[Análise Hunter] Brother’s Keeper, por Isis Mayane

A última, mas não menos importante Análise Hunter a ser postada é da Isis Mayane. Valeu, Isis! Curtam mais essa análise e aguardem que logo tem mais ações pra agitar esse Hellatus!

Mais uma vez chegamos a um tão aguardado fim de temporada de supernatural, e como todo fim de temporada esse gerou muitas expectativas, mas ao final do episodio tive a sensação de em quarenta e poucos minutos ter experimentado umas duas horas de tanto acontecimentos que foram para serem digeridos depois. Foram surpresas, choro, emoção, e várias sensações que tomaram conta do episodio final.
Então vamos a esse episodio fantástico, é incrível como em todo fim de temporada me arrepio ao ouvir carry on, não só por ser uma musica bela e achar que combina perfeitamente com a serie, mas também por perceber que o desfecho daquela trama abordada na temporada está por chegar a um fim e isso me assusta por sempre está atrelado a situações trágicas. Vemos carry on cantada como no episodio especial para fãs o que foi bonito de se ver e lembrar desse marco os 200 episodios. Depois vemos a versão original e ai temos o começo do episodio.
Em um plano nos temos o Sam determinado dizendo para o Castiel que vai lutar pelo Dean e salvar custe o que custar. Em outro plano damos de cara com o Dean destruido e agora tentando trabalhar em um caso, daí eu pensei qual é a necessidade de mostrar ele caçando? Mas depois que vimos tudo que acontece nesse caso, a gente percebe que a intenção era provar que a vida de Dean se resumia em caçar e na família, mas ele já deixou o Sam para trás por não lidar com a marca, e agora ele também percebe que não poderia mais caçar. Percebe que ele não está mais salvando pessoas, ele não tem mais equilíbrio para isso, agora age conforme a marca e isso o faz cruel. A morte do caçador serve também para reforçar o quanto perdido o Dean está.
No entanto mesmo estando sobre o controle da marca de Caim, ele ainda tem a culpa que fica evidente na cena em que ao se olhar para o espelho ele vê o rosto de Castiel deformado e o caçador morto. Agindo pelo remorso e temendo fazer algo mais grave ele resolve invocar a morte, é o Dean assumindo que prefere morrer a matar mais alguém que poderia até vim a ser o Sam como Caim já havia falado.
Sam preocupado com o irmão vai atrás dele e deixa Castiel, Rowenna, e Crowley procurando os ingredientes para o feitiço que livraria o winchester mais velho da marca. Um ponto interessante do feitiço foi o sacrifício de algo que Rowenna amasse.
Ao chegar ao quarto de hotel o Sam se assusta ao encontrar o quarto revirado e um bilhete do irmão deixando as chaves do impala.
Enquanto isso Dean conversa com morte que diz que não pode mata-lo por causa da marca, e que se remover a marca a escuridão volta a terra. Achei legal aquela historia de que a marca foi criada com esse proposito de fechar o mundo da escuridão e que a Lucifer foi confiada à marca e ele acabou assim como Dean e Caim sucumbindo a marca. Então Sam chega e fica assustado ao ouvir Dean dizer que ele precisa morrer que eles só fazem mal ao mundo. Mas o Dean não falaria isso, ali era a marca, claro que a missão é salvar o mundo, mas não em troca da vida de Sam. Então os irmãos travam uma luta e Sam se dá por vencido.
Ele aceita a proposta de Dean e Morte e resolve se sacrificar. Então vemos Morte passando a foice para o Dean e os irmãos começam a trocar olhares tensos. Mas Sam apesar de está em lágrimas não parece está com raiva de Dean ele está ali disposto a se sacrificar como o Dean mesmo faria se fosse o contrario, é o Sam dessa temporada o que vai até o fim pelo melhor do irmão e ao mesmo tempo ele se coloca na condição de caçula que aceita o que o mais velho diz. Dean apesar de está com efeito da marca ainda tem sentimentos é tanto que pede que Sam feche os olhos, esse antes de obedecer coloca as fotos da família para o irmão ficar com elas. Dean parece voltar a si ao olhar as fotos ali e ao mesmo tempo o irmão que ele está prestes a matar. Nessa hora meu coração já tinha parado, eu já estava em lágrimas, mas o que ocorre é que o Dean acerta a foice na Morte. Isso por que por mais que a decisão do Dean pudesse tirar outras vidas ele nunca mataria o Sam, desde o começo a missão dele é proteger o irmão, desde quando tirou o Sam do incêndio, se ele matasse Sam ele estaria matando a ele mesmo, a família, tudo que ele tinha de mais importante.
Enquanto isso Rowenna realiza o feitiço para tirar a marca, e joga um feitiço para o Cas matar o Crowley e assim ela foge com o livro dos condenados. Mas ai a cena é cortada de volta para os irmãos e não temos a certeza do que aconteceu no confronto entre Crowley e Castiel.
De volta aos irmãos temos a marca saindo do Dean e eles saindo em direção ao impala quando se deparam com a escuridão que acaba por envolver e tomar o carro por completo.
Então aqui chegamos ao fim do episodio que para mim ficou entre os melhores fins de temporadas e agora haja ansiedade para esperar até outubro.

 

 

Mais uma vez — e nunca é demais, jamais será o bastante — MUITO OBRIGADA em nome de toda a equipe do SPNisLife pela participação de todos aqueles que escreveram, aos que comentaram fielmente cada análise postada e aos tímidos que leram tudo, mas ficaram só observando. Hunters, vcs são demais!

CARRY ON!

Related posts

10 thoughts on “[Análise Hunter] Brother’s Keeper, por Isis Mayane

  1. cris

    Bela analise,Mayane. Realmente, não há o que supere o amor entre os irmãos Se chegar ao ponto em que a salvação do mundo dependa da vida de um deles, das duas uma: ou deixam que o mundo se acabe, os sacrificam os dois as suas vidas. Aquela troca de olhares disse tanto…tinha ali tanta fé da parte de Sam, tanto amor da parte de Dean. Sentimentos reciprocos, que não tyem briga nem mentiras que consegue abalar. É bonito ver isso entre irmãos, e talvez do exemplo da série é que tenha nascido uma amizade tão bonita entre os JJs; ou a amizade deles deu esse toque todo especial pra Sam e Dean. A gente comenta tanto os episodios, analisa, dá opinião, faz teorias… mas no fundo o que importa mesmo é Sam e Dean, é ver os dois juntos,unidos, se ajudando e salvando enquanto fazem seu trabalho.Tem muita gente preocupada com os vilões da proxima season, e eu me incluo. Mas o que eu quero mesmo ver, é como os meninos vão lidar com as consequencias dessa temporada. Será que vamos ter que ver de novo um Dean consumido de culpa e sem fé, como na 4ª season? To achando provavel de acontecer; O nosso Sammy parece que ta voltando a ser o cara boa gente que sempre foi: doce,inteligente,pé no chão ( ao menos quando não se trata de ferrar o mundo pra salvar Dean, né?). Eu não o culpo porisso; Dean faria o mesmo e todo mundo sabe.O importante é eles voltarem a ser mais eles mesmos, mais parecidos com o que eram no inicio, quando não carregavam tanta culpa. Espero que a união entre eles seja suficiente para mante- los firmes, sem sucumbir à culpa, que a essa altura, é grande nos dois; eles foram tão enredados nessa confusão de Deus,Lucifer, Azazel,os anjos e seja lá mais quem, que eu (eu) não vejo como culpar ou absolver um ou outro: pra mim, eles não são culpados de nada; mas tão pouco são inocentes. São humanos. Tem falhas. Erram. Acertam. Machucam e são feridos ( em todos os sentidos). E é justamente essa imperfeição que faz esse dois serem meus herois preferidos do mundo. Quero mais 10 temporadas,pelo menos.

    1. Minamaluka

      Falou bem cris, eu penso o mesmo. Eu queria muito ver Sam e Dean como antes, sem toda essa culpa. Eles são heróis e não merecem pensar tão mal deles mesmos.

  2. Mayane é a ultima ! Ahhhhhh . Acabouuuuu . Estava tão divertido ler cada análise . Adorei, esta ultima foi bastante coesa com todo aspecto do final.. Poderia fazer isto com cada episodio que eu adoraria ler. kkkkk

    Nunca me enjoo dos Winchester . E PELO QUE OBSERVEI, Cada analisador tende a balançar o coração para o personagem que mas ama . E bastante normal pra mim esta proteção. Você olha para o lado que mas atrai.

    Gostei também da abertura, foi comovente. Carry on é o hino dos Winchester. E desta vez foi bastante emocional.

    O ritmo do episódio foi pegando aos poucos conforme foi passando tempo. A coisa tava fria quando Dean caçando, deixou o outro caçador morrer sem tem nenhum sentimento. Claro ,tinha que de alguma forma acender o estopim . E foi assim que ele sem emoção , mas com todo sentimento kkkk Deixou de herança o baby para Sam , estranho né ? até neste momento não passava pela sua mente matar Sammy.kkkk

    Foi só ter a bela conversa com o senhor morte , que tudo mudou! kkk

    Dean tava bastante confuso .Ele queria mas não queria.

    Pois foi só olhar as fotos e os olhos LAGRIMOSOS DE Sammy, que mudou de novo sua opinião. Ele tem o direito de muda-la quanto necessário for, eu agradeço muito.

    E assim acabou mas uma temporada.

    E neste período,de pensamento sobre a serie , eu mesma me questionei.

    Pois ando muito intransigente com Castiel. E olhe, não tem nada haver com esta coisa Destiel ,sou liberal a todo tipo de gosto.

    ( Mas confesso, Destiel não faz meu gênero)

    Meu questionamento acredito que tenha muito haver com o enredo do personagem que anda sem rumo no seriado . Gostaria que pelo menos fosse mas condizente com toda historia do seu passado. Mas tem esta… Sim ele merece brilhar ,pois é um cara muito bacana.

    Mas permanecia de Misha Collins em Spn ,ultimamente se deve apenas a uma legião de fãs que fazem de tudo para manter-lo em spn.

    A dedicação é tanta que chega a assustar: Eles forçam a barra dizendo :Se o ator não for escalado para temporada, fatalmente desistiriam de ver o seriado.

    (Não deixa de ser um grande ameaça)

    E nestes tempos bicudos cada ponto faz muita enorme diferença, é a audiencia , que manter os patrocinadores felizes. Sem Misha e seus seguidores ,seria uma enorme perda de audiencia. Mas também acredito que frita-lo como estão fazendo com sua participação apática, é tremendamente injusto tanto com ele como para Jared Jensen que tem uma longa historia de dez anos de sucesso. Estou sendo honesta ,pra mim seu personagem já deu o que tinha que dá.

    Os caras deveriam tomar uma posição engrandecer Castiel de vez , ou já que matam todo elenco sem pestanejar . Mata-lo também.

    Ficar refém desta situação é bastante triste. Eu com todo carinho ,gostaria que Castiel evoluísse para algo MELHOR.

    Olha a maluques mesmo tendo todas temporadas :Costumo assistir as reprise Spn na warner, e vejo o quanto se perdeu. Pois seu começo foi brilhante.

    Sera que os Mishamigos ficaram com raiva de mim ? Espero que não , respeito todos eles. E quero melhor pra todos nós. E difícil toca num tema campo minado. BUUUUMMMM kkkkk

    Abraço Mayane.ESTA FOI MUITO BOA…..

  3. isis Mayane

    Obrigada gente e tou com vocês também queria ver eles sem culpa, sem briga, depois da nona temporada brigando e da décima com conflitos por causa da marca tá mais do que na hora de eles se unirem sem culpas e sem briga para derrotar a escuridao. Mas assim como vocês falaram acima eu acho que o Dean vai ficar se culpando por causa da escuridão mas nem devia, chega de culpa.

  4. Lule

    “Mesmo sob controle da marca Dean sentiu culpa”.
    Essa foi uma das muitas coisas que eu não gostei na marca de Caim. Emocionalmente falando ela foi nessa temporada (pra muito de nós) um calo no pé ou terá sido no coração?kkkk
    Pra mim ela só teve duas coisas boas:
    “Não deixar o Dean morrer” (Tá, isso foi show de bola!)
    “Permitir ao Sammy mostrar do que é capaz pelo irmão”
    Tá certo que ela também matou Abaddon, mas isso não foi mais do que a obrigação dela.rsrsr

    1. cris

      Mas aí é que tá o X da questão, Lule. O Dean lutou bravamente contra o dominio da marca, e venceu por ser um ser humano essencialmente bom; e como alguem que é bom por natureza, sente culpa por atos que sabe ter ferido (até matado) a quem o rodeia. Por isso ele é perfeito: porque é imperfeito, humano, comete erros, sofre e às vezes faz sofrer. Mas por ser bom, arca com as consequencias, cujo preço é a culpa; e com a qual vai ter de continuar lutando ( e vencendo) pra poder continuar. Pode ser piração minha, mas não é disso que se trata SPN: 2 irmãos lutando contra os males do mundo e os seus proprios,para salvar pessoas? Acho que essa caracteristica da série (a de arrancar nossos corações com tanto sofrer!), é que nos faz tão proximos e apaixonados por esse show. Ja passamos por isso com Sammy, agora é a vez de Dean, quem aliás nunca deixou de carregar consigo culpas que nem são suas; e acho que isso nãopára por aí. Haja coração!

      1. Lule

        É Cris, COMO ele lutou bravamente. Esse é o Dean.
        Deixa eu confessar uma coisa: Qualquer pessoa ou ser que ajudar o Dean, terá minha gratidão imediata, gosto sem procurar critérios. As vezes esses seres são bons outras não e eu quebro a cara, tenho depois que colocar as emoções no lugar, mas gostar delas é minha reação primária. O contrario também.Se machuca os meninos de uma forma cruel (que na minha opinião foi o que a marca fez), eu não gosto.
        Não desconsidero de jeito algum o valor da marca no arco. Ela teve um enorme valor como outros fatos antes dela e sua contribuição em adrenalina foi legal e sempre lembrarei dela como ponto crucial, mas ficou por longo tempo e o preço estava ficando caro. Dean já não era o Dean há algum tempo.
        Aquele: “eu queria que tivesse sido você no lugar dela” foi o meu limite por isso não nego o meu alívio.
        Haja mesmo coração pois essa marca quase acaba com o meu.

        1. cris

          E eu acho que é por isso , Lule, que O Crowley é tão querido. Nós sabemos que ele não dá ponto sem nó, que seus interesses estão em 1ºlugar; mas como pra atingir esses interesses, ele às vezes ajuda os meninos, que não são trouxas e não se deixam enganar por ‘tanta bondade”, o rei acabou ganhando simpatia, bom,pelo menos a minha ele ganhou assim. Quanto à marca, tambem detesto aquela coisa. Nem sei o que detesto mais, a marca ou o Metatron

  5. Indignada

    Gostei… é isso aí… e haja ansiedade e curiosidade até outubro, longe né, deveria ser mais cêdo… Agôsto já estava bom…kkkkkk… eu gosto de ler e comentar, as que não comentei é porquê não vi… cada análise trouxe algo de interessante, acho bacana ver os diferentes pontos de vista e a impressão de cada pessoa…
    E Dean e Sam juntos novamente… lado á lado…
    Quanto ao Crowley x Castiel, acredito que ele irá neutralizar o feitiço e Castiel irá voltar ao normal…
    Outubro, chega logoooo!!!1kkk…
    Namastê!!!!!!!

  6. Jonathan

    Na cena em que dean está prestes a matar sam, então ele ve as fotos e toma o controle e “mata a morte”. Me lembrou do final da quinta temporada quando sam espancava dean derrepente ve os soldadinhos no impala ai ele toma o controle e pula na jaula. Legal essa ligação.

Leave a Comment