[Análise Hunter] Sacrifice por Clarice

Minha primeira análise hunter – por favor sejam gentis comigo kkkkk

Vou escrever numa certa ordem senão me perco e daí não sai nada mesmo.

Começando com o “Carry on my wayward son” o hino oficial da série e de todos nós. Essa música sempre me lembra das primeiras temporadas e do quão ingênuos nós (ou apenas eu era) éramos em achar que matando o Azazel tudo estaria bem… Santa ilusão…
Depois disso temos de volta a xerife Mills – adoro a personagem e a atriz – por mim ela estaria em quase todos os episódios, precisamos de mais mulheres badass nessa série. Ela está sendo cortejada por um galanteador que, por um acaso do acaso, é o Rei do Inferno. O meu querido e odiado Crowley (falarei mais dele depois) e ela fica toda caidinha por ela.. E cá entre nos, quem não ficaria?? Ele é o filho de uma bruxa que sabe como ninguém como conquistar a tua confiança para depois puxar o tapete com um belo sorriso demoníaco no rosto.. Espero que não seja última vez que nos vemos a nossa querida xerife e que ela foi salva pelos meninos.

E agora o nosso profeta predileto (depois do Chuck é claro…) Kevin. Acho que poucos de nós se lembram do menino assustado que estava querendo se livrar da responsabilidade de ser um profeta de Deus. Esse menino cresceu, e gostando ou não da ideia, ele assumiu essa responsabilidade. Adoro a maneira como o Osric passa as emoções do Kevin apenas em um olhar ou num gesto. Ele tem futuro como ator. Também fico contente com o fato de que ele – cruzando os dedos – estará na nona temporada. Honestamente não via muito futuro naquele moleque que correu com medo do Moose. Lembram-se da cena? Hilariante. Agora ele até peita os meninos. Você cresceu bastante Kevin, sofreu . Eu ainda tenho uma pontinha de esperança que a Mama Tran esteja viva por ai.. Precisamos de muito mais mulheres badass nessa série cheia de testesterona… kkkk

Vou abrir um pequeno adendo para falar de um personagem – não humano, além do Impala, porque nessa altura do campeonato, falar do Impala e como chover no molhado – a Batcaverna. Finalmente nossos meninos tem um lar – nas palavras de Dean: “home”. Eu adoro a ideia de que há um legado não só dos Campbells – caçadores desde a descoberta e desbravamento dos EUA, mas um legado de John, dos Winchesters, os Homens de Letras, os intelectuais, os que tinham uma arma talvez tão perigosa tanto quanto o Colt – o conhecimento. O conhecimento acumulado por séculos de pesquisa, sobre todos os tipos de coisas ruins que estão soltas pela noite. E esse conhecimento foi dado aos legítimos herdeiros – Sam e Dean.

Próxima na minha lista, é Abbadon. Se houve um demônio que fez jus ao nome e foi tão ruim e tão sarcástico quanto Azazel ou mesmo Crowley, esse foi Abbadon. E a atriz trouxe toda essa ruindade e sarcasmo ao máximo em cada cena. Infelizmente acho que ela (a atriz) não volta para a próxima temporada, mas o demônio Abbadon pode e deve (na minha opinião) ser trazido de volta, é muito divertido para ser descartado assim tão fácil.

Agora vou falar do meu demônio predileto dentro do universo Supernatural – Crowley, esse escocês de panturrilhas lindas (kkkkk). Desde que esse demônio da encruzilhada foi apresentado a série, ele tem sido um xodó dos fãs, que odeiam amá-lo e amam odiá-lo, que é o meu caso. Neste episódio, o Sr. Sheppard conseguiu fazer com que eu o odiasse e o amasse ainda mais. As cenas dele com Dean, tirando sarro com relação ao contrato com ele, e com o Moose (adoro o apelido dado ao Sam por ele, dou risada sempre), como ele ficou cutucando, ameaçando e até mordendo (yakis), e depois mostrando apenas um pedacinho de sua humanidade. Será???? Quando se trata de Crowley eu aprendi a confiar desconfiando dele, mas também espero que o ator Mark Sheppard ainda esteja conosco na próxima temporada, porque não consigo mais imaginar a série sem ele, o nosso querido Rei do Inferno.

A minha maior surpresa neste episódio foi Metraton. Eu já estava desconfiada dele desde o episódio passado, mas não sabia que ele estava usando tão descaradamente o Castiel e por uma razão tão fútil. Ele teve que abandonar a casa dele quando os Arcanjos estavam tentando por a casa em ordem depois que Deus resolveu tirar umas férias. Não o condeno por guardar o rancor, mas a forma como ele foi falso com todos, inclusive o Castiel, como ele usou descaradamente o fato de Castiel ter tido a memória dele limpada e fazer com ele pensasse que poderia ajudá-lo a fechar as portas do céu.

Em minha opinião ele fugiu porque ficou com medo de enfrentar as consequências e ficou amargurando um rancor por séculos e séculos e não duvido nada que aquela historinha que ele contou para os meninos no episódio passado não passou de uma grande lorota. Ele me decepcionou. Achei que o “secretário” de Deus fosse alguém de mais confiança, não alguém que usasse o conhecimento para conseguir o que ELE queria. Mas foi uma belíssima cartada de Carver & Cia. E agora com ele sozinho (será??) lá no céu. O que será que ele vai fazer??? E os anjos caídos???

Cas. Cas, Cas, Cas. Meu querido Cas. Você caiu novamente na famosa armadilha de acreditar que podia sozinho resolver todos os problemas. O Dean e o Sam já cansaram de te avisar, mas mesmo sendo um anjo do Senhor, você não aprende. Honestamente achei o Cas muito crédulo, até mesmo ingênuo em acreditar no Metraton. E quando o negócio apertou, advinha quem ele chamou – Ghostsbusters – ou pelo menos o mais bonito deles – Dean. E como sempre, Dean foi ajudar o amigo. Eu vou esperar para dar a minha opinião sobre o Cas na próxima temporada. Nessa, ele me decepcionou um pouco. Mas não dá para ficar zangada muito tempo com ele. Kkkkk

Antes de falar dos astros principais desta maravilhosa série e que deram um show de performance neste episódio, gostaria de falar dos anjos caídos – o que, e como eles irão agir agora que estão fora do paraíso?? Serão como a Anna que não se lembrava de nada ou irão se lembrar de que foram traídos por Metraton? Eles ainda terão a sua essência angelical ou a terão perdido como Anna e no caso de Castiel que foi tirada por Metraton? Eles serão aliados ou inimigos dos Winchesters?? Muitas perguntas e uma temporada inteira para serem respondidas.

E uma coisa que vem me chamando a atenção – desde Kripke – e agora com Carver, é a imagem de Deus que eles nos passam. Um pai ausente. Um ser distante que não dá a mínima para os macacos pelados que ele criou e que segundo Lúcifer amou mais do que aos seus próprios filhos angelicais. Por que será que Deus é apresentado desta forma por eles (Kripke e Carver)? Porque o Deus que eu acredito é tudo menos um pai ausente e um ser que não dá a mínima para a humanidade. Não estou querendo discutir religião aqui e nem pretendo “catequizar” quem quer que seja, mas isso sempre me deixou com uma pulguinha do tamanho de um elefante atrás da orelha. O que vocês acham disso?????

Agora vamos falar do filé mignon da série – Sam e Dean, Dean e Sam. Os irmãos Winchester. Durante a temporada inteira tenho lido em blogs sem fim o fato de que Sam não procurou por Dean, e que isso estava fora do personagem e que por isso as pessoas não estavam curtindo os episódios. Honestamente, isso nunca me importunou tanto. Eu achei estranho, mas a explicação do Sam foi suficiente para mim. Ele quis finalmente respeitar o pedido do irmão – não ir procurá-lo e tentar ter uma vida normal, mesmo que seja com aquela “múmia paralitica” de atriz que eles acharam para representar o “amor de um ano de vida do Sam”, que menininha mais sem sal ou pimenta.. Mas isso são águas passadas.

Uma coisa que simplesmente adorei não só neste episódio, mas que pude perceber por toda temporada foi o quanto os meninos cresceram. Eles amadureceram, eles se respeitam. Tá eles lá tem as suas diferenças, são uns cabeça duras de marca maior, mas está mais do que óbvio que antes de qualquer coisa, um morreria pelo outro (bom, eles já fizeram isso várias vezes, mas vocês sabem do que estou falando).

Durante várias vezes nesta temporada e em cada entrevista que via ou lia com o Jeremy, ele falava que essa temporada era para sedimentar o relacionamento dos irmãos, o quanto eles confiavam um no outro, e a percepção que um tinha do outro. Quem assistiu o episódio e viu (eu entre lágrimas, admito!!) o diálogo final entre Sam e Dean, sabe do que estou falando. A percepção do Sam.. Ele sabia que tinha falhado com o irmão e passou o tempo todo tentando ganhar novamente a confiança dele, e tendo como “adversários”um anjo e um vampiro – que foi considerado, num momento louco pelo próprio Dean, melhor ou mais irmão que ele – doeu ouvir isso do Dean, porque nos sabemos mais do que ninguém o quanto esse moleque de cabelos horríveis de manhã (às vezes a tarde e a noite também – sorry, divagando!!!) é o centro do universo do Dean. Ele é o irmão caçula dele, é o mesmo bebê que foi entregue a um menininho de quatro anos pelo pai, para que ele tomasse conta dele, e o Dean ainda não parou de fazer isso. Isso é uma das características do Dean que mais amo. O amor incondicional que ele tem pelo Sam, por mais burradas – e atire a primeira pedra quem disser que ele não as fez, porque queridos Hunters, ele Samuel Winchester admitiu isso no final deste episódio, não sou eu que estou dizendo, ele disse com todas as palavras. Esse Dean que eu amo desde o primeiro “son of a bitch” dele, e que a produtora executiva da 6ª e 7ª temporadas quase destruiu – mas isso é assunto para uma outra hora. Esse Dean, que eu adoro.

Perai, então isso quer dizer que você não ama o Sam? Ninguém tem ideia de quanto eu amo de paixão o Sammy. Eu queria ter um irmão assim. Geek, inteligente como poucos, badass, fazendo olhinhos de cachorrinho abandonado e teimoso como uma mula. Quem não gostaria de ter um irmão assim? Sammy é um irmão para toda hora, mas que como todo irmão também faz asneira. E naquela cena de cinco ou quase dez minutos (do final do episódio) ficou tão nítido o quanto eles se amam. De como eles não são completos sem ter o outro. E essa cena vai ficar para sempre comigo.

Viram como saí do rumo? Voltei e dei uma lida. Na cena, primeiro o Sam admite as burradas que fez e o quanto ele estava querendo compensar isso para o irmão. E o Dean admite que foi um cabeça dura e que não deveria ter sido tão duro com o irmão caçula, mas que não consegue imaginar caçando monstros sem o seu irmãozinho pé no saco.
Percepção. A minha deste episódio e desta temporada, foi de crescimento dos meninos. De dizer adeus a velhas rixas e perceber que se você não colocar uma pedra naquilo que está te incomodando e seguir em frente, você ficara amargurado, e isso não te leva a nada. De que bons amigos são legais, mas você tem o melhor caçador do mundo junto com você e por uma estranha coincidência ele é o teu irmão. A minha percepção foi de que eles tiveram que dizer adeus ao Bobby (eles disseram adeus, eu ainda não. QUERO O BOBBY DE VOLTA!!! – sorry again kkkkk), tiveram que enfrentar outras perdas, tipo Sarah. Tiveram que reaprender a lutar juntos e acreditar um no outro. E tiveram que redescobrir novos aliados, como Garth e Kevin.

E agora sendo uma fã bem maluca, mesmo que essa temporada tivesse sido uma droga (o que não foi) pela quantidade de abraços entre Sam e Dean já teria valido a pena… kkk

Percepção – é a maneira como nos vemos, julgamos, conceituamos, qualificamos as coisas no mundo e em nós mesmos. (fonte Dicionário inFormal).

É isso, deixo-lhes a minha percepção.

Fui.

CLIQUE AQUI para ler a análise da Suelen
CLIQUE AQUI para ler a análise da Vicki

Related posts

43 thoughts on “[Análise Hunter] Sacrifice por Clarice

  1. Thays

    Achei muito boa a sua análise (ou percepção, whatever!) porque foi a mais aprofundada até o momento dentre várias outras que li.

    Para mim uma uniquiquíssima cena fala pelo epi todo. O momento que o Dean olha para o irmão e fala que eles vão dar um jeito, o modo como ele olha e cuida do irmão depois de deixar claro o quanto ele gosta do irmãozinho dele, e o fato do Sam ter confessado que tudo que ele fez, toda essa tortura das provas para fechar os gates do inferno, só para não desapontar mais o irmão, isso me derreteu por dentro. Assisti mais de 20 vezes essa mesma parte com uma dor no coração igual ao epi que o Sam é esfaqueado (2.21 acho). Agora to assistindo todos os epis de novo e entendo como cada diálogo que eles tiveram até então refletia esse medo do Sam de desapontar o irmão novamente e como Dean realmente foi desapontado (mas nunca outro ficou na frente do amor que sente por seu irmão).

    Cass you son of a bitch, errou feio e de novo. Tenho quase certeza que a próxima temporada vai se basear em devolver a aura angelical (puts esqueci o nome dese negócio) para o Cass e os demais anjos caídos. Seria legal ver Dean, Sam e Cass liderando uma mega batalha entre anjos e demônios no fim da nona temporada em prol do retorno dos anjos ao céu. Alguém mais tem teorias para a nona temporada? To louca para começar a falar dela, afinal esse último epi mais causou confusão do que explicou alguma coisa para os fans. Parabéns novamente pela análise e aguardo novas teorias e spoilers!

  2. Obrigada pelo comentário… Eu escrevi essa analise, ou minha percepção do epi no dia seguinte a ele, e saiu de uma vez só kkkk Eu amei aquela cena, p mim foi um cala boca do Jeremy nos mimimis que o povo tava a temporada inteira sobre o Sam não ter procurado o Dean… aquela cena falou de dor, perda, medo e reencontro e perdão. Os dois precisavam se perdoar e perdoar um ao outro.
    E sim vamos ficar aqui juntos durante o bendito/maldito hiato…
    Novamente obrigada.
    Cla;}

  3. Gostei muito da sua análise e confesso que tive dificuldades para ler =/ essa pagina que não deixa a gente selecionar (eu sempre uso isso para não me perder nas leituras não para copiar) e muito texto junto .. se fosse mais separado por parágrafos eu não teria me perdido tanto.. mas teve partes que valeu a pena reler 4 vezes (ler com filho ao lado é complicado).. bom deixando disso!!!

    gosto da sua linha de pensamento e dos comentários sobre todos os personagens .. tirando que eu não acredito que bobby nem a mãe de Kevin volte … por mais difícil que isso seja.. e eu quase morri vendo mais uma mulher sendo morta ou melhor quase sendo morta .. nossa o índice de morte de mulheres em sobrenatural consegue ser maior que o de mulheres que os meninos pegaram =/ mass quem sabe na 9a temporada eles tenham mais tempo pra isso .. ou não…. já estou ficando com dó dos meninos só trabalho trabalho e nadica de nada de diversão =/

    1. Agra, tentei mudar não consegui, lamento… Eu tbem acho que a Mama Tran talvez não volte, mas ainda tenho esperança com relação ao Bobby – ele é um dos meus personagens prediletos e adoro o relaciomento dele com os meninos…

      E sim os meninos tão meio em baixo com relação a mulherada… como disse precisamos de umas caçadores badass nessa nona temporada p por os meninos no lugar deles. Quem sabe a Charlie volte, ela pode voltar – gostei muito dos epis em que ela participou e do qto ela gosta e respeita os meninos.

      Bom final de semana e obrigada pela review…

      Cla;}

  4. Emerson

    Perfeita sua análise!Um texto bem escrito que abordou tudo o que nos foi apresentado no episódio. Enfim acho que todo o fandom teve a oportunidade de ver que Sam e Dean são de fato dois lados de uma mesma moeda ambos tem seus pecados e ocasionaram situações difíceis ao longo da série portanto não há motivo de rixas, se é que um dia houve razão para isso por que ao meu ver não. Sobre isso do Sam não procurar pelo Dean para mim foi uma surpresa o fato dele não tentar mas não é algo tão estarrecedor como foi para outros fãs. Dean não procurou uma forma de trazer Sam de volta da jaula pelo mesmo motivo que acredito que teria motivado Jared: trazer alguém de volta do outro lado geralmente dá merda!E os irmãos Winchester melhor que ninguém devem saber disso. Cla suas opiniões são muito parecidas com as minhas: acho que Abaddon promete muito para a série apesar de Alaina Huffman não continuar sendo sua intérprete, a forma como Deus é mostrado na série vai de encontro ao que eu acredito tbm, Metatron era mesmo um cretino eu tambem desconfiava suas atitudes sempre foram muito suspeitas mas quem ia imaginar que iríamos ter essa virada com respeito a Naomi?Eu esperava que ela aprontasse muito ainda e falando em anjos a bagunça tá feita heim?Quem achava que a série tava saturada desses seres e que eles não tinham mais nada o que dar provavelmente vão ter que engoli-los!Só tem uma coisa que discordamos odeio Crowley e quero ele morto mesmo!Mark Shepard é um baita ator e enriquece o elenco do seriado mas o safado do Crowley já aprontou de mais!Carver fez um ótimo trabalho na série tanto que a série sobressaiu-se ao fiasco da sétima estou ansioso pela nona e estarei por aqui para tornar esse hiato menos duro. Well Keep calm and is just a hellatus bigger than usual!

    1. Emerson obrigadão. E essa é a minha primeira analise, mas saiu melhor do eu poderia imaginar.

      A unica coisica que discordo de vc é com relação ao Crowley, esse tal como o Bobby pode ir e voltar qdo quiser amo aquele demonio safado.

      Agora é ficar vindo aqui as vezes e trocando figurinhas com a gente sobre a nona temporada…

      Bom final de semana Emerson..

      Cla;}

  5. Rodrigo

    Já disse muito em posts anteriores, por isso prefiro não me tornar repetitivo. Mas, Clarice, você me emocionou com a sua percepção sobre o relacionamento dos irmãos. É exatamente como eu os vejo. As características de um complementam as do outro.
    Posso até estar exagerando, mas Sam e Dean são a descrição perfeita (ou quase) de como deve ser a relação entre irmãos. Tenho irmãos, não somos próximos, mas bem que queria ter com eles toda essa cumplicidade e entrega mútua que Sam e Dean têm.
    Não canso de elogiar Jared e Jensen, apesar de saber o quão amigos são, é raro ver a química que ambos possuem na tela, o que faz tornar tudo muito mais real e verdadeiro. E, sem desmerecer tudo o que envolve essa querida série, são esses caras que mantém vivo o meu interesse em continuar acompanhando Supernatural.

    1. O relacionamento dos meninos é algo que sempre me chamou a atenção, não tenho irmãos então eu, desde o primeiro episódio, fiquei vidrada em como serie ter um irmão como o Dean ou o SAm… esse é centro, o coração da serie e é algo que muito de nós tinha esquecido devido aos problemas já por mim mencionados na 6a e 7a temporadas…

      Obrigada pela review…

      Bom domingão…

      Cla;}

  6. Natan

    Otima analise Clarice,só discordo com vc na parte que eles podem perder a memoria e os poderes,pq a Anna ela se “refeiz” ela quis perder a memoria dela e tudo,e deichar aquilo tudo d lado.Ja eles foram expulsos com poderes e tudo.
    Ja a cherife Mills se vc prestou bastante atenção,o Crowley nao parou o feitiço,entao Dead pra cherife ;d
    Ja na parte do Dean e do Sam foi lindo,mais continuo axando que por mais amor e tudo que eles tenham,axo que foi egoismo do Dean,pq se fosse o Sam no lugar dele alie fazendo o discurso e ele fazendo os teste,eu tenho CERTEZA de que ele completaria.
    Agora com os anjos revoltados por ter sido expulsos da casa e com poderes,e sem saber oq aconteceu,irao achar que foi obra Humana que feiz aquilo e vai ter uma guerra enorme msm,e falo e repito,Deus TEM que aparecer.
    Se acontecer isso ele tem msm que aparecer,Caso contrario decho o Carver me surpreender ;D

    1. Obrigada por sua palavras Natan, eu espero que a xerife Mills ainda esteja viva… e o Carver realmente surpreendeu a todos com aquele papo de percepção… todo mundo com mil teorias, e no final era apenas uma certa conversinha que os meninos tinham que ter, e já estava mais do que na hora… mas essa percepção deles estava mesmo precisando ser mostrada p nos…

      Boa semana e te cuida,

      Cla;}

  7. kevin

    Uma coisa que achei estranha foi q , na epoca da ana ela virou um bebe quando caiu e sua graca virou uma arvore e tal, certo? A pergunta eh porque isso nao ocorreu com cass e os outros anjo?quem tiver alguma resposta convencente por favor responda ou me corrigar se eu estiver errado sobre a ana

    1. Natan

      A Graça nao “virou” uma arvore,a magia dela e tudo q feiz nascer a arvore encima dela.E Ela virou criança pq ela q jogou a graça fora e escolheu o corpo dela,pq ela era uma anja poderosa lembra?Tipo uma chef,entao ela poderia fazer algumas coisas tbm.
      E O Cass nao viro bebe pq o Metatron q coloco ele dvolta no corpo e na terra,entao é meio improvavel de ter tirado a memoria dele tbm.
      E Os outros anjos nao perderam a graça só “foram expulsos de casa” entao eles continuam com poderes e tudo.
      Ja muita gente ta falando q o Cass ta sem powers,mais a Anna nao fico sem os powers msm sem a graça,entao pq com o Castiel perderia os poderes?
      Espero que de pra entender,e essa é minha teoria 😀

      1. kevin

        Sim lembrei, levando em.conta o tempo q faz.q n assisto.a quarta temporada considero normal.eu er esquecido concorto com sua teoria

    2. Neide

      Oi Kevin acho que com Cass nao vai acontecer a mesma coisa pq Ana escolheu virar humana e abriu mao da sua graça ja com Cass, Metatron retirou a graça dele e colocou naquele vidro, entao talvez isso ate seja uma maneira de dizer que ele recupere a graça na 9 temporada, Metatron disse pra ele viver a vida dele e quando morresse e fosse pro céu lhe contasse sua historia o que acho que talvez possa acontecer com base em uma parte no ep The End que Cass diz que seus poderes se foram com os anjos mais mesmo assim percebe que Dean veio do passado, isso me fez pensar que ele pode nao perder totalmente os poderes, e bem os anjos cairam e Cass ta sem a graça pode ter alguma ligaçao ou talvez nao mais acho que nao vai ser como foi com a Ana nao.

  8. Lule

    Gente eu me sinto ainda em estado de letargia, não tenho pensado com objetividade sobre os acontecimentos só me deliciando com o episódio final. Ao ler cada análise de vocês (que estão ÓTIMAS)me vêm a lembrança dos dos irmãos, o coração acelera(não vou ao cardiologista tão cedo pois com essas palpitações ele vai me internar Rsrs), vem um frio na barriga e as lágrimas voltam e eu quero que essa sensação de prazer dure muito.

  9. Lule

    Não quero mas preciso voltar ao normal(ter capacidade de opinar) vou tentar manter o foco.
    Pra sua primeira análise… MENINA você arrebentou que percepção heim.

    Tentando focar parte 1.
    1. Desconfiei do Metraton no episódio 22 mas não quis alimentar isso pois ele trouxe o Kevin de volta pensei que fosse implicância minha mesmo assim a confirmação do fato me surpreendeu.
    2.Naomi: Quem ajuda o Dean tem minha admiração, quase virei fã de carteirinha mas não deu tempo! Acho que ela morreu fácil demais.Do que era feita aquela broca?
    3.Kevim: Idem. Faço minhas as sua palavras.
    4.Crowley:Estou em falta com esse personagem falo pouco dele mas penso como a maioria. Ele tem sido incrível.
    5.Castiel: Só mesmo sem sua graça pra ele ser fixo agora ele não pode mais sumir num piscar de olhos. Acho que a adaptação vai ser difícil e mais uma vez Dean vai segurar as pontas esse sim é amigo. Torço por isso, pois gosto do Castiel e fala série anjo sem a graça não graça.

    1. Lule obrigada. Eu acho que esqueci a Naomi no meu comentário, mas honestamente eu não consegui me identificar com ela, um personagem muito ambiguo p meu gosto, a atriz é excelente… mas ela me pareceu um Zachariah de saia (ou de calças kk), e sem o senso de humor estragado do mesmo… Para mim ela não fara falta..

      E novamente obrigada pelos elogios.

      Bom domingo,

      Cla;}

      1. Lule

        Menina é verdade! Você não falou da Naomi, mas deu pra perceber pelo meu comentário anterior que eu não esteva normal(rsrsrs)
        Você está certa em relação a ela, mas eu tenho um fraco por quem ajuda o Dean deu pra perceber quando eu falei sobre o Metraton. Fazer o quê?rsrsrs
        Beijos

        1. Lule, eu gostei da atriz, mas o personagem p mim, ficou meio assim assim, ela pelo menos tinha alguma quimica, diferente a nossa mumia paralitica não preditela kkkkkkkk
          Esse na realidade foi o unico furo (com relação a casting) que percebi do JC… pque todos os outros foram otimos, independente se o personagem aparecia muito ou não…

          Bjs

          Cla;}

  10. Neide

    Desde que comecei a assistir a série a relaçao dos irmaos sempre me chamou atençao e no fim dessa temporada a gente viu o quanto eles realmente amadureceram e finalmente expressaram os sentimentos com palavras e nao so com abraços( que particularmente eu acho demai!!!) sua análise ficou muito boa mesmo. Nao deixou de falar de ninguem e evidenciou a relaçao deles de um jeito muito bom. Tambem sou super fã do Crowley ele foi demais nessa temporada. Todas as análises que li tem um pouco do que sinto em relaçao a série, a torna cada vez mais especial pra mim. O ep foi muito bom mais como todo final sempre deixa a gente querendo saber do futuro desesperadamente, como ja disse que venha a nona!!!! Parabéns pela bela análise!!

    1. Obrigada por suas palavras Neide… o epi foi otimo, uma excelente maneira de terminar uma excelente temporada (como já disse não perfeita – mas muito boa)

      Boa semana.

      Cla;}

  11. Lule

    Clarice continuo admirando sua análise. Quando crescer eu quero ser assim(rsrsrsr).
    Tentando manter o foco parte 2.
    6. Os anjos: Acho que não perderam suas graças, nem memória, não serão como Lúcifer, e não serão inimigos dos irmão mas estarão revoltados por terem sidos expulsos e não vão medir esforços ou consequência pra voltar aos céus e quem estiver em seus caminhos vai sofrer. Então todo o mundo que se cuide.
    7.A xerife havia entendido que os irmãos a salvaram pois naquele momento eles aceitaram os termos do Crowley mas fiquei pensativa depois que li alguns comentários.Já assisti outras vezes mas continuo com a mesma impressão. Estou errada? Expliquem-me, por favor.
    8. Minha queixa: A múmia paralítica (Palavras suas que estou adorando repetir) e o distanciamento do Dean com o irmão. Essas são minhas queixas da temporada. Minha “pequenininha” mágoa é com os roteiristas e não com a série. Os personagens estão acima disso e se desenvolveram da melhor forma que puderam e graças a percepção do pessoal que mudou de rumo e acabou nos presenteando com um episódio épico….Queixa, que queixa? Ah!!! Esquece a queixa. Estou MARAVILHADA.
    9. O Legado Winchester: ao ler sua análise me lembrei de uma vontade forte me vem nos últimos meses. Quem sabe uma viagem no tempo onde eles encontrariam o Jonh e falariam que o vovô Winchester o “abandonou” para salvar eles. Poderia ser naquele primeiro episódio da 2ª temporada assim o Jhon saberia que os filhos ficariam bem e que sua decisão de tereia recompensa.

    1. Lule, vc esta me deixando vermelha de vergonha kkkkkkk

      Qto aos anjos, não sei (só o Jeremy mesmo é quem sabe, e com certeza num vai contar p nois, né) mas acho que esses anjos caidos, sei lá, será que eles terão o mesmo poder de Lucifer?? Pque a Anna escolheu cair e escolheu ficar com uma familia normal… é nos vamos ter que esperar até o 9.01 para ver o que esses anjos caidos vão aprontar.

      Eu vou responder isso para o rapaz que escreveu que acha que ela morreu, como sou uma otimista – prefiro ver o copo meio cheio do que meio vazio kkkk – quero a nossa querida xerife Mills de volta, de preferencia como namorado Bobby dela…kkkkk

      Concordo com vc com relação a mumia paralitica, eu não sei quem disse que aquela atriz tinha quimica com o Jared, o cachorro tinha mais quimica que ela kkkkkk Para mim foi um desperdicio de personagem.. Poderiam ter contrato alguem melhor, sei lá…

      Lule para mim esse episódio foi um presente, pque passei a temporada inteira tendo que ficar ouvindo os lamentos da Samgirls – não todas e não aqui, mais no exterior – chorando e lamentando que o Jeremy estava mostrado o Sam de uma maneira errada e que não havia explicado ao Dean pque ele não foi procura-lo. Como disse, agora vcs tem a resposta, satisfeitas, então pelo amor de deus, vamos falar de outra coisa… kkkkkkkkkkkk

      Te cuida e a gente vai se falando..

      Cla;}

      1. Emerson

        Eu acredito que o mesmo poder de Lúcifer esses anjos caídos não terão vamos nos lembrar que Lúcifer é de uma ordem superior de anjos, a mesma de Miguel, Gabirel e Rafael todos eles são arcanjos. Vimos em um dos episódios da quinta temporada que Anna não era páreo para Miguel e ela tinha mais força que Castiel e Uriel porque pertencia a uma ordem superior a deles dois talvez a mesma de Zacaraiah. O que eu estou curioso para saber é o que esses anjos vão fazer na Terra, eu tenho a impressão de que Metatron os fez cair para que eles desgraçassem a Terra e a citação no 8×22 de Nefilim me faz crer que a série pode ir por aí. Vai dar um trabalho danado para Sam e Dean arrumarem essa bagunça. E ainda temos peças chaves incógnitas aí!E Crowley?E Abaddon?E as portas do inferno?Muito mais muito ansioso mesmo pela nona temporada!

  12. Lule

    Clarice dividi meu cometário por parte pois ficaria muito longo e nem eu aguentaria mas juro que esse é meu último comentário (por hoje rsrs)
    Tentando manter o foco parte final.
    10. Sam e Dean: DESISTO.
    Se for opinar sobre eles eu perco meu foco e aí sim eu não termino não!!!!!!!!!!!
    Fica só uma confidência do meu coração:
    Amo o Sam e o jeito (confesso) que ele precisa do Dean.
    Amo o Dean. A forma como ele ama (agora expresso com clareza de alguma forma verbal) e o jeito meigo e firme como ele protege o irmão.
    Amo ainda mais a forma como eu sou afetada e envolvida por eles.
    Xiiiiiii foram três. Desculpa.
    Beijos

    1. Qdo se trata de SAm e Dean ou Dean e SAm… ninguem (mulher) consegue raciocinar direito… E sim o relacionamente deles é completamente disfuncional e neurotico e co-dependente EU ADORO ISSO… sou apaixonada por esses dois irmão desde a primeira temporada desta serie e é por isso e pelo meu amor incondicional a eles que continuei durante as 6a e 7a temporadas, a unica coisa que me fazia assistir o proximo epi e continuar na serie eram eles…

      Bjs

      Cla;}

  13. kevin

    A pergunta qe nao quer calar.eh , qual.sera a musica de abertura do 9×1 , comentem seus palpites

    1. Thays

      Kevin não importa qual seja contanto que seja classic Rock! Sinto falta das boas músicas dos primeiros anos da série.

      1. Concordo tem que um rock bem pesado e dos anos 70, tipo classico mesmo…

        Bjs

        Cla;}

  14. Ricardo

    Clarissa gostei mt da sua review!
    agora o q eu quero perguntar é,vc acha q o lúcifer possa voltar,pois como vimos o castiel esta sem sua aura e ele aprece assim no episodio the end

    1. Ricardo obrigada por suas palavras, mas o meu nome é Clarice (kkkkkk)…

      Estou ouvindo bastante de varias fontes sobre aquele episódio na 4a temp se não estiver enganada, pode ser, com o Carver eu acho possivel, pois ele gosta dos personagens, principalmente dos meninos,seria interessante, pois o Samlucifer disse que não importava o que o Dean fizesse, eles iriam chegar naquele ponto de qquer jeito.. Teoria interessante, e querido teremos um hiato inteiro (Perguntinha que não quer calar, já é Setembro ou Outubro kkkkk) para nos esbaldar em teorias…

      Bom domingão e semana.

      Te cuida,

      Cla:}

  15. Vandré

    Não sei se vocês repararam alguns detalhes, no sentido da queda dos anjos foi dito: “Metatron fará o mesmo que Deus fez com Lúcifer” ou seja, baniu do paraíso, o que pode destilar um ódio imenso por parte dos agora caídos.

    Outra parte que acho importante destacar, após o “Lustra” não aplicado na cura do Crowley, repararam na expressão que o mesmo fez após a queda dos anjos? Um ar de cinismo…
    Me fez entender que após o Sam não terminar o trabalho a cura seria desfeita e portanto o Crowley voltaria ao “normal”, só que agora com a concorrência de Abbadon.

    Estou vendo muito?

    1. Não VAndre não acho que vc tenha visto muito….

      As portas estão abertas – eu acho que o Metraton expulsou os anjos do ceu, como Deus fez com Lucifer, mas não fechou o portão (essa é a função de São Pedro kkkkk sorry)

      Então teremos anjos e demonios vagando sobre a terra, e esses anjos, eu acho, ainda terão algum dos seus poderes…

      É meu amigo, o CArver deixou um gancho daqueles… e acredite se quiser teve gente que falou que a serie já tinha dado tudo, não tinha mais nada p explorar… kkkkk só rindo mesmo né…

      Qto ao meu querido demonio predileto Crowley, honesta/e por mais que eu tenha gostado da performance dele sem ser demoniaco, eu amo aquele demoninho de panturrilhas lindas kkkkk quero o Crowley demonio na 8a temporada, lutando com Abbadon pelo titulo que quem é o REi ou RAinha do inferno, vc já imaginou que legal….

      Bom domingo e semana…

      Te cuida,

      Cla;}

  16. Foi direta ,bateu forte na ferradura!Cara toda vez que vejo um episodio eu reparo na relação entre eles .Esta luta incansável de Dean salvar Sammy ,sempre sendo seu pai irmão, anjo …Tudo em uma pessoa só. Lembrando que Dean teve uma pessoas do seu lado. Um pai meio que ausente ,mas que ele sempre teve ele como heroi. Apesar que John fez grandes burradas ,mas ele era humano, e tentou da melhor forma que podia lutar contra os demônios . E Dean pra mim seguiu seus passos.Eu amo cada vez mas ele, apesar que ele é um pai melhor que John. Se alguém deveria ser Deus esta pessoa é Dean, ele tem compaixão amor e sabe perdoar .Bem é isto que espero de Deus alguém que perdoe e de uma segunda chance,mas que não seja babaca . Dean tem um anjo em particular ,que na verdade é um pouco incompetente ,eu esperava mas inteligencia da parte dele, afinal ele é um anjo não é? rsrsrsrs. E isto não tem nada haver com Misha Colllins, porque ele é fantástico .
    E Sammy Clarice retratou tudo nele. E além de tudo isto eu sou também apaixonada pelo seu lado birrento de ser,o cara é teimoso ,mas sabido. Sinceramente eu não teria nenhum saco de ficar pesquisando tanto em livros e na net.Acho que todo nerds e assim kkk. Eu sempre quis saber oque tinha em seu coração , agente via a cara que ele fazia mas nunca dizia nada,era frustrante .Os redatores fazia ele parecer frio e Sammy realmente não é assim . Por isto que Dean morre por ele sempre .Eu queria que o fizesse para merecer toda esta devoção , que é possessiva. Louca relação de amor entre eles .
    Mas então, Sammy mostrou seu lado humano , de ser um humano normal pedindo redenção. Bem se Deus fugiu e não ouviu.Não sei, só sei que de alguma forma acho que ele teve sua afinal redenção. Depois de tantos anos procurando,teve seu real perdão, e foi lindo! chorei demais ,valeu pela temporada inteira.
    Meus parabéns por sua analise ,Clarice , expressou de forma fácil e divertida sua opinião.E agora o que pensa que vai acontecer no futuro de Supernatural? Um grande abraço

    1. Soniama vc levantou um bocado de lebres, eu honestamente adoraria ser uma mosquinha na parede do escritório do CArver e dos outros produtores e escritores de SPN… já imaginou que legal…

      Uma coisa eu posso te dizer, o Jeremy para mim, trouxe de volta o meu amor e devoção e loucura por essa serie… eu passei duas temporaas em off, assistia, curtia um epi aqui e ali, mas o que aconteceu nessa foi literalmente a ressureição da serie…

      Bem ou mau, gostando ou não, o nosso blog foi o melhor exemplo do que a outra showrunner (não falo o nome dela, jurei p mim mesma kkkk) não conseguiu fazerm pque a paixão por ela estava sendo esquecida, e ninguem tinha o menor tesão por ela…

      Agora não, estamos comentando, levantando teorias, e como disse gostando ou não, todo mundo tá animado… isso me alegra muito…

      Querida vamos ter um hiato inteiro p divagar sobre essas teorias…

      Bom domingão e boa semana.

      Te cuida,

      Cla ;}

  17. Rhayan

    acho que os anjos perderam a graça sim, no episodio mostra meio que a asa do anjo saindo, acho que isso seja a graça dele

    1. Rhayan acho que a graça dele seja a essencia, como o que o Metraton tirou do Cas…

      Bom eu tbem não gostaria de uma temporada inteira sobre anjos, mas se houver um mix tipo, anjos, demonios, e monstros em geral, acho que fica legal…

      Te cuida e boa semana.

      Cla;}

  18. Me emocionei muito com sua Análise! que linda a parte em que você fala da cena entre os irmãos! Me fez ter vontade de assistir de novo!
    Ótima análise Cla! parabéns!
    Bjokas

  19. […] aqui para ler a análise da Suelen. Clique aqui para ler a análise da Vicki. Clique aqui para ler a análise da […]

  20. Linda análise, Cla! Adorei! Cada um ta pegando uma linha de raciocínio, uma partícula do que é esse produto imenso pra gente. Supernatural é uma cebola mesmo! Camadas e mais camadas e aposto que sete análises diferentes não vão esgotar o assunto e a prova de que não se repetiriam está aí.
    A gente comenta muito entre nós a parte da relação entre os dois, mas você foi cirúrgica, amiga!
    Perceba SEMPRE!

    1. Obrigadão ruiva… e a parte cirurgica ainda é o meu lado virginiano…

      Bjs

      Cla;}

  21. Gi

    Parabéns!!!
    Para a primeira vc mandou mto bem, me deixou com vontade de assistir de novo… Bjs

Leave a Comment