[Análise Hunter] 8×21 – The Great Escapist

Post

Escrever essa análise Hunter foi pra mim um misto de desafio e prazer. Desafio porque eu tive que colocar muito das minhas considerações pessoais e de Deangirl de lado e tentar ser justa com a temporada (sim, eu ando muito puta com a falta de arco mítico pro Dean, mas isso não é assunto para esse post) e prazer porque eu estava voltando a fazer uma das coisas que mais gosto: escrever sobre algo que amo, que é Supernatural.

Quando eu terminei de assistir o episódio eu disse: “Ok, Edlund seu puto.. Sempre você a abrir portas, janelas, paredes, buracos no chão. Sempre você a jogar algo na nossa cara e dar no pé, deixando-nos com a sensação de: WTF? Como assim? Volta aqui e termina de explicar isso!”. E junto a isso veio uma dor fina, surda e latejante por ver que Edlund não é mais o mesmo com Dean.. Acho que nunca o vi tão Samboy antes. Tudo bem, não vou destilar veneno e nem fomentar briguinhas, mas como eu já disse, muitas vezes é difícil segurar meu lado Deanfan e ficar quieta e só assistir seu personagem favorito ficar desfilando em cena, dizendo piadas, sendo babá e não fazer nada de concreto. Ok, ok, vou parar e vamos voltar ao episódio em si.

Episódio muito, mas muito bom. Episódio que abriu caminho para o encerramento da oitava temporada e como a gente pôde ver, não será algo fácil, leve e sem traumas. Carver está certo quando diz que os meninos amadureceram e que nada será como antes, a mudança será drástica. Prevejo coisas além de sombrias. Prevejo coisas excruciantes para Dean e Sam. Carver também já deixou claro o papel de cada um. Sam meio que buscando se achar de novo, buscando talvez uma redenção tardia, um amadurecimento que ele finalmente parece que vai encontrar. E Dean o típico irmão mais velho, pronto pra qualquer coisa, pronto pra ser exatamente isso: irmão mais velho. Esqueça o resto. Dean será sempre o cara que coloca sua família (leia-se Sam) acima de tudo, o resto vem a tiracolo. Vamos dizer que o resto é ‘material extra’ e que dá um trabalho da porra!

Nesse episódio tivemos a presença de todos os personagens envolvidos no arco mítico da temporada. Além de Dean e Sam, contamos com Crowley, Castiel, Kevin e Naomi. Então não tinha como ser ‘filler’ (apesar de que detesto esse nome). Iria ser (e foi) um episódio totalmente focado na mitologia da temporada. E cheio de ação, não houve um só momento de pasmaceira ou de “encheção” de linguiça.  O enredo foi muito bem amarrado, bem elaborado e bem conduzido. Edlund babies! 🙂

Começamos com Kevin e seu ‘little bunker’, a chegada de ‘Dean e Sam’ e a outra metade da tábua. Dava pra sentir no ar que era alguma armação, algo que não se encaixava (as caras e bocas de Sam diziam isso. Principalmente o “Special K”), mas duvido que alguém imaginou que era uma ‘realidade criada’ por Crowley, como num seriado! E volto a dizer, os efeitos nessa temporada estão simplesmente ótimos. E falando em Crowley, vamos combinar que ele é o demônio mais odiosamente admirável nos últimos tempos em Supernatural? O que é caracterização de Mark Sheppard para Crowley? Essse eterno sarcasmo, essa eterna ironia, megalomania e nenhum pingo de pudor. Adoro isso! E eu rachei de rir quando ele dá uma de diretor, dando dicas de como se passar por alguém (exatamente como um diretor de vídeos faz quando trabalha!) e diz “ I was born to direct”. Ele é impagável!  Aqui temos a clara direção que Crowley está ferrando com a cabeça de Kevin. E que não medirá mesmo consequências para atingir o seu objetivo. Um adendo aqui para o trabalho de Edlund: adoro como ele sempre faz auto-referências em episódios. Como ele sempre dá um toque de humor negro aquilo que ele mesmo faz.

Em seguida podemos ver Dean em seu papel de cuidador-protetor-cozinheiro-médico-irmão mais velho. Pelo jeito o papel que lhe cabe na temporada, ou talvez exceto pela quarta e metade da quinta temporada, o seriado inteiro. É gostoso observar esse lado de Dean, ele sempre foi assim e sempre será. Dá um conforto saber que mesmo com tudo que eles passaram, com todas as passadas de pernas que ele teve, mesmo com todas as traições de pessoas próximas, mesmo com toda decepção que sofreu com John e principalmente com Sam, Dean ainda tem a força de caráter, a lealdade, o altruísmo que sempre lhe foi peculiar. Dá um orgulho danado vê-lo no seu melhor estilo ‘big brother’. E claro, Sam com seu típico comportamento, entra em ação. Contestar, contestar, contestar e…sempre vencer no final! Sam não seria Sam se não fosse assim, se não fosse tão contestador. Teimosia está nos genes dos Winchesters. Dos dois. Então, os aceitemos assim e pronto!

E aqui entra talvez um dos pontos que mais me tocou no episódio. Kevin enviando a mensagem e o modo que Dean a recebeu. Adoro o quão nerd Kevin é. Para proteger ele mesmo e no fundo, Dean e Sam, porque Kevin sabe, bem lá no fundo, que se existe alguém capaz de fazer o que está na tábua, são os dois, Dean e Sam. A reação de Dean à’morte’ de Kevin e ao desabafo do garoto, me levou às lágrimas. Aquele “Damn it” e a explosão de raiva, com todos os livros no chão me fez ver que Dean ainda é Dean, e que ele sempre vai se sentir responsável por tudo e nunca vai aceitar tão passivamente a morte de pessoas que são jogadas nesse furacão sem pedir, ou sem estarem preparadas pra isso. Que ele sabia muito bem como Kevin estava se sentindo. A sensação de fracasso, de perda, de impotência, de cansaço, de culpa. Dean sabe que sempre tem perdas numa batalha, mas ele nunca vai se conformar com isso. Amei essa parte… Edlund e Jensen conseguem com apenas simples frases e expressões, mostrar toda essência de Dean Winchester.

Em seguida temos Cas e todo o plot dos anjos e suas tramoias.  Ressaltando que Cas com sua referência histórica ao café foi muito legal! Vemos um pouco mais sobre a perseguição de Naomi pra cima de Castiel e que ela vai usar todas as táticas, lícitas ou não, para tê-lo de volta. Naomi, como Carver mesmo disse, ainda tem coisas a mostrar, ela tem muito mais na manga do que julgamos ou sequer pensamos. O objetivo dela é muito mais do que por as mãos na tábua dos anjos. Ela é fria, calculista, implacável. Uma bitch total! Gosto de como Edlund usou uma rede de comida como meio de fuga para Castiel. A mesmice, a falta de opção, a massificação é onde se esconde as coisas, é onde tudo pode ser mascarado. Adorei essa mensagem!  E ele ser encontrado e coagido justo em Santa Fe é pertinente, não? Naomi mostra que não está pra brincadeiras. Ela não vai pegar leve e muito menos não usar o poder que tem. Ela mostra que anjos sempre farão o que precisa ser feito, doa a quem doer. Ficamos sabendo também que anjos são como máquinas, podem ser reprogramados quantas vezes forem necessárias. Ela é cruel e joga pesado com Castiel.

Dean e Sam vão para todo processo de pesquisa e pistas como sempre fazem. E claro que a perspicácia de Sam leva a melhor. E logo ele associa o que Kevin escreve com algo que ele já viu e pra ligar os pontos e ir atrás de Metatron é um pulo!

E eles chegam ao hotel.. Retirado, escondido e completamente deserto. Claro que os momentos entre os irmãos, as piadas, as tiradas sempre serão uma das melhores partes em quaisquer episódios. E aqui não foi diferente. Dean tendo que justificar as atitudes estranhas de Sam, Sam contando fatos da vida deles e rindo de forma tão espontânea e sincera, um fato tão besta e corriqueiro, como montar um burro peidorreiro. Mesmo com esses vislumbres de intimidade fraternal, percebemos aqui que algo não está realmente bem com Sam, que realmente ele tem alguma ligação com esse escriba de Deus, porque tudo à volta dele começa a exacerbar, a intensificar em um nível que apenas ‘o escolhido’ percebe e vivencia.

Kevin aparece de novo e podemos seriamente duvidar que ele esteja morto. O vídeo que ele mandou a Dean e Sam certamente foi pra deixá-los em vantagem com relação a Crowley. E o pequeno nerd é um mestre na esperteza e na arte de manipulação. E Crowley observa tudo literalmente de camarote. E a cena que ele diz que ele mesmo poderia ter interpretado Dean, sinaliza algum respeito pelo Winchester? Ou ele apenas zomba, demonstrando que Dean é um fútil, superficial? O melhor é a expressão para o assecla quando o mesmo diz que ele daria um ótimo Dean! Volto a dizer, Crowley é um demônio e tanto!

Dean sai a procura de alguma informação e acaba descobrindo que o recepcionista do hotel é um cara muito, muito velho. As informações que ele recebe do índio, indica claramente que aquele é o local escolhido por Metatron, mesmo que Dean não faça a conexão imediatamente. Ao mesmo tempo que Dean está lá fora fazendo sua busca, Sam sai pelo hotel atrás de algo que o aflige, atormenta. Visivelmente ele está sem condições físicas, mas ele continua e acaba se deparando com toda aquela sensação e visão estranha do que está a seu redor. Ele descobre sobre os livros e tenta avisar Dean, mas não consegue.

Na outra ponta do episódio, Castiel é surrado por seus ‘colegas de trabalho’, e se recusa a entregar a tabua para Naomi e volta a afirmar que precisa proteger o objeto de todos, não apenas dos anjos. Volto a me perguntar, o que essa tábua tem que todos querem por a mão nela. Inclusive Crowley que chega arrasando e mostrando que ele e Naomi, são realmente velhos conhecidos. Adoro o jeito de ele debochar e esnobar dela, como se ele soubesse realmente quem ela é e do que é capaz. Descobrimos que ele tem bala que machuca anjos e não está brincando quanto a intenção de usá-las, seja lá em quem for. Crowley leva Cas pra outro lugar e prova mais uma vez por que ele é o Rei do Inferno. Ele é sagaz, esperto e muito cruel. Acaba descobrindo onde Castiel escondeu a tábua e tira de lá. De dentro do corpo de Cas. E nos resta matutar por que Cas diz que as tábuas não foram feitas nem pra anjos e nem pra demônios, mesmo que o assunto nelas seja totalmente sobre esses seres.  E Crowley tem uma bela surpresa ao saber que seus ‘fakes de Winchesters’ foram enganados pelo pequeno nerd. Kevin mais uma vez se mostra muito, mas muito esperto e sagaz.

Sam revela a Dean que de algum modo está conectado a Metatron e sabe que ele está por ali. (Ok, eu tentei me controlar, mas… Sério que tudo que um dia foi ‘fodástico’ no pequeno arco mítico de Dean que um dia fizeram, tem que ser compartilhado também com Sam? Tipo, a ‘ligação angelical’? Sam agora é ‘bonded’ com anjos também? Não bastou só demônios, né? Não! E podem me crucificar e chamar de chata, imparcial, tendenciosa, bla, bla, bla, mas não dá pra ficar parada e ver Dean só ser enfermeiro de Sam, como se ele não tivesse nenhuma outra utilidade ou que não precise ser parte ativa em tudo isso. Eu quero estar errada, eu quero poder chegar pra vocês e dizer: fui uma burra por achar que Dean não teria participação efetiva no arco principal, mas não é o que estou vendo desde que finalizaram a história de Dean no Purgatório. Mas como sou uma eterna otimista, vamos esperar. O que é um peido pra quem tá cagado?). Sam diz a Dean que descobriu sobre livros que chegam e Dean imediatamente liga à história do índio, que dizia que o mensageiro pedia histórias em troca de ‘bençãos’.

Outra parte bem emocionante do episódio. Esse Sam falador é uma coisa hein? Ele fala sem parar pra Dean, fala como se só assim ele pudesse raciocinar e chegar uma conclusão. E como eu disse, uma parte bem tocante. Eu adoro tudo que se refere aos irmãos, juntos, e quando essas histórias deles são colocadas em cena, não dá pra ficar imune. Eu afirmo categoricamente que a série é sobre os dois irmãos, então é gratificante ver o amor fraternal deles. E qualquer que seja a situação é no mínimo reconfortante saber que esse laço forte não se partiu totalmente. Veja bem, eu disse lá atrás sobre a atitude dos escritores para com Sam e Dean, mas isso não significa que não sei reconhecer quando eles acertam. E esse monólogo do Sam pra Dean foi de quebrar o coração. Como deve ser difícil saber desde muito novo que tem algo dentro de si e que não é algo bom. O quanto deve ser difícil ter que lutar constantemente contra isso, contra essa sensação estranha que sempre o perseguiu, mas que só muito tempo depois, só quando as coisas estavam bem ferradas mesmo, foi que ele descobriu a razão desses sentimentos dentro dele. Não vou negar que ouvi-lo falar de puro desencadeou duas lembranças distintas em minha cabeça. Quando Azazel pergunta a Dean se ele tinha certeza que ele trouxe um 100% puro Sam de volta e quando Dean e Benny conversam sobre a ‘purificação’ no Purgatório. Essa coisa toda de pureza tem alguma ligação? A sensação de ‘estar limpo e puro’, sugere que esse é um pré-requisito para a realização de grandes acontecimentos? Nos resta esperar… Mas aposto que pode ter zilhões de teorias correndo por aí. Isso sim é uma das melhores coisas de Supernatural. Esse ‘frisson’, essa troca de informações, busca de informações em todos os sentidos.

E finalmente Metatron. E ele recebe os meninos literalmente, a ponto de bala. Pronto a atirar. Dean não acredita que aquele homem com cara de pensionista do INSS é o famoso Metatron, o cara que ‘tem’ a palavra de Deus nas mãos, mas como uma arma é uma boa persuasão, ele acaba ‘cedendo’. Começam novamente os eventos em Sam. Barulho, visão estranha, fala alterada. Dean os apresenta, e Metatron não sabe quem são eles. Nunca ouviu falar. O que causa estranheza, mas ele logo percebe o estado de Sam e liga os pontos. Ele diz que Sam está realizando os testes e está ressonando e indo fundo naquilo. Metatron revela que não é um deles, que não é da ‘raça angelical’, que ele apenas escreve a palavra de Deus. E Metatron diz que Deus sabia que iria ter que partir e que temia que bagunçassem o coreto completamente. Por isso ele deixou instruções e Metatron escreveu. Descobrimos que os Arcanjos tomaram o lugar de Deus no comando e que tudo foi um planejamento pra fazer o mundo do jeito que eles, os arcanjos queriam, para que eles pudessem controlar o Universo. Só que não podiam fazer tudo isso, sem a Palavra de Deus. E é por isso que ele se exilou. Dean diz a Metatron que ele é um covarde, desde que enquanto ele lia livros, os anjos tentavam acabar com o mundo. E Metatron retruca dizendo que humanos é que se autodestruíram, que se tornaram desprezíveis. Que o tal do livre arbítrio é uma ferramenta bem usada, mas sem real valor, uma vez que tudo acontece mesmo. Sam se altera e diz umas poucas e boas, seguido por Dean que mostra a Metatron que pessoas estão morrendo e sofrendo horrores porque ele ficou se escondendo, lendo livros e assistindo as coisas acontecerem. Que um garoto chamado Kevin foi arrastado pra essa lama e agora está fora de combate, morto. Kevin que estava fazendo o trabalho que seria de Metatron, ou menos o anjo deveria estar protegendo o seu profeta.

E novamente na outra ponta do episódio, Cas e seu colega de trabalho tem uma conversa sobre poder de escolha. Sobre fazer a coisa certa e não apenas o que te mandam fazer. E Cas consegue tirar a bala de dentro de si, ao mesmo que tempo que vemos Kevin e Crowley se encontrar. E aqui tivemos certeza que Kevin é um garoto que aprende rápido e é muito mais esperto do que o julgam. Ele conseguiu ludibriar o Rei do Inferno e ainda teve a pachorra de enfrentá-lo! Quando Crowley está perto de matar Kevin, algum anjo chega e dá uma surra em Crowley, libertando Kevin e o levando para junto de Dean e Sam.

Dean e Metraton tem uma conversa bastante interessante, onde Dean joga as cartas para o escriba e deixa que ele escolha quais cartas pegar. Metatron pergunta se Dean e Sam vão mesmo fechar os portões do inferno. Dean é sucinto e diz que parece que é o que tem que ser feito. Metraton diz que a escolha é deles, que tudo sempre foi assim, que tudo é por causa de escolhas que os humanos fazem, mas que eles terão que ponderar essa escolha perguntando a si mesmo o que custará fazer tudo isso e o que será do mundo após ter feito isso.

E Kevin então acorda e os rapazes ficam felizes em ver que ele está de volta, e que já sabe qual é o terceiro teste . O que Sam precisa fazer pra fechar de vez os portões do inferno. E também que ele não contou a Crowley.  E Metatron (que sabe quais são os testes) revela que o desafio é : curar um demônio. Kevin finalmente encontra seu anjo, e não consigo parar de me perguntar: o que virá daí? Que tipo de relacionamento?

E como sempre, senão não seria Supernatural, terminamos o episódio com uma conversa no Impala. E é visível a ansiedade de Dean que Sam fique bem, e não que o mundo se livre dos demônios. Essa é a real motivação dele para que Sam realize logo esses testes. No início poderia ser pra se vingar, mas agora é pra ver seu irmão livre do sofrimento. O que é confirmado por Sam, que diz se sentir melhor só em saber o que tem que fazer. Sam tem um tom de descrença na voz quando diz que está chegando ao fim de tudo. E claro que o episódio não ia terminar sem um gancho, sem um evento que nos faria desejar que já fosse semana que vem. O episódio termina com Dean e Sam achando Cas, ferido e ensanguentado numa estrada no meio da noite. E com isso a pergunta: onde diabos está a tábua dos anjos? Será que Metatron a pegou? Crowley? Kevin? E o que Naomi & Cia irão aprontar agora? O que Metatron irá fazer? Qual demônio será curado? Como e onde? Enfim, só Edlund pra finalizar um episódio com tantas perguntas..

Edlund jogou o barco na tempestade, agora que venha a tempestade! Quem não está preparado pode ser arrastado por ela e literalmente ficar boiando!!

Abaixo vem considerações puramente pessoais, que eu como fã de Dean (algo que não beira a sanidade) senti quando assisti o episódio. Já vou avisando que isso é o que EU penso e não os membros do blog. Cada um tem seu ponto de vista e vocês saberão no final da temporada. Estamos preparando uma surpresa pra vocês quanto a isso. Portanto quem for ler o que vem abaixo, saiba que tenho argumentos para defender cada coisa que coloquei aqui. E também fiquem cientes que não tenho um pingo de paciência pra mimimi. Não concorda comigo? Acha que estou exagerando? Acha que vejo só um lado da situação? Beleza, vamos conversar a respeito de forma educada. Se vier com grosseria, vai ser sumariamente ignorado (ou não hehehe). E fiquem avisados: minhas palavras podem machucar coraçõezinhos sensíveis!

– De repente John virou o melhor pai do mundo? Tá… Sim, eu não o acho o pai do ano e acredito que ele pisou feio na bola com seus filhos. John foi um excelente caçador, homem, mas como pai? Um fiasco total.

– Ok, eu disse que ia falar coisas aqui que ia ferir olhinhos e ouvidinhos de muita gente.. Paciência. Lá vai.  Sam já encheu meu saco faz tempo. Por mais que eu saiba que ele é a outra metade de Supernatural, por mais que eu saiba de sua importância, por mais que eu sei que Supernatural não existe sem ele, isso não significa que eu goste ou endosse tudo que ele fez ou faz. Ainda continuo o achando o moleque mais chato e irritante da face da terra. Ainda continuo achando que ele já passou da hora de encarar Dean como um ser pensante e que tem sentimentos. Ainda continuo achando que ele parece não pensar antes de fazer ou falar algo, que por mais que ele possa ter razão em seus argumentos, existe ‘jeito’ e ‘jeito’ de colocar isso. Enfiar a faca e girar, decididamente não é o modo mais justo. Sam tem essa capacidade. De ir direto na ferida e cutucar. É o típico morde e assopra. E vejam bem, eu estou falando do personagem Sam e não do ator Jared. Há uma grande diferença. Não é culpa do Jared que escritores/roteiristas fazem de Sam um babaca completo na maioria das vezes. E como eu disse isso é uma opinião de fã e não de administradora de blog. Não tenho mais um pingo de paciência com Sam. Ultimamente poucas coisas que ele faz eu entendo, concordo e aceito. Bem poucas mesmo. Desculpe aí os ofendidos, mas eu não seria eu, se não dissesse a verdade sobre o que penso do Winchester mais novo. Por mais que ele tenha momentos adoráveis e sensíveis (como aconteceu aqui no 8×21 ) eu ainda tenho muita mágoa por tudo que ele já fez, ainda tenho muito desconfiança nas suas intenções. O odeio? Não, de jeito nenhum. Mas não sou obrigada a dizer amém e ter paciência com as chatices dele. E tampouco sou do time que defende que ele não fará falta. Sim, ele fará, porque Jared é um ator muito bom que faz com que eu tenha essas reações viscerais com Sam, e é exatamente por isso que Sam ainda é o outro lado de Supernatural. Dean o ama com tudo que ele tem, e eu amo Dean com todo meu coração. Respeito Dean, então que Sam venha no pacote. Se Dean quer ser a sombra e o cão de guarda de Sam, que seja. Eu fico feliz em ver como Jensen Ackles sabe fazer de Dean alguém tão especial, mesmo quando autores e roteiristas resolvem que ele merece tão pouco. Ainda adoro Supernatural com tudo que tem! Mesmo que meu lado Deanfan fale mais alto primeiro! E sempre vai falar, mas eu sei separar o joio do trigo. Posso estar odiando o que Carver está fazendo com Dean nessa oitava temporada, mas jamais vou desmerecer o trabalho do cara dentro daquilo que ele propôs fazer. Ele criou uma história coerente, bem estruturada e está sabendo desenvolver de forma eficiente. A oitava temporada está infinitamente melhor em todos os sentidos do que as duas anteriores, mesmo que meu personagem favorito está sendo tratado como um coadjuvante de luxo (de novo).

– Castiel… Adoro o anjo, sempre o defendi e acho que ele deu um gás maravilhoso em Supernatural. Mas sinceramente? Ele NÃO É o terceiro protagonista de Supernatural. Castiel não tem o direito de querer ser tão importante quanto os irmãos na trama. Não tenho nada contra a presença dele no seriado, desde que tenha justificativa e não que seja algo que fãs ensandecidos e com fogo nas calcinhas (e cuecas) exigem. Enfiar um personagem goela abaixo, sem nenhuma justificativa na trama não tem o mínimo cabimento. E espero que a tão propagada participação efetiva dele na nona temporada tenha um fundamento sólido. Vamos esperar pra ver.

Related posts

127 thoughts on “[Análise Hunter] 8×21 – The Great Escapist

  1. Morganalu

    Isso foi mais um desabafo seu do que uma análise….mas depois deste episído é compreensível..

    1. Oi.. Se vc se refere à última parte, em itálico, foi sim. Eu avisei 🙂

  2. Camila Macedo

    Adorei a análise hunter.
    Concordo com tudo, não estou vendo arco mítico dessa temporada para Dean, estou odiando ver Dean como babá, mas espero que esses dois últimos episódios abram para ele.
    Ai, confesso que não tenho paciência para Sam desde a 4° temporada, desde sua parceria com Ruby (argh) e ainda fico desconfiada com ele.
    Parabéns pelo texto!

    1. Obrigada.. Não é que eu odeie o Sam.. Nada disso.. É que ele só toma atitudes que vai contra tudo que acho o mais correto.. Quanto à Dean, adoro ver ele cuidando do irmão, se importando com Sam e com outros, mas fazer só isso é desmerecer o personagem de Dean Winchester. Bjos

  3. Alane

    Eu concordo com tudo que você falou! Está sendo difícil tragar os holofotes direcionados ao Sam enquanto Dean fica dando uma de babá. Será que eles não percebem que isso faz a audiência da série cair? E ainda tenho que aguentar o Jeremy Carver declarar algo do tipo: “esses rapazes estão certamente completando esses testes juntos”. Tá bom… Sério, minha maior decepção foi saber que não seria o Dean quem iria fazer os testes, mas como nas outras temporadas, quando algo importante surgia para o Sam, outra coisa na mesma proporção caía nas mãos do Dean, o que ainda não vi acontecer nessa temporada. Ok, vamos esperar… Também tenho esperanças de que nesses dois últimos as coisas mudem e que o Dean não termine chorando as derrotas ou vitórias do Sam enquanto dá conselhos e cozinha para alguém. ¬¬’

    1. Olha, a audiência da série não caiu.. 🙂
      Mas eu entendo sua revolta, pode acreditar que entendo!
      Obrigada por ler e comentar! Abraços

  4. Eu fique com esta inpressão que voce odeia Sam. desculpe mas eu fique .Na verdade eu me assustei! Estou com medo de vocêkkkkk Tem certeza que gosta de supenatura? rsrsrs. Eu assisto a serie pra mim me divertir, não chego a ter tanto envolvimento desta forma. Eu so mas light. não chego a me morder de ódio assim.
    Estes anos todos, tudo girou em volta de Sam! Claro…Eu também queria que o arco ficasse sobre Dean também.
    Até acho que quem vai ficar com a missão de fechar as portas do céu vai ser ele. Acho que isto vai ficar para próxima temporada.
    Sabe quando começou esta temporada todas as noticias ou historia dava conta que Dean estaria sendo mas focalizado,aconteceu. Ele conheceu Benny tiveram uma amizade legal entre eles. Vários episodios Sam ficou feito coadjuvante na tela .Deu pra ver quando as conversas mas intimas eram Dean quem fazia .
    Tanto que ele parece pai irmão de todos. Sam fica pegando migalhas .Eu sinto falta deste envolvimento dele.Bem eu tenho que admitir que os roteirista fazem um péssimo trabalho no personagem Sam, e Dean sempre fica sendo mãe galinha. Mas o que a de se fazer,estou triste por voce estar tão infeliz,é bem sincero da minha parte. Digo isto porque deve ser horrivel ver algo que não gosta. Eu espero sinceramente que venha ater o que voce deseja. Talvez no futuro Jensen faça uma serie que ele seja o principal e único ator.Ele é tão lindo talentoso.Nossa agente fica hipnotizada quando vê ele. Mas eu também desejo que Jared brilhe, mostre seu valor. Eu tenho visto coisa tão feias que fazem com ele. Como nas entrevista. Jensen fica até constrangido. Eu só peço que não ajude a criar mas ódio por Sam.Polly você é simplesmente super inteligente ,foi sincera colocou um tremendo desabafo ,senti que foi do fundo de seu coração. Deu pra sentir que é completamente apaixonada. Cada frase sua, mostrou toda sua paixão e inconformismo .O que posso dizer: Será que mesmo com todos este pontos que relatou, voce ainda continua a querem assistir ?Porque voce me passou que esta a beira de desistir.
    E isto me deixou muito triste ,não faça isto por favor .Respire reflita.Acalme-se tem luz pra todo mundo. E por favor não venha pensar que sou rotulada como Sammy Girl, acho horrivel isto . Eu sou Supernaturalgirl.Amo e sempre vou ama-los. Até o ultimo episodio.
    Um grande abraço , caipirinha de minas

    1. Vou falar pela milionésima vez: eu não odeio o Sam.. O fato de não aprovar todas as atitudes de alguém, não significa que odeie esse alguém.
      Medo de mim por que? Eu juro que não mordo.. E onde eu disse que eu não me divirto? E também onde disse que não estou gostando do seriado? E principalmente, onde eu disse que odeio algo, que eu sinto ódio? Ódio é uma palavra forte e um sentimento negativo que eu não me permito sentir e nem espalhar por aí. Ódio não traz coisa boa pra ninguém, nem pra quem sente e nem pra que quem recebe.
      Qto ao início da temporada o que foi mostrado de Dean foi que ele teve um tempo difícil no Purgatório e achou um amigo num lugar improvável. Desde qdo isso é arco mitológico dessa temporada?
      E volto a dizer: não vou fomentar brigas entre Sam fan x Dean fan, muito menos ficar contando os minutos que um aparece a mais que outro na tela, o que eu não aprovo e nem nunca vou aprovar é que a HISTÓRIA CENTRAL (que aqui na temporada são as tábuas e o que elas podem fazer) gire em torno de apenas um personagem. Isso é injusto, já que a série supostamente (ao menos foi vendida assim) tem DOIS protagonistas com mesmo peso.
      Quanto ao futuro de Jensen, só ele sabe e pode decidir o que quer. E eu torço para que ele continue levando sua carreira de forma bem centrada, com objetivos claros como ele tem feito até agora. Eu sempre vou apoiá-lo, seja lá o que tiver fazendo. Falo o mesmo do Jared. Desejo apenas o melhor pra eles.
      Eu não rotulo ninguém de nada. Cada um sabe o que fazer, o que sentir, o que falar, o que pensar.
      E vou te pedir um favor, não coloque palavras na minha boca e nem pensamentos que vc supostamente acha que eu tenho.
      Qualquer dúvida que tenha, basta perguntar, eu respondo sem problema algum. Mas vir me rotular e dizer coisas que eu não disse, eu não acho bacana, ok?
      De toda forma, obrigada pela participação. Um abraço.

  5. Rodrigo

    Eu gosto demais do Sam, sempre foi meu favorito. Mas nunca deixei de gostar do Dean, é o irmão que eu gostaria de ter.
    Vejo muita revolta quando não é o Dean que faz todas as coisas importantes. Na primeira metade dessa temporada, vi o Sam tão apagado e o Dean sob destaque. Agora que é a vez do caçula mostrar-se importante muitos vêm criticar os rumos da série.
    Mas entendo, o favoritismo que temos por um personagem às vezes nos faz acreditar que tudo de relevante na série deve ser realizado por ele.
    O Dean continua sendo o Dean de sempre, a vida dele, desde o início, sempre foi se preocupar com o irmão. Oito anos se passaram e muitos não entendem isso.

    1. Rodrigo, eu não estou criticando a série só nos últimos tempos… É que parei de fazer reviews, deve ser por isso que vc não está entendo o porquê de eu dizer tudo que eu disse.. Td bem, eu entendo.. 🙂
      E volto a dizer: eu não desgosto do Sam, só acho ele chato. Quem nunca teve amigo chato, irmão chato, primo chato e mesmo assim ama de todo coração?
      Pessoas não são perfeitas, ninguém é perfeito e nem mesmo Dean (aliás, pq ele erra tanto e é tão teimoso, turrão e arrogante é que ele é um herói lindo! hehe)..
      Eu já criticava os rumos da série qdo qualquer roteirista que seja, coloca um mais importante que o outro..
      Sabe pq eu amo tanto a segunda temporada? Porque ambos tinham o mesmo peso. Ambos eram destaque. E olha! Na segunda temporada o Dean já era esse irmãozão que é ainda é hoje e eu amo a temporada. Como eu disse no corpo do texto, é lindo e eu amo ver essa dedicação de Dean… Mas sério… Ele SÓ serve pra isso? Nem pra dar tiro em monstrengo de quinta ele tá servindo… Isso sim me preocupa.. Se junto com essa função de ‘enfermeiro-irmão’ viesse uma participação ‘ativa’ (leia-se relevância real pra mitologia) eu estaria no Céu.
      Por mim Sam podia fechar todos os portões do Universo, poderia matar todos os monstros que existe, desde que fosse a dupla dinâmica, Dean e Sam, e não apenas um..
      E sim, oito anos se passaram, eu entendo isso muito bem, mas vem cá.. Isso não deveria ser uma via de mão dupla? Por isso tive paciência por 8 anos.. Agora encheu meu saco… Simples assim! 🙂
      Espero que tenha entendido o meu ponto de vista.. Obrigada por participar 🙂

      1. Rodrigo

        Entendo sim, Polly! Concordo que a série quanto à relevância de um ou de outro já foi bem mais trabalhada. Isso enquanto esteve nas mãos do Kripke. Depois surgiram muitas coisas confusas… Sobre isso, não consigo deixar de comentar, mas ninguém se revolta com tamanha relevância que dão ao Castiel, um personagem que já devia ter saído da série, mas volta e meia faz dos irmãos meros ajudantes, quando deveria ser o contrário. Mas isso é papo de outro post…
        Concordo em muitas coisas com a Soniama e lamento pela rejeição crescente ao Sam. O mais chato disso é quando confundem personagem e ator. Há muita gente que se diz fã, mas na verdade não passa de um sem noção.
        Acredito que o Dean vai mesmo se arriscar e será crucial para um bom resultado nessa última tarefa, pois o Sam está muito mal. Admito que o Carver ainda não está 100% pra mim, mas tem feito um trabalho magnífico nessa reta final.

        1. Concordo com vc Rodrigo. O Carver está muito, mas muito melhor que Sera Gamble. E estou aqui torcendo para que tudo que vc disse seja mesmo verdade, e que Dean seja uma parte ativa..
          Um grande abraço e é sempre bom conversar com gente educada e que sabe colocar suas opiniões de forma clara e não-ofensiva.
          Abraços!

  6. Alex Diniz

    Curar um demonio? hm,parece que alguem vai voltar…

  7. A POLLY Calma! Eu gosto de voce !Bem! Eu apenas que estou dizendo como eu entendi.Eu tenho senso de humor elevado. E sinceramente achei suas palavras forte. Nossa eletrizante de tirar o folego . Eu me envolvi com cada palavra sua . Parece que eu estava te enxergando ,simplesmente revoltada.
    Eu tenho visto muita gente desistindo de ver o seriado. E se voce desisti nossa, ai a vaca vai pro brejo.Por favor não fique achando besteira sobre min eu sou sem noção .E as vezes não escolho palavras certas pra dizer.Mas faz parte .Eu so fiquei triste . Desculpe mas eu amo eles , seja o jeito que for .É claro tem muito episodio ruins.E as vezes não da nem vontade de comentar. Eu sou teimosa.Insisto quero melhor para Sam e Dean . E pedir que eles melhore o roteiro não adianta, nos temos que engolir, Mas mesmo assim eu quero que todo continue a ver. E voce é um dos cavalos que pucha a carruagem,e dita os rumos.E também tem influencia com muita pessoas. Cada palavra sua representa muito. Seja por sua inteligencia seja pela forma meio italiana como voce diz. Sabe jogando tudo pro alto. Mas isto assusta meus padrões de caipira . Eu desejo mesmo que eles Facham Dean ser o que ele dever ser um Herói nosso herói. Mas acho que se isto acontecer supenatural terá seguido para reta final. Sam tem que aprender a crescer não na altura e sim como ser humano. Talvez é isto que eles queriam mostrar. Estou feliz que respondeu pra mim estou honrada. Um grande abraço

    1. Eu estou calma! 🙂

      E eu não quero que apenas Dean seja o herói.. Eu quero que OS DOIS JUNTOS sejam os heróis..

      E por favor, deixa de bobagem! 🙂 Eu falo com todo mundo, eu respondo todos quando posso!

      Abraços e novamente obrigada por comentar!

  8. Flor

    Defino esse episódio como CHATO.
    Temos novamente o Sam super-herói (só que dodói), continuamos com o Dean sendo APENAS “o protetor” ( os autores se esqueceram de quão talentoso é o JENSEN) e…encheção de linguiça com estórias e conversas ENTENDIANTES que não acabam nunca.
    Mais um epi. que assisti uma única vez e só, não tenho tesão algum e ver novamente tanta enrolação.
    Valeu pelo Cass que odiado por tantos e amados por muitos me parece ainda vai penar muito para se “encontrar como anjo do bem que é”.
    Como ele disse se referindo ao Dean, meu recado segue aos autores “bite me”. Eu quero ação !

    1. Uma pena que achou chato.. Eu gostei.. Mesmo com toda minha revolta com muitas coisas ao longo da temporada, eu gostei..
      Mas vc tem todo direito de achar chato.. Espero que os outros dois que vem por ai, te faça se sentir melhor.
      Obrigada por comentar.

  9. GIANE

    Acredito que embora seja Sam a realizar os testes, Dean e Sam estão lutando juntos e isso está a fazer ambos crescerem. Estou de verdade gostando muito do rumo que a série tomou nesta temporada, em mina humilde opinião a série está sendo sobre os irmãos e sobre o amor que um sente pelo outro e não medem esforços para se protegerem. Vide que Dean, de todo jeito ia realizar os testes para poupar o irmão, então Sam para proteger Dean acabou iniciando os testes, agora Dean está fazendo de tudo para ajudar o irmão que o protegeu e o impediu de sofrer nos testes. E ansiosa demais pelos próximos episódios…

    1. Apesar de tudo eu tb estou ansiosa pelos próximos episódios!
      Eu adoro quando Dean e Sam estão unidos, estão próximos, estão sendo os irmãos que a gente aprendeu a amar.. O que me chateia é que os roteiristas esquecem que isso é uma via de mão dupla.. Só isso..
      Mas assim como vc, estou gostando dessa temporada mil vezes mais que as duas anteriores..
      Um grande abraço e obrigada por comentar!

  10. Como disse no face concordo com você. Principalmente sobre o John, querer agora passar o cara como pai do ano, desculpem mas pra mim é inaceitável.

    Dean foi pai, Dean foi o que criou o Sam então me doi e muito ver que seus sentimentos nunca são levados em conta.

    Sinceramente eu gostaria de pelo menos uma vez ver os papeis serem invertidos e eu realmente achei que seria nessa temporada. Como seria interessante ver como o Dean lidaria com os testes e as consequências dos mesmos e como Sam reagiria…

    Fora que até agora algo ainda me revolta. Sam foi viver uma vida normal e se quer procurou pelo irmão. COMO ASSIM Jeremy Carver???

    Isso pra mim é imperdoável, e me mata ver que o assunto foi esquecido e pior, ver o Sam revoltadinho por causa do Benny, me desculpem, mas EU quis bater no Sam.

    E como a Polly vou ter o momento Dean girl kkkkkkkkk To cansada de ver o Dean ser traído por todas as pessoas que ele ama. E aquelas que se demostraram verdadeiramente amigas e que o amavam ou morreram ou foram postas pra escanteio.

    Eu quero e preciso confiar no Carver, memso com alguns erros de continuidade. É pai do John que largou o menino quando era pequeno (sendo que em The Beginning, vimos alguém pedir pro John mandar um abraço para o “old man” dele.) E agora John levou os meninos no Grand Canyon?? Quando Dean disse lá na segunda temporada que nunca tinha estado lá?? Isso é parte do plano “vamos santificar John Winchester”?

    O episódio foi ótimo, Ben Edlund sabe o que está fazendo e faz com maestria, o episódio teve de tudo e como sempre Mark Sheppard fez um trabalho incrível.

    Eu sinceramente só gostaria de pelo menos uma vez, ver Sam, reconhecer o quanto Dean fez e faz pro ele. E mais uma vez momento totalmente Dean girl…Como eu queria ter visto a cara do Sam ouvindo Benny chamar Dean de irmão…

    E sim eu quero o Benny de volta!!!

    1. Obrigada por ler e comentar! Sim tenho minhas birras com John.. hunf

      E assim como vc, tb queria Benny de volta.. Dean sempre tem tão pouco e o que tem sempre lhe é tirado.. (Sam tb, mas sei lá…)

      Abraços!

  11. Só acrescentando algo… ainda não revi o episódio, o que farei daqui a pouco, então sobre o lance do Grand Canyon e John, é bem possível que Sam estivesse delirando e viajando geral??? Tomara que sim.

  12. Tecka

    É difícil agradar a todos, mas eu amei o episódio!!! Achei envolvente do início ao fim. Amo ver a relação dos irmãos. Na verdade, tô adorando esta temporada. Q seja dean ou sam no centro, num importa, gosto é de um episódio eletrizante, q vc nem percebe o tempo, qd se dá conta a tela tá preta e vc pedindo mais. Amo Supernatural.

    1. É isso aí! Eu tb amo e adoro episódios que são rápidos e te fazem ficar olhando a tela sem muito tempo pra pensar!! Esse foi um deles e eu gostei pacas!!

      Que venha os dois últimos episódios!!

      Obrigada por comentar!

  13. Márcia

    Polly, eu não sou nem Deangirl nem Samgirl (já passei da idade disso), mas eu não vejo o Dean “desperdiçado” nem nesta nem em qualquer outra temporada. Não sei se é pq o Jensen é tão bom ator que não permite que isso aconteça. O que eu vejo é que o Sam sempre foi destas pessoas que sempre se sente injustiçado, “ah, sou caçador e não quero ser caçador, ah, tenho uma namorada, mas não posso ter namorada, ah, sou irmão caçula mas não quer ser, ah não dou certo com papai” , por isso sei que ele é reclamão mas não consigo vê-lo como chato, só tenho vontade de pegar ele no colo e consolá-lo (será que sou Samgirl???) e acho que Dean vê em Sam o mesmo que vejo, que ele apesar da altura e da idade é só um meninão que precisa ser protegido.

    1. Haryella

      Concordo totalmente, falou tudo!!!!!

    2. Ter preferência por um ou outro personagem não tem nada a ver com idade, na minha opinião. Mas beleza vc é fã deles e tá tudo bem..

      E veja bem, é exatamente por essas características do Sam que não tenho paciência com ele, entende? Talvez pq eu seja uma pessoa muito prática e pragmática, esse nhenhenhém me irrita.. Me dá canseira gente reclamona e gente cheia de “oh céus, oh vida”…

      Eu tendo a ser assim em todos os aspectos da minha vida… Eu levo tombos, mas levanto e vou em frente, dane-se o resto. Eu tenho que fazer coisas que não gosto e não quero, mas eu faço e sigo em frente, dane-se o resto. Eu sou contrariada muitas vezes no que desejo, mas eu berro, falo e luto pelo que quero e não fico de “vc é culpado por tudo que acontece”..

      Entende? Não tenho um pingo de inclinação pra Madre Teresa, desculpe.. Estou mais pra agir e fazer logo o que tem que ser feito do que ficar pensando, pensando, pensado e depois arrependendo..

      Eu entendo tudo que Sam passou, sente, faz, mas não concordo… Apenas isso..

      Odeio o cara? De modo algum, só acho que tanta muleta já deu!

      Bjocas e obrigada por comentar!

  14. kevin

    Respeito totalmente sua opniao e concordo com.alguns pontos de vista, quanto aos teses acho q o edlund realmente teve a intencao de nao deixar dean fazer os testes por que ele eh o mais foda, nao teria como colocar dean ficando fraco e sam cuidando dele , ele quis deixar a surpresa pois acredito que seria tudo muito facil para dean , todos estavam esperando que ele fizesse os testes e isso foi o que surpreendeu, edlund esta apenas voltando a por a serie nos trilhos entao foi necessario destacar um pouco de sam, ao menos acho que foi um mal necessario, tambem acho que poderia ter sido diferente sem as mancadas de sam durante a serie, mas respeito totalmente sua opniao e adoro o seu trabalho aqui no blog!PS:(desculpe erros de escrita pois estou escrevendo pelo celular)

    1. Obrigada! Respeito é sempre bom e nos faz ter discussões interessantes, certo?

      Só uma correção.. Edlund é produtor e roteirista, ele escreveu esse episódio, mas quem é o big boss, o chefão é Jeremy Carver. É ele quem define o plot, os rumos da temporada e o que ele quer da série.

      E sim, vc tem razão, ele está fazendo um belíssimo trabalho se comparado com as duas últimas temporadas..

      Obrigada por ler e comentar…

  15. Alane

    Só uma pergunta: No início, o que o Kevin jogou nos “demônios atores” de Crowley, não era água benta? E por que eles não sentiram nada? Desculpem-me, posso ter perdido alguma coisa. Só que não me lembro mesmo se teve alguma explicação para isso… XD

    1. Talvez pq aquele era um universo criado por Crowley e aquilo não era água benta de verdade?

  16. Alane

    Na verdade acabaram sendo duas perguntas, sorry… XD

  17. Haryella

    Não concordo, têm muita gente reclamando(Deangirl) q na série é tudo pro Sam e pro Dean só resta ser apenas o irmão ou a “babá” do Sam, mas eu não acho isso, tanto q até a metade da temporada só deu Dean o tempo todo, era Dean voltando do purgatório, Dean se culpando por ter deixado Castiel, Dean com raiva do Sam, Dean fazendo novos amigo(Benny), Dean , Dean e Dean, pro Sam simplismente o q havia era um romance, além de mais uma vez os roteiristas ferrarem com o personagem fazendo dele o irmão egoista q mais uma vez abandonou o irmão, colocando Dean num pedestal, sério??? Essas Deangirls queriam mais o q, q além de tudo isso ainda fosse o Dean q realizasse os testes? O q restaria pro Sam, ele seria somente um coadjuvante, concordo com q o Rodrigo disse qnd dão todo aquele destaque pro Castiel ninguém raclama, agora qndo é pro Sam ai é o fim do mundo , pq deveria ser o Dean, ah, me poupem!!!! Nada mais justo q seja o Sam à realizar os testes, afinal ele esteve apagado até a metade da temporada, e dou os parabéns pro Jared, acho ele um excelente ator, pois não é qualquer um q consegue modificar tanto um mesmo personagem como ele fez com o Sam sem perder sua essência, pq o Dean até hj sempre foi o Dean , não desmerecendo a atuação do Jensen, longe de mim, acho ele incrível, mas como disseram q ele têm o Dean nas mãos , digo o mesmo do Jared, afinal, Sam passou por tantas mudanças e Jared sempre fez com muita maestria, foi desde Sam possído, Sam viciado em sangue de demônio, Sam desalmado até Lúcifer, nossa, foram vários e Jared sempre deu conta do recado muito bem, por isso o admiro tanto.
    Adoro o Sam e não gosto qnd pessoas q não entendem a complexidade desse personagem incrível,falam mal dele,o julgam como um garoto chato e irritante, tudo bem não gostar, mas poxa vida, Sam cometeu muitos erros, lógico, mas eu entendo q ele foi empurrado pra isso, e consigo ver o qnt ele ama seu irmão, apesar de não tê-lo procurado ( o q pra mim ainda tá muito mal explicado por esses roteiristas, espero q ainda haja um bom motivo pra isso), mas não vi ninguém revoltado com o Dean qnd ele largou tudo pra ter uma vida normal ao lado da tapada da Lisa e não foi atrás do Sam no inferno, aí tudo bem, mas qnd é o Sam todo mundo atira pedra, é muita injustiça com ele.
    Tô adorando q é Sam quem está realizando os testes e adorando mais ainda Dean cuidando dele, pq pra mim Supernatural é isso o amor entre esses irmãos e não acho q dão mais evidência somemte pra um, ambos são fundamentais e merecem o mesmo destaque, fora Castiel, esse sim tá sobrando.

    1. Ok, eu estou ficando cansada de dizer, mas vou dizer de novo: eu não odeio o Sam… Apenas não concordo e aceito o que ele faz ou diz. Ele é o pior cara do mundo? Não, não é.

      Ah, e desculpe minha grosseria.. Obrigada por comentar..

      E já cansei de dizer que sou uma fã apaixonada do Dean e sempre verei (em primeiro lugar) as situações do ponto de vista dele. Sou meio como ele e acho que isso explica isso.

      E o fato de vc achar alguém chato e irritante, não significa que vc não ame alguém. Meu filho é um adolescente chato em 90% do tempo, minha mãe em quase 100%, mas eu morreria por eles num piscar de olhos…

      Eu só acho que as pessoas deveriam parar de achar que pra amar alguém tem que ver e dizer só coisas lindas sobre esse alguém. E eu acho que vc acompanha minhas palavras sobre o seriado há tempos e deve saber também que não é novidade pra ninguém o meu ponto de vista sobre o que os roteiristas fazem com Sam.

      Um grande abraço.

  18. Calminha ai…dizer que Dean largou tudo pra viver com a Lisa já é demais. Alguém se lembra que Sam fez Dean prometer? Alguém se lembra do que Dean disse no primeiro episódio da sexta temporada? “Eu tinha pesadelos, li livros, tentei achar um jeito de salva-lo” E o Sam mesmo que sem alma disse “Você prometeu.” E a resposta do Dean foi, “E dai! me processe.”
    E tem mais uma coisinha, tirar Sam da jaula era fácil? Ou alguém esqueceu que tem um Lúcifer e um Michael zangados lá dentro?? E mesmo assim Dean não desistiu. Não me importo do Sam ter encontrado a Amelia, não me importo dele ter passado aquele ano com ela. O que me deixa P&$#@# é saber que ele NÃO tentou. Isso sim ele devia ao irmão.

    E dizer que Dean não mudou ao longo dessas temporadas? Sério? Quando a polly diz que Jensen tem Dean nas mãos(e ela tem razão, é que mesmo quando o roteiro não ajuda Jensen

    Sei que opinião é opinião mas distorcer os fator já é outra coisa. Gosto da Lisa e do Ben. E não acho a Lisa uma tapada, muito pelo contrário. Dean mesmo disse que naquele ano ele estava um desastre, e a resposta dela “Se a pessoa que basicamente salvou o mundo aparece na sua porta, é de se esperar que ele tenha problemas”

  19. Só retomando, (pois a inteligente aqui conseguiu enviar o comentário sem terminar de escrever)

    Quando a Polly diz que Jensen tem Dean nas mãos ( e ela tem razão) é que mesmo quando o roteiro não ajuda Jensen o desenvolve com maestria.

    Isso não quer dizer que Jared não faça o mesmo. Jared é um grande ator e só para citar aquela cena dele como Lucifer no episódio THE END foi de arrasar.

    Ah e antes que digam que sou defensora da Polly, apenas compartilho muitas das opiniões que ela tem, mas discordamos sobre Castiel.

    Eu simplesmente ADORO aquele anjo. Adoro Misha Collins, a química inegável que rola entre ele e o Jensen. Sinto que Castiel acrescenta muito a Supernatural, se estou preocupada com o arco dele na nona temporada, sim estou. Mas estou confiante que Carver saberá tirar o melhor de Misha que é outro ator maravilhoso.

    1. Discordar e ter opiniões é saudável!

      E sim, eu também gostava da Lisa e comparar ela e Amelia não é ser justa com o plot de cada momento..

      São momentos diferentes, situações diferentes.

      Abraços!

  20. Mary

    Adoro acompanhar as novidades sobre o seriado no blog, mas confesso que fiquei decepcionada com esta análise do episódio. De um blog sobre “Supernatural” eu esperava algo um pouco mais imparcial. Amo os dois irmãos e realmente não consigo ver este Sam “chato” de que você tanto fala. Todos o criticam tanto, só pelo fato dele ser tão diferente do Dean? Ele errou feio, isso todos sabemos, mas se redimiu, salvou o mundo do apocalipse, e nem depois disso passou a ser valorizado. E você reclama sobre o que fazem com o Dean no seriado? Aff! Enquanto Dean teve Benny e Cas como melhores amigos no purgatório, Sam teve uma “Amelia”, isso foi quase uma piada, né?
    Mas voltando ao episódio em questão,fiquei surpresa que nem sequer a atuação do Jared, que foi maravilhosa e emocionou a todos, foi citada aqui. Fiquei bem triste e decepcionada com isso. Bom, não estou aqui para criticar a sua opinião pessoal, só acho que em uma análise do episódio, o comentário deveria ser imparcial.

    1. Em primeiro lugar obrigada por comentar. Sempre é bom a participação das pessoas.

      Em segundo lugar, esse é um fansite, ou seja, site feito por fã. Quando nós do site resolvemos fazer essas análises, foi pra mostrar a opinião de CADA UM da equipe (porque assim como vcs, somos fãs e temos nossas preferências, nossos gostos e desgostos), então desculpe, como fã não dá pra ser imparcial.

      O Is Life não é um site jornalístico e nem de informações apenas, é um site feito de fã pra fã. No sorteio das análises (quem faria qual episódio), o 8×21 caiu pra mim e eu escrevi o que EU COMO FÃ DO SERIADO, senti ao ver o episódio. E desculpe, não vou adoçar as coisas só pra deixar todo mundo feliz, não é do meu feitio e nunca será. Eu me sinto desse modo, a análise desse episódio caiu pra mim e eu escrevi. Desculpe se você não gostou e eu respeito isso, de verdade. Vc tem o direito de discordar com cada linha que escrevo, mas não tem o direito de dizer o que EU devo sentir, escrever ou falar do episódio.

      Quanto ao amor que eu sinto pelos dois irmãos, eu vou dizer mais uma vez não odeio o Sam. Quem sabe isso um dia entra na cabeça das pessoas.

      Vc diz que todos criticam tanto o Sam… Concordo, criticam mesmo, pq isso faz parte de ser um fã (ou não). Aceitar erros e defeitos, faz parte de amar. Eu posso enumerar pra vc os trocentos defeitos do Dean tb (turrão, mandão, sufocante quando quer ser, teimoso, intransigente, muitas vezes esconde o que está sentindo ou pensando, etc), mas de algum modo EU me identifico mais com o estilo do Dean do que de Sam. Só isso. Quando uma determinada situação acontece, eu agiria mais do modo de Dean do que de Sam, pq eu concordo e processo melhor as atitudes e o jeito de Dean. Isso em algum momento diz que não amo Sam? Não, só diz que não concordo com que ele faz e que não vou endossar tudo que ele faz. O que o torna chato pra mim.

      E eu não sei se vc sabe, mas eu escrevo sobre Supernatural desde a terceira temporada, desde o Multiply onde tínhamos um grupo fantástico de Supernatural por lá, depois fui pro Orkut e por aí as coisas foram seguindo. Sempre escrevi assim e acho que não vou mudar… Eu já defendi o Sam muitas vezes, mas depois dele trair tudo que os Winchesters são, transando com uma demônia de quinta e desprezando tudo que viveram, eu não consigo mais vê-lo do mesmo modo que eu o via. Nunca duvidarei do amor dele por Dean, do arrependimento dele, da intenção dele em se redimir. O problema é que EU não consigo esquecer. Isso é coisa minha, e eu tenho o direito de me sentir assim. Vc não concorda? Beleza, mas não muda nada minha opinião e sentimento.

      Quanto ao que os roteiristas deram pra ele (leia-se Amelia) isso não é minha culpa. E se vc leu TUDO que escrevi, eu disse que não é culpa do Jared ou até mesmo do Sam, o que dão pra ele fazer. E se vc realmente leu tudo que escrevi, vc deve ter visto isso “porque Jared é um ator muito bom que faz com que eu tenha essas reações viscerais com Sam, e é exatamente por isso que Sam ainda é o outro lado de Supernatural.” Então não diga que eu não elogio Jared ou insinue que eu não goste dele. Apenas um bom ator consegue extrair reações viscerais de alguém. E Jared consegue, então eu não disse que ele é ruim. Nunca disse.

      Espero que eu tenha conseguido me fazer entender… Sou fã do seriado, defendo e sempre defenderei que a série é sobre Dean e Sam, sobre os dois, mas também nunca escondi e nunca esconderei que Dean é meu personagem favorito e que eu sempre verei as coisas primeiro pelo ponto de vista dele. É o mais correto? Duvido seriamente que seja. Mas eu sou fã e tenho direito de ser passional sobre o que amo e acredito.

      Um grande abraço.

      1. Mary

        Como eu disse no meu comentário, não critico a sua opinião pessoal. Cada um tem a sua e é um direito seu. Jamais vou debater o que acham ou não do Sam, porque são poucos os que conseguem compreendê-lo. Só que de um blog chamado “Supernatural” is life, eu esperava que uma análise de um episódio foda como aquele fosse algo para todos os fãs do seriado lerem, não apenas Dean girls. Talvez um “Dean” is life seria mais apropriado. Just saying…

        1. Uai, então eu li errado? Isso aqui:
          “Adoro acompanhar as novidades sobre o seriado no blog, mas confesso que fiquei decepcionada com esta análise do episódio.”

          Vou dizer de novo:
          O Is Life não é um site jornalístico e nem de informações apenas, é um site feito de fã pra fã. No sorteio das análises (quem faria qual episódio), o 8×21 caiu pra mim e eu escrevi o que EU COMO FÃ DO SERIADO, senti ao ver o episódio. E desculpe, não vou adoçar as coisas só pra deixar todo mundo feliz, não é do meu feitio e nunca será. Eu me sinto desse modo, a análise desse episódio caiu pra mim e eu escrevi. Desculpe se você não gostou e eu respeito isso, de verdade. Vc tem o direito de discordar com cada linha que escrevo, mas não tem o direito de dizer o que EU devo sentir, escrever ou falar do episódio.

          E já que vc entende tanto de Sam e pelo visto o Supernatural Is Life não, e o que foi dito te incomoda tanto, pq vc não cria um “Sam is Life”? Just saying 🙂

          Ah, JYF, somos uma equipe e outros fizeram análises e deram SUAS OPINIÕES pessoais.. Desculpe aí, se a minha vai contra a sua… Faz parte de um processo democrático, emitir opiniões sabe?

          Abraços..

          1. Mary

            Pelo visto as opiniões “bem vindas” são somente as que concordam com você. Desculpe qualquer coisa e, pode ficar tranquila, não aparecerei mais por aqui. Tenha um ótimo dia.

          2. Bom vc disse que não aparecerá mais aqui, uma pena, pq sim todos são bem vindos.. Se vc não consegue manter uma conversa que não vai de encontro ao que vc pensa, sinto muito, não é culpa minha.
            E não, não precisa concordar comigo.. De modo algum… Acho muito melhor quem discorda de mim, pq assim me faz pensar… Me fazer ter outra visão das coisas..
            E eu apenas respondi ao que vc colocou, assim como (acho) fiz com todos.. E se vc ler os comentários tem muitos que discordam de mim e eu falo a mesma coisa… Eu só não tolero coisas ditas com insinuações para atingir o site. Isso não. O nome do site é Supernatural Is Life e se alguém da equipe é fã de determinado personagem não há lei que a impeça de defender esse personagem… Ou estou vivendo numa ditadura e preciso só dizer coisas que todo mundo quer ler?
            E sobre ter ótimo dia, muito obrigada… Vc também.

  21. Alessandro

    Oi, eu gostaria de partilhar com você e com os outros leitores um fato que notei: Após Kevin irritar Crowley, aos 38’10” , Crowley está quase matando Kevin, mas algo dá errado e ele caí com o rosto queimado. O que me pareceu foi que Kevin disse um feitiço para demônios, fazendo com que Crowley fosse ferido. Eu não vi em momento algum “algum anjo chega e dá uma surra em Crowley”. O que vi foi um fade out (talvez por causa dos comerciais nos EUA) e quando voltou houve no roteiro uma elipse (passagem de tempo) e ai vemos Kevin ferido na poltrona de Metraton. O que aconteceu nessa elipse? Me parece que Kevin traduziu tudo que havia na Tábua dos Demônios, inclusive um feitiço para fazer o que ele fez com Crwoley.
    Agora suposições: acho que ele está com as duas tábuas e Metraton irá traduzir a Tábua dos Anjos, que pelo princípio da simetria, pode conter formas de matar anjos ou expulsá-los da Terra.
    É isso.

    1. Ok vamos por partes.. Em primeiro lugar, obrigada por comentar…

      O algo dá errado, é que Kevin é um profeta e ele não pode ser tocado do jeito que Crowley fez. As temporadas anteriores, quem tentou tocar Chuck também levou ferro, lembra?

      Kevin não falou feitiço nenhum, ele estava sendo enforcado e desfalecendo. Talvez eu tenha sido ‘impetuosa’ em dizer que anjo deu surra.. Foi modo de dizer.. O que quis dizer foi que o anjo (eu realmente não sei se Metatron é algo mais que isso, desculpe) de Kevin, foi lá e fez o serviço.

      Logo depois de Crowley estar ‘queimando’ no chão, vemos Kevin na casa/quarto/whatever de Metatron com Dean e Sam. Metatron toca o peito de Kevin e diz que ele ficará bem em um minuto. E sim, eu acredito que foi Metatron que ‘resgatou’ Kevin, porque Dean pergunta a ele como ele conseguiu passar pelo sensor de anjos de Crowley e Metatron responde que ele é o escriba de Deus, então ele apagou o dito sensor.

      Quanto às tábuas, vamos ter que esperar pra saber quem tá com elas, né? 🙂

      Abraços.

  22. Rodrigo

    Essa história do Sam não ter procurado o Dean não faz o menor sentido, uma das coisas mais estranhas de todas as temporadas. A verdade é que mesmo se ele tivesse procurado loucamente pelo irmão, outras coisas seriam citadas para crucificá-lo.
    Vejo que Sam é detestado por muitos, senão a maioria (o que tem atingido o próprio Jared), mas não vejo uma explicação plausível. Depois de tantos acontecimentos, chato é uma coisa que Sam não é. O que mais me impressiona nele é que faz cagadas (acreditando estar fazendo o certo), reconhece e vai em busca de redenção. Isso torna mais humano que qualquer outro personagem. Ele ama o irmão, claro que Dean se entrega mais, pois desde pequeno se fez pai do Sam, e é assim que Sam o vê. Putz, ambos já demonstraram do que são capazes um pelo outro.
    Para muitos, Sam já devia ter sido eliminado da série, para que ficassem Castiel e Dean apenas. Isso seria o fim! Kripke, quando criou a série, disse: é sobre família, lealdade, o irmão mais velho cuidando do mais novo…

    1. Sinceramente eu espero que eu não esteja no bolo que confunde Sam com Jared e vice-versa… 🙁

      E eu juro que se eu estivesse no humor, eu destacaria vários pontos do porque eu estar impaciente e irritada com Sam.. E vc deve ter lido que escrevi que não é culpa do Jared o que os roteiristas escrevem pro Sam… E sim, eu acho ele chato, sorry, mas não tenho outro adjetivo para caracterizar meu sentimento por ele NESSE MOMENTO da série.

      E volto a dizer: eu não odeio o Sam e muito menos faço parte do time que querem que ele suma do seriado… Não canso de dizer: Sam é a outra metade de Supernatural.. Eu posso estar irritada com ele nesse momento, posso estar de saco cheio no momento, mas jamais vou desmerecer a importância dele no seriado. Jamais.. E como vc disse, o seriado é sobre família e desde quando famílias não tem atritos, brigas e desentendimentos?

      Amar também envolve criticar, perdoar e apontar erros.. Eu ainda não cheguei na fase do perdão completamente.. Ainda não, mas posso chegar lá…

      Um outro abraço e obrigada novamente..

      Ah, e sobre Sam não procurar Dean: papo de parente chato! Isso já deu o que tinha que dar! Eu encaro assim: Sam não foi pq tinha outros interesses no momento. E daí? Ele tem direito de fazer o que quer, do jeito que quer. Ele foi lá e fez. Gostei? Não, mas ele fez e ele é assim. Get over it! 🙂

  23. Ótima análise Polly, também fico triste sobre o arco mítico fraco do Dean, mas acho que só não estou tão revoltada quanto você porque isso do Dean cuidar do Sam, ser babá dele e tudo, meio que supre minhas necessidades rs… adoro ver isso, porque é assim desde de a 1ª,2ª temporada, amo Dean cuidar do Sam e a coisa toda de irmão mais velho, irmãos em si, senti falta disso nas últimas temporadas e estou curtindo.
    Concordo com você nos pontos que destacou, principalmente com o último sobre Cas, assino em baixo.
    Só não concordo com o lance do Sam ser o mais cara mais chato e irritante da faca da terra e tal, mas tudo bem, acredito que você diz isso com certo carinho por ele.
    Ok, é isso, muito bem, parabénS 🙂

    Obs.(Se prepara que vem chumbo grosso da “parentada” rsr… bjs)

    1. Obrigada por comentar Fê.. E olha, não me preocupo com a parentada, tô acostumada com ela… Parente chato tem em todo canto! hehehe..

      E sobre o que disse sobre Dean cuidar do Sam, eu tb gosto. Afinal, como eu disse, ele não seria Dean se não fizesse isso, né? Só não acho que Dean mereça SÓ isso no plot, entende? Ele pode ser esse irmão lindo que sempre foi (sendo babá e enfermeiro) e ser o valente caçador que nós sempre vimos ele ser…

      E finalmente uma mente aberta sobre o que sinto por Sam..Eu tenho um carinho enorme por ele, mas minha paciência se esgotou…

      Abraços!!

  24. GILVANO

    NA CONVERSA ENTRE NAOMI E CASTIEL, ELA DIZ QUE CASTIEL É MAIS VELHO DO QUE ELE MESMO SE LEMBRA, SERÁ QUE TEREMOS UMA MELHOR EXPLICAÇÃO SOBRE AS ORIGENS DE CASTIEL??????????????

  25. wagner

    Me desculpe o que vou dizer, mas pra vc, que diz não gostar de mimimi, foi o que mais fez na sua análise

    1. É? Então, mimimi.. Abraços e obrigada por comentar! *lol*

      1. Paul Fiore

        aushaushuahsua Trollou o cara legal…bem feito!

  26. Polly a tua analise do epi foi como eu o vi.. e como nos ja conversamos diversas vezes, e concordamos em discordar sobre alguns pontos – eu ainda vejo uma estoria p o Dean… e na realidade prefiro o que estão fazendo com personagem mais nesta temporada do que nas duas ultimas – o Dean bebado, não dando a minima para nada – aquele sim não era o Dean p mim… e vamos ficar provavelmente hiato todo “discutindo” sobre os nossos lindinhos….

    Eu não sei se vejo uma luz no final do tunel – no sentido em qual será o sacrificio a ser feito, mas estou gostantdo bastante do arco desta temporada…

    Não li completamente os comentários ….. mas me parece que algumas Samgirls ficavam “meio que resabiadas” com os comentários da Polly sobre o Sam, e o que eu tenho a dizer sobre isso é que a Polly é pessoa mais imparcial que conheço, ela tem uma bronquinha com o Sam, e as vezes eu até concordo com ela com isso, mas nem por isso ela “odeia e quer ver morto” o Sam, ela sabe do qto o personagem é importante, e o quanto o Sr. Padalecki dá vida a esse irmãozinho menor dos Winchesters…e principalmente, algo que admiro muito nela… ela sabe diferenciar entre o personagem e o ator.. infelizmente isso é uma excessão e não uma regra…

    Bom é isso… gostei do que vc escreveu, concordo com 90%, daquilo que discordo a gente conversa particular/e kkkkkk…….
    .. e fui…

    1. Yeah, a gente conversa em particular, pq Jared merece nossos papos!! Lindinho da Cla e da Polly! 🙂

  27. Ana Lucia

    Me desculpe Clarisse mas e fora de ética a pessoa escolher um blog para ficar jogando palavras fora olha queridinha se vc e tão fã do Jensen estuda mais um pouco e compra um emissora para coloca só ele. Afinal nós os verdadeiros fã de SOBRENATURAL não precisamos destas opiniões sem fundamento da sua coleguinha. Ela deve estar muito pe da vida com o Dean de baba, mas ele esta amando. E vêem aqui se estressa peguei um tanque de roupa que vc Melhora viu. Porque nós amamos a série,o Jensen/Dean e o Jared/Sam. Se for para décima temporada a lindinha vai ter que fazer análise.

    1. Ai ai ai… Vc tão fã de Supernatural, né? Beleza, tb somos! Seja bem vinda! E eu não escolhi um blog, que eu saiba ele é administrado por mim e a última vez que eu chequei, o Brasil é um país livre, né não?
      Mas um aviso: o site não tolera falta de educação. Outro comentário desse, será excluído..
      Obrigada. Abraços.

      E é Clarice. 🙂

    2. Em primeiro lugar querida é Clarice com C em segundo lugar, faz-me rir e muito.. kkkkkkk

      Gatona, vamos concordar em discordar e que amamos o SPN e

      fui

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Cla ; }

  28. Ana Lucia

    Mais uma palavrinha morra de inveja!!!!!!

    1. Vc tá falando comigo ou com a Clarice? Pq se for comigo, desculpe a última coisa que tenho é inveja…
      Não preciso disso 🙂 Sou extremamente feliz, satisfeita e abençoada com tudo que tenho.
      E cansei de falar com gente sem condições de ‘conversar’ de verdade..
      Próximo comentário seu que não for sobre o post, será excluído.. Continue defendendo seus amigos nas suas redes sociais.
      Ackisses!!

    2. De quem?????

      Morrer de inveja de quem ou do que, da habilidade da minha grande amiga Polly de escrever como poucos, sim morro de inveja, mas uma inveja saudavel…

      Continuo rindo

      Fui

  29. Matty

    Um ponto é certo nunca se chegará ao final da “discussão” quando se é dean ou sam girl. Cada um puxa a sardinha para seu lado. Para esclarecer sou uma Dean girl e muito fã de Jensen e os poucos episodios que Dean brilhou foram as cenas do purgatorio e com Benny que saiu rapido demais da serie para salvar quem…?
    Em tempo não estou falando de Jared que amo.
    No contexto geral este episodio foi otimo e estou ansiosa para ver como será o final da 8 temporada.
    Mas uma coisa a Polly está mai que 100% certa chega de Castiel pelo amor de Deus, estão enfiando este anjo por medo da reação dos fãs se ele for banido da serie de vez. Acabou o arco dos anjos, adeus, tchau, vai tarde, mas não ainda teremos que aguentar isso a temporada toda. Deviam é trazer o Bobby de volta este sim faz falta e nunca deveria ter saido da serie.

    1. Matty, como é ler comentários de fãs que sabem e entendem a serie, e que não confundem personagens com pessoas reais…

      E outra lindinha eu no fundo, mas no fundo mesmo sou uma Bobbygirl, até hj não perdoei a Sera por te-lo tirado da serie da maneira como tirou, me cortou o coração… houve uma pequena redenção nesta temporada, e sim Matty como vc amo Jim Beaver, e espero que o personagem dele volte e se tudo der certo teremos uma nona e quem sabe até uma decima temporada…

      Qto ao arco mitologico de Cas, como já disse numa conversa com a Polly eu estou dando um voto de confiança ao Jeremy, quero primeiro ver o que ele apronta p depois elogiar e/ou criticar…

      Tenha um bom final de semana.

      Cla ; }

    2. Obrigada por comentar… E eu tb sou uma Deangirl que ama o Sam.. Não disse em nenhum momento que o odeio.. Chamar alguém de chato é odiar?Eu hein kkkkkkkk

      E sim, vc tem razão, cada um puxa sardinha pro seu lado.. E eu sempre vou puxar pro lado do Dean! Não é novidade pra ninguém, concorda?

      Qto a Cas, vamos esperar.. Se houver justificativa, eu tô dentro do barco! 🙂

  30. Lule

    Olá Polly.
    A minha primeira impressão foi de espanto com o seu desabafo.Nem me lembro mais da análise.
    Não concordo com tudo, mas algumas coisas são fatos,no entanto pra mim sempre percebi Supernatural sendo feita do ponto de vista do Dean.
    Mesmo quando o Sam tem algo místico como agora pra mim o Dean sempre foi o heroi. Mesmo quando eu era um pouca mais fã de Sam(agora eu gosto dos dois igualmente, por isso eu lhe entendo) isso não me incomodava.
    São características dos personagens o Sam vive em conflito interno e o Dean sempre firme e forte nas suas ações.
    Gostaria de ver os papeis alternados mais vezes como ocorreu em alguns episódios mas que não mudassem a essência dos personagens.
    Relato que foi uma surpresa pra mim(boa) o Sam ser o executor dos testes, mas me afligiria mais se fosse o Dean no lugar do Sam com todos esses sofrimentos que não combinariam com o personagem.
    Existem muitas opiniões e sentimentos que poderiam ser relatados mas vou ficar com um pensamento que me acompanha desde a 1ª temporada.
    Pra mim o Sam e o que vive em conflito emocional, sempre foi a pessoa chamada a mudar(de sentimentos e ações).
    O Dean é forte desde a infância e essas pessoas sempre são convidadas a crescer, o que pra você(apesar de descordar) parece não estar ocorrendo. Lamento que esteja se sentido assim.
    Que não seja sacrificando a importância de outro personagem mas espero que algo aconteça e faça você se sentir melhor.
    Beijos.

    1. Obrigada por comentar!! E como é bom conversar com gente que sabe expor opiniões.. Vamos lá..

      Eu não estou brava com Sam fazer os testes.. Não estou mesmo, eu juro.. Eu só estou furiosa, triste e decepcionada porque o Dean não é parte ativa da mitologia disso.. Tipo, nem pra fazer armadilhas pra prender demônio ele serve mais??
      Eu amo, amo, amo que Dean ainda é esse big brother que todos aprendemos a amar e admirar.. Adoro que Sam amaddureceu e viu que Dean é algo mais que um caçador e mulherengo.. Amo que Dean desde Swan Song aprendeu que Sam cresceu e precisa ser respeitado.. Adoro isso.. Mas ver Dean ser relegado só a cozinheiro-enfermeiro-babá me dá uma dor no coração sim, eu não vou negar..
      E quando vc diz que eu não entendo que Dean cresceu, eu realmente não entendi o que vc quis dizer.. Vc pode me explicar? Não quero ser injusta ou entender de modo errado o que tentou me dizer.. 🙂

      Entretanto volto a dizer: acho o Sam chato e irritante, mas meu filho é um menino chato e irritante em 90% do tempo e eu o amo com todo meu ser 🙂

      De novo, obrigada!

      1. Lule

        Polly é como se ele tivesse parado de evoluir.
        Chamado a crescer nesse caso é sempre ter algo de importante a nos mostrar como exemplo.
        É bom saber que que nem todo mundo que a gente ama é agradável,mas mesmo irritante a gente não abre mão.
        Beijos

  31. GIANE

    Obrigada Lule, vc conseguiu expressar em palavras exatamente o eue eu sinto. 🙂

  32. Rodrigo

    Nunca havia imaginado que apegar-se tanto a uma série e seus personagens pudesse gerar tantos conflitos, e olha que tudo não passa de uma obra de ficção. Eu me encaixo nisso (hehehehehe), nunca esperei curtir tanto um programa de TV , e ainda ficar comentando, defendendo… achava isso uma perda de tempo, mas com Supernatural é tão diferente. Vivo me perguntando: Por que curto tanto Supernatural? Por que gosto tanto de Dean e Sam? Por que admiro tanto o Jared e Jensen e me impressiono com a química inigualável que ambos apresentam na tela (mesmo sabendo o quão amigos são na vida real)? Enfim, o que há comigo?! kkkkkkkkk Só sei que Supernatural é a série que eu mais curti em toda a minha vida e vai ser muito estranho quando tudo isso terminar.

    1. Lule

      Tô contigo Rodrigo.Tenho muitas teoria mas ainda não consegui decidir. Assisto outra séries que eu gosto mas não curto comentar ou procurar saber sobre elas. Se fossem tiradas do ar não me fariam falta. Isso “só acontece com a saga dos WINCHESTERS”
      Vou confessar uma coisa: contratei minha internet por causa de SUPERNATURAL(será que isso foi muito mico?kkkk).
      Minha reposta é: tem algo de sobrenatural no ar. Huuuuuu.

      1. Rodrigo

        Pois é, Lule, confesso que chego a me irritar com o fascínio que Supernatural provoca em mim. Já tentei me fixar apenas nos episódios, assisti-los e pronto. Mas não dá. Tudo que a envolve me interessa, especialmente quando se trata dos Winchesters e de seus intérpretes.
        Aff, chega de tanto comentar neste post, nem eu me aguento mais! Abraços a todos.

        1. Bem vindo ao meu mundo! 🙂

          Supernatural não dá pra não ver e não se envolver! Como explicar isso? Não faço a mínima ideia! huahuahua..

      2. Flor

        LULE, grande coincidência ! Contratei TV a cabo e internet por causa de Supernatural.
        Adoro a série mas atualmente, assim como a Polly, estou CANSADA de ver o Dean eternamente como o grande protetor do irmãozinho.
        FALTA rumo para o DEAN que só vive para ajudar/salvar/proteger o Sam.
        As falas/textos são sempre os mesmos !
        Será que não dá (apenas pra variar) fazer do DEAN “aquele que realizará uma missão” para nos salvar ?
        Sobre o Cass, a guerra no céu ainda não foi resolvida, ele está fora do seu normal devido a Naomi e Deus ainda não apareceu então, ele tem papel importante na série sim!

  33. Edna

    Eu gostei muito da sua análise Polly. Achei os anteriores apenas descrição do episódio, valeu a pena ler.
    O desabafo é muito bom, por isso gosto desse fanpage. Mas vc se expõe a discussões um pouco massantes, mas acho interessante por ver o amor que sentimos dessa série.
    Eu adoro Dean, pelo que é e adoro Sam, tbem pelo q é e esta diferença faz toda a quimica da relacao deles e a medida do sucesso da serie.
    Eu particularmente acho que se nesse momento focasse em Deaa Sam serie descartado e, assim poderia correr risco da base da seire ser perdida. Pode ser um dos motivos.
    Eu lembro, na quarta temporada, qdo Dean nao aguentava mais esconder as lembrancas do inferno e desabafou pro Sam, chorando copiosamente. Eu pensei, nao precisa de mais nada, isso é perfeito. Dean brilhou e brilhara sempre. Tbem fico um pouco chateada por nao aprofundar e aproveitar um personagem tao profundo como Dean, mas acho q poderia sair da base da trama, a relacao dos irmao e aí me conformo. Gosto muito do Cas, mas acho que ele esta sendo mal aproveitado, sua missao, ao meu ver, é defender e proteger os irmaos, fora isso nao da muito certo.
    Adoro ler os comentarios e assuntos do site. Parabens a equipe. Bjs.

    1. Obrigada a vc por ler e comentar!

      Esse episódio que vc referiu, Heaven and Hell, foi um dos episódios mais lindos no que diz respeito a Dean e a atuação do Jensen! (tem outros tb, mas esse entra nos tops! Vc tem razão!)

      Eu só queria que o arco mítico girasse em torno dos DOIS, que a storyline fosse uma via de mão dupla, mas dificilmente isso acontecerá.. Mas enfim, vamos curtir a série, vamos continuar amando nossos rapazes e carry on!

      De novo, obrigada!

  34. Edna

    Eu gostei muito da sua análise Polly. Achei os anteriores apenas descrição do episódio, valeu a pena ler.
    O desabafo é muito bom, por isso gosto desse fanpage. Mas vc se expõe a discussões um pouco massantes, mas acho interessante por ver o amor que sentimos dessa série.
    Eu adoro Dean, pelo que é e adoro Sam, tbem pelo q é e esta diferença faz toda a quimica da relacao deles e a medida do sucesso da serie.
    Eu particularmente acho que se nesse momento focasse em Dean, Sam seria descartado e, assim poderia correr risco da base da seire ser perdida. Pode ser um dos motivos.
    Eu lembro, na quarta temporada, qdo Dean nao aguentava mais esconder as lembrancas do inferno e desabafou pro Sam, chorando copiosamente. Eu pensei, nao precisa de mais nada, isso é perfeito. Dean brilhou e brilhara sempre. Tbem fico um pouco chateada por nao aprofundar e aproveitar um personagem tao lindo como Dean, mas acho q poderia sair da base da trama, a relacao dos irmao e aí me conformo. Gosto muito do Cas, mas acho que ele esta sendo mal aproveitado, sua missao, ao meu ver, é defender e proteger os irmaos, fora isso nao da muito certo.
    Adoro ler os comentarios e assuntos do site. Parabens a equipe. Bjs.

  35. Seu Zac

    Vamos lá, todo mundo catando coquinhos. Vamos catar coquinhos, meu amor, vamos catar coquinhos (hahahahahahahahaha)

    Ah, mas eu eu sou um John-boy. E John é pai do ano sim. Amor não se demonstra só com beijinho, abraço e palavras doces. Quando percebeu que seu filho caçula era especial e diferente, John não hesitou em sacrificar o resto da família (Dean) para defendê-lo. Mas quando o filho mais velho esteve em perigo, John deu sua própria vida para salvá-lo. Isso é amor. As tentativa da série de quererem desqualificar o John, para mim, não passaram de tentativas. John é o grande herói de supernatural (hahahhahahha)

    Outra tentativa de desqualificar o John foi a partir de uma decepção do Dean, pq muitos fãs veem a série a partir do ponto de vista do Dean, o que é uma pena, pq deixam de curtir o ponto de vista do Sam, do John, do Lúcifer, do Azazel (hahahahahahahahhaha)

    Quanto ao Dean não ter arco mitológico, eu também sou um fã que gostaria que TODO o arco mitológico ficasse com o Dean. Em contrapartida, eu gostaria que o Sam tivesse EXPRESSO todo o seu sentimento, pensamento, atos e omissões (hahahhahahhha).

    Realmente, é cansativo ficar tentanto advinhar o que sente e pensa o Sam, já que as estrelas convidadas só interagem com o Dean. Se o Dean vai falar com a Charles, Castiel ou qualquer outro, o Sam se retira da cena, ninguém sabe exatamente por qual motivo (hahahahahhaha)

    Ainda bem que spn não é novela da globo. Em novela, quando o antagonista aparece mais que o mocinho sempre dá confusão, ciúmes entre os atores (ahahahhahahhahahah)

    E esse é mais um motivo para eu gostar de ambos os atores. Se eles tivessem tomado a briguinha dos fãs, spn não teria passado da 1 temporada. Já imaginou o Jensen brigando o arco mitológico é meu, aí entra o Sam, então, todos os amigos serão meus (hahahahahhahaha)

    E é como eu digo: para fazer uma deansmiliguida feliz Sam teria que ser um poste (hahahahahhh)

    E também como eu sempre digo, a equação é muito simples: se uma deansmilinguida se identifica e ama o Dean acima de tudo e de todos, logo, ela é, na sua essência, uma samiloide, porque o que o Dean mais ama é o Sam (hahahahahhahaha)

    Zac, feliz porque o trio A, B e C (vcs sabem de quem eu estou falando, mas eu não quero mais pronunciar o nome) não tem aparecido ou tem aparecido pouco (hahahhhahahh)

    1. Lule

      Zac, por onde você andava? Tô sentido falta dos seus comentários! Adoro o seu estilo e me divirto muito, mesmo quando não concordo com eles.
      Aparece mais vezes.
      Beijos.

    2. Rodrigo

      Hahaha… O sempre descontraído Seu Zac. Estava achando estranho seu sumiço.
      Bem, tocaste num ponto interessante: por que os “convidados” sempre interagem mais com o Dean, muitos deles criam laços fortes apenas com Dean e Sam fica meio que “de lado”? Não sei qual a intenção dos escritores, talvez queiram balancear já que “tudo o mais importante no arco mitológico” fica para o Sam.

      1. hahaha… O Bozo voltou!

        Viva a democracia! 🙂

  36. Mila

    Foi tão maçante este episódio q não tive coragem de baixa-lo para assistir novamente. E Polly gostei de sua analise e coragem . Desde a 6 temporada q estou lutando para assistir aos episódios e só piorou para mim , estou admitindo q não assisto mais a todos os episódios , não posso ter uma opinião muito boa , só acho q Supernatural esta desgastado para mim e estou dando adeus à está série nesta temporada mas para aqueles q ficarem bom divertimento. Bjs!

    1. Uma pena que vc esteja se sentindo assim… 🙁

      Ainda amo Supernatural do mesmo modo.. Claro algumas coisas me revolto, algumas fico triste, mas meu amor por Dean e Sam ainda continua firme e forte..

      Espero que vc mude de ideia! Um grande abraço e obrigada por comentar!

  37. Emerson

    Eu percebo Polly que o post ficou dividido em duas partes definidas explicitamente: a análise do episódio e as suas considerações pessoais. Eu não compartilho de algumas ideias que você expressa mais respeito todas pois você tem postura para argumentar na defesa do que pensa e uma coisa que você fala concordo em gênero, número e grau amor não singnifica aprovação completa e instantânea: é bem pelo outro lado na verdade. Não nego para ninguém que adoro o personagem Sam, que foi por Sam e pela atuação de Jared que a série me envolveu e hoje amo Supernatural como um todo. E por isso mesmo posso dizer que sofri com Sam bebendo sangue de demônio, com Sam sem alma e em outros momentos que tive uma visão feia do meu personagem amado mas mesmo assim não passei para o ódio ou o abandonei, esperei ansiosamente ver no que aquilo iria dar e que de preferência desse tudo bem e ele voltasse aos trilhos. Dean e Sam mostram duas coisas que fazem parte da essência da humanidade: Dean o amor, o cuidado e o sacrifício que se é capaz de fazer quando se ama enqunto Sam mostra o processo de evolução que é de erros e acertos, principalmente errar tentando acertar e que nessas horas pode-se reconhecer o erro e buscar redenção. Pra mim em todos os momentos da série quer fossem os arcos míticos ou os episódios ditos “fillers”(detesto essa expressão) os dois destacam-se mostrando essas posturas. Vi em alguns comentário o pessoal falando sobre o Sam e não o Dean estar fazendo os testes penso que isso é um papel dos dois e me pergnto o que seria do segundo teste se não fosse o Dean?Tenho certeza de que Sam sozinho não completaria os testes e o mesmo digo com respeito a Dean porque os dois se completam o tempo todo foi assim para derrotar Azazel, Lilith, deter o apocalipse, matar Eve e Dick Roman. Penso que sempre teremos preferências e sempre vamos realmente puxar a sardinha para elas mas é preciso ter coerência para não passar da linha que separa fãs de fanáticos. Você está de parabéns pelo post, foi uma ótima análise que conseguiu abarcar todas as dimensões do episódio e espero que possa esvaziar o saco com relação ao Sam!Rssss mas reitero que respeito sua opnião e admiro seu trabalho.

    1. “Eu percebo Polly que o post ficou dividido em duas partes definidas explicitamente: a análise do episódio e as suas considerações pessoais. Eu não compartilho de algumas ideias que você expressa mais respeito todas pois você tem postura para argumentar na defesa do que pensa e uma coisa que você fala concordo em gênero, número e grau amor não singnifica aprovação completa e instantânea: é bem pelo outro lado na verdade.”

      Amém! 🙂 Finalmente alguém percebeu que eu dividi o post em duas partes e que amor não significa aprovação incondicional! Posso chorar de satisfação??

      OBRIGADA! OBRIGADA! OBRIGADA! OBRIGADA! OBRIGADA!

      E sim, eu entendo e defendo vc não compartilhar de muitas de minhas opiniões e considerações pessoais, e te respeito por isso… Principalmente por saber se colocar qto a isso..

      Eu vou te falar uma coisa.. Eu tendo a ser como Dean nas coisas… Sou muito prática e faço o que precisa ser feito. Done! Talvez por isso eu não tenha muita paciência com as atitudes do Sam.. Eu não suporto usar muleta pra tudo, não suporto pedir algo a alguém e esse alguém finge que não ouve ou então faz questão de não ouvir. Eu não entendo como alguém não consegue colocar os outros na sua visão de pensamento. E desculpe, isso é o que Sam faz o tempo todo. Coloca sempre a si mesmo em primeiro plano. Ele tá errado? Ele não pode fazer isso? Não! Ele tem todo o direito, é o jeito dele e pronto. Só não me peçam pra dizer amém pra isso e aplaudir, pq EU não faço assim e nem concordo.. É meu jeito e acho que tenho o direito, né?

      E quando eu digo sobre Dean babá, é uma expressão.. Eu não me importo de modo algum que Sam faça mil testes, que feche mil portões, que pule em trocentas jaulas.. Eu só não suporto é ver um personagem apenas sendo colocado no arco mítico.. Veja a quinta temporada (e não acho que a temporada top da série, é só um exemplo)… Por mais que eu queira algumas vezes bater no Kripke, eu adorava que tanto Dean qto Sam estavam envolvidos com Lúcifer e Miguel.. Eu não acho que seria pedir demais que nessa coisa de testes, tanto Dean qto Sam estivessem envolvidos.. Ser a via de mão dupla, sabe? Do mesmo modo a segunda.. Dean era o big brother ali do mesmo jeito, chegava a ser sufocante, mas ainda as histórias envolviam os dois.. Entende o que quero dizer??

      Nunca vou perdoar Sera Gamble por uma série de coisas, mas a pior delas foi colocar Dean como um bêbado deprimido que tinha seus rompantes de caçador. Aquele nunca foi Dean. Carver está fazendo um excelente trabalho em resgatar a afinidade entre os dois, resgatar a cumplicidade, mostrar que Dean sempre será o irmão mais velho de Sam… Mas seria pedir muito que Dean fosse MAIS que isso? Ele pode ser tudo isso, e ainda ser o caçador valente que sempre foi.. E acredito piamente que Dean só não perde totalmente o brilho, o foco porque Jensen Ackles tem um tino pra tirar sangue de pedra que vou te contar!!

      No mais, muito obrigada por suas palavras e por sua opinião!!

  38. Primeiramente, eu quero dizer que amei sua análise do episódio e é uma pena que o pessoal só tenha prestado atenção no seu desabafo e ainda por cima entendido ele errado! rsrsrs Você foi perfeita na discrição do episódio, mas eu discordo de uma parte (óbvio, né? ahaha) eu não acho que o Sam tenha uma conexão com os anjos, com Metraton. A conexão dele é apenas com os testes, com oq Metraton escreveu, e isso provavelmente acabará quando os testes forem executados (ou não)o que o difere de Dean. A ligação de Dean com os anjos é concreta, não tem a ver com alguma tarefa que ele esteja realizando, e sim a com essência dele.
    Pra mim a melhor parte mesmo foi os diálogos dos irmãos, concordo com você, foi tocante e forte. Pra mim ficou claro que está temporada foi feita para reforçar o laço entre os irmãos, fortalecer a relação deles.

    1. Acho que vc pode estar certa Su… Sobre o Metatron e Sam… 🙂

      Obrigada por comentar sua linda!! E claro que a gente discorda de algumas coisas!! Vc é uma Samgirl que eu amo discordar!! *lol*

      E tb vc está certa que nessa temporada, Carver resgatou o laço fraternal entre nossos meninos!! Amooooooooooo!! Bjos

  39. Este comentário é só para falar sobre seu desabafo! E sou membro aqui do blog, pra quem não sabe, e vejam só, sou uma Sam Girl! Sim, o blog é democrático! e é feito por fã. Você falou como fã, expôs seu ponto de vista de maneira honesta, corajosa e sincera, mesmo sabendo que este fandom tende a ser passional e acusatório, e isto eu admiro em você. Posso discordar de alguns de seus pontos de vista, mas jamais vou inventar um sub texto para o que você escreveu, que é o que me parece estar sendo feito, vide alguns comentários.
    Eu te encorajei a escrever o que você pensa, e continuarei a fazer isso, porque é isso que te difere dos demais.
    Continue dizendo o que pensa e sente sobre a série. Até porque se você não puder fazer isto aqui, no seu blog pessoal, vai fazer aonde?
    A minha opinião sobre arco-mitológico, Dean, Sam, Cas, etc, escrevo na minha vez.Ou não. Veremos! rs
    Beijokas

    1. OBRIGADA!! OBRIGADA!!

      É sempre bom que as pessoas saibam que somos uma equipe e que aqui não é tribo de índio pra ter cacique!!

      E eu quero muito ver suas considerações!! Aeeeeeeeeeeeee!!!

      Ackisses Padalicious pra vc!!

  40. Depois de ler os comentários tive que voltar para dizer uma coisinha…Supernatural voltou a ser Supernatural, se isso faz algum sentindo…todas essas discussões, digamos acaloradas, é simplesmente a prova do quanto amamos essa serie e o quanto ela é INCRIVEL!! Infelzmente nem todos sabem defender seu ponto de vista e muito menos entender o do outro…Mais uma vez Arrasou no post Polly!!!

    1. Thank you so much!!

      E vc tá certa!! Adoro essas discussões!! 🙂

  41. Lule

    Tenho por hábito admirar o trabalho dos outros, principalmente se dividimos um mesmo amor apesar de descordar em algumas coisas afinal não somos idênticos.
    Você está na “sua” casa pode e deve dá sua opinião. É o seu direito.Se você não puder fazer aqui onde vai podê-lo? Mesmo que alguém esteja se sentido ofendido(o que eu não me sinto mesmo descordando)nós é que somos os convidados o respeito tem que partir de nós, independente das paixões.
    Então em sinal de respeito por você (e prazer meu rsss)voltei e reli a análise que como de costume com as análises do site está MUITO boa. Parabéns.
    Agora o episódio.
    Sam e Deam incríveis,kevin então sem comentários. Meu único receio ainda é a situação do Castiel. Quando isso vai mudar? Ele precisa ficar estável por que o Dean precisa de ajuda. Me parte o coração vê-lo de uma certa forma sozinho e o Castiel podia(leia-se “DEVIA”) ser a ajuda(CARA QUE FALTA FAZ O BOBBY AGORA).
    Se alguém vir o episódio solto sem acompanhar a série, realmente vai achar meio monótono. Mas é exatamente o contrário como você disse foi um episódio cheio de ação.Concordo que a ansiedade do Dean pelo fim dos testes é mais pela cura do Sam do que livrar o mundo dos demônios já vinha pensando nisso há alguns dias. Aliás eu acho que a porta do inferno não será fechada(só acredito vendo rsss).
    Fiquei com uma dúvida: Agora eles ainda precisam das tábuas já que estão o escritor delas?
    Tô como você querendo que seja quarta que vem.

    1. E vc de novo resume bem tudo que está acontecendo aqui: não somos idênticos.. 🙂 Obrigada!

      E fico contente que vc percebeu que o post tem duas partes distintas e que em nenhum momento eu menosprezei o seriado, ou os personagens que tanto amo.

      E sim vc tem razão qto a Cas.. E me pergunto como Dean vai realmente ficar quando as coisas piorarem, pq acredite, eu tenho certeza que vão piorar. E realmente, que falta faz o Bobby agora!!!!!!!

      Eu acho que não precisa no que diz respeito á saber o que está escrito lá, mas eles precisam protegê-las para não cair nas mãos de anjos e demônios, pq como Metatron disse, anjos tem planos ambiciosos e eles precisam das tábuas pra saber a palavra de Deus…

      E sim, quarta não chega logo! 🙂

  42. Doido ler alguns comentários aqui! Adoro que o post tenha feito tanto sucesso! Concordo com toda a análise, discordo de boa parte do desabafo. E sou amiga-como-irmã da Polly! Uau! Como será que a gente consegue isso, não?
    RES-PEI-TO.
    Alguns aqui poderiam se beneficiar desse princípio.
    Bem dizem quando ouço que o brasileiro não sabe debater. Confundir opinião com acusação é baixo e superficial. Sério, em alguns casos só faltou apelarem para a correção gramatical e ortográfica, deixando pouco a fazer senão devolver o ataque. Aí eu não leio o que gosto, não me vejo no espelho: dói, incomoda e a solução é atacar e bater a porta. Tudo bem, a nossa experiência diz que amanhã cria outra conta e aparece aqui com outro nome.
    Discordo de que os anteriores apenas comentaram o episódio. Cada um teve sua maneira de expor suas opiniões, mas o papel de cada irmão no arco é definitivamente a maior polêmica de Supernatural. Junte-se isso a ser a análise da POLLY e bum! Eu sabia que ia dar nisso. E deu, graças! Eu também entrei no time do “não se segura não, Polly. A sua opinião é a SUA opinião.” A Polly tem gente aguardando a análise dela desde o orkut, pelamordedeus! Falar em inveja me parece no mínimo risível.
    O que me leva ao desabafo. Eu não penso duas vezes ao dizer que acho exatamente o contrário. Às vezes me dá a impressão de que quando Sam ganha destaque no arco é porque os roteiristas estão jogando um ossinho p ele. É incrível como a arte levante esses debates: porque cada um vê a série que quer, de acordo com sua criação, valores, temores, subconsciente e o que quiserem chamar.
    Agora uma última: quem leu nosso Hunter da Vez, viu meu comentário sobre a “postura editorial” do SPNisLife. Sim, a gente tem isso! Não é por acaso que a gente escreve como fã, sem bla bla blá pseudo-jornalístico. Isso eu deixo pra minha carreira no mundo real. Aqui a gente é fã, tão apaixonada quanto os leitores, exatamente pra deixar o site com essa cara de “entra, senta e pega uma tubaína”. Alguns não vão gostar, mas ninguém aqui tem a ilusão de que vai agradar a todos. Aviso a quem interessar possa: vai ser difícil essa política mudar, beleza?

    1. Thank you so much lindona!! E é bom que a galera saiba que somos uma equipe e que decisões são tomadas juntas..

      E concordo com tudo que falou sobre o site ser como é e vai continuar sendo..

      E será que esse povo sabe que a gente discorda sobre Sam, desde sei lá, acho que a segunda temporada?? kkkkk

      Que vc defende Dean de um jeito e eu de outro, apesar de ambas sermos Deangirls??

      Eu amo muito tudo isso e de novo muito obrigada pelo apoio e por suas palavras!

  43. José Fernando

    FICAM AI BRIGANDO POR CAUSA DE SAM E DEAN… MAS OS DOIS PERSONAGENS SÃO RUINS, TODOS OS PERSONAGENS DESSA SÉRIE SÃO RUINS, A ÚNICA COISA QUE SALVA ESSA SÉRIE É… NADA SALVA ESSA SÉRIE

    1. Só pra eu saber… Kellynha Ordones (seu nome de email) vc tá fazendo o que num site sobre Supernatural, comentando sobre um episódio de Supernatural?
      Usando um nome feminino no registro e outro masculino na identificação pra galera, é meio estranho…
      E só pra constar: nenhum post seu será aprovado mais… Não com esse tipo de comentário!
      Abraços..

    2. Lule

      QUEM PRECISA DE SALVAÇÃO? Cara nós temos uma nona temporada garantida!!!
      Garoto(a) não se trata com descaso o amor das pessoas.
      Essa é a (se me permite Polly) “nossa” casa,a conversa é entre família,as divergências se resolvem entre a gente.
      Aprendi há muito tempo que quando não temos nada de bom a dizer ou a acrescentar a gente fica calada(o).
      Lembra disso no futuro e quem sabe a gene considera a sua opinião.

  44. Seu Zac

    Super Zac, ativar

    Continuando com as minhas divagações, digo, impressões (hahahahahahah)

    A 8ª temporada, com exceção de alguns episódios, desagradou a gregos, troianos, deansmilinguidas e samiloides (hahahahahahhaha)

    Quando eu lembro que tivemos personagens como Gordon, Bobby, Azazel, a lindinha da Sarah, e agora me aparecem a A e o B, é para sentar e chorar (buáaaaaaa)

    Além disso, em boa parte dos episódios os irmãos foram retratados como fraco (Sam) e idiota (Dean)

    O Sam não olhar o Dean manchou toda a temporada por que feriu um principio básico da família Winchester: de morrer pelo outro
    E ainda que exista algo além do que foi mostrado, para os anti-Sam tudo não passará de uma redenção para o Sam, que é retratado sempre como o errado. Afinal, quem tem as boas ações é sempre o Dean. Aliás, enquanto se lançam dúvidas sobre o amor de Sam pelo Dean, este é capaz de matar o seu melhor amigo para salvar o Sam. A série, mais uma vez, alimenta o discurso de ódio ao Sam, que, apesar de tudo o que já lhe fizeram continua sendo amado (hahahahahahahahahh).

    Como pode isso? (hahahaahhahahahahhahah)

    O Sam é o Santa Cruz no futebol, quanto mais ele apanha, mas ele ganha fãs (hahahahahahahahha). Estádio lotado e o time tá na quarta divisão (hahahahahahahhahahaha)

    Ou é como o torcedor do curintians, que quando o time caiu para 2 divisão, levou o cartaz: Sam eu nunca vou te abandonar (hahahahahahahhahahah)

    Por outro lado, quando o Sam faz alguma boa ação, dizem que o Dean não tem história própria. Eu já dei a solução: na próxima temporada, bota o Sam de poste (hahahahahahaha)

    Arco mitológico: para mim, o arco mitológico pode ficar com o cabo de vassoura, porque como telespectador e leitor dos comentários, eu vejo que episódio que emociona, para a maioria, é quando os irmãos resolvem juntos o caso. Aliás, eu prefiro o monstro da semana do que episódio do arco (hahahahahahahhahah)

    Ainda sobre arco mitológico, para uma deansmiliguida isso só funcionaria se o Dean resolvesse tudo sozinho e não desarrumasse um fio de cabelo, afinal, ele é o fodão. Como alguém comentou acima, mostrar um Dean fragilizado não combinaria com o personagem, e aí já viu né, vem a tropa de choque reclamar que tão acabando com o Dean (hahahahahahahhahahaha)

    Já imaginou o Dean bebendo sangue de demônio? (hahahahahahahahhahah)

    Dean babá do Sam: eu prefiro dizer função de proteção e defesa (hahahahahahhahhahahaha). Acho que esse é outro princípio básico da série, que começou com o Dean carregando o Sam para fora da casa durante o incêndio, com o John dizendo a toda hora para o Dean cuidar do irmão. Uma relação que prendeu muitos telespectadores. Os episódios que não tiveram um traço mínimo dessa relação foram criticados pelos fãs.

    Minha cara deansmiliguida e minha cara samiloide, na minha sempre certeira opinião, as três primeiras temporadas foram as melhores porque, ainda que os fãs tivessem os seus personagens preferidos, não havia tantos questionamentos sobre dois princípios básicos da série. Não se falava tanto em isca, ossinho, arco mitológico, história própria.

    Lembro que as discussões giravam em torno de quem era o mais bonito (hahahahahahaha)

    Outra discussão tola, porque quem conhece Zac não tem dúvidas (hahahahahahahahahah)

    Ah, em relação a este episódio, ele entra na lista dos poucos bons episódios desta temporada

    1. Só pra informar: a oitava temporada não me desagradou 🙂

    2. Haryella

      Falou tudo, adoro seus comentários, Seu Zac!!! E as três primeiras temporadas tbm foram as melhores pra mim.

  45. Rapaziada, mas que post de sucesso!!! Repercussão, discussão e uma ou outra falta de respeito…

    Galera, todos nós temos opiniões diferentes. Uma coisa que é clichê mas é a pura verdade é a frase “o que seria do azul se todos gostassem do amarelo”?

    Esse blog é sobre uma série de TV, mas vou usar como metáfora o futebol, ao qual sou muito ligado: sou corinthiano fanático, às vezes me exalto com uma brincadeira ou zoação alheia, chamo torcedores adversários de “anti-corinthianos”, mas… e se só existissem os torcedores do meu time?? Qual seria a graça?? O mundo pede discussão, ideias diferentes, posicionamentos diferentes!

    Voltando ao que interessa aqui:
    Meu pensamento é quase igual ao que a Vicki disse no comentário dela:

    Eu não tenho a mesma opinião da Polly, quanto ao Sam… não acho ele babaca, também acredito, como disse a Vicki, que os roteiristas jogam um ossinho pra ele.
    E já que eu não tenho a mesma opinião que a Polly o que eu devo fazer???
    Se você respondeu “criticar” está redondamente enganado!!
    Eu dou PARABÉNS!!! Clap clap clap, Polly!!!!! Parabéns por meter a cara e escrever o que você acha! Sem nenhuma influência, vontade de agradar alguém ou medo da reação dos fãs!

    Não existe nenhuma regra que diz que devemos ser imparciais… Quando damos alguma notícia sobre a série, até somos mais “comedidos”, mas quando tivemos a ideia de criar a Análise Hunter foi para que cada um pudesse mostrar seus pensamentos a respeito de cada episódio sem censura! O que pensa! Na lata!!

    Isso é democracia, galera!!

    Esse post continua aberto a comentários, de preferência a comentários que exprimam uma opinião, que vá DE encontro ou que vá AO encontro à expressa no texto! E sempre com respeito!

    1. Esse nosso time é fodaaaaaaaaaaaa!! Obrigada Rafa!!

      E ele um Casboy que eu respeito pra cacete!!

      🙂 Obrigada seu lindo!!

  46. Logo que percebi o desabafo deixado pela Polly abaixo do que havia escrito sobre o episódio, imaginei que pudesse causar polêmica. Não é que causou mesmo? E quanta polêmica, hein?
    Quando foi decidido que passaríamos a fazer a Análise Hunter, ou em qualquer outro momento da existência do Is Life, nenhuma regra foi imposta em relação a imparcialidade. Este é um lugar onde podemos expressar nossas opiniões e sentimentos quanto a Supernatural, sem receio de que possamos ocasionar repercussão devido a isto, que é o que a Polly sempre fez. Acredito que precisa-se de coragem para fazê-lo, por isto costumo ser sempre cauteloso ao expressar o que penso. Admiro-a pela formidável capacidade de escrever que possui. Discordo com maior parte do conceito que ela tem sobre o Sam, nem por isto deixo de respeitá-la e ser seu amigo.
    Não há problema nenhum em discordar de alguém e lançar contra-argumentos. Errados são aqueles que o fazem de maneira sórdida e desprezível.
    Vejo a Polly como um alguém detentor de uma enorme inteligência e incrível aptidão para escrever. Lamentável que não seja tratada com o devido respeito que merece pelo simples fato de expressar sua opinião.

    1. Obrigada Gui!! Muito obrigada!! Como eu disse, nossa equipe arrasa!! Vcs são os melhores ‘co-workers’ que alguém poderia querer!!

      E olha que a gente discorda de tanta coisa, mas nunca houve a mínima falta de respeito entre nós!!

      Um beijo no seu coração e obrigada pelas palavras de apoio!!

  47. Amei essa analise, e achei incrível a participação da galera.

    Acho que cada um tem uma opinião própria e interessante, mas acho lindo tudo isso, porque só prova que somos apaixonadamente o maior grupo de fãs de Supernatural.

    1. Exatamente!! E obrigada por comentar!

      Abraços!

  48. Emerson

    A propósito o próximo teste é curar um demônio e com a suposta volta de Abadon é ela que será curada?Estou me perguntando em que sentido é essa cura. Os dois outros testes de certa maneira vão por debilitar o poder do inferno para mim não faz sentido agora simplesmente recuperar um demônio ainda mais um tão poderoso como Abadon. Acho que a cura a qual o teste se refere pode ser tornar o demônio humano de novo ou talvez uma alma pura. Mais alguém pensou assim? Adoraria que trouxessem a Bela Talbot de volta para esse fim. Lauren Cohan fez uma excelente participação na terceira temporada e seroa ótimo ter um episódio com ela de volta.

  49. […] Acessem também a Análise Hunter da Polly no Supernatural is Life!! […]

  50. Emerson

    Li e reli sua réplica ao meu primeiro comentário Polly e consigo entender o seu ponto de vista com mais clareza ainda. Assim como você se vê muito no Dean eu me vejo muito em Sam e isso foi tocante pra mim durante esse episódio quando ele menciona o fato de buscar a purificação por sempre ter sentido que existia algo maligno nele e mais do que isso quando ele se sente responsável pelo mal que acomete os que estão a sua volta faz o que pode e até o que não deve para resolver. Aos sábados costumo assistir a algum dos meus episódios favoritos e ontem assisti Red Sky at morning e vi a inversão de papéis Sam lutando até mesmo contra Dean para salvá-lo do pacto enquanto Dean fingia não estar nem aí e percebi quanto Supernatural funciona com essas trocas de papéis e com um irmão cuidando do outro no bom faça o que digo mas não faça o que faço. Se as vezes Sam dá nos nervos com esse lado teimoso e dependente tem o Dean sendo teimoso e super-protetor enfim é um ciclo. sem fim. Entendo sua indignação com a forma como o Dean vem sendo apresentado nas últimas temporadas e lhe dou razão que se não fosse pela atuação de Jensen Ackles as coisas estariam piores e vejo que você não está preocupada em quem está apertando o gatilho para matar o chefão no fim de cada temporada, alguém terá de apertar de qualquer jeito mas você se preocupa acima de tudo com a integridade do personagem que depois de oito anos de corrida claro que tem personalidade vívida. Tive professores que diziam que textos são ideias e que cada texto faz sentido somente pelo indivíduo que o decifra deve ser por isso que temos essa diversidade de opniões é mesmo uma pena que alguns não tenham criticidade para expor textos inteligíveis como o seu e suportar a opnião do outro dialogando pois o mundo está como está porque as pessoas pensam que suas ideias são sempre 100% melhores e ponto sem ter um argumento ou a situação toda em reflexão um bom exemplo disso é que já vi muita gente recriminando Sam por libertar Lúcifer matando Lilith com sangue de demônio por estar ao lado de Ruby, vamos olhar o todo seu irmão é morto brutalmente em sua frente o único que sempre esteve com você e cuidou de você, você acha um jeito de acabar com o assassino que é uma ameça para o mundo todo ao lado de um ser que já deu muitas provas que está do seu lado parece a coisa certa a se fazer(sim Ruby também me enganou) e em muitas vezes convenceu até o Dean quem não lembra é só ir em 3X09, 3X12, 4X09 e 4X10. Beber sangue de demônio é errado?E torturar almas inocentes?O primeiro e o último selo – Dean e Sam estão ligados nesse jogo de errar e acertar seus atos e as consequências combinadas formam um enredo da série que a gente ama. Justificar as razões de um ou de outro sempre será possível mas é preciso não passar da razão que divide o racional do fanatismo. Mais uma vez parabéns pelo trabalho, adoro passar aqui pelo blog e estou ansioso por ver a loja funcionando!Padabraços!

    1. Edna

      Emerson, concordo muito contigo. Como é bom ler e debater com pessoas inteligentes. Parabéns a vc ao site e a nós que amamos a diversidade e SN.

      1. Emerson

        Obrigado Edna pelo elogio. Nunca fiz mais do que dar uma passadinha por aqui para ver o que tava rolando em Supernatural, mas sempre gostei do trabalho no blog e depois dessa discussão apimentada não pude conter a vontade de participar. Tomara que tenhamos sempre mais oportunidades para discutir assim polêmicas com muito respeito e inteligência.

  51. Flor

    Opiniões, polêmicas, fanatismo tanta coisa gira na rede em torno dos Winchesters.
    Acredito que NÃO existe no mundo uma série que “cause tanto”.

  52. Keynnes_Lobo

    É impressionante o seu olhar atento para a série, eu confeço que até estranhei o crescimento do Sam na série, mas não a ponto de me tocar que Dean estava ‘coadjuvando’ nesse arco místico todo. Sempre fui fã do Sammy – mesmo com todas as suas cagadas, apesar de ainda estar digerido a última de não procurar Dean após os Leviatãs -, mas Ackles é tão bom aot, que assim como o personagem, não deixa de ser o linha de frente de tudo.

  53. Keynnes_Lobo

    digerindo***

    …mas Ackles é tão bom ator,***

  54. Magnon

    É bem complicado falar sobre isso, como eu li aí em cima, uma Deangirl e Samgirl vai sempre pender mais para o lado de seu favorito.
    Respeito sua opinião e sei que muitos concordam com você, mas eu, assim como muitos, também não consigo ver essa diferença de, vamos dizer, “se mostrar mais” que o Sam tem mais do que o Dean, acho que é porque já acostumei com o Sam desse jeito “faço o que eu quero” dele e essa proteção que o Dean tem e sobre perdoar as besteiras que o irmão faz. Porque sim, Sam Winchester faz muitas besteiras, mas não consigo não gostar dele por isso. (Sei que você não disse que não gostava do personagem, só não achei jeito melhor de colocar aqui).
    Agora, se tem uma coisa que concordo totalmente com você é que Castiel já deu o que tinha que dar. Para mim eles estão com medo de tirar o personagem do ar pela reação dos fãs. Gostava muito dele na 4° e 5° temporada, mas comecei a enjoar quando começaram a endeusar o personagem.
    Como eu disse, sou imparcial quando a Sam e Dean, mas escutar que preferem que o Sam saia da série e que o anjo fique é o cúmulo do absurdo.
    Enfim, quero deixar claro novamente que respeito sua opinião e me desculpe que der a entender em algum ponto do comentário que eu fui rude com a sua pessoa.

    1. Flor

      Magnon,
      aceito sua opinião apenas quero mencionar que o CASS é sim importante na série pois há “A tábua dos céus”, A Guerra civil no céu que não foi definida ainda, e Deus que não apareceu até agora !
      Então falta definições que certamente envolve esse anjo que além dos fatos expostos salvou e ajudou os irmãos milhares de vezes.
      (E ainda precisarão de seus poderes – ainda que abalados pela Naomi – para vencer mais esta batalha).

      1. Magnon

        Então, eu não disse que o Castiel não tem importância, mas talvez eu tenha me expressado erroneamente.
        Vamos lá, o que eu quis dizer na verdade é que eu não ficaria tão “puto” se o Castiel morresse no começo da sétima temporada como passaram a impressão de que ele estava morto.
        Mas claro, com essa tábua dos anjos as coisas mudam um pouco, mesmo eles criando essa bem mais tarde na oitava temporada.
        Não sei se eles vão explicar mais sobre a guerra civil do céu, então não vou falar do personagem nesse assunto, assim como Deus já que a maioria disse (Assim como o ator que interpreta o Chuck) que ele era Deus.

  55. Seu Zac

    Hahahahahahahahhaha

    previsões zaquianas

    1. curintians tá na final do paulista. Será o campeão

    curintians passará pelo Boca e será bi da libertadores

    Infelizmente o Barça não se classificou na champions, mas, melhor para o curintinas que será tri mundial

    E os anti ficarão totalmente deanscontrolados (hahahahahahahhaha)

    2. enredo da 9ª temporada

    Castiel: viverá o arco mitológico

    Dean: continuará a ser babá, só que do Castiel (hahahahahahahahaha)

    Sam: ainda não será desta vez que será o homem poste. Viverá de pesquisas na batcaverna (o que vai dá no mesmo)

    Benny: grudento do jeito que é, voltará para assombrar o Dean

    Amélia: será varrida por um furação que atingirá o Texas

    deansmilinguida: continuará se deanscabelando porque a série terminará e o Dean não terá um arco mitológico para chamar de seu (hahahahahahhha). Jensen não terá um programa em que seja a única, exclusiva e principal estrela (esses monólogos não foram autorizados pelos produtores). Deixará de atuar e passará somente a dirigir (deansespero total)

    hahaahhahahahahhahahahhahahahahahhahhhahahh

    Zac, faz um quadradinho de oito, faz um quadradinho de oito

    1. Rodrigo

      Seu Zac, com toda sua ironia, ainda diz muitas verdades.

  56. EU TEM A MESMA DOENÇA QUE O DEAM TEM, SOU LOUCA PELO O SAMMY, ASSIM COMO O DEAM

  57. Simplesmente Amei Polly Polemica.
    Wow! Esta mulher sabe como colocar fogo na lenha. Parabéns fazia tempo que não via um fim de temporada tão comentado.
    Espero que faça outra vez amanha analise do episodio. Comentário bombástico. Isto que é divertindo.
    é como torcer pro corinthians e ter o namorado torcendo pro palmeiras . Eu estou nesta historia flutuando.
    Não é maravilhoso, todo mundo ama supernatural. É estamos puxando os cabelos uns dos outros kkkkk bárbaro! Qual serie tem o poder de fazer isto com seus fã ? Nenhuma ! Só mesmo Sam e dean. Foda! Voce é muito inteligente

  58. Obrigada a todos vcs pelos comentários!!

    E em breve estaremos de volta com nossa análise hunter da temporada!

    Abraços!

  59. Eric

    Como de costume, ótima analise Polly!
    Putz, enquanto lia esse bigtexto não pude deixar de lembrar daquela epoca boa da comunidade de SPN, e das analises que você, Inna, acho que voces duas mais que todos, postavam, os famosos postzillas, lembra? Por falar em Inna, cade ela? Achei que faria parte da equipe aqui do site. Sumiu?, desistiu?, foi pra harvard?, heheheh! Adoro esta pagina! A qualidade prevalece como sempre! Abs!!

    1. Obrigada! Pois é né? Época boa… Tenho saudades tb!!
      Qto a Inna, ela ainda é uma grande fã de Supernatural, mas tem mais coisas em mente agora 🙂
      A gente se fala pelo facebook..
      E muito obrigada de novo! O nosso objetivo sempre foi fazer algo com a qualidade que Supernatural merece..
      Abraços..

Leave a Comment