[Análise Hunter] 12×21 There’s Something About Mary

Os minutos finais da temporada se aproximam e, à medida que a história se conclui, a gente vai ganhando mil coisas pra pensar, como reviravoltas pra processar, mortes pra engolir, surpresas pra arregalar os olhos. Mas, principalmente, e eu não sei se falo por mais alguém, ficamos naquela expectativa de as coisas das quais não gostamos ou não concordamos ou que não faziam sentido, finalmente, se expliquem. E que não seja uma solução meia-boca, faz favor! O que o 12×21 fez foi dar o empurrão, o pontapé inicial (já é…

Read More

[Análise Hunter] 12×18 The Memory Remains

Título aparentemente simples, significado quase nenhum, monstro da semana… esse episódio de Supernatural tinha tudo pra ser mais um filler (na concepção de muita gente; pra mim, raramente, nesses 12 anos, um episódio se encaixaria nessa “categoria”), mas surpreendeu nos pequenos detalhes, aprofundou a história, deu um gostinho de nostalgia e teve um final de arrancar lágrimas até dos mais durões.

Read More

[Análise Hunter] 12×17 – The British Invasion

Olá, Hunters! Vou começar dizendo que esse episódio, para mim, foi um dos melhores da temporada – e isso é dizer bastante, porque estou empolgadíssima com essa décima segunda. Nesse episódio, eu saí de cima do muro. Até então, eu estava bem na dúvida com relação à parceria dos Winchester com os Homens das Letras Britânicos, porque sabia que essa mania de preto-no-branco – “se não é humano, não merece viver” – ia ser complicada de lidar, mas também sabia que as armas e a inteligência da organização seriam espetaculares…

Read More

[Análise Hunter] 12×15 – Somewhere Between Heaven and Hell

Antes de qualquer coisa, gostaria de pedir sinceras desculpas pelo atraso na postagem desta AH. Se eu for contar tudo o que aconteceu esses dias todos, o texto vai ser só sobre isso hahahaha mas, finalmente, agora foi! E podem me bater nos comentários, eu deixo! 😉 Bom, falemos então de Somewhere Between Heaven and Hell. Foi um bom episódio, com algumas surpresas, ótimos pontos cômicos e o último personagem que eu ia sequer imaginar que eles mencionariam de novo! O plot principal, sobre cães do inferno, me agradou bastante,…

Read More

[Análise Hunter] 12×14 – “The Raid”

Oi, gente! Então… Eita que essa Mary só aduba a vida, né? Como faz merda, cara! É uma atrás da outra! Não digo isso por ela ter decidido trabalhar com os Homens das Letras Britânicos, mas por não ter dito nada aos meninos, nem que fosse um avisinho: “Ó, decidi trabalhar pra galera que torturou o Sam e tentou matar vocês dois, mas tenho meus motivos, tá bom? Tá bom”. Não importa que digam que a Toni estava desobedecendo ordens, ela estava vestindo a camisa da organização quando fez o…

Read More

[Análise Hunter] Family Feud 12×13

Bom dia Hunters! Aqui quem vos escreve é o Seth! Primeiramente, que episódio… que episódio! A muito tempo não fico com receio de me assustar em SPN como fiquei nesse episódio, pena que fiquei só no receio. Porém, gostei muito do episódio, trouxe a essência da série de volta as raízes, coisa que começaram a fazer nessa temporada e que foi comentado antes da estreia da season 12, que eles voltariam ao básico, e de fato o estão fazendo. Um outro ponto importante que devemos comentar antes da analise em…

Read More

[Análise Hunter] 12×11 – “Regarding Dean”

Foi o melhor roteiro que Supernatural já viu? Foi a trama mais intrigante de todos os tempos? Foi suuuuper relacionada com o plot da temporada? Teve mitologia pra caramba? Foi lotado de ação? Teve um monstro incrível? A resposta para todas essas perguntas a respeito de “Regarding Dean” é NÃO. Outra pergunta para a qual eu responderia com um sonoro NÃO seria “Então você achou o episódio inútil?”

Read More

[Análise Hunter] “Lily Sunder Has Some Regrets”

Olá, hunters! Então, temos muita coisa para falar desse episódio “com foco no Castiel”! Para começar, o “ANTES” foi um tiro bem dado em mim. Sempre que aparece uma cena do começo da série (nesse caso, cena do 4×02), principalmente cenas em que o Dean ainda está usando o samulet, eu fico com saudades e tenho uma urgência de assistir tudo de novo, mais uma vez. Falando dessa cena em especial, eu gostava da época em que o Castiel era um “guerreiro de Deus” pela ideia de ele ser bem…

Read More