morreu mesmo uma morte terrível? Esperemos que não. Eu gosto da ex-Julie (ah,vai dizer que nunca reparou que ela é a mesma atriz que fez uma namorada oriental do Ross, em Friends?!).

Por último – porque decidi que não vou teorizar a 4 episódios e um hellatus do final –, o que dizer da linda cena do retorno de Sam com Bobby na garupa? Dean aguardava com tanta ansiedade que os três pudessem voltar! Ele não está acostumado a ficar de fora. Quando foi chamado à ação, teve que decapitar um amigo. Ficar esperando no meio do nada no Maine não está nos afazeres favoritos do Winchester mais velho. O sorriso de alívio quando ele descobre que Bobby saiu do inferno vale o episódio e pra mim ali pareceu que ele mesmo sabe que não foi a última vez que ouvimos falar do vampiro camarada. Cômputo final: episódio para assistir mais vezes durante do hellatinho que recai sobre nós, já que o 8.20 rola só dia 24/4.

CARRY ON, HUNTERS!

Related posts

14 thoughts on “[ANÁLISE HUNTER] 8.19 – Taxi Driver

  1. Lule

    A reprise já rolou não aguentei esperar.
    Se essa é a dupla mais fraca de autores que eles sejam fracos desse jeito várias vezes.
    Grande ator esse Jensen, fiquei aflita com a cara de angustia que ele deu ao Dean e a cara de alívio foi muito boa o Jared também estava ótimo todos os atores foram muito bons.
    Vichi análise foi ótima (com esse tipo de episódio nem duvidava disso) e com relação ao kevin penso exatamente como você. Quanto ao Bobby ainda estou na expectativa vou esperar pra ver.

  2. Episódio fodástico mesmo. Até eu que sempre desconfiei do Benny me emocionei com o sacrifício que ele fez. Bom demais rever o Bobby! Ah, sim, o que Naomi fez não surpreendeu, a meu ver, ela apenas fez o que lhe era conveniente p/ ver se conquista a “confiança” de Dean p/ depois lhe passar a perna, alguém duvida?
    Fora isso, ela teria deixado o Bobby se ferrar, de novo, aposto.
    Nossa e se esses dois autores são ruins… desconheço o que seja ruim!

  3. guilherme

    Achei muito bom o episódio e emocionante e que saudade do Bobby. Pode e que o Cas troque de lado e o Bobby vire o anjo dos garotos.

  4. Tem tanta coisa pra mencionar, acho que escreveria um livro sobre este episodio. Espero que este escritores voltem a escrever pois ficou bárbaro!
    Jared fez um excelente trabalho, falar que Jensen é bom é chover no molhado.
    Bobby sim me fez chorar cara eu amo este paizão!
    Acho que se Sam fosse dar mas uma voltinha á mas no inferno acharia toda sua familia lá. John Mari vovó, com certeza estão ainda lá.
    Acho Sam não lembrou do inferno porque ficou preso em outro lugar Na jaula junto com Lucifer e Michael e ADAM .DEVE SER UMA MASMORRA ULTRA FECHADA a tal Cage. Quem sabe algum dia eles lembre de tirar Adam de lá. Excelente resumo

  5. Álex Bruno

    Como pode o Sam sair do purgatorio quando Dean demorou um ANO pra sair de la e o Sam em Menos de 24 Horas saiu ? me expliquem isso ai pq eu to tentando entender. Ja assisti o episodio 2 vezes e naum acho nada que revele isso Obrigado !

    1. Matheus

      Você não entendeu? Dean mandou Benny pra lá de volta para mostrar o caminho do portal. O Benny mofou lá por 50 anos, ele devia conhecer cada pedaço de terra daquele lugar. Por isso foi rapido.
      Obs: Não havia Leviatãs para atrasa-los.

      1. Álex Bruno

        Para onde foram os Leviatãs ? Dean e Benny eliminaram todos ficou meio sem resposta isso e qual eles morrem no purgatorio pra onde eles vao ou eles revivem ? e meio vago essa parte da estoria .

  6. Júnior

    Espetacular esse episódio,Jeremy Carver revigorou Supernatural! isso é fato!
    Mas,será que após essa IDIOTICE que esses que se dizem fãs fizeram, a audiencia pode cair ainda mais nos proximos episódios ? ;xx
    Isso não é bom pra nós. kkkkk

  7. Rafael Barbosa

    Um dos melhores episódios sem sombra de dúvida, só acho uma pena até hoje desde a terceira temporada eles não explorarem o inferno como eles exploraram o céu na quarta temporada no episódio em que Sam e Dean procuram Deus e vão até o Céu, o na atual temporada onde vimos como foi a estadia de Dean no purgatório mas valeu e muita a pena esse episódio

  8. Rhaisa Danielly

    Tirando o episódio de Spn, que como sempre é fodástico. Estou abismada em saber que mãe do Kevin É A JULIE de Friends, HAHAHAHAHA. Como não me liguei nisso, gente!

  9. COMO NAO PERCEBI QUE A MAE DO KEVIN É A JULIE HAHA?
    Eu amei esse episódio! Essa temporada tá se saindo melhor do que eu esperava, claro que falta um pouco pra voltar a ser o que era, mas o Jeremy tá arrumando as besteirinhas da Sera, nos deixando muito felizes. Esse episódio é um dos meus preferidos, não só da temporada, mas também no total, assim como o com o grandpa winchester.

    E QUE VENHA A NONA TEMPORADA \o/

  10. […] Acessem http://supernaturalislife.com.br/2013/04/analise-hunter-taxi-driver.html/ e também confiram a ótima análise feita pela Vicki!! […]

  11. Ana Paula

    Adorei o episódio mas a volta do Benny pro purgatório não…eu tava toda feliz que o personagem dele tinha morrido em Beauty and The Beast, pois na hora pensei “Vai ter mais tempo pra Supernatural” ai na semana seguinte isso me acontece…Adoro o Ty e sem dúvida ele fez um trabalho MARAVILHOSO…espero que ele retorne na season 9 porque há muito que os roteiristas podem explorar.

  12. wagner

    gostei bastante do pisódio, mas em algumas partes pareceu que eu não estava assistindo Suparnatural e sim Matrix.

Leave a Comment