[Análise Hunter] “Alpha and Omega”, por Thays Ricci

A Análise Hunter de hoje é da Thays Ricci. A palavra é sua, hunter! A gente é que agradece!

Nem o melhor, nem o pior, é o que resume esse episódio. Ainda acho a sétima temporada a mais chata, com os leviatãs, o purgatório, a briga e o afastamento dos irmãos e o fato de Sam não procurar o Dean. Mas essa finale foi morna. Foi plausível e eu já esperava que para manter o equilíbrio Chuck e Amara teriam que se entender. Mas com o roteiro fraco foi decepcionante como isso se desenrolou. Isso sem comentar os evidentes furos na continuidade da série.

Eu gostei do Rob como Deus. Ele começou bem, divertido. Depois começou a ficar chato ele não enfrentar a irmã. Eu esperava que vendo o sacrifício do Dean e Sam (de novo! Porque sempre eles? Me lembra a McGonagall Perguntando isso para o trio de Harry Potter) Deus entendesse que tudo já estava perdido então era hora dele tentar salvar sua criação falando com a irmã. Em nenhum momento ele se mexeu para salvar sua obra e isso me decepcionou muito. Partiu da Amara puxar conversa para resolver. Um bom roteirista teria feito isso. Essa temporada tinha muito para ser bombástica, de arrepiar (fiquei uns dois dias surtada e ainda sem respirar normalmente depois que vi Dean com olhos negros). Mas perdeu força à medida que foi correndo para terminar, sem explicar muita coisa que tinha de ser explicada. Foi lindo ver o amor entre os irmãos, meu Senhor o Dean entregando a chave da Baby para o Sammy doeu demais, porém foi tão pouco do que poderia ter sido!

Lets talk about Cas. Como é bom ter ele de volta. Tenho uma relação de amor e ódio pelo personagem. Ele faz umas cagadas que me deixam muito brava. Pensei muitas vezes que ele já deveria ter saído da série, o personagem está ficando sem sentido, como Metatron falou, o que ele é agora? Anjo caído? Amigo dos hunters? Protetor? O que ele é? Mesmo assim amo o Misha e gosto da paciência e amor que ele tem pelos Winchesters. Acho que ele se identifica mais com Dean porque Dean é um verdadeiro guerreiro. Sam é um Hunter mas preza pela inteligência, perspicácia, um outro estilo. Castiel como um guerreiro de Deus se identifica com o modo de agir de Dean. Mas não me venha com Destiel. Não entendo por que as pessoas misturam isso. Com condiz com o personagem Dean. Gente, ele não podia ver mulher, não tem a ver ele ter mais do que amor fraternal por Cas. ACORDEM.

Eu ainda acho que o plot Man of Letters ainda dá muito pano para manga. Quero muito ver como Mary vai lidar com a ideia de que seu marido era um Man of Letters sem nunca ter sabido. Aliás, o quanto Mary sabe? Outro plot que pode dar muitas cenas maravilhosas. Não gostei de terem colocado essa garota fake britânica só agora. Ela deveria ter aparecido em algum caso antes e ter avisado eles que se continuassem a, segundo eles, fazem mais mal do que bem (discordo totalmente disso), eles sofreriam consequências. Achei que ela poderia entrar no bunker porque afinal ela é da turma, foi melhor ela entrando do que a Billie abrindo portas (se ela é uma entidade, não precisa abrir portas, um reaper teve que levar a alma de Kevin de lá não é mesmo?). Acho que essa garota não concorda em matar os Winchester e por isso pode se tornar aliada. Mas ainda não gosto dela.

Crowley acho que não sai nunca mais de Supernatural. Amo como ele é divertido. Tenho certeza que logo ele se ajusta no inferno de novo. Porém prefiro quando ele aparece esporadicamente. Ficar forçando presença porque alguns fãs gostam não é legal. Idem Rowena. Ela é diva, matadora. Amo. Mas já deu. Tá na hora de se reconciliar com o filho e ir para alguma floresta sombria estudar magia.

Alguns pontos mais que eu vi e dão muito plot:

– Aqueles olhares do Crowley e da Billie, que tá rolando por ali?

-Aquele garotinho pode ter poderes e o homem velho que a bitch britânica falou pode ser problema.

-Mary vai querer estar viva? Vai tentar encontrar John? O que mais ela conhece como Hunter, será que tem mais segredo de família por aí? Como ela vai reagir ao saber tudo pelo qual os meninos passaram com o pai dela, como hunters, com a infância destruída tentando vingar sua morte?

– Se Lúcifer não morreu ele deve estar aprontando alguma, boa chance para ter Mark Pellegrino de volta.

-Pensa na reação do Sammy ao ver o irmão e a mãe dele lá? Por Chuck isso já é muita felicidade para meu coração Hunter.

Tudo isso mostra que a 12a temporada tem TUDO e mais um pouco para ser a melhor de todas, basta ter um roteiro que respeite o passado dos personagens e que ouse trazer novidades mesmo sendo uma das séries mais longas da CW. O episódio Baby mostrou que eles ainda podem nos surpreender. O Red Meat mostrou que eles ainda podem nos emocionar. Só é preciso equilíbrio. Os fãs ainda estarão aqui como sempre para amar Supernatural.

Related posts

22 thoughts on “[Análise Hunter] “Alpha and Omega”, por Thays Ricci

  1. Ana Maria

    Show de bola, Thays! Análise bem feita, ótimas colocações sobre o que faltou nessa temporada e excelentes ideias para a próxima. Difícil vai ser aguentar a espera, aff…

    1. Thays Ricci

      Obrigada Ana Maria, agora que começa a sofrência de esperar como eles vão responder todas essas questões né? Força aí.

  2. Débora Lopes

    Oi Thays! Estou encantada com a sua análise. Texto lindo. Os furos ocorridos nos últimos episódios, deixaram muita gente chateada e com razão, mas sob o meu ponto de vista, não devemos nivelar a temporada toda tão por baixo. Surpresa, emoção e equilíbrio: é o que queremos para Supernatural, você está coberta de razão. E porque amamos Sam e Dean.Encantada!! Um abraço!

    1. Thays Ricci

      Muito obrigada, Débora. Fico feliz que você também tenha percebido as falhas mas esperança de Hunter nunca morre, então vamos ver a próxima season! Abraços

  3. Cris

    Que maravilha de analise Thays! Pontos muito bem colocados e uma excelente visão de como pode ser os proximo plot. Os proximos, aliás, porque tem assunto aí pra desenvolver A temporada da nossa série. Vamos ficar na torcida pra que haja uma boa equipe responsavel pelos roteiros, porque eu realmente não sei qual foi a intenção dos roteiristas dos ultimos episodios. Gostei muito das suas idéias e concordo plenamente que o que faltou foi desenvolvimento. Tivesse a Amara se mostrado encantada pela criação de Deus alguns episodios antes, o final poderia ter sido o mesmo que foi; mas como teria sido melhor trabalhado, com certeza emocionaria mais, encantaria mais, e certamente não teria deixado tantos fãs decepcionados.
    Voce mencionou não acreditar que a fake britanica não vai ser muito a favor de matar os irmãos, e eu acho bem provavel. Mas tem uma coisa que eu tambem sempre achei: que a Billie tampouco tem essa intenção. Acho que ela só quer manter uma certa distancia, pra não ser tão facilmente manipulada pelos irmãos como foi o chefe.Se ela quisesse mesmo os meninos mortos, porque iria congelar a cena da morte do Dean enquanto eles conversavam? Ta na cara que era pra dar a ele tempo de agir antes que fosse impossivel retornar ao corpo. Bom, essa é a minha opinião. Haja nervos até outubro!
    Abraço.

    1. Leonzinho

      Cris, a Billie é uma incógnita tão boa né? Queria que ela fosse mais trabalhada. Também acho que ela não quer os meninos mortos, mas também não quer que ele sejam trazidos de volta e aí é que está o problema. Um dos “benefícios” dos meninos era poder morrer de vez em quando (isso soou engraçado) e essa vantagem praticamente foi retirada.
      Aquela olhada de Billie pro crowley adicionou mais uma pitada de curiosidade. Já sabíamos que eles tinham favores pendentes quando Billie recepcionou Dean para entregá-lo a coleira de bruxa, mas parece que há algo mais aí! Algo tipo Crowley x Naomi! rsrsrs

      1. Cris

        Põe boa nisso, Leonzinho! Tomara que não sumam com ela da série, porque a personagem promete. E a atriz, alem de muito bonita, é muito talentosa tambem.

  4. Leonzinho

    Ótima análise Thays!!! Parabens!!!
    Eu gostei muito da forma que você abordou as coisas. Realmente essa finale deu um prato cheio para ser degustado na próxima temporada e eu torço pra que as coisas (com os roteiristas) se acertem.
    Vamos aproveitar o hiatus e revisar toda história amigos do roteiro? Por favor, coloquem essa clausula no contrato deles CW rsrsrs!!!
    Uma obs. Kevin não foi ceifado, Deus o enviou direto ao céu. A Billie entrou pela porta porque ela nem sabia onde o Bunker ficava hehehe. Se bem que, quase todas as proteções do Bunker já se foram né… kkkk
    Eu acho que os Homens das Letras vão trazer bastante problema para os meninos. Isso tem me empolgado! hehehe
    O Retorno de Mary ainda me intriga. Eu ainda cogito a possibilidade de ela não ter voltado e sim Dean ter ido. Mary e John não foram vistos no céu até hoje, quem sabe eles estão em outro lugar? rs louco isso, mas vai que…
    Ahhhh e só pra finalizar, Dean foi ao passado e conheceu Mary, será que os roteiristas vão lembrar disso? rs Miguel só apagou as lembranças de quando Dean foi com Sam certo!? Até mais Hunters!!! 🙂

    1. Leonzinho

      Retificando: “Dean foi ao passado e conheceu Mary”
      Isso ficou meio estranho, considerando que ele é filho dela kkkk
      Mas eu quis dizer que ela conheceu ele já adulto. kkkkk

  5. vinicius ricardo

    Perfeita a sua análise! Para mim a melhor até agora?
    Mas tem um ponto da sua análise que eu discordo. Você disse que Chuck/Deus não se importava muito com a sua criação, na verdade eu acho ao contrário, em todos os momentos ele não teve medo algum em morrer pela sua criação.
    No episódio 21, Dean conversa com Chuck/Deus, ele disse que a Amara não tinha nada contra sua criação, a birra dela era com ele, e que ele iria deixa-la lhe aprisionar em troca ela deixava a sua criação em paz.
    Quando ele vê que isso não funcionará, ele resolve trancafia-la de novo, mas na hora h, ele sente tanta pena de sua irmã que não consegue terminar o serviço e acaba sendo “derrotado” pela sua irmã. No último episódio ele já estava dando a sua morte por certo, pq até então ele foi a favor de matar a Amara e depois ele saberia que ia norrer, e ele nunca reclamou disso.
    Ele bem que podia chegar na Rowena e falar “me cura” igual vc fez com a minha irmã. Pra quem não sabe a Rowena curou a Amara depois que ele foi atacada pelos anjos.
    Até mesmo contra a sua vontade ele aceitou que matasse sua irmã, para poder protejer a sua criação.
    Pelo meu modo de intender ele preocupou e muito com sua criação.

    1. Thays Ricci

      Oi Vinicius, quando me refiro Deus salvar a sua criação eu digo depois que ele começa a morrer. Já que tudo está perdido, seja macho e vá lá enfrentar sua irmã. Mas ele deixou a encrenca nas mãos dos Winchester que também são criação dele. Acreditei que vendo o sacrifício do Dean e a força de vontade do Sam ele ia chegar na irmã e dar tudo de si para convencê-la. A velhinha dos pombos foi quem acabou convencendo Amara, e Dean.

      1. Thays Ricci

        Nossa Vinicius, melhor análise???? Quem sabe um dia eu chegou no nível da turma daqui! Obrigada!

  6. Sincero

    Só discordo da parte em que foi dito não ter sido a pior finale, porque disparadamente essa foi a pior. De resto foi muito boa.

    1. Thays Ricci

      Obrigada, Sincero. Para mim a pior finale foi a dos leviatãs, eu não gostei de como resolveram a questão do Dick, o Sam não procurando o irmão e Castiel malvado, não gostei. Acho que a ideia original dessa 11a finale foi boa mas não executaram bem.

  7. Boa análise Thays …estou aqui para prestigia-la .

    E Depois de algum tempo lendo análise a gente especifica um ponto do texto mais controverso pra comentar, eu vou enumerar este ponto, onde menciona sobre esta coisa desnecessária que se chama destiel.

    É uma chatice de marca maior, antes o fandom dividia amores entre Sam e Dean.

    Agora nasceu mais uma bandeira da discórdia …Destiel , Sastiel .KKKKK Sinceramente em alguns pontos as disputas são tão infantil e ridículo que da vontade de rir .

    .
    Pior ainda são suas mensagens asquerosas que enviam para Jensen tanto como para o Jared. Cara isto é tão desnecessário. Não entendo o motivo de tanto ódio.

    Misha tem talento suficiente pra que não seja jogando como um fantoche na trama para apenas agradar este tipo de fã forçando barra no relacionamento de ambos.

    Já mencionando que não tenho nada contra fanfic , imaginação é livre escreve ou lê quem quer , pode explorar o quanto que for em suas historias .

    No entanto Supernatural pertence aos irmãos Winchesters. Só Dean e Sam …
    abraço

    1. Cris

      Taí uma coisa que confesso que não vou entender jamais: destiel, sanstiel…não entendo nem wincest.
      Não é preconceito. Só que simplesmente é algo que NÃO É. É só assistir aos episodios que a gente logo vê isso.

      1. Mensagem subliminar no texto ,ou em certa imagem influenciam muitos. kkkkk Eu não estou aqui para dizer que é certo ou errado . Apenas pra não tornar esta coisa chata. E perseguidora.

        1. Cris

          É, Soni.E cada um vê a mensagem que mais lhe apetece, némesmo?
          Rrsrsrrs
          Desde que isso não vire uma guerrinha besta, por mim tá de boa. O importante é ser feliz!

  8. Débora Lopes

    Meninas, devo ser bem bocoió (como dizem aqui na minha terra) – bobinha mesmo, porque tamanha bobagem nunca me passou pela cabeça! abraços!!

    1. Que DEUS te mantenha pura Débora.O muito saber , faz com que perca o prazer da vida. bjss

      1. Cris

        Vou fazer coro com a Soniama, Débora! Continue assim. Com certeza, a vida fica um cadin melhor!
        Abraço meninas!

  9. Débora Lopes

    Beijos meninas!!

Leave a Comment