Jeremy Carver não vai escrever a finale de Supernatural

Olá, meus amiguinhos aguentadores (ou não) de hiatus! Legal aparecer mais um de UM MÊS pra matar a gente, né? É, pois é… mas, bem, não é porque não temos episódios novos que nossos cérebros vão parar de maquinar teorias e planos e rumores e o que mais tiver pra pensar com um mês de espera.

Sammishap

Bom, hoje vamos especular um pouco sobre um tweet do Jim Michaels em que ele diz que o Andrew Dabb será o responsável pelo roteiro da finale dessa temporada. Quer dizer, nós não. Outros já especularam hahahaha o que tô postando aqui é o texto do The Winchester Family Business, que faz uma análise bem interessante do assunto. E por que esse assunto é interessante? Porque, pela primeira vez EVER uma finale de SPN não é escrita pelo showrunner da série. Por que será? Por onde anda Carver? O Andrew escreverá um bom episódio? O Galo vai virar o jogo ali? Pera, mudei de assunto… enfim, segue o artigo! Aproveitem!

Captura de tela 2016-03-02 20.51.52

ANDREW DABB ESCREVERÁ A FINALE DA 11ª TEMPORADA DE SUPERNATURAL. EM QUE ISSO IMPLICA?

POR ALICE JESTER, IN The Winchester Family Business

[Em 29 de fevereiro], o produtor de Supernatural Jim Michaels tuitou uma notícia que deixou o fandom um pouco confuso. Pela primeira vez em 11 anos um showrunner não escreverá a season finale. Este ano, a tarefa de escrever o 11×23 será passada ao chefe dos roteiristas Andrew Dabb.

Por que a finale não será de Jeremy Carver? Simplesmente porque seu projeto Frequency, que ele mandou ano passado para a NBC, e que ela rejeitou, foi adquirido pela CW. É um remake do filme de mesmo nome do ano 2000. Ele é o produtor executivo da série e está trabalhando no piloto, o que o está deixando bem ocupado ultimamente. O piloto está em fase de seleção de elenco e perto de ser filmado.

Muita gente está perguntando: “isso significa que Jeremy Carver está deixando Supernatural?” Não, mas a função dele na série poderia mudar. Tudo depende de Frequency ser aprovada pela CW, porque por agora eles só se comprometeram com o piloto, e essa decisão só será tomada em maio. A CW encomendou seis pilotos e deve aprovar uns dois ou três para séries, eles não têm muito espaço na grade de programação. Então, Frequency vai ter que ser muito boa pra chamar a atenção e garantir seu lugar, porque um desses pilotos é um projeto de peso de Kevin Williamson e David Nutter, que parece ser certeza no canal.

Mas e se Frequency for aprovada? Aí Jeremy Carver será showrunner de duas séries. Possivelmente, a mais nova vai exigir mais da atenção dele a princípio, então é capaz de ele não escrever mais episódios para Supernatural (ou talvez escreva algum aqui, outro ali). Isso é que é o bom de uma série veterana como SPN, ela praticamente se autogerencia. Esse ano, Phil Sgriccia assumiu muito da parte de direção de produção quando Robert Singer se afastou e Andrew Dabb assumiu a chefia da sala dos roteiristas. Eles devem manter essa mesma estrutura.

Para quem está se perguntando como Carver vai conseguir cuidar de duas séries, devemos dizer que isso já aconteceu na CW. Kevin Williamson e Julie Plec, produtores executivos de The Vampire Diaries, mantiveram seus postos nessa série mesmo enquanto trabalhavam em outros projetos. Caroline Dries tem sido a “chefe” da série, enquanto Michael Narducci comanda The Originals. Plec tem, inclusive, uma terceira série a estrear em breve, Containment. Greg Berlanti, Andrew Kreisberg e Marc Guggenheim estão dividindo seu tempo entre Arrow, The Flash e Legends of Tomorrow. Berlanti ainda está com Supergirl e tem mais pilotos em progresso esse ano, mas ainda assim está comprometido com sua primeira série, Arrow.

Então, tudo está bem. Desejo boa sorte ao piloto de Frequency e ao Andrew Dabb pela finale. É uma honra merecida. Agora, só precisamos daquele anúncio oficial da 12ª temporada, que com certeza acontecerá em breve (já em março).

Related posts

16 thoughts on “Jeremy Carver não vai escrever a finale de Supernatural

  1. Victor Hugo

    Eu estou muito pessimista com essa renovação. Parece que tudo tem ido ao encontro de um series finale nessa temporada.
    Meu medo é enorme. Espero mt a renovação

  2. Michele

    Que medo, quando li a notícia pensei que era algo ruim, sei lá

  3. Ana Celia

    Quando comecei a ler esse texto, Pensei a mesma coisa Victor Hugo e Michele. Não sei, mas há algo de estranho no ar… . Acho, e espero ser mesmo “achismo”, que esse “gran finale de SNT”, possa ser o final do nosso querido seriado sendo anunciado. Se não for, pode ser o caminhar para… . Mas e quanto á renovação, vai haver a 12ª temporada? Falou-se algo á respeito? Nos anos atrás, nessa época a renovação já tinha sido feita e divulgada.
    Mas estava muito desejosa de comentar o Episódio 15 – Beyond the Mat
    Aquarela do Brasil
    de Ary Barroso (1939) em SNT???

    “Brasil, meu Brasil brasileiro,
    meu mulato inzoneiro,
    vou cantar-te nos meus versos…
    O Brasil samba que dá
    Bamboleiro que faz gingar…”
    SURTEI!! Ouvir nosso hino acalentado as artimanhas do Casifer no inferno foi D++++. Foi glorioso!! Uma homenagem impar á nós fãs brasileiros!! Tudo bem que estamos vivendo realmente num verdadeiro inferno, com essa desmiolada da presidentA incompetentA, mas ouvir a canção que representa nosso pais, no nosso seriado de ouro, foi muito louvável.
    “Aquarela do Brasil” é, sem dúvida, a maior canção popular de todos os tempos.Em novembro de 1997 ele foi eleito o Melhor Canção Brasileira do século por um júri composto por treze peritos reunidos pela Academia Brasileira de Letras. Mais conhecido no mundo como ” Brasil “, este samba foi gravada inúmeras vezes por todos os tipos de artistas, do sublime ao ridículo.

    1. Ana Celia

      Olha fiquei tão emocionada com nossa musica no seriado, que nem me ative á comentar o restante… E o Dean sendo Dean ali no ringue? O que foi aquilo minha gente!! AMEI!! Eu ri muito. Foi um ótimo episódio: leve e relaxante.
      A paixão do Dean, de fã para com seus ídolos, retratou muito bem a minha paixão de fã por eles. Acredito que eu ficarei abestalhada, sem saber o que dizer, quando, algum dia, estiver pessoalmente com eles.

    2. Ana Celia

      E mais, estava tão desejosa de comentar que não contive a espera do espaço apropriado para os comentários e acabei cavando e postando nesse aqui… . Desculpe!!

    3. Lule

      Será que alguém não surtou?!?!
      Misto de surpresa e espanto.
      Desejava muito um marcante “momento Brasil” em SPN mas achava que seria nas férias de Sam e Dean quando eles andariam descalço sentido a areia nos pés e pra não fugir a regra eles caçariam o monstro da semana (folclore qui é o que não falta).
      O momento Brasil foi marcante sim devido ao nosso momento. Só me perguntei: foi de propósito ou casual?
      Confesso essa pergunta durou um segundo em seguida veio a euforia e meu lado hunter, fã e admiradora deixou a política de lado e pensou: quem se importa? O importante é que estamos em Supernatural!!!
      Se a minha pergunta já teve resposta eu não sei pois passei quase dois meses sem internet (misto de falta de sinal e trabalho em muuuuuito excesso).
      Retomando de onde parei, tentando ficar em dia.

  4. Eu fiquei triste com essa notícia. Sei que Carver não é unanimidade entre os fãs como showrunner, mas ele é um grande roteirista. O melhor atualmente da série e, se não me engano, é o último grande roteirista da era Kripke. Eu já achava um desperdício ele só escrever o primeiro e o último episódio de cada temporada.
    Quando lembro que ele escreveu clássicos como: A Very Supernatural Christmas, Mystery Spot, In The Beginning, Death Takes A Holiday, The Rapture, Free to Be You and Me, Changing Channels, Dead Men Don’t Wear Plaid, Point of No Return e Sacrifice.
    Isso sem falar que ele como showrunner introduziu o purgatório, o bunker, os homens de letras, o vovô Winchester, os nazistas necromantes, Caim, Metatron, e tantos outros.
    Além disso, foi Carver que conseguiu renovar a série depois do desastre que foram a sexta e sétima temporada. Não é que eu ache que o Dabb não tem competência para escrever a finale (ele é ótimo roteirista), mas acho que a série vai perder o roteirista que conhece com mais profundidade a história dos Winchesters e que mais entende a relação dos irmãos.
    Eu desejo sorte pro Carver no novo projeto, mas espero que ele encontre um tempo para continuar a escrever grandes episódios.

  5. morganalu

    Tb amei a musica..mas fiquei pensando.. Por que carvalhos colocaram um musica brasileira no inferno?…rsssssssssssss

  6. Michele

    Minha gente nenhuma série da cw ainda foi renovada. nem spn, nem arrow, nem flash, eles estão demorando em todas

  7. Leonzinho

    Hoje eu estava fazendo uma analise exatamente dessa questão dos produtores se dividirem em varias séries. Desde quando foi anunciado a encomenda do piloto, em janeiro desse ano, eu comecei a me preparar para o pior. Sem contar que a CW encomendou outra série com trama Sobrenatural (a do Kevin WIlliamson) e tirando Containment que já ganhou a temporada completa, é a mais comentada.
    Riverdale e Frequency tem ótimas chances de serem aprovadas também, mas No Tomorrow deve ficar com uma vaga junto a essa série ainda sem nome.
    Especulações a parte, 5 dos 6 pilotos são de produtores com série no ar pelo canal, não dá pra usar isso como base pra renovação ou cancelamento de veterana! Logo teremos que aguardar até maio ou se a CW bancar a Ana Paula, até qualquer momento!!!
    <3 a 1000!!! hehehe

  8. Marcelo

    Na sexta temporada, em que a Sera Gamble era showrunner, quem escreveu o season finale foi o Eric Kripke. O fato dele n escrever o desse ano n quer dizer necessariamente q ele vai sair…

  9. Perimpolho

    Sinceramente supernatural já devia ter acabado na 5º temporada(auge), de la pra cá teve muitos altos e baixos com muitos fillers e pouca inovação(episódios com mesmos monstros ZzzzzZ), sinceramente não sinto mesma empolgação de antes,os cara agora estão enfrentado a irmã de Deus!!!! se for renovada que vilão ira segurar esse cargo?
    Atualmente assisto só pra saber como tudo ira acabar.
    p.s. castiel já devia ter morrido,só faz merda atualmente ‘-‘
    p.s.2. essa minha opinião,vlw flws.

  10. Eu não posso crê que haja um fim , e que ele venha com esta temporada. Então talvez… Deus aparecendo encerra tudo, não não não não.

  11. Lule

    O sucesso de qualquer pessoa envolvida em SPN, dentro ou fora da série, pra mim é motivo de alegria mas é normal ficarmos com receio mesmo assim qaredito que esse tipo de decisão foi tomada com muita responssabilidade

  12. jeane nascimento

    Eu critico a serie principalmente do 10 em diante, onde ficou claro a preferencia dos roterista para o personagem dean, onde as melhores cenas ficam com o jersen, que parece ser o gostosão da serie, esta chato, e enjoado, assistir novamente o inicio do 1ao 6 para mim as melhores, e fica claro que os roteristas se perderam no personagem do sam, deixou despersonalizado e em segundo plano, tendo cenas claras onde dean ridiculariza o personagem sam, chamando de desgraça e chato, quanto que todo o infortunio foi causado por ele, esta chato onde ninguem pode desapontar o dean, que vitimiza e com cantada baratas tratando as mulheres com objeto, caça, e alimenta todo o tipo de vicio, mais resolveram viram ele em anjo e o sam que a principio tinha carater e virtudes passou a ser um personagem negativo e deprimente, tornando chato e antipatico, coitado do jared, que deve ter perdido o entusiasmo em interpretar um personagem que inicio com personalidade e no final esta um despersonalizado e dependente do irmão. Penso que os roteristas poderiam ter equilibrado, dando cenas engraças ao sam, sem ofusca-lo perante o dean, o ator jared tem capacidade e talento para isso, e acredito que o unico beneficiario e contente esta o jersen, onde tudo centraliza em sue personagem, as melhores historias, as ações onde ele e o matador,o alfa, e o sam e o cass seus seguidores, chato, e enjoativo, nem fiz questão de assistir o 10 e o 11 de novo. Espero uma volta as origem, o resgate do personagem do sam, sem perder o ele da familia e de irmaos, mais numa maneira igualitaria, onde o sam, sim teria que ter uma familia, e não o dean, que ficou sem fundamento, dar-le uma familia e um suspeito filho, não combina com o persongem, ficou desconexo, e parar de matar todas as mulheres do sam, ele merecia, sim ter alguém e um filho, penso que esta centralização no dean, descaracterizou a serie, o fodão, e ficou chato, o grande numero de fans do jersen deve a preferência do roterista em tornar seu personagem mais cômico, e a serie não era comedia, e sim ficção, e terror, portanto, espero que volte a origem e recupere o personagem do sam que perdeu espaço no roteiro, e esta chato ok.
    Porque assisto desde o inicio da serie e estou um pouco decepcionada com o rumo que tomou, textos confusos, frases desconexas, e chega um pouco de centralizar no dean esta cansativo.

Leave a Comment