[Análise Hunter] I’m No Angel por Rafa Sanchez

Fala, rapaziada! Análise hunter essa semana é por minha conta! E que episódio ótimo!!!!

Supernatural essa semana esqueceu os demônios da semana passada e voltou a abordar os anjos. Mais precisamente a saga de Cas para fugir dos anjos que o estão caçando e dos Winchester para encontrá-lo.

Aliás, os Winchester foram atrás do Cas porque o Zeke contou ao Dean o plano da facção do Bartolomeu (também conhecido como Bart Simpson) em pegar o Cas. Podemos cravar que Bart ainda vai ser um pé no saco de Cas e dos Winchester né!

Mas o episódio foi centrado na vida do Cas como humano. E na minha opinião os roteiristas foram bem demais ao mostrar ele se virando! Não se acostumando a urinar, escovando os dentes todo sem jeito, descobrindo que pra dormir precisava contar carneirinhos, enfim… Sem falar no nome que ele adotou: Clarence! Saudades, Meg!! E ah, Meg, já que você morreu, o Cas achou alguém pra molhar o biscoito, afogar o ganso… Tá certo que ela queria matar ele, mas pelo menos ele provou da coisa pela primeira vez! hahahah

Continuando com o Cas: gostei demais da cena dele na Igreja… contrastando uma devota, que acredita nos anjos e em Deus, com ele, que sabe a real situação do céu!

Na hora que Zeke salva Cas eu me coloquei no lugar do Dean e ri muito! Mentindo pra um, mentindo pra outro. “Eu menti. Eu faço isso!” hahah Dean sempre Dean!

E aí então o final de partir o coração! Cas todo feliz com o bunker e BOOM! A bomba na cabeça dele! Não pode ficar! Poxa Zeke!! Sacanagem hem!! Até dá pra entender os motivos que ele deu, mas pela primeira vez fiquei com um pé atrás com esse anjo aí!

Bom, comentem aí, pessoal!! Esse texto está também no Universeries.com.br!

 

PS: Jared tá MUITO bem nas transições Sam/ Zeke! De parabéns!!! Misha e Jensen também! Atuações pra lá de ótimas!

PS 2: Sam tá demorando demaaaais pra começar a desconfiar dos seus apagões e das mentiras do Dean hem!

PS 3: o post tá sem a imagem tradicional do nome do episódio por sacanagem do WordPress. Quando ele parar de frescura eu coloco! o/

Related posts

26 thoughts on “[Análise Hunter] I’m No Angel por Rafa Sanchez

  1. Ana Lu

    Rafa,

    Gostei bastante de sua análise.

    Em relação ao episódio, achei mais ou menos, sinceramente.

    Nunca pensei que fosse dizer isso, mas as cenas mais interessantes foram promovidas por Castiel e, sim,o diálogo na igreja entre ele e a fiel remeteu às questões teístas das primeiras temporadas, as quais sempre achei bem interessantes. Sem dúvida, o ponto alto do episódio.

    Você falou tudo, Rafa: em que pese o hábil trabalho de Padalecki em “ligar” e “desligar” Zeke, Sam está custando a entrar na série nesta 9ª temporada (já falei isso desde a análise da Su) e, não sei se é proposital ou não , mas tá começando a ficar irritante e não condizente com a personagem, questionadora e, sobretudo, muito inteligente. Resignação e Sam Winchester não combinam. Até onde me compete ver, Sam continua, de alguma forma , em coma.

    Só eu estou achando que tá começando a haver cenas de tortura em excesso na série? Não tem um episódio que não tenha alguma! Neste, foram três. A coisa já tá tão banal que não sinto coisa alguma ao ver alguém ser esmurrado, furado ou coisa que valha. Totalmente dispensável também a trama com o reaper… não curti enão levou a lugar algum. Achei mal explorada.

    Barth é uma personagem com potencial e me pareceu que Zeke deixou claro que seus interesses são egoístas.

    No mais , Castiel transou bem mais cedo do que eu esperava, o que cumpre a primeira parte da minha previsão. Falta a segunda, que é Sam se f*der, claro. Já tô quase trazendo pessoa amada em 3 dias. 🙂

    A cara do Dean ao ouvir da boca do Castiel que ele pegou a April: impagável.

    Abraços!

  2. Também gostei da forma que eles abordaram Cas humano. Sem noção como sempre, mas agr tendo a sensibilidade humana em todos os sentidos.
    Sim! Mts saudades dela…. 🙁
    Como já disse no outro comentário, é mt para meu coraçãozinho Megstiel. kkkkkkkkkkkkkkk’
    Mas sonhar não é pecado e é mt bom, por sinal. Então quero sonhar com a volta dela, e já que Dean já fez o favor de matar a vadia pra ela, então que ela volte esbofeteando a próxima que tentar roubar seu unicórnio. -.-
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkk’

    Eu rachei de rir com Dean arranjando mais uma desculpa. kkkkkkkkkkkkk’
    Bem Dean realmente, né não? kkkkkkkkkkkkk’
    Uma outra cena que ninguém comentou ainda, mas que foi a mais pura realidade foi “Eu vou ser chicoteado”, no início do episódio, após a primeira aparição de Zeke.
    kkkkkkkkkkkkk’ E vai msm! Te prepara, amor. X]

    Tmb fiquei super triste com a carinha do Cas… do Dean tmb. Ele ficou mal de ter que mandar o amigo ir embora. :/
    Mas é como eu disse, Dean não vai largar ele de mão assim. Não vai conseguir msm que quisesse.
    Ao menos é o que eu espero, né? :/

    Bem, o episódio foi ótimo, assim como toda essa temporada vem sendo! Estou amando cada um deles. *-*
    Agr vamos ver na merda que vai dar o próximo. Só quero ver a loucura. kkkkkkkkkkkkkkk’

    Sua análise foi ótima, Rafael. ^^
    Bjos!

    PS²: Tmb acho que ele tá demorando demais só que tipo… Zeke deve tá fazendo uma lavagem cerebral bonita lá dentro. kkkkk’

  3. Maira

    As novas expressões do Cas, ele dando risada, querendo beijar de verdade, as caras dele com simples “que carneiros?”, ou na igreja, ou o olhar dele para os novos desejos… Misha vc consegue ser diferente de todas as outras versões de Cas até agora. Muito bom!
    E Dean tentando lidar com o segredo foi ótimo. “por que vc pensou nisso?” “porque faz sentido.” hahaha as caras deles nos momentos cômicos e tristes dizem tudo!
    No caso do Sam concordo com a análise, e sei que ele vai sofrer muito no futuro quando descobrir.

    A única coisa que eu não gostei foi a utilização dos ceifadores. Na verdade esses “bicos” que eles andam fazendo desde a temporada passada foram muito mal explicados, e a própria mitologia deles sofreu mudanças que passaram em branco: Agora vc não precisa estar à beira da morte para ver um e eles possuem humanos. Coisa que nunca foi dita antes. Acho que a morte precisa colocar ondem nessa bagunça pós-apocalipse, e demitir alguns funcionários! Fora que se tornou “fácil” matar um ceifeiro.

    Há muito tempo a tortura deixou de ser drama em Supernatural, desde a quarta temporada, mas acho que se tornou o meio mais fácil para conseguir informações e os roteiristas apostam nele. A melhor hj em dia deve ser a do Crowley, que é ficar entregue ao tédio de um quarto escuro 😛

  4. Maira

    E mudando de assunto: Quando vcs vão postar algo sobre o PCA 2014 e as indicações dos meninos?

  5. Rafa, ótima análise sobre um episódio que foi centrado no Castiel. Qto a isso esteve impecável…

    Tenho cá minhas ressalvas qto a outras coisas, mas isso só o tempo dirá se eu estive certa ou não (espero que não hahaha)…

    Eu tb acho que Sam tá lerdo demais pra começar a questionar que algo anda errado com ele..

    E como eu disse Dean sempre irá escolher Sam, sem nenhuma sombra de dúvida, mas que é triste ele ter que fazer isso em cima de alguém que ele tb ama e admira e ainda por cima pq não tinha outra saída é de cortar o coração…

    Bjocas seu lindo! 🙂

  6. Rodrigo

    Boa análise, Rafael! Claro e objetivo.
    Bem, depois de uma bela noite de sono, revi o episódio, e agora reafirmo: não gostei de 90%. E devem vir outros no mesmo estilo…
    O Dean desse episódio definitivamente não era o mesmo dos anteriores, embora tenha recuperado a “sanidade” na cena final.
    Em suma, se tiram o foco dos irmãos, certeza que o episódio será tedioso pra mim. E já faz tempo que tem sido assim…
    Não virei “dependente” de Supernatural num todo, mas de Sam e Dean, o que talvez seja pior, pois só acompanho por causa deles, e o resto, em boa parte dos episódios, só pra cumprir tabela.
    Na boa, esse papinho “Dean só está cumprindo a promessa que fez a Sam na igreja” me enche o saco. Parece até que faz à força e não por amor ao irmão.
    Com Jared dizendo que, aos poucos, Ezequiel se tornará “mais humano” e com o Dean tendo dificuldades em distinguir um do outro, não nego minha torcida para que Ezequiel se mostre diferente e surpreenda negativamente.
    “A sua falta de fé não anula o que eu acredito!” entra para o rol de frases marcantes da série. As falas da “figurante” me tocaram o coração.
    PS: Já gostava do Jared como o Dean Forrester de Gilmore Girls, então isso tornou mais fácil gostar do Sam, é o meu preferido desde o primeiro episódio. Já passou por tantas coisas e Jared, pra mim, sempre soube manejá-lo muito bem.

    1. Mas com certeza absoluta é por amor ao irmão. A promessa(por sinal, promessa linda) feita é só uma forma dele reafirmar isso para o Sam, pq ele estava acreditando que Dean não confiava mais nele e procurava o relacionamento que existe entre os dois, em outras pessoas. E foi uma forma que Carver encontrou de dzr para alguns hunters “Hey, prestem atenção, Dean e Sam são o foco disso td. São eles que movem a série, não importa quem esteja no meio deles, sempre escolherão um ao outro”, o que mt fã já tinha esquecido com as temporadas passadas.
      Adoro Castiel, amo Bobby e Benny e todos os outros personagens da série, mas Dean e Sam sempre serão o coração e a alma da série. 🙂
      Dean faz tudo isso pelo irmão pq o ama, mas a união entre os dois nessa temporada, se deve, principalmente, àquela promessa.

      1. Rodrigo

        Sei que é sempre por amor, Andressa. Ezequiel deixou isso bem claro.
        Quanto aos personagens secundários, sei o quão importantes são para o desenvolvimento da série, só não curto tanta “lambeção”, quando se perde o foco demasiadamente.

    2. Ana Lu

      É isso aí, Rodrigo.Como sempre, assino embaixo.

      A coisa tá, realmente, começando a ficar pulverizada além da conta. Preparação pro spin-off? Quem sabe?

      Existe um hiato desde a cena Sam/Crowley na igreja, até então, no meu modo de ver, bastante mal desenvolvido. Todavia, ainda tenho esperança que as nuvens se dissiparão no setor e a ponte Crowley seja melhor explorada nos próximos episódios. Confesso, contudo,que ainda tô amargando aquele raso interrogatório do Crowley no bunker .

      Concordo também contigo que a relação entre os irmãos tá soando um tanto superficial e forçada, principalmente após momentos tão catárticos vividos entre os dois. Ainda que o objetivo seja a louvável união entre os meninos, eles não têm mais 20 anos e, volte e meia, os roteiristas parecem se esquecer disso. Tá faltando um pouco mais da maturidade apresentada no episódio piloto e também profundidade nos diálogos entre os dois.

      Se, a primeira coisa que interessa, a um normalmente arguto Sam saber do rei do Inferno, são nomes de demônios que habitam a Terra, sim,Rodrigo,também me tira um pouco o tesão de ver a série, ainda mais com tantas outras séries legais pipocando na fila pra assistir.

      Sinceramente, também tô começando a ficar um pouquinho receosa, mas tomara que eu esteja muito, muito errada e queime a língua. Espero, como disse a Soni, estar me precipitando e aguardo uma grande reviravolta nisso tudo, pois sou otimista. 🙂

      No meu modo de ver, SPN tem sempre seu melhor quando há demônios envolvidos, e não anjos, pois são nossos demônios que despertam o que existe na gente o que há de melhor e de pior .

      Volta, Abbadon. Reage, Crowley. Desperta, Sam. Missing Edlund already. 🙁

      Bjs, Rodrigo!

      1. Maira

        Só digo que discordo completamente de sua opinião! E que bom que os fãs não são sempre iguais…

      2. Rodrigo

        Oi, Ana Lu! Não é que eu esteja achando a relação dos irmãos forçada e superficial (foi isso que deu a entender?), mas especificamente nesse episódio, como você disse, após aquela enxurrada de emoções, o Dean me pareceu meio distante do Sam, tipo de repente resolveu relaxar. Achei estranho. Talvez porque o episódio tenha focado em Castiel. Ah, sei lá… kkkk
        Por isso prefiro não ficar tão grilado com o enredo, já me basta o interesse que me desperta essa relação incrível e singular que eles têm, continuo assistindo unicamente por causa disso. Sem um deles é “tchau Supernatural!”, simples assim.
        Quando sinto saudade das histórias simples, porém super interessantes, dos monstros, das caçadas, no sentido real da palavra, recorro ao meu arquivo e revejo aqueles episódios cheios de emoção e suspense dos primeiros anos.
        PS: Crowley é realmente um personagem que instiga e, a princípio, tem sido mal explorado. Mas acredito que todas essas questões ainda em aberto serão retomadas mais para frente, pelo menos é o que se espera.
        Bj.

  7. Anonimo

    Gostei muito desse episodio, como uma cas!girl um episodio quase todo sobre ele foi demais pra mim!! Também, ninguém está comentando muito sobre isso mas o enredo da temporada foi finalmente apresentado, provavelmente será sobre o Barth tentando matar os Winchesters e o Cas. Sobre o Cas nesse episódio, primeiro que ele estava lindo de morrer, segundo que tudo que ele disse~filosofou~ foi lindo, o jeito que ele vê a humanidade e como ele está lidando bem com isso, achei ele muito inteligente até agora, da tatuagem ao cinto de segurança no primeiro episodio mostra que ele sabe dos riscos que ele está correndo como humano, assim, mortal, como ele disse nesse episodio, que um dia ele vai morrer. Sobre o Sam, o Dean está fazendo exatamente a mesma coisa que ele fez quando o Sam estava com a “parede”, como se nada estivesse acontecendo, e eu prevejo merda muito grande quando ele descubrir a verdade. Além de tudo isso, estou extremamente desconfiada com Ezekiel, se ele era amigo do Cas, como dizia, e o próprio Cas concordou, por que ele não quis aparecer pra ele? E que perigos teria o Zeke no bunker, se Cas estivesse lá? Afinal, ele está com a tatuagem, e é o bunker, super seguro e ninguém sabe que existe! Então sim, não confio mais no nosso novo anjo, mas nos resta esperar! Pessoalmente eu acho que tudo está se encaminhando para aquele episodio que passou em 2014, o Cas humano, o Sam possuido por um anjo… é isso, como eu disse só nos resta esperar! Ps: Esse episódio foi demais pro meu coração Destiel!!

  8. Iai véio ! Fiquei sem entende se gostou ou não ? Foi tão curtinha sua analise , não empolgou muito ?
    TrÊs episodio da nova temporada , e todo mundo já quer que desembuche a historia . Calma !

    Eles tinham que que si livrar educadamente de Clarence , pois agora temos outro anjo na área … Jared roubou a função dele no seriado.kkkkk

    E provavelmente tbm vai roubar a função do Crowley, claro se Zeke for o novo vilão.

    Eu na minha santa inocência, espero que não kkkk Espero que ele esteja querendo reaver o céu para os anjos fdp numa boa. Talvez a convivência com os Winchester mude de alguma forma sua visão de vida.

    E eu to passando a crer que Castiel é o único anjo bom lá do céu …

    Não é de admirar que Deus D.Spn sumiu KKKK ELE ESTA PASSANDO FERIAS em Fernando de noronha! E mandou dizer que não recebe ninguém!kkkkk

    É claro que não foi uns dos episodios mas brilhantes . MAS RUIM ESTA LONGE DE SER ! Provavelmente não sera o meu favorito , so vou ver umas dez vezes e tá bom demais. kkkk

    E voltando a historia , a situação de Sam é muito desconfortável. Ele esta sendo manipulado.

    Zeke faz o que quiser da mente dele , até manda ele fazer uns agrados pro Dean, comprando um café. Sam é muito desligada pra estas coisas. E Zeke na certa anda desfrutando de tudo que ele pode oferecer .

    Talvez ele vire mãe galinha do Dean tbm.

    E eu estou gostando muito das explicações furada de Dean.Ele é muito hilario !

    E parabéns para Vick que conseguiu, uma resposta do Padalecki no twitter , esta garota tem uma sorte.Esta toda intima do homem!

    Bjsss Rafa!

  9. Seu Zac

    Bem, depois do terrível início da temporada passada, que, na minha opinião, de tão ruim prejudicou todo o resto, mesmo a parte final tendo bons episódios, o início desta nova temporada está sendo promissor, mesmo permanecendo aquele personagem que-não-se-deve-nomear (hahahahahahahah)

    E as cenas Dean, Sam/Zeke estão tão engraçadas que o Sam pode demorar bastannnnnnnnte para descobrir o segredo (hahahahahahahhahahaha)

  10. Erick

    O pessoal tem uma birrinha com O CASS e nao só os brasileiros,americanos também…
    Digo que este episodio foi o melhor da temporada até aqui.
    Sabia que eles iriam sacar que o ceifador estava atrás deles,voltaram a ser espertos nessa temporada e o Bart promete ser um grande vilão nessa temporada.Essa temporada tá 100% melhor que a anterior!

    1. Juliane

      Também não entendo isso o Misha é um ator muito talentoso e o personagem dele é importante não é a toa que ele é um dos únicos personagens secundários que ainda esta na serie não acho ele mais importante que os irmãos mas tem pessoas que não sabe nem reconhecer que a historia dele esta bem interessante eu adoro o modo como ele é inocente calmo e sempre respeita as pessoas.
      É tanto mimimi que da ate raiva e querendo ou não esse episodio foi melhor de todos ate agora.

      1. Como já disse e repito, com certeza Cas é importante e adoro ele. Meu ponto de vista tmb é esse, sou Dean!Girl e não escondo de ninguém, mas tmb gosto do Cas e não é à toa que Misha conseguiu chegar até aki. Sempre gostei mt da temática anjos na série.
        Agr quanto a esse ter sido melhor, não concordo mt não. Foi um episódio interessante, com certeza e eu gostei mt, mas o 9X02 foi sensacional… ainda tô meio que surtando com os flertes Abbadean. kkkkkkkkkkkkkkkkk’

    2. Na verdade, essa birra só é maior aki no Brasil…
      Tanto que nas convenções que vc vai, você um bando de gente gritando e amando Misha. kkkkkkkk’
      Mas aki tmb é bem equilibrado. A maioria dos que não gostam do Castiel ou têm alguma birrinha com ele é pq são Sam!Girls ou gostam muito do personagem Sam. Ciúmes… sabe com’é, né? kkkkkkkkk’
      E isso é fato.
      Mas eu disse a MAIORIA e n td mundo. Aliás, toda regra tem sua exceção, não é msm? 🙂

      1. Maira

        Nossa Andressa, isso foi algo que eu percebi: geralmente quem tem birra com o Cass são os que mais gostam do Sam. Eu não entendo isso, eu gosto do Sam e do Dean porque eles são a alma de Supernatural, sem eles não há série, mesmo que meu favoritismo tenda pra um para outro isso não muda o fato que reconheço o trabalho de Jensen e Jared como essenciais para a minha série preferida. E não é por preferir um ou outro, ou torcer para os irmãos ficarem sempre juntos, que eu vou desprezar o trabalho de atores como o Misha que tem um ótimo personagem secundário para agregar ainda mais a história, para dar suporte quando necessário para os irmãos, e para que o trabalho dentro da série seja bem dividido e não pesa para ninguém. Eles não tem essa birrinha lá, então por que temos que alimentar esses ‘mimimis’? Se fosse pela sexta ou sétima temporada em que Castiel era mal utilizado, não tinha história, e tapava buracos tudo bem pensar em finalizar o personagem, mas para a história que está se desenvolvendo agora Cass é parte também, e é uma parte nova e interessante. Só que eu sei que escrever isso aqui não vai mudar nada entre esses fãs,nem espero que mude um dia, mas fica aí como um outro ponto de vista.

        1. Mas é a verdade, Maira. kkkk’
          Eles têm ciúmes do Castiel com o Deab e acham que Castiel “rouba a cena” de Sam… o que eu particularmente acho paranoia… mas bem, é como vc disse, nossas opiniões não mudarão o que eles pensam e tmb n espero que mude, mas realmente acho mt triste essa desunião td aki no Brasil…
          Se vc parar pra analisar, os fãs norte-americanos têm opiniões variadas, mas tentam aceitar uns aos outros e não querem a morte de Castiel. kkkkkkkkkkkkkkk’
          Sabem reconhecer o quanto Misha é bom no que faz e soube conquistar 90%(no mínimo) do fandom. ^^

  11. […] Bom, comentem aí, pessoal!! Esse texto está também no Supernatural Is Life! […]

  12. Lule

    Gostei muito do episódio.
    Continuo me deliciando com a atuação do Jared.
    Por enquanto “ainda” acredito no Zeke. A imposição que ele fez ao Dean, até dou razão a ele pois imagino que anjos perceberiam algo em Sam e colocaria a recuperação deles em risco. Então enquanto o anjo depenado e o Winchester adoentado se recuperam o Castiel pode passar um tempo na cabana do Rufus, ou no barco do Ghart, lá tá cheio de proteção contra anjos e demônios.
    Beijos

  13. Rafa também gostei demais deste episódio!! Adorei as cenas de Cas descobrindo como é ser humano, a cena da Igreja foi uma das mais lindas da série!
    Zeke me deixou com a pulga atrás da orelha…algo ele está escondendo de Dean…ai ai ai…
    Ótima análise!

  14. Pessoal, desculpa a demora em responder aos comentários (maldita real life) e desculpa mais ainda por eu não responder um por um! Mas eu li todos e muito obrigadão por comentarem (concordando, discordando, enfim…)

    Bjos e abraços!!

Leave a Comment