[ÉPICO] Gabriel Correa, um brasileiro no set de SPN

“Vocês já viram que nos créditos de Supernatural tem um ‘Gabriel Correa’? Será que é brasileiro?”
Perdi a conta de quantas vezes já recebemos essa mensagem em redes sociais. No meio daquele monte de gringos, ver um nome familiar chama a atenção de muitos hunters daqui.
A resposta é SIM! Para quem não o conhecia, Gabriel Correa faz assistência de direção nos sets de Supernatural desde 2006, quando entrou como assistente de direção trainee.
Gabriel saiu do Brasil em direção ao Canadá há catorze anos, quando cursava Cinema na FAAP, em São Paulo. Construiu toda a sua carreira em Vancouver e diz que começou por baixo, trabalhando como PA (sigla em inglês para assistente de produção): “Recolhia o lixo do set, varria o chão, estacionava os carros. Minha primeira grande oportunidade apareceu no piloto de “Criminal Minds”, quando fui Assistente de Direção Trainee pela primeira vez.” Ele ainda conta que durante as férias de Supernatural costuma trabalhar em grandes produções para o cinema. Nos últimos anos fez parte da equipe de “Godzilla” e “Twilight Saga: Breaking Dawn”, entre outros.

Com a esposa, Paula.
Com a esposa, Paula.

A ideia desse papo surgiu quando Gabriel criou sua conta no Twitter, pensando que seria algo discreto. Ele não contava com a rapidez com que a chegada de mais esse membro da equipe de produção de SPN se espalharia: “Entrei no Twitter timidamente para tentar promover ‘The Ambassador’ e logo fui descoberto por Jim Michaels, que me apresentou pra todo mundo! Logo recebi mensagens de boas vindas de todas as partes. A recepção tem sido bem calorosa.”
“The Ambassador” é seu novo projeto, para o qual Gabriel busca financiamento. De sua autoria em parceria com o também diretor Kevin Leeson, o enredo surgiu como um curta e se transformou em uma web série com planos para 10 episódios de 10 minutos cada. “Com a ajuda de muitos membros da equipe de SPN (Dean Webber, Matt Tichenor, Jeannie Chow, Kelly Bhrum, Kevin Parks, Chris Glyn-Jones entre outros) fizemos ‘The Ambassador’ como um curta-metragem. Depois de pronto, o material se revelou uma história ideal para ser transformada em um seriado. Desde então, a gente vem esperando o momento certo para tentar viabilizar esse sonho.” Para que a série possa efetivamente ser realizada, é necessário um número significativo de visualizações do trailer no YouTube. Ou seja, já assistiu? Assista outra vez! Afinal, o projeto é ótimo e nós somos a #SPNFamily, certo?

Assista ao trailer AQUI.

Fique agora com a entrevista que ele concedeu com exclusividade ao SPN is Life, em que ele fala sobre Supernatural, seu contato com o Brasil e muito mais.

SPNisLife: Morando fora, que tipo de contato cultural você mantém com o Brasil? Acompanha o futebol, por exemplo? Conseguiu viciar alguém no set em “soccer”?
Gabriel Correa: Eu procuro manter um contato cultural diário com o Brasil. Leio notícias do Brasil todos os dias na internet e tento me manter informado sobre os acontecimentos atuais. Sempre escuto música brasileira em casa e passo o que posso da nossa cultura para os meus filhos através não só da língua, é claro, mas também com livros brasileiros, cantigas etc.
Sou São Paulino fanático e acompanho todos os jogos do Tricolor pela internet. Afinal, como vocês sabem bem, com paixão não se brinca! Cheguei até a levar o Cliff pra assistir São Paulo x Santos no Morumbi.
Toda época de Copa eu agito a galera aqui pra torcer para a Seleção e todos se mobilizam. Durante os pênaltis entre Brasil e Chile na última Copa, o Jensen me mandou uma mensagem de texto dizendo que estava vendo jogo e estava nervoso por mim. Eu respondi com uma foto que tirei da arquibancada do Mineirão, na hora em que o Neymar ajeitava a bola pra bater o pênalti! Ele não fazia ideia de que eu estava no estádio e pirou! Acho que ficou com inveja! Já botei a galera pra jogar futebol aqui no horário de almoço, J & J inclusive. O Jensen joga bem, o Jared como eu posso explicar… É voluntarioso.

Fantasiado de Cliff para o Halloween
Fantasiado de Cliff para o Halloween

SPNisLife: “The Ambassador” é uma série fechada? Você sempre planejou que fosse uma web série ou gostaria que ela fosse para a TV?
Gabriel Correa: A penetração nas emissoras de TV é muito difícil e o conceito de Web Séries foi criado para catapultar as ideias e projetos dos cineastas independentes como nós. O que a gente realmente precisa é que as pessoas assistam o trailer e deixem seus comentários! É uma luta de Davi contra Golias e o nosso maior recurso são as redes sociais. O primeiro passo é conseguir financiamento para filmar uma temporada completa, dez episódios de dez minutos cada. Se a Web Séries atrair um número grande de seguidores, nada impede que um dia ela vire uma série de TV. Não custa nada sonhar alto.

SPNisLife: Como foi escolher o elenco? Como foi a escolha de Steve Bacic para o papel de Hex?
Gabriel Correa: O elenco de “The Ambassador” foi escolhido a dedo! Eu e o Kevin Leeson fizemos uma lista dos nossos atores favoritos com o qual já havíamos trabalhado, então ligamos pra cada um e imploramos para eles aceitarem fazer o projeto! Nós não tínhamos dinheiro para pagá-los. Cheguei até a coletar todas as garrafinhas de água do set de SPN por uma temporada inteira e levar em um centro de reciclagem para levantar dinheiro para custear “The Ambassador”. É um projeto de amor mesmo. Eles foram super receptivos ao convite, o que foi realmente comovente. Acho que a nossa reputação e a qualidade do roteiro fez com que eles topassem ajudar.
O Steve Bacic era o cara perfeito mesmo pra interpretar o Hex. Além de ultra talentoso, é uma pessoa sensacional e um colaborador. Ele agregou muito ao projeto, com ideias para certas cenas e partes do roteiro. Ele se envolveu de coração no projeto, muito além da sua atuação em frente às câmeras. Serei eternamente grato a ele, que inclusive está super empolgado com o conceito da Web Série!

SPNisLife: Séries que tratam do sobrenatural vêm ganhando força. A que vc credita isso? (Eu acho que é devido ao sucesso de Supernatural, mas você pode pensar diferente… Rs) É um gênero de que você gosta em particular?
Gabriel Correa: Eu acho que desde o fenômeno X-Files e, é claro, com o legado deixado por Supernatural, os seriados desse gênero têm ganhado muita força. As pessoas tinham medo de ser taxadas de “nerds” por gostarem desse tipo de filme ou seriado. Acho que SPN mostrou que estavam todos errados e na verdade somos “cool” pra c……! Não tenho preferência por um gênero ou outro. O que eu tenho preferência é por boas histórias. SPN vai além do horror o do oculto. Ele toca em temas universais, como família, traição, lealdade, amor, ideais, fé etc. Foi isso que a elevou a esse status. Todo mundo consegue fazer um filme de terror, mas fazer uma série como Supernatural é pra muito poucos. Mérito dos produtores e desse grande elenco. A nossa equipe também faz parte dessa história, ela é muito talentosa e batalhadora. Serge Ladouceur, Jerry Wanek… Poderia citar nomes o dia inteiro de grandes pessoas do nosso time.
image

SPNisLife: Você tem um projeto dos sonhos, com roteiro e elenco na mente?
Gabriel Correa: Tenho vários! Acho que seria bem interessante um fazer filme sobre os bastidores da política no Brasil, ao estilo “House of Cards”. Infelizmente, o nosso país tem a corrupção como característica marcante mesmo. Seria legal explorar isso de uma forma inteligente e apartidária.
Sonho mesmo seria fazer de “The Ambassador” uma série bem sucedida e poder retribuir a todos que foram voluntários no projeto.

SPNisLife: Como é trabalhar no set de Supernatural? O que os fãs brasileiros mais querem saber é como é trabalhar com Jared, Jensen, Misha e Mark e se você já sofreu com as famosas pegadinhas deles. Já foi autor de alguma em que eles foram vitimas?
Gabriel Correa: Trabalhar no set do Supernatural é super puxado, mas ao mesmo tempo muito gratificante. Nós chegamos a trabalhar 16 horas por dia, muitas vezes debaixo de chuva e madrugada adentro. Não é um trabalho glamouroso como alguns imaginam, porém saber que você contribuiu para um seriado que fez história não tem preço. Eu pessoalmente comecei a trabalhar de Assistente de Direção Trainee na segunda temporada, em 2006, e fui galgando a minha história aqui até ter a oportunidade de ser o 1st Assistant Director do episódio “Ask Jeeves”, dessa temporada. Supernatural impulsionou a minha carreira. Eu trabalho diretamente com o elenco e posso afirmar que Jared, Jensen, Mark e o Misha contribuem em muito pra fazer do set um lugar onde a gente pode se divertir também. A gente rala muito, mas também consegue se descontrair embalado pelas piadas e pegadinhas deles. Eu já participei de tudo, desde guerra de bola de neve aonde acertei o rosto do Jensen, até ser colocado de ponta cabeça em uma lata de lixo por J & J. Uma vez liguei para o Misha pra passar o horário que ele deveria aparecer para filmar e ele fingiu que tinha perdido um vôo e estava no Havaí. Gelei! É assim todos os dias! O Mark também é uma grande figura. Falamos sempre de futebol já que ele é fanático pelo Manchester United e respeita muito o Brasil.

SPNisLife: Qual episódio mais gostou de dirigir? Há alguma cena que você olhe e diga “essa tem a minha cara”?
Gabriel Correa: O meu episódio favorito é “In My Time of Dying”, que coincidentemente foi o meu primeiro episódio, mas tem muitos outros que poderiam entrar na lista: “The End”, “Mystery Spot”, “What Is and What Should Never Be”, “No Rest for the Wicked” “Swan Song”, “Death’s Door”… A lista é grande! Dizer que existe alguma cena ou episódio que tenha a minha cara ou a minha assinatura seria arrogância. Sou um mero colaborador.

SPNisLife: Você sabe que é famoso e idolatrado como “o representante brasileiro no set de SPN”, não é? (Não houve dúvida por um segundo de quem dublou o Misha naquele vídeo!) Você comentou que todos no set têm um carinho especial pelo Brasil. De que forma isso acontece?
Gabriel Correa: Não sabia e nem acho que sou tão famoso assim. Acho que você está exagerando… rs! As pessoas do set primeiramente tiveram carinho pelo Brasil por conhecerem a minha pessoa e por terem curiosidade de conhecer uma outra cultura. Mas desde o boom do Twitter e do Facebook e das convenções no Rio e em São Paulo, a equipe e o elenco de SPN descobriram que os fãs do Brasil são diferenciados mesmo! São fanáticos e são participativos nas redes sociais. Eu estive nas convenções de Vancouver e do Rio também. Desculpem os norte-americanos, mas não dá para comparar!

SPNisLife: Como é um dia típico no set de Supernatural?
Gabriel Correa: A equipe toda chega ao local de filmagem no horário estipulado por nós (Assistentes de Direção) e a primeira coisa que fazemos é ensaiar a coreografia da cena a ser filmada. Aqui esse processo se chama “Blocking”, no jargão do cinema. Depois de determinada a ação dos atores, os movimentos de câmera etc, a equipe começa a iluminação e montagem dos equipamentos. Quando a “luz” está pronta, os atores são convidados ao set e um outro ensaio técnico é feito. Depois de pequenas correções, começamos a filmar pra valer. Esse processo é repetido o dia todo, ao longo das cenas a serem filmadas. Nós chamamos esse processo de “Block, Light, Rehearse, Shoot”. Ao mesmo tempo, são feitos os preparativos para os próximos dias de filmagem. No momento, eu cuido principalmente dessa área. Claro que tudo isso é entremeado de incessantes piadas, pegadinhas e afins promovidas por J & J e turma.

SPNisLife: OBRIGADA em nome de toda a equipe e do fandom brasileiro, Gabriel!
Gabriel Correa: Obrigado a vocês pela recepção e pelas perguntas que foram super bem elaboradas. Um grande abraço a todos os fãs e que possamos continuar produzindo Supernatural por muitos anos!
CARRY ON, hunter! Vá lá assistir ao trailer de The Ambassador mais uma vez! Aproveite e siga a série no Twitter (@TheAmbassadorTV), o próprio Gabriel (@correagabe) e curta a página no Facebook (/TheAmbassadorSeries).

Entrevista realizada em abril de 2015.
image

Related posts

5 thoughts on “[ÉPICO] Gabriel Correa, um brasileiro no set de SPN

  1. ShiryuForever94

    Excelente entrevista com perguntas inteligentes. Gabriel é um doce. Adorei!

  2. cris

    Os episodios preferidos dele são os mesmos que eu prefiro! Ja fui com a acara dele! rsrsrsrs

  3. Adorei a oportunidade de conhecer melhor o Gabriel Correa através dessa entrevista. Acho que trabalhei com ele quando fui dublê do Metatron, mas não tenho certeza. Foi tanta correria. Abração e obrigado Gabriel!

  4. Evysmin

    Adorei a entrevista. Adorei conhecer um pouco mais do nosso querido representante brasileiro no set de SPN, como foi dito, rs. Parabéns ao pessoal do SPN Is Life e sucesso ao Gabriel ^^

  5. Ana Celia

    Adorei a entrevista e conhecer um pouco do Gabriel Correa. Desejo muito sucesso no projeto “The Ambassador”. Estarei sempre passado pelo youtube para dar-lhe uma forcinha. Legal saber que estamos muito bem representados nos bastidores de SNT.

Leave a Comment