[LORE] Mitologia Dentro e Fora de Supernatural

Olá a todos, Hunters e Homens das Letras!

 

Depois do último episódio, decidi fazer finalmente um post sobre… Ceifeiros!

Ceifeiros estão entre as minhas criaturas favoritas em Supernatural, junto com seu chefe, a Morte. Espero que gostem dessa Lore!

Na Mitologia

 

Na mitologia grega, mesmo que oficialmente não seja usado esse termo, são apresentados os esboços de como seriam esses seres. Seu papel é o de guiar os mortos até o além, seja qual for seu destino. Nesse caso em particular, as entidades mais conhecidas como psicopompos (o nome dado a eles, que é a união das palavras em grego para alma e guia), são a deusa primordial Hécate, o deus protetor dos viajantes Hermes, o deus da morte Tânato e Caronte, o barqueiro do inferno. Os deuses aqui representados tinham um papel importante nos ritos de morte dos gregos, em especial Tânato que os levava ao Rio Aqueronte e Caronte, que os levava até os juízes do inferno, Sárpedon, Radamanto e Minos, que decidiam se o morto em questão seria enviado para o Tártaro, o Érebo ou os Elísios, de acordo com o que fez em vida.

Na mitologia egípcia, os psicopompos são os deuses ao mesmo tempo da vida e da morte que fazem essa transição, pois para os egípcios quando um homem morria ele na verdade entrava na outra vida, então a morte dele nessa seria o renascimento nessa outra vida. Em especial se destacam Anúbis, Hórus e Tot.

Já para os japoneses, os ceifeiros (conhecidos como shinigamis) tem como principal função cuidar da transição da alma da pessoa, como nas outras culturas, mas com a diferença de que é compreendido que alguns deles mesmos causem a morte, que pode ser realmente atacando-as, induzindo-as à morte por situações perigosas ou mesmo as possuindo e cometendo suicídio.

Na mitologia nórdica, as Valquírias são deusas que guiam os guerreiros mortos ao palácio Valhalla pela Ponte Arco-Íris, para uma pós-vida em que lutam, comem e bebem o dia inteiro.

Para o catolicismo o Arcanjo Miguel seria o anjo da morte “bom” e Samael seria o anjo da morte “mau”.

A maneira europeia e o termo “ceifeiro”,assim como a imagem de um homem (ou esqueleto) usando uma longa veste negra com capuz e carregando uma foice surgiram na Idade Média. A Igreja, para assustar os fieis, retratava a morte como uma criatura sombria, que matava as pessoas que não tivessem fé, e para reforçar tal ideia a associou com um instrumento que os camponeses conheciam bem, a foice, associando a Morte a uma “colheita” de almas como na parábola do trigo e do joio. Portanto, quando fosse a hora de ser “ceifado”, o fiel deveria estar pronto para ser levado com o trigo, tendo fé em Deus.

Na cultura pop vemos grandes manifestações da morte ou ceifeiros. No mangá Bleach, os shinigamis têm como missão trazer as almas dos falecidos para a Soul Society (que seria o equivalente ao paraíso), e de destruir os hollows (ocos, em ingllês), espíritos que ficam apegados a algum lugar e vão se tornando violentos até que um buraco se abre em seu peito e eles se tornam monstruosos. Ao destruir os hollows, seus espíritos são purificados e renascem em uma nova forma na Soul Society.

No seriado Reaper, um homem que foi consagrado ao Diabo por seus pais antes mesmo de nascer para salvar a vida de seu pai. O Diabo o usa para buscar as almas que fugiram do inferno. E no mangá Death Note os shinigamis podem interromper o tempo de vida dos humanos usando seu Death Note (Caderno da Morte), escrevendo os nomes desses humanos causando sua morte em seu caderno, e ficando com o tempo de vida que restava a esse humano para si.

 

 

Em Supernatural

 

A primeira aparição deles é no episódio 1×12 “Faith”. Sam está desesperado procurando maneiras de salvar a vida de Dean, que sofreu uma forte descarga elétrica no coração durante uma caçada, que causou uma insuficiência cardíaca. Ele descobre uma seita religiosa que é liderada por um homem cego chamado Roy Le Grange, que supostamente cura as pessoas por intermédio do poder de Deus. No momento em que Dean é curado, ele vê um homem com aparência sombria que estava próximo a ele, e então se vai. Eles descobrem que é um ceifeiro, que estava atado por um feitiço da assistente de Roy, Sue-Ann, e ao ser libertado, toma a sua vida.

Na aparição seguinte, no episódio 2×01 “In My Time Of Dying”, mais uma vez Dean está entre a vida e a morte, devido ao ataque de Azazel aos meninos no season finale da primeira temporada. Ele está vagando em forma espiritual pelo hospital e vê uma criatura horrível sobre seu corpo e a afugenta de lá, ganhando algum tempo. Logo depois conhece Tessa, que aparentemente é uma garota que está em coma no mesmo hospital, mas na verdade é o ceifeiro que estava retirando a alma de Dean e tomou essa forma para que pudesse conversar com ele de um jeito que não o perturbasse. Após eles conversarem sobre como os espíritos vingativos nascem, ele estava prestes a dar sua resposta sobre ficar ou partir, quando Azazel possui Tessa e cumpre o pacto que fez com John, devolvendo Dean à vida.

Os ceifeiros só voltam à série na quarta temporada, mais precisamente no episódio 4×15, “Death Takes A Holiday”. Sam e Dean chegam a uma cidade em que as pessoas pararam de morrer, pois seu ceifeiro foi sequestrado. Tessa vem para substituí-lo, mas também é sequestrada por demônios comandados por Alastair, para quebrar um dos selos da libertação de Lúcifer, matar dois ceifeiros sob uma lua de solstício. Após Sam e Dean conseguirem (em uma forma fantasma) impedir que o selo seja cumprido (mas ao custo da vida de um dos ceifeiros), Tessa agradece e parte para ceifar as pessoas que deveriam ter morrido enquanto não havia ceifeiro na cidade.

Nas próximas aparições, na quinta temporada, há uma grande concentração deles em Cartaghe, Missouri, durante a invocação de Morte, um dos Cavaleiros do Apocalipse e em Chicago, Illinois, onde Morte iria causar uma grande tempestade e outros desastres naturais, vitimando 3 milhões de pessoas.

No episódio 6×11 “Apointment at Samarra”, Tessa é invocada por Dean para falar com Morte, e pedir que ele busque a alma de Sam na jaula de Lúcifer. Para cumprir esse trato, Morte dá a Dean seu anel com a oferta de que ele seja um ceifeiro por um dia inteiro, e Tessa o acompanha. Dean assim começa a ver a necessidade que algumas pessoas tem em morrer, mesmo que nem sempre pareça justo ou correto.

Após ser atingido por Dick Roman na cabeça, Bobby também encontra um ceifeiro no episódio 7×10. Enquanto foge do ceifeiro, tentando acordar no mundo real, ele tem lembranças de sua vida, misturando os bons e maus momentos com Karen e a relação de medo que tinha com seu pai, matando-o após uma grande discussão, além de momentos de caçadas com Rufus. Com a ajuda de Rufus ele consegue sair de seu coma por tempo suficiente para dar aos Winchester um número relacionado ao plano de Roman. Quando finalmente é confrontado pelo ceifeiro, ele opta por ficar preso à Terra, mais especificamente ao seu cantil, para ajudar Sam e Dean.

Na mais recente aparição, no episódio 8×19 “Taxi Driver”, para cumprir o segundo teste para fechar os Portões do Inferno, Sam e Dean encontram um ceifeiro que faz um trabalho parecido com os “Coyotes”, levando de maneira ilícita pessoas entre dimensões. Após negociar com os Winchester um acordo em que eles iriam dever um favor a ele, ele leva Sam ao Purgatório e o explica de uma forma de entrar no Inferno, e marca um horário para encontra-lo e levá-lo de volta. Porém, Crowley descobre o que ele fez e o assassina com uma espada de anjo.

 

Na série, os ceifeiros possuem o poder de serem invisíveis a humanos, podendo aparecer a eles quando desejarem. Humanos próximos à morte e em projeção astral conseguem vê-los normalmente. Ainda assim, o ceifeiro pode alterar a percepção deles a humanos. Eles também podem parar o tempo e viajar entre a Terra, Paraíso, Inferno e Purgatório. Suas fraquezas incluem a possibilidade de ser mortos pela Foice da Morte e por espadas de anjos, podem ser aprisionados por determinados símbolos enoquianos e controlados por feitiços, além de possuídos por demônios.

 

Bom, gente, é isso. Agora que estamos no novo site pretendo manter mesmo a regularidade das postagens. Comentem, xinguem, elogiem, opinem!

 

Um grande abraço e até a próxima Lore!

 

 

 

 

 

Related posts

4 thoughts on “[LORE] Mitologia Dentro e Fora de Supernatural

  1. Paul Fiore

    Obrigado mais uma vez,Roderick!

    Eu não gosto muito de ceifeiros não rsrsrsrs mas a coluna ficou muito boa.Interessante saber mais sobre eles…

    Agora,me diz uma coisa: quais são suas fontes pra pesquisa?!É que tem um monte de coisa que eu queria saber sobre outras entidades sobrenaturais,tais como os deuses pagãos principalmente.Aliás,taí uma sugestão:qualquer dia você poderia abordar esse tema hehehheeh

    Ah,e Thiago,o próximo episódio será sobre Djinns…que tal uma coluna sobre eles tbm?!Hehhehe curto muito esses seres.
    Um abraço à você e à todos os demais Hunters!

    PS:Gente,cadê a coluna HUNTER DA VEZ?!Tá fazendo falta tbm…
    Antes tínhamos Hunter da Vez junto com a Lore,saiam semana sim,semana não.Agora com o novo site poderiam fazer diferente:alternando Lore com Hunter da Vez – semana Lore,semana HDV,semana Lore,semana HDV e assim por diante.Dessa forma nós,frequentadores do site,não ficaríamos no tédio e teríamos mais tempo pra ler ambas as colunas.

    1. Eu é que agradeço, Paul!

      Fico sempre muito feliz quando venho e vejo seus comentários (mesmo que não possa responder, como vinha sendo o caso).

      Olha, eu demorei um pouco para gostar dos ceifeiros também, mas aos poucos eu entendi o sentido de “Don’t Fear the Reaper” rs.

      Então, não tenho uma fonte só, posso pegar artigos em sites especializados em tal criatura, livros que já li, quadrinhos… Seria sacanagem eu falar para ir ao site x ou y, pois pode ser que nem tenha tanta informação assim. Mas recomendo que leia livros com essa temática, muito do que aprendi veio de lá!

      Olha, os deuses pagãos estão no meu cronograma sim, mas quero fazer uma matéria bem completa, e provavelmente terá que ser feita em série. E Djinns… Essa realidade é bem mais próxima rs. Fica de olho no site que semana que vem pode se surpreender.

      Sobre a HdV, estamos editando a nossa participação (que ficou ENORME), mas não se preocupe que logo logo vai sair!

      Por enquanto, fica de olho no nosso site e página no facebook.

      Abraços!

  2. Olá, estou andando meio ocupada, com algumas tarefas aqui onde trabalho, mas como amo essas matérias não poderia deixar de vim comentar.

    Adorei saber mais um pouco sobre esse assunto assustador. Obrigada mais uma vez.

  3. juh

    Queria saber qual é o episódio que acontece a concentração de ceifeiros em Carthage, missouri durante a invocação de morte?????

Leave a Comment