Analise hunter do episódio 9.22 – Stairway to heaven por Clarice

Em primeiro lugar vou deixar algumas coisas bem claras…

Eu sou o tipo de pessoa que gosta (não só relacionado à SPN, mas na vida em geral) de ver as coisas tipo  – copo meio cheio e não meio vazio…. Talvez seja por isso que eu não entendo muitas vezes por que as pessoas ficam tão putas da vida com alguns episódios…

 

Caso é o que vou analisar….

 

Aí você me pergunta, “Você gostou de 100% do episódio. Clarice??”

Resposta – De cara sim, mas revendo depois – não, eu gostei de 45% dele – na parte em que Dean e Sam apareciam…

 

Vou falar de tudo, mas tenham em mente a minha filosofia – copo meio cheio e não meio vazio…

 

Vou começar por aquilo que não gostei.. os anjos.. como diria o Dean eles são uns “douches e dicks” – e nem caindo em desgraça deixaram a pose de “eu sou um anjo do Senhor e posso fazer o que eu quiser…” Uns babacas,  e honestamente essa guerra deles esta me cansando, e um dos principais motivos do meu nervoso é que enquanto estão mostrando a “guerra angelical” eu não tenho minha dose semanal de Sam e Dean… Isso me irrita profundamente…. Principalmente quando uma “anja” metida a besta resolve dizer para o Dean que ele é um macaco com rios de sangue nas mãos – faze-me rir – só ele né lindinha??? Vocês assim proclamados anjos do Senhor estão com as mãos mais limpas do mundo né???? Nela,  eu queria que a arma de Caim tivesse sido enfiada, não na Tessa…

 

Agora falando da Tessa, eu não acho que a morte dela foi em vão… Como ela mesma disse, ela entrou nessa missão meio que do tipo kamikaze… Sabendo que ia morrer.. Ela mesma disse isso, e se posso criticar o Dean em algo é o fato dele estar usando a arma de Caim a torto e a direito… Mas quem se jogou na espada foi ela, ela quis morrer porque não aguentava mais ouvir as almas que não conseguiam ir para o Céu. Fiquei triste por isso. Ela mesma disse que tinha um trabalho importante a fazer e não estava conseguindo.. O que me deixou puta da vida foi ela entrou nessa achando que estava ajudando, mas na realidade foi enganada por Metatron….

 

Quanto a Metatron.. Esse personagem me deixa com emoções meio distintas, tem horas que o acho engraçado, mas ao mesmo tempo perigoso, entretanto tem horas que simplesmente o acho patético.. Sei lá, prefiro falar mais sobre ele depois do final da temporada….

 

Infelizmente, eu não sei por que resolveram concentrar demais tempo neste episódio com a guerra angelical. Para mim ele poderia ter sido bem mais bem aproveitado com o Sam e o Dean e a falta de comunicação existente entre eles…

 

Agora o que eu gostei – e vocês já devem saber o que é – Sam e Dean ou Dean e Sam. Ô dupla de cabeça duras!! É duro saber quem é mais, e olha que a competição é acirrada… Em todo caso, sou obrigada a concordar que o foco deste episódio não foram eles, e nesse ponto quem escreveu – errou feio – e acho que foi um tiro no pé do Carver, por permitir um episódio não focado nos irmãos tão próximo assim do final da temporada. Mas não há nada que possamos fazer, então bola para frente meu povo…

 

E a única coisa que gostei do episódio, por menos Sam e Dean que estivessem em cena , uma coisa que ficou bem clara , foi o deterioramento do relacionamento deles e o quanto eles não estão em sintonia.. Isso é triste para caramba, mas acho que o Sam tem que aprender que o irmão não é robô, uma pessoa sem sentimentos; alguém que você pode dizer o que quiser e depois não quer arcar com as consequências.. Porque cá entre nós: o Sam agora está ouvindo de tudo, principalmente o que não quer, e depois de ter deixado bem claro para o irmão que eles não estão nessa parceria como irmãos – mas apenas para resolver casos, o Dean disse bem claramente que a parceria ACABOU e virou uma DITADURA!!!!!! Toma essa Sam…

 

Gente eu entendo que o Sam estava muito puto da vida quando disse aquele monte de “verdades” (entre aspas porque algumas coisas lá ditas não são necessariamente verdades para mim!!) mas ele ainda está tendo atitudes de um menino birrento, não gosto quando fazem o Sam ficar assim… Me deixa com raiva dele e por mais que ame as caras e bocas e as famosas bitchfaces do Sam, agora não é hora para isso. E novamente acho errado que eles (showrunner, escritores, etc) fazerem isso justo agora, quando todos nós estamos esperando algo mais…

 

Mas para mim o ponto alto do episódio foi o Dean… Ele está mais dark do que nunca e isso me assusta muito, mas ao mesmo tempo quero ver esse lado dele.. (nós já vimos por duas vezes com o Sam, então nada mais justo né??). E me pergunto quando é que ele vai cumprir a promessa que fez a Caim quando recebeu a marca – acredito que todos vocês lembram: Caim disse para o Dean achar a espada, matar Abaddon, e que depois  ele iria chamá-lo e quando o fizesse, Dean teria que ir até onde Caim estivesse e matá-lo (com outras palavras, mas foi isso que entendi).

 

Será que só assim o Dean consegue se livrar da “maldição” da marca de  Caim? E por quanto tempo ele ainda ficará com a marca até ser chamado por ele, ou será que a marca será tão insuportável que o Dean irá procurá-lo assim mesmo?  Ou só será quando não conseguir mais se segurar e talvez tentar matar Sam ou mesmo Cass…

 

Honestamente, depois desse episódio, estou tão no escuro como qualquer outro fã (que ainda não desistiu de SPN).  Honestamente não me lembro da última vez que fiquei assim tão assustada com o que pode acontecer…

 

Quanto às atuações: impecáveis.. De todos os envolvidos, apesar  que tenho que ressaltar as dos J2 – ambos conseguiram transmitir tudo ou talvez muito mais do que “talvez” estivesse no script, com simples olhares, gestos etc… Uau, como os nossos meninos cresceram!

 

Tenho algumas teorias, que falarei na próxima análise (todos nós da equipe do site fazemos análises individuais no final da temporada),   então, vocês terão que esperar um pouco. Bom é isso minha gente, eu sei que muitos de vocês não vão gostar dessa análise, mas foi isso que eu – Clarice – vi no episódio…

 

Fui.

 

 

Related posts

39 thoughts on “Analise hunter do episódio 9.22 – Stairway to heaven por Clarice

  1. Euri

    Clarice, concordo com uma coisa com você: o Carver foi um idiota em não focar na relação dos meninos nesse episódio. Nós tivemos muito pouco disso na segunda parte da temporada, e o último episódio não vai ser suficiente para satisfazer os fãs.
    Eu até que gosto do plot dos anjos, mas fiquei com a sensação de que os roteiristas não seguiram até o final com a guerra. Desistiram no meio e os anjos acabaram como os idiotas da história.
    Quanto ao Metatron, também tenho sentimentos divergentes, mas o principal é nojo mesmo. Ele é uma coisinha medíocre que quer andar com os garotos populares, quer ser amado. É patético e nojento.E assustador porque ele tem os melhores brinquedos e os maiores poderes, e vai ser capaz de tudo para conseguir o objetivo patético dele: ser DEUS.
    Mas eu realmente não concordo quando você diz que o Sam ainda tá fazendo birra (mesmo respeitando a sua opinião). Em primeiro lugar, a relação dos dois nunca foi exatamente uma DEMOCRACIA. De uma forma ou de outra sempre foi o Dean que conduziu as decisões. Ele até tenta ouvir a opinião do Sam, mas a decisão final sempre é do Dean. O papel do Sam sempre foi fazer o Dean ver as melhores opções. Mesmo na quinta temporada, quando o Sam decidiu dizer sim para o Lucifer, isso só foi feito porque o Dean decidiu que era a única opção.
    Quanto a birra, não acho que o Sam esteja sendo birrento. A minha opinião é de que ele está se segurando ao máximo para não pressionar o Dean. Ele está fazendo o que sempre faz: esperando, até o limite do possível, para que o irmão tome a decisão certa no final.
    Agora, eu acho que o Sam quer que o Dean consiga reconhecer que ele não pode tomar certas decisões que envolvem o Sam, e ainda achar que é certo, quando não é. Porque até agora o Dean não demonstrou arrependimento e ainda disse que faria tudo de novo.
    Talvez, nesse fim de temporada e se for o Sam que vá salvar o Dean da marca, as pessoas consigam entender a diferença na abordagem dos irmãos quando se trata de salva um ao outro.
    De qualquer forma, vou ficar feliz do mesmo jeito se o Sammy resolver salvar o Dean do mesmo jeito que o Dean salvou o Sammy no início da temporada. Só quero que eles terminem de bem de novo porque essa situação é muito deprimente pra todo mundo.

  2. Putz, Clarice! Parece que nós vemos a coisa sob o mesmo ponto de vista.
    Fiquei muito feliz em ser você a analisar esse episódio, e espero que seja você a analisar o próximo, porquê, pelas notícias que li sobre ele, nós vamos chorar muito, nos 30 segundos finais! Estou em cólicas e apostando que Dean será o novo King of Hell! Jensen disse, na CW Upfront 2014, realizada ontem (15 de maio), que o ombro dele fica todo molhado com as lágrimas de Sam (se eu entendi direito).
    Também estou farta desses anjinhos, que se acham os donos da verdade, e agora, enquanto Dean se ferra sozinho, Sam e Cas passeiam por aí. Misha assinou contrato com a CW, para a décima temporada.
    Analisando o trailler e o Sneak Peek do 23, tenho motivos para acreditar que esse episódio também não será focado exclusivamente na dupla Sam e Dean, haja vista que, novamente, vemos Dean sozin, ho enquanto Cas e Sam aparecem juntos.
    Sobre a “ditadura” de Dean, demorou!
    A marca de Cain, provavelmente, será tema da décima temporada, ou, ainda, os instantes finais dessa.
    Gostei muito desse episódio, principalmente do final eletrizante. Espero, sinceramente, não passar mais raiva com o Sam, que os roteiristas o façam pagar a língua, e que NÃO ARRUÍNEM a imagem de Dean nesse final de temporada. Ele não merece.

  3. ana paula

    Olha gente eu gostei do ep. não concordo com várias opiniões aqui,mas também concordo sobre os irmãos:precisa mais foco na relação dos dois porque a coisa tá ficando cada vez mais dolorosa pra eles…
    O que eu estranho mesmo é ver uma “análise” quase sempre sob o título da “individualidade” se tornando mais uma “análise coletiva” uma bandeira contida num subtexto(algo estranhamente negado por várias pessoas que vejo dando suas opiniões aqui).Sabe o que eu acho? É como se o fandom fosse um fantasma que assusta a todos,todo mundo vê sabe que existe,mas não podemos falar sobre “certos assuntos”…Olha isso não vou entender jamais….
    Fico irada quando vejo muita gente se dizer fã e soltar as pérolas:
    Já devería ter acabado…
    Aqueles que já abandonaram o navio…
    Já deu o que tinha que dar…
    Tá tudo embutido ali…nas entrelinhas queiram ou não…

  4. cris

    rsrsrs. boa analise. mas vem cá: a verdade é que os dois sempre trabalharam num regime de “deantadura” mesmo, por que iriam mudar agora, né?
    O dean ta mesmo de meter medo, e eu to vendo o sam meio preocupado de uns episodios pra cá. Só espero que essa treta acabe logo, pois é triste ve- los distantes. Ambos sofrem, embora não admitam

  5. Como estamos assistindo o seriado a nove anos acho que temos o direito de dizer quando esta bom e quando esta ruim.

    AWESOME Clarice ! Batendo palmas aqui ,concordo com tudo.

    OBRIGADA Por dizer!

    Clarice sinceramente não da pra tampar o sol com a peneira. Eu imploro que se alguém entendeu esta temporada, venha me explicar. “Desandou tudo” kkkkkk

    E tudo começou já logo no primeiro episodio. Eles conseguiram acabar com a coisa que unia os fãs com Dean e Sam, o amor entre eles.

    Supernatural não é apenas as historias fantasmagórica .
    A PRINCIPAL ESSÊNCIA É A RELAÇÃO dos irmãos . E neste momento esta relação entre eles doe, doe, doe. E fica totalmente sem sentido.

    Os roteirista foderam com esta temporada… E olha tinha tudo pra ser legal. O final da oitava acabou lindo. Toda aquela emoção ,foi maravilhoso.

    E ai vem esta temporada estraga toda carga emocional daquelas frases lindas.

    E não houve qualquer justificativa ,ele nunca poderia dizer aquela palavras. Dean não merecia.

    Eu não engulo.

    Tem mil e uma coisas que gostaria de dizer , porém estou sem entusiasmo. Eu procurava saber tudo sobre o seriado,agora muito menos.

    Mas sem duvida ainda continuo amando eles,sempre!

    Jared e Jensen merecem o meu melhor. No fracasso ou no acerto. Pois me recuso a dizer que perdi meus nove anos com eles. Eu ame ,chorei, vibrei. briguei. O pessoal me detonou, fui mal compreendida. Fiquei boiando a maior parte do tempo , pois nunca fui uma fã fanática. Me divertir muito . E tenho fé que ainda vou divertir muito mas.

    Eu adoro este lugar , aqui conheci pessoas maravilhosas como a Clarice Vicky Polly Su Helem Gustavo Rafa Guilherme etc Desculpe quem eu esqueci!.

    Então eu peço não desistam , os caras de Spn devem estar tristes como nos. Não é hora de deixar o time quando esta perdendo kkkkk Eles irão se erguer novamente. E todos nos vamos sorrir outra vez. Beijos querida eu adoro vc

    1. Lule

      É Sony vc me lembrou de algo que eu senti na hora que o Samy disse aquela frase infeliz dessa temporada: Meu Deus que saudade da Amélia!!!!KKKKKK
      O roteirista só pode está possuído(pelo monos foi o que eu pensei na hora). Quebrei a cara de novo pois tinha me comprometido a nunca mais pensar na choramélelia mas foi inevitável. kkkk
      Sempre manter boas perspectivas.
      Sabe porque o copo deve estar meio cheio e não cheio? Pra acrescentar coisas ainda melhor.

    2. Handerson

      cara serio mesmo? a relação dos irmão?

      eles são casadores cara não precisam passar a serie inteira fazendo baitolagem dizendo que um ama o outro… jas bastou aquele teatro que o dean fez no final da 8ª temporada porque não queria ver o irmão morto, os portões do inferno já deveriam esta fechados desde o final da 8ª, a no começo da 9ª o dean faz outra loucura pelo irmão que resulto na morte do kevin… dean fez duas lezeiras por amor ao irmão em dois eps final 8ª começo da 9ª, ai vem neguinho reclamar que a serie não foca na relação dos irmão, já focou ate de mais, eu quero que supernatural continue do jeito que esta nesse final de temporada, resolvendo oque tem pra resolver, é pra matar então vamos matar… e para de ficar com mimimi… querem assisti uma serie ou uma novela?

      1. Eu gosto de romantismo, kkkkk Relação ?sim ! (de irmãos)Que tem demais?

        DO QUE VOCÊ ESTAVA PENSANDO? Não era de gay pô…
        NOSSA ! Voce acha que era ? kkkkk Que serie você anda assistindo kkkkk Tá certo que são dois caras gostosos , mas na serie são dois irmãos!kkkkkk

        (Eu não gosto de novelas (lOL)

        E outra coisa, esta coisa de matar e perguntar depois, não rola pra mim. A essências dos Winchester (era) salvar pessoas em primeiro lugar. Negocio da familia kkkk Eu adorava isto, e matar friamente sem se indignar , passa não ter diferença entre o bem e o mal. Eu torço para os mocinhos viu !kkkk

        Eu também queria que as portas tanto do céu como do inferno fechasse. mas não deu certo cara. Contudo eu amei sim aquele final. porém DEPOIS Ezekiel Gadreel surgiu. E enquanto esteva só em Ezekiel, estava bastante interessante, o negocio azedou com Gadreel. Depois a morte de Kevin. As palavras de Sam que não faria a mesma coisa pelo Dean.

        Talvez ,mesmo que Sam desse a vida por DEan. Eu ainda não digeriria os estragos. Claro eu não tenho raiva dele , eu estou apenas ressentida.

        E agora estamos vendo a versão Dean viciado no poder ,como foi Sam com o sangue do demônio. E sendo assim fica bastante facil descobri o que vai acontecer ,perde um pouco o impacto da surpresa . Se Dean mata METRATON eu penso em quem ELE VAI LIBERTAR! Afinal Sam acabou matando Lilith e assim libertou o chifrudo Lulu.kkk

        vai libertar os anjos da terra? Deus?

        Eu acho que vou escrever uma fic kkkk , fica melhor!
        ( Eu adorei escrever pra vc) debater é legal. ESQUENTA OS ÂNIMOS, metade das coisa que escrevo, eu me arrependo kkkk

        Beijinho!

        1. Handerson

          pesando no que você falou eu pensei: será que não foi metraton que fez Deus ir embora, e tudo não passa de um plano dele para tomar o lugar de Deus, ou seja sera que metraton não esta querendo fazer oque lucifer tentou fazer? D: LOOOOOOOLLLLLLLL

          sera que metraton falou alguma mentira pra Deus e ele foi embora, e Deus vai descobrir vai ficar com raiva e abrir a jaula pra miguel derrotar novamente aquele que quer tomar o lufar dele? kkkkk

          LOOOOOOOOOOOOOOL

  6. fa

    Adriana voce acha que o Deam vai morrer, eu não acredito, meu Deus.

    1. Não, eu não acho que o Dean vai morrer. Crendeuspai! Mas, pelas informações que eu li, através do site WinchesterBros, a questão é que no final desta temporada eles não vão nem pro inferno, nem pro purgatório, etc, mas o que vai acontecer “com eles próprios”, dentro deles.

  7. lucas

    sonyama você tem toda razão eu sinto o mesmo que você sobre tudo que você comentou mas sei que spn dará a volta por cima como sempre aconteceu

    1. EU ADORO FAZER MIMIMIMIMIMI. kkkkk Não tem graça se não tem mimimimi kkkkkk É como deixar o seu melhor amigo passando ridículo na frente dos outros e não apoia-lo. Quem ama cuida. Defende ,ajuda apontar os erros para concerta-los,não enfia a cabeça debaixo da terra.

  8. Bem vamos por partes, gostei da Analise. E essa guerra dos anjos poderiam ter explorado mais, assim como a relação dos irmãos e é claro que eu também to gostando desse lado dark de Dean, é uma coisa nova. Primeiro Bartolomeu morreu de forma tosca depois me dizem que Gadreel matou Moloc, Realmente essa guerra dos anjos foi patética, de anjos só sobrou Metatron já que eu acho que Gadreel vai morrer no próximo ep, E quem sabe Gabriel aparecerá já que foi confirmado se bem que já perdi as esperanças. Sobre o episódio no geral foi bom, Eu só não gostei por que faltando apenas um episódio e a audiência caiu bastante desde o spin off, Espero que na reta final suba a audiência pois o ep promete.

  9. Maira

    Oi Clarice, eu concordo com vc sobre a falta de foco na relação dos irmãos, acho que como um plot a parte do resto da temporada, a relação deles foi mostrada de forma fragmentada, com um desenvolvimento lento, e sem protagonismo na temporada. Mas eu não acho que isso seja culpa da guerra dos anjos, que basicamente nem aconteceu (fora o 9×09), o que vimos foram vários anjos dando uma de “escritório” e não de “guerreiros” quer coisa mais broxante… Como disseram, parece que os roteiristas começaram a história e ficaram com preguiça de continuar, desistiram, e entregaram um monte de mortes de anjos bem rápidas e sem sentido… Uma pena, porque poderia ter sido interessante de ver.
    E sabe o que eu teria achado mais interessante, e me desculpe aqueles que defender os fillers (que eu entendo a defesa que fazem, e em alguns casos até concordo) é que poderiam ter desenrolado a guerra muito antes, e poderíamos ver seus desdobramentos afetando diretamente os meninos. Pois é algo estanho, quando se desenvolvem os arcos principais, fora a marca de cain, é como se a relação dos meninos entre eles, e com o arco, fosse coadjuvante na história. E isso nunca aconteceu. Na quinta temporada por exemplo, mesmo que tenha sua boa dose de fillers, TODO o arco principal girava em torno da relação dos meninos, ela era decisiva para o “haver ou não apocalise” e isso foi anunciado claramente desde “THE END”, por mais que nessa temporada a relação deles seja o foco de decisão para o guancho final da temporada, será elaborado de forma apressada, seguraram ela, repetiram as mesmas coisas, e no último episódio tudo vai mudar… Na quinta vimos a relação quebrada se reconstruindo a temporada inteira, de forma gradual, com os seus momentos, o que fez o final do Sam tomando o controle ao lembrar da vida com Dean ter todo o sentido, até na oitava temporada o Carver foi capaz de fazer isso de alguma forma (mesmo que o da quinta, na minha opinião ainda tenha sido melhor), vimos um Sam distante se redimir e re-significar sua vida de caçador ao lado do irmão, foi um recomeço para ambos, fechado com chave de ouro pelo discurso do Sam e a escolha que ambos fizeram… Mas, na nona destruíram de uma vez isso, e ficaram presos aos mesmos discursos repetitivos do Sam, cabeça-dura, e Dean cabeça-duro respondeu cada vez se afundando em um desespero e raiva que em outros tempos, ele no minimo lutaria contra (eu entendo essa conduta dele, só não sei porque ele precisou permanecer nela por mais de 10 episódios).
    Paro por aqui, só para não ter que comparar com a quanta temporada (a minha favorita) que embora a relação deles tivesse se “partido” lá, ambos ainda esperavam pelo outro até o fim, e se não fossem os anjos e a Ruby… Bem, deixa pra lá.

    Só para constar, eu sempre quis ver o lado Dark do Dean, mas quero que isso se desenvolva melhor de acordo com a personalidade dele, sei lá… Tenho ainda muita esperança no time do Carver, por mais que tenha perdido no Dabb… 😛

  10. Lule

    Gostei do episódio mas acho que ele não mostrou muito, a gente sabe que ainda vem muita “coisa” por aí.
    Nos meus desejos quero que o Sam salve o Dean pra que o Dean saiba e sinta que é amado(confesso que isso é uma necessidade emocional pra mim), mas depois desse final vi um Dean que eu não reconheço. Com emoções que eu entendo mas não reconheço. Está claro que não é mais só um acerto de contas.
    Pensei então como o Dean pode recuperar sua essência? Aí a imaginação endoidou mas eu vou só resumir: Caim chama ele pro acerto de contas (e isso retiraria a marca- será que sim?- pelo menos é o que se espera), Dean claro não quer matá-lo e devolver a marca pois Caim não a quer mais e o Dean vem usufruindo “bem”. Caim relembra que usar a marca tem consequências mas Dean não desiste. Então Caim sequestra Sam. Quando Dean os encontra Caim pergunta: Quem vai preferir que mate o Sam, eu ou você?… Chega!!!Coisa mais doida de imaginar?!
    Depois dessa acho que essa “ditadura” em particular acabava num instante.
    Não sou boa de imaginar ou cria teoria mais hoje não pude evitar vai ver foi como você disse 45% dos meninos?! Chega de dose homeopáticas deles! Quero e desejo pra nós uma overdose de Sam e Dean, Dean e sam.
    Valeu pela análise Clarice vc tem razão- copo meio cheio: de expectativa, confiança, prazer, e mesmo se parecer que não tá dando certo, um copo totalmente cheio de esperança.

  11. Handerson

    cara serio mesmo? a relação dos irmão?

    eles são casadores cara não precisam passar a serie inteira fazendo baitolagem dizendo que um ama o outro… jas bastou aquele teatro que o dean fez no final da 8ª temporada porque não queria ver o irmão morto, os portões do inferno já deveriam esta fechados desde o final da 8ª, a no começo da 9ª o dean faz outra loucura pelo irmão que resulto na morte do kevin… dean fez duas lezeiras por amor ao irmão em dois eps final 8ª começo da 9ª, ai vem neguinho reclamar que a serie não foca na relação dos irmão, já focou ate de mais, eu quero que supernatural continue do jeito que esta nesse final de temporada, resolvendo oque tem pra resolver, é pra matar então vamos matar… e para de ficar com mimimi… querem assisti uma serie um novela?

  12. Rodrigo

    Oi, Clarice! Sinto falta dos irmãos unidos quase que o tempo todo para solucionar um caso, e claro dos “momentos de baitolagem”, como alguns classificam os “broments”, aqueles abraços carregados de emoção entre Sam e Dean, afinal, nesta temporada de decente não houve nenhum até agora. Portanto, passei bem longe dos seus 45% de aproveitamento.
    Outra coisa: não consigo não gostar do Sam, por mais que esses escritores o manejem de forma tão tosca (é incrível como o fazem ser piedoso com quem lhe fez um mal infinitamente maior, mas o fazem usar palavras e tomar atitudes meio que imbecis quando se trata do próprio irmão). Ainda que eu concorde que as palavras ditas a Dean episódios atrás sejam pesadas, o Sam de Supernatural que acompanho há nove anos não diria aquilo. Esses escritores estão precisando rever o trabalho feito na era Kripke. Simples assim!
    Embora nada abale a popularidade Dean, por ser aquele que tudo pode, realmente não consigo gostar desse Dean “dark” que a maioria está adorando, acho péssimo o que estão fazendo com o personagem. Não discordo de forma alguma que merece todo o destaque que está tendo, mas a que preço? Transformá-lo num camicaze, num monstro, naquilo contra o que ele sempre lutou, que criticou, do que sempre fez o impossível para manter o irmão a salvo, inclusive com diversas “marteladas” na cabeça do maninho? Sou ferrenho defensor do Sam, mas sempre deixei bem claro o quanto gosto do Dean, por sua humanidade, por sua lealdade e, acima de tudo, pelo grande irmão mais velho que é, que já me levou às lágrimas inúmeras vezes por sua dedicação a Sammy (embora muitos vejam isso como subserviência, não consigo compreender dessa forma). Enfim, espero vê-lo recuperado logo.
    Quanto ao resto, são questões pouco ou nada relevantes pra mim; embora simpatize com Gadreel, a forma como retratam esses anjos há tempos não me desce, eles dão sono mesmo, a começar pelo “líder fajuto” que até então seguiam (AssTiel foi a coisa mais hilária – senão a única – que Metatron sem graça já disse). Os demônios, embora Crowley seja uma figura icônica, têm igualmente me cansado, fora que limaram Abbadon, que dava um certo sopro de novidade. Será que só porque era mulher? Tessa responde. E minha musa Sarah Blake também manda oi!
    Sempre acreditei que tudo deveria girar em torno dos irmãos, que o foco sempre seria deles, que poderia haver histórias paralelas, mas nunca que estas tomariam maior relevo que os Winchester. E isso é o que menos tenho visto!
    No fim das contas, só quero mesmo é ver resgatado o que disse no início do comentário. PQP! É o que me faz acompanhar a série! Como se já não bastasse a forma como escrevem e manejam Sam, agora querem arrasar de vez com o que me mantém ligado à série? Não aguardo nada de surpreendente na season finale, apenas que me devolvam a razão pela qual continuo seguindo Supernatural.
    Abraço!

  13. Clazinha de my life! Parabéns pela análise, tão cheia de sentimentos e emoções sinceras… Mas vamos à MINHA OPINIÃO…

    Quando acebei de assistir o episódio eu confirmei que cada dia amo Dean mais um pouco. Mas terei que dar uma de chata… Episódio foi bom, mas muito confuso e sei lá, um tanto, ‘preso’… E sinceramente correndo o risco de me tornar um disco furado: as melhores cenas pertencem a Dean e suas reações. É impressionante como confiam em Jensen para extrair coisas que não estão no texto. E escrita do episódio ficou muito, mas muito ‘truncada’. E como bem disse minha migs Vicki, foi um episódio fan service demais.
    Nessa temporada, até agora para mim, os melhores episódios foram Bad Boys e o da marca de Caim… Não estou entrando no time do ‘deveria ter acabado na quinta temporada’. Estou sempre no time que defende a série, mesmo com seus altos e baixos.
    O que estou falando aqui é que certas coisas na temporada (até aqui, no 9×22), foram mal exploradas. E isso compromete o trabalho como um todo? Não, não compromete, mas deixa uma sensação de ‘poderia ter sido diferente’. Esse episódio 9×22, é o penúltimo episódio e teve muito anjo e pouco Winchester. E me desculpem os Destchatos, mas gostem ou não o que mantém a série de pé é Dean e Sam e não anjos e suas brigas celestiais.
    Castiel teve um papel importantíssimo na quarta e quinta temporada, mas sério que vcs gostaram dele a partir daí? A fala do Dean nesse episódio define bem isso (Cas matou anjos e mentiu o tempo todo). Não teria sido mais digno para o personagem ter ‘morrido’ e ser lembrado como o cara que foi decisivo na briga entre o Céu e o Inferno? O anjo rebelde que ajudou Dean a se ‘acalmar’ um pouco; o anjo que aprendeu por meio de um ser humano o que significa humanidade; um anjo que aprendeu que ter livre arbítrio é algo que todos deveriam ter, até mesmo anjos. Um anjo que teve sua fé testada, mas permaneceu fiel. Mas não, por pressão do fandom (e covardia de escritores) jogaram Castiel em absurdos tão grandes que chega a dar pena.
    E agora, na era Carver, tentaram e até deram um rumo ao personagem de novo, mas ao custo de tirar os meninos de cena. E isso eu não aceito e concordo jamais. Estão procurando um tema para spinoff, já que Bloodlines não deu certo? Criem um spinoff de Castiel e acho que todos ficariam felizes, certo?
    E antes que os Destfans venham me crucificar, eu não odeio o personagem, eu só acho que a presença dele já está passando certas linhas e por culpa do fandom alguns traços maravilhosos da personalidade de Cas está se perdendo ao longo do caminho.
    Sei que falta ainda um episódio e eu posso queimar minha língua, mas até aqui achei que eles jogaram a bomba do relacionamento dos irmãos e deixou pra lá; e resolveram focar no Cas e o diabo a quatro e eles (digo, roteiristas) poderiam estar fazendo isso ao longo da temporada e não agora no penúltimo episódio. Temos tantas coisas: Dean e a marca de Caim… Dean e Sam… anjos e os meninos… tanta coisa.
    O ‘rompimento’ dos irmãos foi algo que trouxe ao fandom angústia e medo, mas eu achei extremamente necessário. Por mais que ao longo daqueles momentos eu quisesse (e quero até agora) esganar o Sam, aquilo foi importante para o que estava sendo criado. Só que a bomba foi jogada e nada foi feito ao logo de outros episódios explorando isso.
    Pode ser que no 9×23 isso venha a ser feito, mas sério que apenas um episódio é suficiente? Não sei e não quero especular, portanto vamos esperar acontecer. Mas até aqui, no 9×22 isso está muito ‘elefante branco’ na sala.
    E vou dizer algo além e espero que não comece com o “vc só tem olhos para o Dean”, por mais que eu quero que Sam se ferre e engula cada palavra que ele disse para o irmão, me fale o que ele fez nessa temporada? Além de bitchfaces (como bem disse minha amiga Clarice ) e o começo onde Gadreel se enfiou naquele corpitcho, o que mais ele fez? Só quebrou o coração de Dean e ainda continua dando chilique. Sim, eu ainda acho o Sam um marmanjo chiliquento. E sem papo de ‘democracia fraternal’. Porque o que nunca teve em qualquer relacionamento entre irmãos é democracia. Quem tem irmão sabe disso. O que existe é ‘ajustes’ para melhor convivência, mas democracia? Senta lá. Irmãos tendem a fazer o outro engolir o que vc quer e pensa a todo custo. Uns com mais carisma, outros nem tanto. Dean sempre teve o papel de mandão, de protetor, de tomar decisões importantes muito cedo e isso condicionou o que ele é. Sam sempre teve o papel de rebelde, de contestar as decisões, de tentar se encaixar onde ele nunca se sentiu bem, de tentar ver o outro lado e isso também condicionou quem ele é. Portanto isso não é falha de personalidade de ninguém. Isso é o que eles são. Gostem ou não. E claro que tem pessoas que identificam mais com um ou com outro. Eu me identifico mais com Dean (processem-me) e acho as atitudes do Sam irritantes. Mas convivo com elas e pronto. O que não significa que não vou dizer que elas são chatas e irritantes (processem-me tb). Mas deixa quieto que toda vez isso traz problemas sérios de argumentação. kkkkk
    Mas voltando ao episódio, eu tive orgasmos múltiplos quando ele falou grosso com Sam e disse: acabou tudo, eu mando aqui agora.. Adorei a implicação do: se não tá bom pra vc, foda-se, eu não ligo nem um pouco.
    E como bem disse a Clarice no nosso papo, logo após o episódio “parece que queriam tanto dar um arco para o Dean que acharam que tinham que ferrar com o Sam de verde e amarelo, tipo deixa-lo só fazendo bitchfaces e mais nada por meia temporada”, e como ela bem destacou, depois que o Dean disse que aquilo era agora uma ditadura o Sam fez outra ‘bitchface’, bateu o pé e foi para o quarto. Podem alegar que ele preferiu não enfrentar Dean naquele momento, que ele queria deixar o irmão pensar, mas com essas atitudes, fica parecendo que Sam não tem sangue nas veias, que ele só sabe jogar a bomba e não ficar para aguentar o tranco. Triste o que fazem com ele.
    E não me incomoda nem um pouco ver o Dean ligando o botão do foda-se pra Sam. Deixa o moleque comer poeira um pouco e sentir na pele o que é ser deixado de lado por quem você ama. Quero ver qual será a reação do ‘Sr Honesto e Racional’ quando ele ver que o fato dele ter deixado bem claro pra Dean que eles eram apenas ‘parceiros’ e não ‘irmãos’ também foi decisivo para que Dean entrasse nessa loucura sem pensar nas consequências. Por que Dean deve pensar “Se importar pra que se td que faço é errado e distorcido?”… Portanto acho que agora todos estão vendo o lado mais ‘cruel’ de Dean. O lado que nem ele gostaria de mostrar, mas pela primeira vez meio que foi ‘permitido’ a ele ser assim. Meio que o ‘freio’ (Sam) foi cortado e o óleo vazou e não existe razão nenhuma para não deixar o carro espatifar.
    Lembram que Dean disse que era a ligação, a união deles que os fazia humanos? Que um era a fraqueza do outro?
    Então, Sam achou isso errado. Sam disse com todas as letras que isso não era ser família. Que isso era doentio. Então Dean ligou o botão: “Então tá, foda-se o laço fraternal, foda- se que nada do que fiz ou faço conta pra minha família.”. Depois dessa ‘quebra’ entre Dean e Sam, eu acho que Dean meio que liberou as amarras. Ele meio que pensa: Já que ninguém faria nada para me salvar, vou fazer o que tem que ser feito mesmo e se morrer, morreu. Louco, triste, mas coerente com o que ele vivencia agora.
    O purgatório ‘purificou’ Dean. Eu penso que a marca de Caim, vai meio que ‘libertá-lo’ dos medos, sombras, escuridão. Mas eu ainda acho que Dean será mais forte do que essa sede de matar. Eu confio nele! Simples assim… 🙂
    Dean não vai perder sua humanidade, que é uma das coisas mais lindas nele. Porque se Carver fizer isso com Dean, eu vou até o escritório dele e furo as bolas dele com agulha de tricô!
    Não me importo de Dean mostrar seu lado implacável, mas se ele perder aquele ar de ‘salvar pessoas’ eu faço vodu pro Carver.

    Minha conclusão é: penúltimo episódio e Dean e Sam, em segundo plano? Se não fosse a marca de Caim, Dean e, principalmente Sam, não teriam o que fazer nesse episódio.
    E todo o lance da Tessa me deixou frustrada. É tanta coisa que não tenho energia para começar discutir.
    No geral eu gostei do episódio, mas não vou negar que me incomoda essa coisa dos meninos serem joguetes (alouuu era Sera Gamble), deles serem coadjuvantes onde deveriam ser protagonistas. Eles não deveriam ser uma ponta decisiva. Eles deveriam ser o foco para qualquer ponta decisiva. Não gosto mesmo disso. Essa coisa de Castiel ter tanto destaque (ou mais como nesse episódio) me irrita profundamente. Como eu disse é muito anjo e pouco Winchester.
    Carry on peeps!

    1. cris

      to te aplaudindo de p´, garota! não concordo 100% com voce,mas nos 99% restantes, voce disse tudo, tudinho que passa pela minha cabeça.E se precisar de alguem pra segurar o carver ou de um par de agulhas novas, é só avisar! Mas, sinceramente, NÃO QUERO acreditar que será necessario.
      Ps: se alguem for te processar,vai ter que me processar tambem…

    2. Concordo e tudo com você, Polly.
      Meu medo é que os roteiristas se “esqueçam” de resolver essa questão, a mais importante da temporada, sobre fazer o Sam se arrepender do que disse, principalmente do “não ser irmãos”.

    3. Só mais uma coisa: Até aqui, Dean não matou ninguém que não tivesse que matar. Nenhum inocente morreu em suas mãos.

      1. cris

        verdade! e que continue assim, por God…

    4. Handerson

      to comentando com o pé, porque to te aplaudindo com as mão ‘-‘ perfeito seu comentário

      1. cris

        rsrsrsrss! aplaude DE PÉ , depois comenta. Tambem dá certo. O comentario da poly foi mesmo perfeito, e merece aplauso de qualquer jeito. Então, aplaudamos!

    5. Euri

      Polly, adorei os seus argumentos, apesar de não concordar com 70% deles. Mas concordo principalmente quando você diz que o Dean vai ser mais forte que essa tal marca. No final, ele sempre faz a coisa certa. Nem Sam e nem o Dean são crianças mais, já passaram por muita coisa e têm experiência suficiente para superar qualquer situação. O Sam teve força suficiente para controlar Lúcifer, somente com a lembrança daquilo que realmente era importante para ele. Então, acho que o Dean vai controlar a marca, apesar de achar que o custo vai ser alto.
      E eu ADORARIA um spinoff com o Cass. Eu amo o personagem, mas me incomoda o tempo que ele toma na série porque rouba o espaço quando os dois irmãos estão juntos. Sabe o que mais me preocupa? Ele obviamente está se tornando mais “humano” e venho pensando no significado disso para a finalização da série. Apesar de querer que Supernatural termine com os dois irmão juntos, vivos e felizes, sei que isso é praticamente impossível. Sempre pensei que, tipo, o Sammy iria terminar vivendo a vida que sempre quis, longe das caçadas, e o Dean iria acabar morto e viraria um anjo, mas teria a companhia do Castiel. Não ficaria sozinho. Mas se o Cass está virando humano, talvez estejam mesmo preparando a morte do Sam e aí o Dean não teria que ficar sozinho????
      Eu vou é parar de pensar sobre isso, senão vou endoidar. Essa terça-feira não chega!!!!

  14. Lara

    Para variar estou com você 100% Polly!

    Adriana lembrou bem Dean não matou nenhum inocente,pura bobagem dizer que
    Dean virou um monstro!

  15. Seu Zac

    1. Meu caro Rodrigo, como você, eu também sou um defensor do Sam. Não importa o que esses escritores façam com o personagem, nós sempre iremos amá-lo e respeitá-lo, até que a morte nos separe, amém (hahahaahha).

    2. Para mim, o arco mitológico pode ficar com o impala, com o ferro velho do Bobby. E mais um arco mitológico para o Sam em que o personagem tem suas ações alteradas por alguma coisa/ser sobrenatural, eu, que gosto do personagem, agradeço e dispenso. Passo (hahahahahaaha)

    3. Dean ditador é um fato que Zac diz há nove anos (hhahahahahahaahah)

    4. Dean dando esporro, e Sam se insurgindo, mas sempre se resignando à vontade do irmão mais velho, são momentos maravilhosos de baitolagem, que se perderam no tempo e na escrita dos incompetentes e preguiçosos de plantão (hahahahhahahah)

    5. Sam seguiu Ruby, dentre vários motivos, porque Dean questionou a relação fraternal, além de chamá-lo de monstro e de aberração. Sam, todavia, não o culpou pela sua escolha. Ao contrário, assumiu sua culpa. E Pagou pelos seus erros. Se o arco do Dean tem paralelos com o de Sam, eu espero que o Dean não comece o – eu fiz isso porque você não me ama, você não me quer. Sinceramente, ainda que isso fosse verdade (e nós sabemos que não é), nossas escolhas, se não foram adulteradas, só podem ser computadas na nossa própria conta. Simples assim.

    6. Aliás, Zac está perdendo os fios de sua vasta e linda cabeleireira tentando entender a carência afetiva do Dean. John deu sua própria vida pelo filho. Dean conheceu o carinho de mãe. Dean era o preferido de Bobby, de Castiel e de todos. Sam ama o irmão. Dean teve as mulheres que quis. Dean viveu um relacionamento com a mulher mais perfeita do mundo natural e sobrenatural (hahahahahahah). Essa insegurança do Dean fez sentido até a 2 temporada. Mas nós estamos na nonnnnnnnnna. É muita falta de imaginação. Meu Deuuuuus (Zac se esgoelando), dai inspiração a uma criatura chamada escritor para que ele crie uma história coerente. Dai-lhe compreensão para ele perceber que um personagem icônico como o Dean não pode ser retratado como um fraco emocional sem causa apenas porque resolveram que o personagem tinha que meter o pé na jaca.

    O que se faz com Sam e Dean é um verdadeiro assassinato de reputação. O Sam de maneira evidente e escancarada. O Dean, perceptível para quem não tá preocupado com o olha como ele é lindo e olha ele tomando banho.

    7. Aliás, o Dean pode ter aceito a marca sem pestanejar para vingar o Kevin. Mas aí a sua sede de sangue deveria recair primeiro sobre Metraton, e não Abbadon. Mas como esperar coerência nessa escola de samba desarmoniosa que tem sido o enredo na temporada? Tantas histórias levantadas e não exploradas, mal contadas, descartadas, esquecidas. Mas amanhã, tudo será explicado e fará sentido (hahahahahahhahah).

    Amanhã será um lindo dia,
    Da mais louca alegria,
    Que se possa imaginar,
    Amanhã, redobrada a força,
    Pra cima que não cessa,
    Há de vingar, amanhã,
    Mais nenhum mistério,
    Acima do ilusório, o astro rei vai brilhar,
    Amanhã a luminosidade,
    Alheia a qualquer vontade há de imperar, há de imperar…

    Amanhã, está toda esperança,
    Por menor que pareça, que existe é pra vicejar,
    Amanhã, apesar de hoje,
    Será a estrada que surge, pra se trilhar,
    Amanhã, mesmo que uns não queiram,
    Será de outros que esperam,
    ver o dia raiar,
    Amanhã, ódios aplacados, temores abrandados,
    Será pleno, será pleno

    8. Arco do Dean – quem queria ver o personagem com o pé na lama, deve estar muito satisfeito. Eu não gosto. Como não gostei do Sam sendo possuído por Meg, por Gadreel, sangue de demônio, Sam sem alma. A marca não deve ser coisa boa. Eu prefiro ver os irmãos lutando contra o mal, digamos assim, de cara limpa (hahahahahahaha)

    9. E agora que engrossou a lista dos que veem a ruindade dessa temporada, acho que poderíamos seguir o conselho dado em outro post: vamos escrever para o Carver. Uma carta coletiva, um abaixo-assinado (hahahaahahhahahahahahah). Em inglês, of course.

    Bem, meus queridos, mas o que eu quero mesmo é protestar.

    Eu quero SPN padrão FIFA.

    Eu tenho o direito de ver a série renovada, com novos personagens, novas histórias, mas respeitando os princípios e características que fizeram o seu sucesso.

    Eu tenho o direito de assistir 23 bons episódios, e não apenas 1, 2, ou 3.

    Eu tenho o direito de assistir uma história coerente, empolgante e que se mova para a frente, e que não fique andando em círculos, enrolando o telespectador, para no último episódio se fazer reviravoltas bombásticas, como se isso justificasse a falta de coerência e aprofundamento do texto.

    Eu tenho o direito de ver Sam e Dean juntos, fortes, unidos, e não separados sem saber exatamente por qual motivo. E se tiver o conflito que ele seja muito bem construído.

    Eu tenho o direito a muitos momentos de baitolagem entre os irmãos

    Eu quero minha série padrão FIFA

    Zac, segurando o cartaz – eu quero SPN padrão FIFA (hahahahahhahahah)

    1. Depois da citação à Guilherme Arantes, só um adendo: Vamos parar com esse negócio de “carência”. Dean não é “carente”. Ele “ama” seu irmão. Ponto.

    2. Handerson

      SPN sempre teve poucos eps sobre o enredo principal, e muitos mais eps de caçadas. Juntando as 3 primeiras temporadas não tivemos mas que 15 eps dedicados totalmente o enredo principal, sempre foi assim ‘-‘

    3. cris

      belo comentario> mas em minha opinião, o dean não abraçou a marca por carencia e sim ,por sede de justiça ( pelo kevin e pelo sammy). Agora, o porque de ele focar primeiro em abadon: taí uma boa pergunta…

    4. Euri

      Eu também não acho que o Dean é carente. O problema é que alguns fãs intantilizam o amor do Dean pelo Sam e parecem considerar que ele é um pobre coitado que precisa de piedade. E pra priorar utilizam essa carência imaginária para culpar o Sammy pelos problemas de autoestima do Dean.
      Os dois são adultos e responsáveis pelas loucuras que fazem, mesmo que a justificativa seja o amor que sentem um pelo outro. O Sam errou, assumiu o erro, se redimiu e pagou caro pelos pecados. E nada disso foi culpa do Dean.
      Caso o Dean liberte de novo o próprio Lúcifer nesse final de temporada, ele também vai assumir as consequências. Infelizmente, muitos vão considerar que todos os erros dele serão culpa do Sam.

    5. Euri

      Eu também não acho que o Dean é carente. O problema é que alguns fãs infantilizam o amor do Dean pelo Sam e parecem considerar que ele é um pobre coitado que precisa de piedade. E pra priorar utilizam essa carência imaginária para culpar o Sammy pelos problemas de autoestima do Dean.
      Os dois são adultos e responsáveis pelas loucuras que fazem, mesmo que a justificativa seja o amor que sentem um pelo outro. O Sam errou, assumiu o erro, se redimiu e pagou caro pelos pecados. E nada disso foi culpa do Dean.
      Caso o Dean liberte de novo o próprio Lúcifer nesse final de temporada, ele também vai assumir as consequências. Infelizmente, muitos vão considerar que todos os erros dele serão culpa do Sam.

  16. Gustavo

    Uma coisa que eu acho chata desde sempre no seriado é que pra mim todas as “lutas finais” são sempre anticlimax. Foi assim contra lucifer, contra abaddon, contra lilith, contra quase todos os grandes demônios ou monstros. tenho medo de como vai ser a batalha contra o metatron.

    Também acho que já passou da hora de Deus voltar e que ele tenha uma explicação muito boa pra tudo isso.

    Quanto a guerra angelical, eu senti falta de ver mais dela e os efeitos. Vimos poucas mortes, pouca repercursão no mundo humano. E acho os anjos uns babacas pau mandados. Fica meio difícil acreditar que os demonios nunca conseguiram acabar com todos os anjos, já que estes últimos parecem os lemmings (daquele joguinho que você manda fazer alguma coisa e eles fazem, mesmo que a coisa seja se jogar num abismo).

  17. bia

    Fico feliz em saber que ainda temos team Sam….uma coisa q tá martelando na minha mente é OQ O DEAN VAI FAZER COM ESSA MARCA? pq acho q esse buraco é muuuuito mais fundo do que pensamos e espero de vdd que o final dessa temporada me faça ficar de boca aberta cimo antes em que eu nem piscava…enfim acho que somos todos # teamsupernatural e esperamos uma mudança positiva. Ps: bitchface do sam ainda seduz depois de tantos anos kkk

  18. Rodrigo

    Zac, meu chapa, tô emocionado aqui… :'(
    Velho, eu gostei pacas do Sam sem alma, achava mó irado! Mas que o cara virou um saco de pancadas dos escritores, isso é fato. Agora o Dean ditador, tô curtindo não. Gosto do Dean durão, amigo fiel, irmão superprotetor.
    Outra coisa: como ousa justificar as atitudes de Sam?! Que infâmia! kkkkkkkk Não é tarefa das mais fáceis e coaduno plenamente com seus argumentos nesse ponto.
    Dean ama loucamente o Sam e precisa do irmão a seu lado sempre, e para o Sam vale o mesmo, embora pareça que até os próprios escritores não reconheçam isso. Me lembro do início da briga deles, naquele episódio em que Garth reaparece como lobisomem, o olhar do Dean quando Sam abraça Garth ao se despedir e o ignora foi de chorar. Isso pra mim é carência! Inclusive minha, pois sinto falta dos “momentos de baitolagem” deles. Fora que faz parte quando você ama alguém tanto e se sente rejeitado por essa pessoa. Compreendi que Dean pode ter inúmeros amigos e ser o preferido de quase todos (Sam é o menos querido dentro e fora da série), mas ele necessita mesmo é da aceitação, da companhia, do amor de Sam.
    Quanto à coerência, em linhas gerais, isso não te pertence mais, Supernatural!! Ainda bem que me importo há tempos só com a relação dos irmãos, e isso já tem me causado bastante aborrecimento.
    Por fim, arco mitológico?! O que ser isso? Não tô mais nem aí pra isso! Quero mesmo é overdose de Sam e Dean. Uma novela, praticamente, como disse um dos colegas aí de cima. Façam o que quiserem com a história, mas respeitem os caras! Não quero lamentar ter perdido meu tempo acompanhando o que sempre achei que fosse a saga dos irmãos mais fodas que a TV já me apresentou.

  19. Rocha

    No inicio do episodio, quais são os episódios que fazem referencia?

  20. cristhian lenon

    achei o episodio bom mas concordo com a analise 45% de sam e dean e pra foder qualquer fan mas tenho que admitir ta indo mais ou menos nao gosto de fillers mas vendo bem eles ate que alguns sao bons mas nem todos o spin off cara achei desnessessario mas uma coisa eu digo pode ser que a temporada nao tenha sido muito boa mas nos 3 ultimos episodios foram bons e fizeram a parte deles que e fechar uma temporada bem ou mais ou menos mas voltando ao episodio ate que eu gostei as bitchfaces do sam sao impagaveis e mais os nomes que o castiel botou nos irmaos ninguem falou aki de cima isso e nem na analise o que foi aquilo de aguilera e spears do cass foi ilario e a cena do sobretudo do metraton tbm foi ilario sam e dean tem que fazer as pazes chega de ver eles brigados to de saco cheio disso alias eu so comecei a olhar a serie porque eu queria ver a historia dos irmaos juntos cacando e matando tudo de mal do mundo e chegar ao ponto de ver eles assim eu achei que ja pegaram pesado demais mas o que eu achei mais irado foi ver a marca de caim trasformando o dean em uma maquina de matar um baddean mas fico assustado com isso como vai terminar a historia mas o importante e que hj nos iremos escutar o nosso hino aquilo que faz qualquer hunter chorar e se arrepiar carry on my wayward son the road so far entao que seja aquele final tipico de supernatural pra fechar a historia de uma temporada e criar a historia da temporada posterior amei o tua analise parabens entao fans rumo a 10 temporada de supernatural

  21. Desculpe a demora…
    Infelizmente devido a falta de tempo não poderei retrubuir a cada um de vcs a gentileza de ter lido a minha analise.. Mas agradeço a todos por expressarem suas opiniões e serem respeitosos…
    Vcs são hunters maravilhosos..
    E agora com o coração na mão para decima temporada…
    Bjs…
    E fiquem atentos as analises de todos nos aqui do blog…
    Fui…

Leave a Comment