[Análise Hunter] I Think I’m Gonna Like it Here by Polly

hue2

E finalmente chegou o dia da première. Quem diria hein? Nove temporadas e com uma ótima audiência na estreia! Isso é Supernatural! Nós somos ‘awesome’!! Vamos lá, vamos a análise hunter! Mas já aviso, nunca escrevi algo tão rápido e tão sucinto quanto essa análise e não vi o episódio legendado, então isso aqui foi tudo baseado quando vi logo após a estreia!

Recapitulação bem boa, com tudo de importante o que aconteceu na oitava temporada e nos mostrando que a série vai continuar de onde parou. E a música caiu como uma luva. E como sempre a abertura de Supernatural arrasa! Lindo as asas sobressaindo sobre o nome da série.

– Dean e Sam no Impala e Sam tão ‘leve e solto’, fazendo piadinhas que já dava pra imaginar que algo estava acontecendo ali.

– Cena na igreja.. Primeiro que já é inusitado que Dean esteja numa igreja, e ele pedir ajuda a qualquer anjo? Engolir seu ‘orgulho’ (não gosto do som disso, mas não vejo outra palavra pra descrever) e se ‘oferecer’ pra fazer um acordo com anjos? Depois de tantos “Nahs”, ele cede… E por quem? Por Sam. Isso nem deveria ser novidade, porque sabemos que Sam é quem derruba todas as barreiras, máscaras e paredes que Dean constrói, mas a forma que Dean faz isso é de cortar o coração. E eu chorei junto com ele.  Parabéns Jensen Ackles! Nos fazendo chorar com Dean desde 2005 e com menos de seis minutos de episódio, você nos faz chorar de novo.

– Dean e Sam no Impala de novo e Sam tendo a percepção de que aquilo tudo está na cabeça dele. E é legal ver como finalmente Sam enxerga Dean, como um ‘parceiro no crime’, disposto a brigar com ele, por ele e para ele seja de que jeito for. E o melhor, sem mágoas, sem ressentimentos. “Sacrifice” finalmente ‘libertou’ Sam de toda e qualquer culpa ou mágoa.

– Castiel. Humano. Sangue. Risco de morrer, mas ainda capaz de ouvir vozes angelicais e numa bagunça danada entre mundo angelical e mundo humano. Isso vai ser ao menos engraçado.

– Bobby está com eles no Impala e isso claramente mostra o quanto os escritores querem mostrar que Sam também considera Bobby como figura importantíssima, não apenas Dean.

– Dean e sua eterna força de caráter e o mantra “desistir é para os fracos. Sempre há uma saída”.

– Pode-se comprovar o que foi dito nas entrevistas. Vai ser uma mistura de anjos com raiva, furiosos, com aqueles que estão apenas confusos e tentando entender o que está acontecendo. Quem sabe até anjos dispostos a ajudar? Será?

E a anja que conversa com Castiel resume numa frase todo o sentimento dos anjos que caíram: “And what  would I like to do”? (E o que eu gostaria de fazer?). E é isso. Eles nunca tiveram que escolher, decidir ou pensar em nada. Sempre houve ordens, regras, tarefas e propósitos a serem cumpridos e agora eles tem o que nunca tiveram e nem foram criados pra ter: livre arbítrio. E agora?
Sim Castiel tem seu arco mítico dentro da nona temporada e certamente será algo grandioso. Esperemos pra saber como ele vai lidar com tudo isso. Com anjos caídos, com os Winchesters, com Metatron, com sua humanidade. Bastante coisa pra ser dita e desenvolvida. Parabéns Castielfans vocês conseguiram! 🙂

– E os anjos ainda tem gana em cima de Dean Winchester, hein? Que bastou Dean abrir a boca e um bando quer pôr as mãos em cima dele. Bom saber que ainda resta algo a respeito disso. Mas é claro que alegria de pobre dura pouco. Eles querem é Castiel, pelo jeito.

– O lance de Bobby. E ele era uma projeção dos sentimentos de Sam em relação à morrer ou não. É como se ele quisesse que alguém tão importante quanto Dean para ele, dissesse que estava tudo bem se ele decidisse se entregar e simplesmente morrer. Sam precisava de reafirmação que ele não estava sendo um covarde e nada melhor que Bobby para isso. Mas Dean com sua força (e aqui é claro que Dean tem mais ‘poder’ sobre Sam do que qualquer outro) vem e acaba com a farsa “Bobby”. Foi bacana como trouxeram Bobby, mas serve pra reforçar que sim, ele está morto. (Sera Gamble FDP!) … Entretanto como Sam é o teimoso que sempre foi, e cabe a ele a decisão sobre a própria vida (e cabe mesmo, a vida é dele e de ninguém mais), ele decide, mesmo que ele (Sam) saiba exatamente o que Dean pensa disso. Que a luta não deve acabar, que você não deve se entregar tão fácil. Bom isso, de Sam finalmente entender o irmão. E Sam vai de encontro a Morte. Ele quer isso, quer morrer.

– Não vou citar o encontro entre Sam e a Morte, porque ainda não processei isso. Mas como sempre Julian Richings arrasa.

– Dean. Uma vez caçador, sempre caçador. Sempre pensando além, sempre tentando colocar sua presa ou seus atacantes numa armadilha e se livrar deles. Mesmo que temporariamente. E claro, como bom caçador, antecipar movimento e saber esperar pela hora certa de atacar é que faz a diferença entre um bom caçador e um brilhante caçador. Dean é brilhante.

– E não é que Dean está numa mato sem cachorro? Ele não quer que o irmão morra, mas sabe que dizer sim para o anjo é ir contra tudo que ele acredita, que Sam acredita e pelo qual eles lutam. Quem iria querer estar na pele de Dean? Eu não. Então ele vai lá, se enfia de novo na cabeça de Sam e repete e reafirma a promessa que ele fez na igreja: que eles estavam juntos nessa pro que der e vier, mas que desistir fácil não é uma opção. Não ainda. Não quando ainda tem tanto a fazer e um não é completo sem o outro. Dean reafirmou e assegurou a Sam que eles são Winchesters e um não vive sem o outro. Esse é o espírito!

– Uma das provas da maturidade de Dean e Sam é que eles não fazem mais coisas que acham que o outro faria ou que eles fariam por si sem consultar o outro. Dean não passou por cima das vontades de Sam e foi lá e fez o que queria fazer desde o começo que era trazer Sam de volta, custe o que custar. Em outras épocas Dean não teria pensado duas vezes antes de pagar qualquer preço pra trazer Sam de volta, não dando a mínima para o que Sam queria. Dessa vez ele foi lá e pediu. Sam por outro lado, não deu uma de birrento e contrariou só pra provar que ele podia fazer o que bem entendesse. Sam ouviu Dean e aceitou, aceitou o que o irmão estava dizendo. Eles finalmente chegaram numa sintonia em que são uma dupla, os dois lados da mesma moeda. Os fãs já sabiam disso, mas eles precisaram atravessar um longo caminho para chegar nesse nível. Dá gosto de ver isso! Parabéns Carver.
E eu sei que era Ezekiel, mas o que estou querendo dizer é que Sam fez o que fez porque viu Dean materializado ali na frente dele.

Fangirl on: E Dean meu lindo! Você não querendo esconder mais nada de Sam me faz te amar cada dia mais, me faz te respeitar cada dia mais. É esse o segredo? Que Sam foi possuído por um anjo para se curar? E a proposta feita por Ezekiel de Sam não se lembrar? Dean não é burro e sabe o que isso pode trazer. Eu não acredito que ele vá manter isso escondido de Sam. Ele só vai esperar o momento para dizer. O duro é quando será esse momento. Dependendo de como, isso vai feder. A merda bate no ventilador e as coisas podem voltar para uma bagunça total. Entretanto que tal dar um voto de confiança a Sam? Acho que a igreja e o processo de purificação mostram que Sam pode muito bem entender o que foi feito.
E Jared parabéns pelo trabalho bem feito. Você foi muito bem, muito mesmo. É lindo ver um ator progredir e cada dia fazer seu trabalho melhor.

Quanto ao “se o anjo sair, Sam morre”, é o grande ‘x’ da questão. Quem vai decidir isso? Até quando Dean vai manter isso de Sam? Eu não acredito que isso vai durar uma temporada inteira, mas claro que quando vier a tona as coisas vão dar outro ‘twister’. E claro que vai depender da reação de Sam a isso.

Vou terminar minha análise  parabenizando aqui o trabalho da produção de Supernatural. Todos eles. Efeitos visuais, arte, fotografia, cenário, direção. E claro à boa escrita do Carver para o 9×01. Ele está dentro daquilo que ele se propôs a fazer e está fazendo isso de forma coerente e ótima. Não se pode dizer que Carver foge do tema, que ele surta. Carver tem uma linha de pensamento e segue nela, se mantém nela e dá coerência ao que pensa. Isso é um excelente trabalho para quem se propõe a liderar, a comandar uma série. Ele tem as rédeas da situação na mão. Parabéns a ele por isso. Não estamos mais vendo um samba do crioulo doido no enredo, na mitologia. Sabemos que muita coisa ainda precisa ser dita, precisa ser desenvolvida, e ele já deixou claro que não vai fazer coisas loucas sem sentido. Ele pode surpreender sim, e acredito que vai, mas de um jeito coerente e que faça sentido, sem nos deixar com aquela sensação de “Onde isso vai parar? Onde diabos isso se encaixa em tudo”. Tenho confiança que Carver não fará isso..
Respeito profundamente o trabalho que ele vem fazendo até aqui. Respeito e até admiro. Foi uma ótima première de acordo com o que vem sendo feito. Ganchos e ótimas perspectivas para a série.
Mas que fique bem claro que em vários pontos não estou satisfeita, não gosto e jamais vou concordar. E sim, estou vendo pela perspectiva do meu personagem favorito. E desculpe aí, mas o meu direito de achar e dizer que estão cada dia mais cagando no Dean, ninguém vai silenciar. Tampouco vão calar a minha boca quando eu digo que estão jogando para escanteio um ator do nível de Jensen. Não que ele tenha ‘involuído’, mas que ele está sub-aproveitado na trama, mas como diz minha amiga Clarice, Jensen tira leite de pedra e mesmo com plots batidos ele consegue dar fôlego a Dean.
Até a próxima.

P.S. Se eu não responder algum comentário é porque estou viajando e provavelmente estarei sem internet banda larga, mas se conseguir alguma conexão responderei, senão só quando  voltar de viagem. Muito obrigada antecipadamente.

Related posts

53 thoughts on “[Análise Hunter] I Think I’m Gonna Like it Here by Polly

  1. Jeni

    Adorei a análise Polly sobre o episódio e em relação a Jensen e Dean concordo plenamente,sei que aqui é site fã de Supernatural,mas não vejo a hora da série acabar,pois Jensen merece muito mais do que isso,Mas ele é um profissional incrível mesmo essa stolyne medíocre que lhe dão a 3 temporadas ele faz uma cena ficar maravilhosa!!
    OBS:Não precisam concordar apenas respeitem minha opinião

    1. Obrigada por ler e comentar, muito obrigada…
      Eu ainda não torço para série acabar, porque ainda amo muito Supernatural, mas desejo muito melhores storylines pro Dean. Desejo mesmo pq aí sim ele poderá mostrar sua versatilidade (mais ainda haha), seu talento para diferentes papéis…
      E fica tranquila que se tem um lugar onde vc pode expressar sua opinião, é aqui (desde que seja dentro das normas de civilidade hahaha). Pode vir e comentar sempre..
      Bjos e abraços;;

  2. Querida Polly, o Jensen não é o unico que consegue tirar leite ou sangue de pedra, vc tbem… vc e suas analises são de tirar o folego… e tudo isso saiu sem que vc visse o epi lengendado, amiga Congratulations and a standing ovation…

    Concordo com o que vc disse, e qto ao arco mitilogico, nos já conversamos então…

    Vou postar a minha analise e depois trocamos mais figurinhas, amiga

    Mas desde já, parabens.

    Fui

    P.S. Boa viagem lindinha

    1. Obrigada Clazinha. Obrigada por tudo e vc sabe ao que me refiro..

      E sim, estamos de acordo no que diz respeito ao arco mitológico.. hehehe..

      E qto à sua análise, lerei com o maior prazer do mundo e trocarei quantas figurinhas vc qusier!!

      Bjosss lindinha!!

      P.S. Vou tirar fotos e te mandar na minha viagem kkkkk

  3. Polly e suas análises poderosas. Adorei, claro.
    Jensen… O que acrescentar sobre o trabalho dele quando um daytime Emmy no primeiro trabalho em TV, o elogio de TODOS os colegas em TODOS os elencos e a fanboylização aberta do Jared pelo trabalho do amigo já dizem tudo?
    “Jensen faz um trabalho tão incrível que às vezes eu quero parar de ser Sam e ficar olhando”.
    Ta bom, né?
    Quanto à temporada, logo sai a minha análise. Aí a gente troca figurinhas.

    1. Obrigada querida por ler e comentar!
      Jensen é Jensen, pra mim basta e vc sabe disso. 😛
      E beleza, lerei sua análise com prazer.
      Bjocas!!

  4. Magnon Diego

    Para quem não viu o episódio legendado e tal, sua análise foi ótima, você escreveu tudo o que eu estava pensando.
    Eu não sei se é porque eu sou assim com meu irmão, mas FINALMENTE Sam e Dean chegaram naquele ponto onde tinham aquela conexão mais forte, anos atrás, mas com tudo o que já aconteceu, eu ainda tenho receio de onde essa história do anjo pode chegar.
    Quanto a relação de Jensen na série, eu não costumava reparar nisso, mas eu concordo totalmente com o que você disse, acho que sim, ele não está em tramas ruins, mas poderia ter um melhor aproveito, mas ouve uma pergunta sobre isso na Comic Con e pela resposta acho que nessa temporada ele possa pegar algo que aproveite mais tanto o ator quanto o personagem.

    1. Obrigada por ler e comentar!! E sim, eu não vi legendado e acho que melhorei o nível do meu inglês se não cometi tantos erros assim, né? hahaha…
      E vc está certo, a ligação deles (Dean e Sam) está uma coisa bem mais forte agora do que antes, e tb fico muitíssimo feliz com isso, afinal os Winchesters são a alma de Supernatural! E torço para que Jensen realmente seja melhor aproveitado no decorrer da temporada!
      Mais uma vez obrigada! Abraços

  5. Gustavo

    Grande análise, Polly, como sempre!

    1. Obrigada Gus! Bjos e abraços..

  6. Rodrigo

    Quando vi “Análise da Polly” logo pensei: Polêmica! kkkkk
    Curti muito sua análise, Polly, e respeito profundamente o seu “DeanGirlismo”. Hoje digo que sou 45% Dean e 55% Sam por identificação e também por indignação com o desprezo que Sam vinha provocando entre os “fãs”.
    Sei que muitos reclamam que Jensen não é valorizado como deveria, que Dean é subaproveitado. Posso até concordar com isso, mas porque quase não vejo reclamações quanto ao espaço dado a Castiel? Vejo muitos querendo a redução de Sam para que Dean cresça, enquanto o anjinho está em sua “zona de conforto”. Aprendi a aturar Castiel, pois reconheço seu legado, mas percebo muito tempo sendo dedicado a este em desfavor dos irmãos.
    Acredito que Carver dosará bem o quão relevante um e outro podem ser, assim como o fez na oitava temporada, embora haja muitas divergências quanto a isso
    Enfim, o episódio foi incrível mesmo! Confesso que senti falta de um “WinchesterHug”.
    E preciso dizer: Como os Js conseguem ser tão intensos em seus “Winchester Moments”?! Passam tanto amor, carinho, devoção… É uma mistura de sentimentos que impressiona qualquer telespectador. Dá vontade de dizer: Porra, caras! Manerem suas emoções! Assim não há masculinidade que resista! hahaha
    Abraço!

    1. Boa, Rodrigo! Hahahahaha!
      Pensei em frases de amigos e conhecidos que vi por aí. Tenho um amigo e parceiro nosso no twitter q diz que até a esposa diz que ele tem uma crush pelo Jensen.
      – o Matt Cohen fala que nenhum homem consegue ser hétero na presença de Jensen.
      – conheço um monte de homem q fala que se tivesse um irmão como Sam ou Dean, acha que a masculinidade ia pro saco.
      Fica na paz… Gostar desses dois, e de como os dois gostam um do outro, não te torna menos macho. E, pelo que tb vejo por aí, te torna sucesso com a mulherada. Beijão!

      1. Rodrigo

        De boa, Vicki! Hoje não vejo problema algum com isso. Se os caras são bonitos, porquê discordar?
        E, realmente, é cativante a amizade de Jared e Jensen e como isso os influencia quando na pele de Sam e Dean.
        Que Supernatural tenha vida longa ou então que eles continuem tocando projetos juntos na TV ou no cinema, pois química como a deles é algo singular.

    2. Eita, mas tenho uma fama hein Rodrigo? kkkkkk..
      Mas sério, obrigada pelo seu respeito à minha paixão pelo Dean. Estou cansada de repetir, e às vezes nem aguento mais, mas é bom ver que alguém entende que o fato de eu amar o Dean, ver a série sob o ponto de vista dele, me identificar com ele, não desmerece em nenhum momento o meu respeito e admiração pelo Sam (e consequentemente pelo trabalho que Jared vem fazendo). Adoro quando alguém que é fã do Sam/Jared o defende com pontos de vista bem elaborados e bem embasados, sem ofender ou menosprezar quem faz o mesmo pelo Dean. Não é crime preferir um personagem ao outro. Não é crime defender seu ponto de vista. Não é crime achar que seu personagem merece mais do que estão lhe dando. Entretanto pra muita gente do fandom, é crime.
      E sim, vc tem razão, Dean e Sam passam muito amor um pelo outro. Isso é o melhor do seriado. Esse laço, essa união, essa confiança. E deixei bem claro que ADOREI isso e adoro.
      E qto a sua masculinidade, não esquenta bicho! Ser sensível ou emotivo não te faz menos ‘másculo’. Te faz humano e muito melhor que muita gente por aí!
      Bjos e abraços e obrigada por ler e comentar! 🙂

      1. Rodrigo

        Que nada, Polly, estava só zoando. É que você é bastante incisiva em suas análises. Continue assim!
        Não escondo de ninguém que me identifico mais com Sam e o quanto gosto da atuação do Jared (ele próprio admite o quanto evoluiu, e não é fácil lidar com um personagem tão complexo como Sam, que já passou tantas mudanças). Mas nunca deixei de reconhecer o quão excelente é a atuação do Jensen. Fez do Dean um personagem extremamente adorável, o qual curto pacas, especialmente pelo motivo dele ser esse irmão, pai, amigo… sempre disposto a tudo pelo Sammy (pode ser exagerado e estranho, mas é isso que encanta). Supernatural é ficção, no mundo real dificilmente encontraríamos alguém assim. Sou caçula e digo, por experiência própria, ter um irmão assim seria muito maneiro! 🙂
        kkkkkk Sem paranóia, estou com 25 anos e muito bem resolvido, consciente de que expressar-me dessa forma não reduz em nada minha masculinidade. 😉
        Bj

        1. Toca aqui!! Estamos entendidos e na mesma linha pensamento!! hahaha

          Obrigada de novo.. Bjossssss

  7. Concordo com praticamente tudo o que vc disse aí Polly!
    Tmb amei a abertura! Ficou mt perfeita e surpreendeu td mundo, que já esperavam outras. *-*
    E Jeremy Carver é o cara, né? Tenho que fzr reverência a ele todos os dias! kkkkkkk’
    E sim! Jensen é fantástico, ator incrível, consegue fazer qualquer coisinha besta se transformar em algo grandioso e magnífico!
    Quanto a estarem deixando Dean de “escanteio”. Bem… eu tmb sou uma Dean!Girl assumida e com mt orgulho, e concordo que Sera acabou de certa forma com a série em geral… infelizmente, tivemos que passar por essa fase. Mas é como eu estava comentando com minha amiga, a oitava temporada foi mais uma preparação no terreno pro que vem aí na nona. Acredito nisso e tenho esperanças nisso. Pelo visto, Dean voltará a ser o centro juntamente com Sam nessa temporada e as coisas irão voltar ao normal(é o que eu espero, né?). Confio no Carver pra isso.
    Só não concordo qd fãs vêem me dzr que esse fato de Dean estar pra “escanteio” é pq ele agr virou “babá” do Sam e que agr é só pra isso que ele serve. Isso já é meio sem noção, considerando o fato de que esse sempre foi o papel dele -não dito dessa forma, mas sempre foi -o papel de irmão mais velho, Altruísta que faz tudo pelo caçula. E tmb td a história de que Dean não está mais tendo importância alguma na série. Cara, sempre foi assim. Todo mundo faz merda, Dean concerta. Todo mundo decepciona, Dean perdoa(ao menos com akeles mais próximos dele). E isso não tem como mudar, já é a Natureza dele, só utilizaram da maneira errada nas últimas temporadas…
    E não estou dizendo que vc fala isso, é que vejo algumas pessoas que comentam isso e eu fico mt puta. Pq pra mim, se elas acreditam realmente nisso, que Dean não era pra cuidar do Sam como cuida, é pq nunca entenderam a série Supernatural.
    Só minha opinião. Cada um tem a sua, né?
    Quanto a Cas, eu queria ver a amizade de Dean e Castiel durante a quinta temporada, voltar a existir. Eles afastaram tanto os personagens durante essas três últimas temporadas que é mt triste de ver… eu gostava de ver Cas como um quase irmão pro Dean. Mesmo que muitos aí não gostem do personagem tomando tanta atenção para si, vamos admitir que Castiel se tornou uma peça importantíssima do seriado e que conquistou 95% dos fãs. kkkkkkkkk’
    E acho que será um enredo interessante pro Cas na nona temporada. Mesmo n gostando mt dessa história dele ser humano e de ter simplesmente odiado o fato dele largar o sobretudo na lavanderia.
    Não, ainda não me conformei com isso. kkkkkkkkkkkkk’
    Enfim! Amei sua análise, Polly. Sempre arrasando!
    Bjos!

    1. Bjos é pra vc por ler e comentar! Obrigada por participar aqui no site com seus comentários… Opiniões expressas com educação sempre são bem-vindas.
      Todos nós podemos pensar diferente, ter opiniões diferentes, o que não podemos é desrespeitar ou menosprezar o sentimento e a visão de alguém que não pensa como nós.
      Eu só tenho a agradecer a vc e a todos que contribuem para que o Is Life seja esse lugar bacana pra gente falar de Supernatural.
      Bjos no seu cuore!

      1. Awont. Obrigada vc, sá linda! *-*
        Eu tento ser o mais educada possível pq acho que ficar brigando pela série é meio sem noção…
        Supernatural é sinônimo de família, de companheirismo, de amor. Tanto no enredo quanto nos sets e acho que deve ser assim tmb entre o Fandom!
        Somos um grupo enorme e é óbvio muitas cabeças que pensam diferente, mas acredito que podemos manter a unidade, pq somos um só!
        E é essa grande família que mantém nossa série ali, de pé por nove anos!
        Então gosto de colocar minha opinião sem ferir os outros, pq fui criada assim e acredito realmente em uma coisa chamada união que une milhões e milhões de hunters pelo mundo! S2

        1. Isso mesmo!! Somos todos uma grande família!!

          Bjos de novo e muito obrigada!

  8. Ana Lu

    Polly,

    Você escreve super bem e defende seu ponto de vista com muita convicção , embora eu acho que vc enxergue a série muito pelo ângulo Ackles/Dean e nada tenho a opor. Obviamente, você é fã de carteirinha do ator. Como já disse aqui algumas vezes, não sou mega fã de ninguém em SPN, seja ator/atriz ou personagem, mas respeito quem seja, pois já fui “fangirl’ de vários tipos na minha juventude. Hoje em dia, sinceramente, não tenho ídolo algum.

    Gosto muito da série por razões que já declinei em outros posts, acho os “irmãos” gatos( principalmente o Jared) e é basicamente isto. Geralmente, paixão turva a razão.Bom, pelo menos é este o meu entendimento, mas, tudo bem… risos. Sei que sou minoria e não me importo nem um pouco. Como já se sabe, opinião, cada qual com a sua , né?

    Uma coisa , porém, vocês todos podem ter certeza: jamais vou desrespeitar ninguém , por mais opiniões que leia aqui que eu discorde. Deus me livre de um dia viver em um mundo onde todo mundo pensa igual!

    Tenho muitas esperanças para o meu também querido Dean nesta temporada. Como também já disse aqui antes, grudado em Castiel, Dean só tinha a perder, pois Sam, quer se queira, quer não, é o arco do roteiro de SPN e o herói trágico concebido por Kripke. O mais velho dos Winchesters, todavia, sempre foi os olhos do público em relação ao introvertido e truncado Sam e um importante elo de ligação do referido herói trágico com este mesmo público. Sem a leitura de Dean, não se compreende o que se passa dentro da cabeça de Sam. É Dean o coração do seriado, sem dúvida alguma. É com ele que o grande público se identifica por inúmeras razões.

    E, com os olhos de Dean desviados pra Castiel nos últimos anos, ficava difícil estabelecer um “bond” mais profundo entre os irmãos e também fazer uma ponte entre os Winchesters e os seus respectivos legados.

    Nunca fui contra Castiel em si, embora ache a personagem muito voltada para a garotada. Mais uma vez, sou eu que estou no lugar errado, pois estou fora do público alvo da série, já que tenho 36 anos. Apenas acho que o espaço dele na série é excessivo(na minha opinião, continua a ser) e sua exagerada ligação com Dean totalmente despropositada desde a 5ª temporada.

    Ao menos,no episódio inaugural da 9ª temp., minha segunda frustração foi amenizada, com Castiel temporariamente fora do caminho dos irmãos e com uma história independente. Veremos o que temos pela frente, né?

    Beijocas carinhosas.

    1. Li seu comentário e fiquei pensativa… me vi pensando em quem decide se uma obra de ficção ou de arte tem que ter necessariamente um público alvo…será? eu gosto de desenhos consideradas infantis e de filmes franceses considerados para adultos… acho que a conexão que fazemos com a arte não tem que ter idade. Só temos que nos identificar e pronto… não estou desrespeitando sua opinião, apenas discordando amigavelmente rsrsrs e acho que o fangirlismo seja ele apenas por acharmos alguém bonito ou seja por nos vermos no personagem que este interpreta é apenas nosso eu lírico se expressando através da arte do outro…acho que me estendi, não é? rsrsrsrs obrigada por seu comentário, adoro quando venho aqui e me vejo me analisando! Terapia pra que né? carry on!

      1. Ana Lu

        O meu comentário em relação ao público-alvo , Suellen, é mero reflexo da audiência da série, essencialmente jovem.

        Claro que há exceções e sou uma delas. E , se vejo a série, é porque me identifico com algo dela, claro, cf. falei, mas, por gostar, não sou cega ou preciso amar tudo e todos, só isso. Muitas vezes me identifico com comentários daqui e posts idém. Muitas vezes, não. Faz parte e acho que é porisso mesmo que roteirista não deve seguir fandoms porque senão pira e jamais vai agradar 100% deles. Não existe unanimidade , não é mesmo?

        Também curto desenhos animados, filmes de super-heróis, mas eles são basicamente voltados pra crianças e adolescentes. Enfim, acho que você me entendeu… quando se cria algo, principalmente em TV, que é primordialmente business antes de arte, se pensa em um público- alvo, sim. Todavia, obviamente, não precisamos justificar o porquê de nossos gostos pra ninguém. Nisso, estamos super de acordo. Bjs!

        1. Sim, eu entendi o seu ponto de vista sobre o público alvo, só estava divagando… rs 🙂

    2. Obrigada por ler e comentar. E vc tem razão, eu sou fã do Jensen muito antes dele entrar em Supernatural, dele e de tantos outros artistas (não incluindo aqui apenas atores). Mas isso não vem ao caso, pq não tem nada a ver com o assunto.
      E eu estava consciente qdo usei a palavra ‘fangirl’ (sem ofensa, mas parece que o uso da palavra, leva todo mundo a pensar em ‘adolescente apaixonadamente exagerada”) e sabia que poderia gerar algum burburinho, mas daí a achar que sou irracional por nutrir uma ‘paixão’ por um personagem e que o defendo é meio exagerado, afinal eu não vejo Supernatural só por causa dos belos olhos de Jensen Ackles ou do cabelo de chapinha de Jared Padalecki. Vou ser sincera, me senti profundamente ofendida.
      Qto ao seu ponto de vista, saiba que não vou dizer uma vírgula sobre o que vc pensa ou defende, pq eu sempre prezo e prezarei pela liberdade de qualquer um expressar seus sentimentos e pontos de vista. Fique sempre a vontade para fazer isso aqui no Is Life. Enquanto houver educação e debate saudável, pra mim está tudo bem.
      Novamente obrigada por participar do site. Abraços.

      1. Concordo com a Polly! Não é só pq somos grandes fãs de um artista ou personagem, que não temos raciocínio crítico quanto a ele ou a série. Pelo contrário, temos apenas um ponto de vista diferente de outros fãs.
        Tmb não se senti mt bem com essa colocação, mas de boa. Cada um pensa de um jeito. Agr, que eu sei que eu consigo assistir a série encontrando pontos bons e ruins, sei que sim. Muitas vezes posso até não colocar por ser mt otimista e acreditar que aquilo é temporário. kkkkkkkkkk’
        Mas que eu vejo mt coisa. Eu vejo. 😉
        E desculpa, não quero ofender e não tenho nada contra, mas que vc tem uma pequena grande queda pelo Sam, vc tem. kkkkkkkkkkkkk’
        Bjão, flor. =*

  9. POlly, amei sua análise, muito boa mesmo! se eu não tivesse visto ao episódio, veria agora!
    Beijão!

    1. Obrigada lindinha!! E eu sei que a sua será maravilhosa tb!
      De novo, obrigada Su, por tudo!
      Bjos

  10. Vivendo e aprendendo com Polly.

    ESTOU IMPRESSIONADA !

    Foi uma analise bem analisada BEM CONDIZENTE, OBJETIVA .kkk

    GOSTEI do que disse sobre o Dean . EU respeito Jensen, ele é Maravilhoso. E se mostra um ser humano notável..

    Dean o verdadeiro anjo da guarda de Sam. E pensando bem …Acho que Jensen também seja assim com Jared
    O foco vai para historia de Sam. Mas no final quem vive a carga dramática é ele. É ele que nos faz amar Sam.

    Eu estou super empolgada com a supernatural , mas fiquei assim, sem ação. Eu estava crente que viria um segredo daqueles em relação a Dean.E não veio ! Gente não veio !O segredo é o Anjo possuindo Sammy. Pasme ! Eu queria que houvesse outro, algo em relação a ele.

    Não é de admirar que Jared estava eufórico nas entrevistas . Ele ganhou o presente dos Deuses. Ele merece, Jared tem se mostrado um excelente ator.

    Eu assisti o episodio algumas vezes até entender kkkkk

    Primeiro foi sem legenda, eu surtei!

    Depois com legenda assisti um monte de vezes. Só supernatural me faz perder meu tempo assim. Eu assisti pra entender Dean. Tentar entender Dean. E chorei muito… Ele é mil vezes melhor que eu. Verdadeiramente humano , e não há nada comparado a este amor.

    100% DEVOÇÃO e integral.

    Minha revolta se deveu pelo meu sentimento mesquinho, eu não faria o mesmo que ele. Na certa deixaria meu irmão ir, até aceitaria que desliga-se as maquinas. Se os medico dissesse que não haveria mas o que fazer . E procuraria tocar minha vida em frente. Quem sabe ter um filho.

    Antes eu não entendia , agora entendo Dean, você lutou para salva-lo ate as ultimas esperanças . Não era Fé em Deus , era sua exclusiva vontade. E se Sammy esta vivo, é graças a você. Eu te amo cada vez mas por isto.

    E afinal não importa os meios, importa que Sammy esta vivo.

    Parabéns Polly .Íncrivel narrativa. Me perdoe por ser tão sentimental eloquente , sem noção .
    Acho que fiquei desidratada !Beijos abraços.

    1. Obrigada Soniama por escrever exatamente oque sinto qdo assito a serie.. eu chorei muito.. não consegui me controlar.. foi um episódio duro de assistir, o ultimo tão duro qto esse foi qdo aquelacujonomenãomencionarei matou o Bobby, aliais, eu assiti aquele epi apenas duas vezes, doi demais..

      Eu ainda estou meio que digeringo esse epi.. Mas a devoção e o amor do Dean pelo Sam é algo que transcende… lindo de se ver…

      Agora vamos ver como eles desenvolvem isso..

      Bjs querida

      Fui

      1. Não é incrivel Clarice , como agente se envolve até emocionalmente com eles?

        Algumas pessoa dizem pra mim que isto é ridiculo.

        Mas não é …

        Eu me divirto com eles. Eu me emociono, me vejo participando de suas vidas, é uma válvula de escape no meio de um mundo as vezes cruel onde vivemos.

        E Claro eu separo as coisas. vida e fantasia… São diferentes

        E amo o que vocês do site fazem . Mantém a chama acessa !

        Alguns vem ficam um pouco, cansam e desistem.

        Nós, eu me incluo nisto, estamos com eles nove anos, não foi ontem que começamos a segui-los. Somos fieis.

        Eu senti que minhas energias realmente sendo sugadas de tanto chorar.

        Estou ansiosa esperando sua analise . E obrigada por não me deixar pensar que sou assim tão fora do comum .

        Beijos , vc é um amor

    2. Hey não peça perdão por expor seus sentimentos e o que pensa. É o que vc sente, pensa e entende e eu não tenho direito algum de julgá-la… Aqui é um espaço onde vc pode expressar suas opiniões, seus sentimentos (bons ou ruins) em relação ao seriado.
      Então muito obrigada pelo seu comentário aqui conosco. Vc sempre é bem-vinda. Sempre.
      E vc tem toda razão qdo diz que Jared tem amadurecido muito como ator e vem cada vez mais fazendo um bom trabalho. Parabéns a ele, ele merece. Afinal Jared Padalecki é um ser cativante não é mesmo? E todos nós sabemos que qdo o trabalho é levado a sério e as pessoas se dedicam a sempre fazer o melhor, a recompensa vem. Jared está colhendo os frutos de seu aprendizado. E como ele é uma pessoa única, aposto que mais coisas boas virão.
      Qto ao Jensen, como vc bem disse ele é brilhante! 🙂
      Um grande abraço e um beijo no seu coração!

      1. Polly É FABULOSO debater a serie que agente ama né mesmo ? Quando leio o que escreve ,sinto-me orgulhosa . Eu participo disto. E adoro opiniões contraria a mim. Adoro ver como luta com muita personalidade e defende veementemente sua convicção. Eu não sei se é advogada ou não. Só sei que seria uma incrível defensora. Antes todos pudesse ter alguém como vc para apoiar.

        E respeitar uns aos outros é fundamental. Tenho que confessar que aprendi muita coisa aqui.E eu entendo seu amor… Ele é mesmo brilhante. Eu não consigo ver supernatural apenas como uma serie.E muito mas que isto, Is life

        Beijos …Abraços boa viajem…

        1. Não, não sou advogada, mas todos me dizem que eu daria uma advogada fantástica! hahaha..

          E novamente obrigada pelo seu comentário!!

          Continue assim, nos prestigiando com sua presença e não se sinta tímida em dizer exatamente o que vc pensa sobre nosso seriado favorito!!

          Bjossss

    3. Concordo plenamente com vc Soniana!
      Jared merece, pq como a Polly disse aí, ele está colhendo o que plantou.
      A interpretação dele evoluiu de uma forma incrível a cada ano que se passava e hj ele é esse cara fodão que cativa td mundo! kkkkkk’
      Quanto a Jensen ser assim como Dean com Sam para com jared, com certeza é verdade. kkkk’
      Akeles dois se tornaram verdadeiros irmãos e a química que existe entre eles é algo ESPETACULAR! Me encanto td os dias com isso. *-*
      E o que falar do amor de Dean com Sam? Como vc msm disse, Dean é quem nos faz amar Sam tanto quanto amamos(não desmerecendo Sam e o trabalho de Jared, ele tmb faz com que nós o amemos, mas qd se trata de Dean, esse amor muda de dimensão)! Ele é que ensina aos hunters o verdadeiro poder que o amor fraterno tem. Msm que mts vezes seja quase doentio, é lindo de se ver! kkkk’
      Eu estou apenas há pouco mais de cinco anos com a série, mas sei que daki não saio, daki ninguém me tira! \O/
      Serei hunter eternamente com certeza. *-*

  11. gilvano

    a série é otima nao tem o que comentar com relação a isso, mas garanto que muita gente esperava mais do começo dessa temporada, em vez de tocarem o terror com os anjos caidos eles resolvem usar a desculpa de que era uma simples chuva de meteoros global (obvio que isso nunca ia colar no mundo real), preferem ficar sempre no mesmo lenga lenga de dean protejendo sam, isso ja rendeu 8 temporadas ta na hora deles focarem na historia nao somente no relacionamento deles.

    1. Obrigada por ler e comentar, mas eu acho que o ponto forte da série é o relacionamento dos irmãos. É isso que nos segura junto com eles.
      Desculpe, mas eu nunca assistir Supernatural sob a perspectiva única de ‘caça e criaturas sobrenaturais’.
      Mas entendo o que vc diz.
      Um grande abraço e obrigada de novo.

  12. Haryella

    Não concordo com a análise da Polly, mas entendo, afinal, parece q ela só enxerga o Dean e o ator Jensen, vou respeitar.
    Adorei o Dean voltando a ser o verdadeiro Dean, àquele q faz tudo pelo irmão, é esse o Dean q eu amo.
    E o q dizer da atuação do Jared, omg, incrível, como sempre, depois de tantas versões do Sam teremos mais uma agora, Ezequiel, e Jared maravilhoso, “tirando leite de pedra”!!!!
    A melhor cena, pra mim, foi a do Sam com a Morte, nessa eu chorei, qnd Sam o fez prometer q dessa vez ele continuaria morto, foi demais!!!!
    Qnt a Castiel, bom não é novidade q eu não o suporto mais, tbm acho q muitos reclamam q Dean não tem espaço e blá blá blá ( o q eu não concordo, afinal Dean é sempre o herói, é o q têm ligação mais forte com os outros personagens, é o q na maioria dos episódios acaba matando o monstro, etc) e como ninguém reclama de todo esse destaque q dão à Castiel? Às vezes ele aparece mais q os irmãos ou se intromete entre eles, ele nunca será tão importante qnt Sam e Dean ( apesar de alguns quererem isso), afinal não existe Sam sem Dean e Dean sem Sam, o resto é só o resto!!!!
    Aliás, Castiel é burro ou o quê? Ele não sabia q Metatron tirou a graça dele? Q disse q agora ele é humano, mas o dito cujo ainda continuava se achando um anjo, por favor, né?

    Essa temporada realmente promete, os Winchesters mais unidos e o Js sempre emocionando com suas atuações maravilhosas, química incrível!!!
    Até q Carver tá se saindo bem, depois daquele início péssimo da oitava temporada, acho q agora ele achou o caminho, pra minha alegria ser completa só faltava q Castiel saísse, mas faz o q, nem tudo é como a gente gostaria q fosse.

    1. Obrigada por comentar, e vou replicar o que vc disse diretamente para mim:
      “Não concordo com a análise da Polly, mas entendo, afinal, parece q ela só enxerga o Dean e o ator Jensen, vou respeitar.”
      Não, eu não só enxergo o Dean e nem o ator Jensen. Eu enxergo Jared Padalecki, Ty Olsson, Osric Chau, Mark Sheppard, Misha Collins, Jim Beaver, Mark Pellegrino, Julian Richings, Jeffrey Dean Morgan, Samantha Ferris, Nicki Aycox, e tantos, tantos outros.
      Agora vc dizer que eu PREFIRO Dean e Jensen Ackles, eu não vou discordar, por que desculpe aí, sem ofensa nenhuma a vc ou qualquer outro fã de qualquer outro ator, mas Jensen vem fazendo um trabalho excelente desde a primeira temporada, sem altos e baixos, sem dias bons ou ruins, sem falta de concentração, sem perda de tempo ou dinheiro pra equipe. E eu gosto e sou fã dele desde antes dele entrar em Supernatural, portanto eu aprecio seu respeito qto a isso. Obrigada.
      Qto ao restante que vc opinou, não vou meter meu bico pq não tenho nada com isso, pq aqui no Is Life vc terá todo o direito de expor seu ponto de vista quanto a série quando, como e do jeito que bem entender.
      Apenas para constar: tenho minha opinião quanto a Castiel e tudo o mais que vc disse, bastava ter ouvido algum podcast que vc saberia..
      Novamente obrigada por comentar. Abraços

      1. Haryella

        Polly, me desculpe se vc se sentiu ofendida com o q eu disse, mas é essa a impressão q vc me passa, pq das raras vezes q eu li um post seu, a maior parte é sobre o Dean, ou elogios ao Jensen, mas é a sua opinião e, como eu disse, eu a respeito.
        Aliás, tbm acho o Jensen um ator excepcional, da mesma forma q acho o Jared, pra mim eles estão no mesmo nível, acho ambos talentosíssimos desde o início da série. Nossa, essa discussão sobre os atores já tá tão velha, não adianta, cada um sempre vai defender o seu preferido, e isso acaba se tornando uma discussão sem fim.
        Amo Sam e Dean da mesma forma, por isso acho o Sam muito injustiçado, e por ele ser tão complexo, faz com q eu o ame ainda mais e o Dean não têm como não amá-lo.
        Em relação ao Castiel, realmente não sei qual a sua opinião sobre ele, espero q nisso possamos concordar. Abraços pra vc tbm.

        1. Certo, td bem.. Mas só uma pergunta: é errado eu preferir Dean ao Sam e ver o episódio sob a perspectiva do Dean?

          Eu adoro conversar com pessoas que fazem o mesmo que eu faço, mas sob a perspectiva do Sam, só que a grande maioria das pessoas não são capazes disso. Elas apenas atacam o Dean ou o fato de eu gostar dele. Isso sim me deixa puta e com cada dia menos respeito por quem tenta ‘defender o Sam pq ele é injustiçado”. Por favor, não leve nada pro lado pessoal, pq eu não estou falando que vc faz isso, mas muiiiita gente faz e isso realmente é o que cansa, como vc mesma disse.

          E sim essa bobagem sobre atores não leva a lugar nenhum, desculpe se te ofendi de alguma maneira… Mas eu gosto de falar sobre a atuação, sobre o que vem sendo feito por trás das câmeras e é legal ver qdo alguém passa de deslumbrado para focado.. (De novo não é nada direcionado pra ninguém)…

          Qto a Castiel, só digo uma coisa: meu coração sangra ao ver o nome do Misha Collins logo após dos J2 em ‘starring’… Supernatural foi por 7 anos apenas Jared e Jensen e deveria permanecer assim… Não que eu odeie Misha, não é esse o ponto.

          Abraços….

  13. fa

    Adorei sua analise.Mas eu acho esse amor do Dean pelo o Sam ,muito doentio.

    1. Obrigada! Mas eu acho então que somos todos meio doentes né não? hahaha

      Abraços

  14. Morganalu

    Como fã do Castiel, agradeço a vc Polly por nos parabelisar…Isso mostra sua imparcialidade neste “mundo doe fãs”e como fã de Castiel assumida off corse que adorei o episódio e concordo em muito com sua análise, principalmente com a cena da Igreja e em relação do Morte….
    parabéns…

    1. Obrigada a vc por ler e comentar…

      Abraços e continue conosco!

      Até a próxima!

  15. Camila Rossi

    Oi Polly, parabéns pela analise! Muito bem feita e concordo com vc na questão de como os atores evoluíram…
    Ontem, quando eu acabei de ver o episódio me bateu o pensamento de que um dia a série vai acabar.Isso é um fato obvio. E me preocupa como esses personagens vão acabar. Digo no estado mental mesmo… Acho que estão complicando demais a cabeça deles e já não vejo um final feliz para Dean e Sam. Vejo um final tragico mesmo, com mentes totalmente perturbadas. E isso me preocupa, pq a angustia dos personagens é constante nas ultimas temporadas. Claro que tem o fato do mundo estar um caos e essa angustia ser uma consequencia disso, mas sinto que uma das coisas que me fez gostar tanto de SPN, morreu… Aquela coisa deles combaterem “o mal”, mas mesmo assim a gnt via uma esperança nos personagens… Hoje em dia vemos só a preocupação de um com o outro (claro que isso é bonito), mas já não to vendo um proposito certo na série há muito tempo. Eu não espero que no final eles acabem com todo o mal do mundo e cada um se case e morem em uma linda casa com suas familias, mas eu espero sim um final digno para eles apesar de toda merda que enfrentaram. Enfim, nao sei se consegui expressar minha opiniao. Mas novamente parabens pela analise e agora é aguardar a continuação da temporada!

    1. Obrigada por ler e comentar.. E sim, eu entendo o que vc está falando, mas sinceramente, eu nunca achei que a série terminaria com um final feliz. Sempre achei (e acho) que eles vão acabar mortos.

      Nos resta esperar pra ver.. Abraços e continue por aqui, dando sua opinião. Adoro saber sobre elas!

      Até a próxima!

  16. Zac

    Hahahahahahahhahahahahhah.

    Interessante!!!

    Todos amam SPN, e, ao mesmo tempo, todos se incomodam como a história é contada:

    A deanliquete se incomoda porque o Dean não tem um arco mitológico pra chamar de seu, embora ele tenha todos os pontos de vista, emoções e ações declarados, exaltados, pintados, pichados e colocados em letras garrafais.

    A Samiliquete tem todos os arcos mitológicos, no entanto, tem que adivinhar o que o personagem sente, pensa e quer, o que, muitas vezes, é sempre retrato, inicialmente, como errado, para, no fim, ter a grande redenção (!) de que o personagem também é um herói.

    O exemplo mais clássico da divisão é exatamente o amor. O do Dean pelo Sam é sempre exageradamente exagerado (nunca vou te abandonar, não vivo sem você).

    O do Sam, já sabem, vão ter que adivinhar (hahahahahhaha) Vai do ele me trocou pela diaba traíra até não me olhou (hahhahahaha)

    Castiel – muitos não gostam. Outros, gostam tanto que ele virou personagem fixo.

    E, ao que parece, todos têm razão (hahahaahhaahh)

    Minha humilde, singela, mas sempre certeira opinião:

    Sou antigo, matusalem. Gosto de Sam e Dean como foram criados, com suas características, qualidades e defeitos retratados na primeira temporada. Nunca duvidei do amor recíproco, de que os dois são heróis, de que os dois erram, acertam, pq são heróis humanos, embora o Sam seja meio doidinho (hahahahahahhahahaah)

    Para mim, SPN é Sam e Dean. Não existe terceiro irmão, terceiro personagem.

    Essa é a primeira razão pra não gostar de Castiel, como também não gostava do Adam

    Além disso, nunca gostei da temática anjo. Sou católico, apostólico, romano. Com a visão católica, anjos são do bem, demônios são do mal. Na série, anjos traem, mentem, matam. Em nada diferem dos demônios. Por que iria gostar deles?

    Terceiro, episódio bom de SPN tem sal, água benta, exorcismo, olhos pretos.

    E, finalmente, Castiel nunca me enganou. Nunca gostei dele. Como ser dito superior poderia ter compreendido o drama do Sam (e não o fez). Ajudou Sam a quebrar o último selo, demonstrou perder a fé em Deus quando mais o Dean precisava acreditar. Vivia fazendo cobranças ao Dean, como se o Dean lhe devesse favor por tê-lo tirado do inferno. Vivia dando esporro no Dean (e esporro no Dean só quem pode dar sou eu, hahahahahahahah)

    Meus queridos, o episódio ainda não assisti, mas sei que vou gostar, porque já estamos na 9 temporada, o que significa que o fim pode estar próximo. E eu quero mais é me diverti pq o campeão voltou(hahahahahahahahahah).

    Aproveitar cada minuto, mesmo com Castiel e cia (hahahahahahhah), mesmo com/sem arco mitológico, mesmo brincando de adivinhação

    Simples assim

    Abração

    Zac, o lindo

  17. morganalu

    Zac meu mano, anjos são do bem? rsss…mas Lucifer é um anjo!!!No mais gostei da tua explanação…e não to entrando na temática religiosa só me causou espanto esta tua afirmação.
    Abração meu véio…

  18. Juliane

    Gostei da sua analise.Eu sou Fã declarada do Castiel adoro seu personagem e acho que falar de SPN sem falar de Castiel hoje é impossivel gostando ou não ele foi e é muito importante tanto que se tornou personagem fixo(uhuuuuu)claro não tão importante quanto Sam e Dean pois eles são os donos do show tudo o que eles passaram ate hoje só faz com nós os ame mais ainda.

    1. Obrigada por ler e comentar…

      Castiel teve seus altos e baixos, foi uma grande contribuição para a série, mas não acho que ele mereça ser colocado no posto de protagonista.

      Mas reconheço sua importância no fandom e quem sou eu pra ditar regras, né? hahaha

      Abraços…

  19. Zac

    hahahahahhahahahahahah

    É tudo doido mesmo.

    Morganalu, fia, o que eu quero dizer é que a relação Sam e Dean é fechada, co-dependente. Não existe espaço para uma terceira pessoa. Amélias, Lisas, Castieis não têm espaço nessa relação (hahahahahhahaha)

    Mas se a participação do Castiel agrega fãs e se há uma história complementar, então que ele fique.

    Eu gostei muito do episódio. Com a história de Sam e Dean viva e vibrante, como antigamente.

    Castiel? não prestei atenção (hahahahahahah). Mas você e muiiiiiiiitos outros gostaram, então tá tudo certo (hahahahahahahhahah)

    Zac, o anjinho

Leave a Comment