[Análise Hunter] Do You Believe in Miracles por Rafa Sanchez

Simplesmente sensacional, chocante e surpreendente. Se alguém lembrar de mais um adjetivo me avise, por favor.

Se eu acredito em milagres, Carver? Só de ver MUITA gente desacreditada com a série elogiando essa season finale já é um motivo que me faz acreditar. Antes de falar do episódio em si queria citar isso. Muita gente do time do “deveria ter acabado na 5ª temporada” ou do “tô assistindo só por obrigação pra ir até o fim da série”(um alô aqui pra minha irmã hahah) se rendeu, se surpreendeu e bateu palmas de pé para o final dessa temporada. Li várias análises, conversei com muitos amigos que assistem à série e vi vários posts de amigos no Facebook exaltando a ousadia que o time do titio Carver teve.

Vi o episódio na quarta, por volta das 13h, estou escrevendo essa análise na sexta, por volta das 19h e ainda não consegui processar direito. Vou tentar aqui colocar as ideias em ordem, mas duvido que consiga. Vamos lá, vou falar o que vier na cabeça e como me senti e me sinto pós esse final.

Vi várias pessoas que durante o meio da temporada diziam: “Ah, esse negócio da Marca aí vai fazer o Dean virar um demônio!”. Eu ouvia isso e dava até risada. Eu respondia: “Tá doido? Supernatural não ousa assim! Isso nunca vai acontecer”. E aí? Doeu muito esse tapa na cara, Rafael?

Mas deixa eu falar primeiro sobre alguns personagens: Metatron. Nunca achei que ele fosse um dos melhores vilões, mas sempre achei um filho da puta ganancioso. Achei que ele seria morto, ou parado, e eu não sentiria nada ao ver. Mas depois de ter a arrogância de querer ser chamado de Deus, e principalmente depois de ter matado Dean, quando Cas mostra a ele que todos os anjos estavam ouvindo enquanto ele confessava que os enganava eu, sozinho em casa soltei um imenso “CHUPA SEU FILHO DA PUTA” e mais alguns outros palavrões que é melhor omitir. O fato dele ter ficado vivo, ao meu ver, significa que ele terá papel na busca de Cas pela sua graça, e consequentemente, ainda o veremos na série.

Gadreel pra mim foi um dos melhores personagens que Supernatural já apresentou, e teve seu arco muito bem definido. Ele nunca foi mau, sempre foi um anjo incompreendido e facilmente manipulado. Mas quando percebeu que estava errado, fez a coisa certa e inclusive se sacrificou para isso. Foi um final digno pra ele, mas ainda acho que ele poderia ter ficado vivo.

Quanto a Cas, perdi as contas de quantas vezes alguém o chamou de líder e ele rejeitou esse título durante a temporada. Eu mesmo quis dar um pescotapa naquela Hannah quando ela diz que ele fez o que um líder faria. Gosto do Cas e estendo isso à trama dos anjos. Sempre me agradou, mas confesso que nessa temporada essa história dos anjos caírem não foi como eu esperava e deixou um pouco a desejar. Como Cas continua na série, e [SPOILER] Gabriel voltará, teremos mais anjos na próxima temporada, mas acredito que serão plano de fundo do arco principal.

A “briga” de Sam e Dean, como era de se esperar, acabou. Eu confesso a vocês que tinha medo que no final da temporada Sam tivesse a chance de salvar Dean e não o fizesse. Ia doer demais. Ainda bem que ele foi o irmão que todos estamos acostumados a ver. Eu não concordo com as atitudes que Sam teve da metade da temporada pra cá e percebi que o Sam eue eu conheço estava de volta na hora que Cas e Gadreel falavam sobre Dean ser a chance de vencer Metatron e o Moose diz que não era uma bomba e sim, seu irmão. Foi um “my brother” com todas as letras, que encheu de orgulho.

A cena do Dean morrendo foi “pacabá” né, meu! Os dois já morreram várias vezes e continuam partindo nosso coração nessas cenas, além de Jared e Jensen terem matado a pau na interpretação. Acho que quando Metatron cravou a lâmina no Dean os mais “frágeis” já começaram a derramar lágrimas. Mas quando Dean olha pra Sam e diz “I’m proud of us” não teve quem se segurasse e todos começaram a suar pelos olhos, sem parar, até o fim do episódio.

Mas pra mim, onde a temporada mais acertou e o arco que mais rendeu e foi perfeito do começo ao fim (não bem “fim”, porque ainda tem coisa a ser contada né) foi a Marca de Caim e a relação de Dean com Crowley. Eu não imaginei ao assistir o episódio “First Born” que aquela mera caçada deles começaria a os tornar tão próximos. E não imaginei que a encrenca de Dean seria tão grande assim ao pegar a Marca.

Acredito que Crowley, como disse no final, não sabia que isso terminaria assim, mas com certeza ele tinha guardado em sua mente a história que não contou a Dean, meio que como um trunfo e querendo acreditar que fosse verdade. O King com certeza está feliz agora, porque viu no Dean um parceiro, e nessa situação vê mais ainda. Alguém para uivar para a lua com ele, né? Estendo aqui meus parabéns à atuação de Mark Sheppard, que teve a honra/ responsabilidade de fazer  – brilhantemente – o monólogo que encerrou a temporada.

Em resumo, a season finale cumpriu o que prometia. Chocar, emocionar e surpreender. Bom, quer coisa mais chocante que ver nosso Dean Winchester com olhos negros??

Não foi melhor que Swan Song, como vi muitas pessoas opinando, mas entrou no rol dos melhores episódios da série, sem dúvida nenhuma. Parabéns a Jeremy Carver por isso. E que outubro chegue num piscar de olhos. Ou num abrir de olhos, que seja!

Related posts

26 thoughts on “[Análise Hunter] Do You Believe in Miracles por Rafa Sanchez

  1. cris

    disse tudo! ” vemnemimoutubro!”
    tambem achei a s atuações desse episodio irretocaveis,e tambem ainda não processei direito a coisa toda ( e ja é domingo, 22:36hs ) . tenho que confessar que ja revi as cenas finais mais de meia duzia de vezes, mas ta dificil a ficha cair. só resta mesmo parabenizar o carver e sua equipe

    1. Hoje já é segunda, e nada de processar, Cris! hahah obrigado pelo comentário!

  2. Obrigada pela análise, Rafa.
    Esse mimimi de “deveria ter acabado na quinta temporada” é mesmo chato para caramba. Mas, se deveria ter acabado, por que continuou assistindo, né?
    Que 16 de outubro chegue logo, e a décima não seja a última. Não estou preparada pra isso.

    1. É bem essa a ideia, Adriana! Também não sei se estou preparado não!!! Vamos só torcer que, se passar da 10ª Carver e cia. saibam o que estão fazendo né! Beijo!

  3. cris

    não lembro onde foi que eu li, mas parece que há projetos para a 11ª temporada. que venha! de preferencia, com o carver/ erik no comando, ou até com o auxilio do kripke, quem sabe…?
    assunto tem!

  4. Handerson

    e as analises vão ficando cada vez melhor

  5. Excelente analise Rafa, parabens…

  6. só uma coisa me apavora,o gancho que foi criado para o final da serie.Caim matou Abel.FATO! Uma bela batalha para o final.Espero que eu esteja enganada,ainda não processei o final de Supernatural,muito menos boatos de um filme para encerrar com chave de ouro.

    1. pois é, jÔ! a gte tá indo de novo pra um ápice, tipo a história de Miguel e Lucifer… o negócio é esperar pra ver!

  7. cris

    I lied!
    ahahah, que novdade né sammy?
    E os olhos do cass!Sem sua graça, que mais resta fazer senão cumprir com a missão?vai ter que ir pro bunker de carro…
    Eu assisto a muitas séries, adolescentes e adultas, mas nenhuma, nenhuminha me leva ao grau de emo ção desupernatural. EE não consigo enxergar Jensen, Jared, Misha,Sheppard, simplismente eles não existem durante os 40 minutos do episodio. Maluquice, né?
    Acena final dispensa comentarios. Sheppard é um ator magnifico,muito carismatico.Torço pra que ele permaneça na série até o ultimo episodio (daqui uns 15 anos rsrsrs)
    I’m proud of us…
    Eu senti toda a agonia, toda a urgencia…naquela carícia, eu pude imaginar tantas palavras que ele tinha pro irmão, e seria um discurso diferente da despedida da 3ª temporada, seria bem mais pesado. naquela breve caricia eu vi alguem dando e pedindo perdão, dizendo pro outro ficar bem, pois ele estava em indo paz…
    I’m proud of us…
    E eu vi naqueles olhos, do cara que tenta ser justo, correto, coerente, que sempre tenta por a razão na frente da emoção, eu vi toda a dor da perda, da inconformidade, vi toda o desespero…
    Apesar de infelizmente ter sido uma cena tão curta, eles conseguiram estraçalhar meu coração. To de luto até outubro…
    Me desculpe usar o espaço pra estrapolar meus pensamentos, mas é que eu sei que aqui vou achar quem me entenda.

    1. Nada de desculpas, cris! Aqui É o lugar ideal pra vc despejar teus pensamentos! hahah

  8. Rafa foi legal sua analise.Gostaria de ter esta mesma fogueira em mim , como vc parecer ter de montão. Que empolgação meu! kkkkkk.

    E certamente fazer Dean ser contaminado pela força do mal, foi uma equação bastante manjada.Pelo menos pra mim, que observei o encaminhamento do rumo da temporada baseado no senhor dos anéis.kkkkk

    E percebi ao mesmo tempo que fizeram novamente Sam birrento parecendo egoísta desacreditado por todos,foi difícil de engoli.Eu acredito que intenção de SAm era evitar justamente isto. Pois quando Dean se aliou á Ezekiel para salvar sua vida, trouxeram outra vez estas consequência ruins. é na verdade um circulo vicioso ,isto nunca termina , pois vemos lá estava Sammy também tentando fazer o mesmo.Um pacto pela vida do irmão.

    Entretanto eu penso que isto não seja porque ele deseja, e sim porque isto é o que DEan espera dele. E nos também! Sam esta cansado desta ideia . pois sabe que cada vez que muda o rumo da historia coisa braba vem morder suas bundas.kkkkk

    E outra coisa este Ezequiel o anjinho Gadreel cheio de boas intenções matou Kevin traiu todos. Participou da canalhice de Metatron e no final virou um pobre coitado arrependido. Ah me poupe! O cara foi um idiota. Se arrependeu tarde !

    Próxima temporada Sam vai lutar de unhas e dentes para trazer Dean ao que era antes. Bem ele vai tentar. E creio que vai consegui.

    Porém , SEMPRE TEM UM PORÉM ,outra vez vai acontecer algumas coisa erada. É assim Sam nunca vai REALMENTE CONTENTAR OU fazer o bastante. Dean por mas erado que seja ainda sera aceito. E vamos continuar assistindo. Reclamando elogiando. Chorando no mimimi. Que eu me incluo nesta kkkk, e não tenho vergonha de fazer. Quem ama quer o melhor . E eu desejo sempre o melhor.

    Parabéns pela analises bejsss

    1. ahahahah sou empolgadão mesmo! Com supernatural então!!!

      Sonyama sempre com opiniões boas e formadas!!

      Valeu por ler, viu?

      Bjão!

  9. Lule

    Uma semana depois do episódio, várias reprises e eu ainda não sou alguém capaz de comentar com coerência.
    Um furacão de emoções é o que ainda se passa em mim. Li as análises da Polly(Show de bola) e a do Gustavo (uma delícia )mas não comentei por estar muito emocionada e ao mesmo tempo assustada( no bom sentido) com tudo aquilo mas espero organizar meus sentimentos em breve.
    Gosto das suas análises porque elas me acalmam coisa essa que é estranha pois você relata claramente as mesmas emoções que eu senti.
    Não gostei de algumas coisas e amei tanto essas mesmas coisas com tanta intensidade que quando revejo ou lembro, volto a ficar sem ar.
    Supernatural faz isso: me deixa sem sentido, sem folego, surpresa, perplexa, …APAIXONAAADA! Amo muito SPN!!!
    PS1: Acabar na 5ª temp? não consigo nem imaginar o significado disso.
    PS2: Sou uma forte hunter frágil que chora até agora.
    PS 3: Também acho que não foi melhor que o 5×22 e o 8×23 .Medalha de bronze até aqui. Valeu muito pela adrenalina e emoção.
    Sua análise? Dizer que foi ótima é chover no molhado.Parabéns Rafa.

    1. Opa, que massa saber que o que eu escrevo te acalma e que a gente compartilha das mesmas emoções, Lule!!
      Só quem é fã de verdade da série sente toda essas emoções que vc descreveu aí!

      E suuuper obrigado por ter curtido!! Beijo!!

  10. Rogelio Leandro

    Nao me recordo bem qual episódio, Acho que o 10°, da terceira temporada, mas Dean já tinha sido avisado que isso aconteceria. E por ele mesmo. Numa alucinaçao, dentre frases de desprezo de Sam, Jhon e Mary, Dean ouviu de sua propria boca: “Você vai morrer!” Em seguida, com um par de olhos negros completou: “É nisso que vai se tranformar”.

    Agora, 6 temporadas depois, de fato isso se realizou. Dean morreu! Ele agora se tranformou num Demonio.

    O todo da temporada foi expetacular… indiscritível. Talvez eu já tivesse imaginado que isso aconteceria no final da 3ª, mas entendi a chegada dos anjos como uma “rendiçao” para o Dean. Ele estava livre do Inferno.
    Puro engano… Agora só Deus poderá salvar Dean (novamente).

    Contanto, surpresas sao sempre bem vindas! Sam quase conseguiu Salvar Crowley. O deixou “quase humano”. Porque nao faria por Dean? O problema é que assim como o titulo do episodio correspondente, isso representaria seu SACRIFICIO. Haveria outro elegível a realizar os testes? (quase impossível)
    E entao eu pergunto: “Voces acreditam em milagres? ”

    Até Outubro Galerinha!!!

    1. Pois é, Rogelio! Interessante tua teoria, cara! E eu acho massa que o Carver esteja nos fazendo lembrar das temporadas passadas, mas eu acho que esse fato do Dean virar um demônio não tem relação com aquela cena da 3ª temporada não. Aquilo só representava o medo que o Dean tinha de ir para o inferno, não uma premonição nem nada. Isso na minha opinião né!

      Abraço!!

  11. bia

    adorei a análise e que venha outubro!!!!!!!

  12. Marcos

    Mais 3 temporadas Rafeal Sanchez, 10ª Com Dean cavaleiro do Inferno, final dela abrindo os portões do inferno pra vinda de todos os demônios a terra, 11ª Todos os demônios na terra como foi essa com os anjos caídos,e ao final dela Asmodeus ou Astataroth duque do Inferno libertasse Lúcifer o verdadeiro King Of Hell e pra fechar a série a 12ª Temporada com Lúcifer tocando o Apocalipse na Terra, com a volta de Mark Pellegrino a série, pra mim seria o melhor final fácil.

  13. Tentando deixar a emoção de lado, porque, sinceramente, tá difícil lidar com essa morte, então, sendo o mais racional possível, quero dizer que me preocupa o que vão fazer com a imagem “hunter” de Dean, com esse lance de demônio.
    Será que a Warner Bros não injeta recursos suficientes em SPN, pra poder ter o mesmo roteirista e o mesmo diretor em uma sequencia ininterrupta de episódios? Por que cada episódio é escrito e dirigido por um cara diferente?
    É preciso que as idéias tenham uma continuidade, e cada um pensa de um jeito. Na minha modesta opinião, é isso que faz falta, é por isso que certos assuntos ficam inacabados e/ou mal resolvidos na série.
    Nisso, a produção deixa muito a desejar.
    Não querem contratar o mesmo roteirista e o mesmo diretor para a temporada inteira, então que, pelo menos peguem um cara bom e ponham ele pra escrever uma sequência de cinco episódios, por exemplo, e façam o mesmo com a direção. Quem escreve e dirige Supernatural precisa conhecer Supernatural, e dar prosseguimento nas idéias, pra que elas não fiquem mal resolvidas.

  14. Seu Zac

    Que a maioria tenha gostado, eis o grande milagre (hahahahaha).

    Carver detonou Sam, o mudinho. A fim de criar o conflito, o personagem levou metade da temporada para dizer que tinha pesadelos com a morte de Kevin. Sem falar que Sam ficou burro, por não desconfiar que algo de errado estava acontecendo com ele, por acreditar nas mentiras mais escandalosas do Dean e por não ter um laptop para pesquisar sobre a marca de Caim. Sem contar que virou a eterna donzela em perigo, onde qualquer monstrinho era capaz de derrubá-lo.

    Carver detonou Dean. Nem em seus piores momentos, Dean deixou de se guiar por sua bússola moral, seu desconfiômetro. Mas nessa temporada, Dean aceitou todos os chimiliques do Gadreel sem maiores questionamentos, não alertou Kevin do perigo, confiou em um demônio, deu as costas pro Castiel e aceitou a marca sem piscar um olho. Acho que o Dean já tava possuído (hahahahahahahaha)

    Carver detonou a relação fraternal. Tudo virou um novelão.

    Carver detonou Castiel. Ora, um humano abestado, ora um anjo que não quer ser anjo; um líder que não quer ser líder

    Carver é uma bomba (hahahahahahhaaha).

    OK, a história precisa ser contada, mas não à custa das características dos herois ou da boa vontade dos fãs.

    E as histórias me pareceram muito separadas. A saga de Castiel, a saga de Sam (na verdade inexistente), a saga de Dean, a saga de Crowley, a saga da xerife, a saga de Abbadon. Esse mundo de Westeros, digo, supernatural tá muito louco.

    Dean louco de enxofre (também gostei dessa expressão) é uma história que poderia durar mais nove temporadas. A série pode investir no Dean capiroto bonzinho, para não estragar a imagem do Dean; no Dean capiroto mauzinho, para ele “sentir”o que passaram Sam e Castiel; ou tudo não passou de um lance de efeito como o Sam no passado; ou tudo ficará em aberto para permitir as reviravoltas nos acréscimos do segundo tempo.

    Enfim, só nos resta aguardar e torcer para que os escritores acertem mais do que errem: os atores são ótimos, as histórias ainda causam polêmicas e o mais importante: o público continua fiel e apaixonado.

  15. affs20

    essa temporada deve ter sido boa me arrependi de não ter assistido ainda vou espera a dublagem e sair em blueray 1080p to com tempo de sobra

  16. morganalu

    E Zac estou contando com o retorno do Ben Edlund que fez uma puta falta neste temporada, foi bem nitido né?..

Leave a Comment